Os Melhores Clipes Independentes | Março (2021)

 Os Melhores Clipes Independentes | Março (2021)

Confira os melhores clipes independentes lançados em Março | 2021 em seleção especial feita pelo Hits Perdidos!

Melhores Clipes Independentes 2021

As listas de melhores clipes independentes 2020 estão a todo vapor no Hits Perdidos. Você já conhece e acompanha por aqui elas todo mês e damos o pontapé inicial pelo quinto ano consecutivo.

Para quem é novo por aqui seja bem-vindo e acompanhe o Hits pelas redes sociais (temos InstagramFacebookSpotify…).

2017 foi marcado pelo grande sucesso dos listões de melhores clipes independentes que até deram origem a um estudo super detalhado sobre a produção audiovisual do independente brasileiro.

Em 2018 veio a parceria com o UDIGRUDI da PlayTV onde escolhemos os mais legais para passar na programação aos domingos. O programa encerrou em Agosto de 2020 suas atividades (saiba mais como ajudar para que ele volte clicando aqui).

Listas de Melhores Clipes (2021)

* Janeiro
* Fevereiro

Seu Clipe na TV

Fizemos um guia completo de “Como fazer para seu clipe aparecer na TV?“.

Os Melhores Clipes Independentes | Março (2021)

Neste mês de Abril trarei os melhores que saíram no último mês e que merecem destaque. Claro que o listão continua democrático e no fim você encontrará uma playlist no youtube –  e Spotify – com os 121 coletados ao longo do mês.

A produção independente cresce a cada dia que passa e o investimento na divulgação também. Em uma geração em que poucos escutam um disco do começo ao fim, o artifício dos web clipes tem sido uma boa maneira de expor seus trabalhos.

E estes são feitos de todas formas, com alto ou baixo custo de produção. Com ideias mais certinhas a criativas. No fim das contas o que interessa é eternizar aquele momento e expor seu trabalho com a estética que mais convém atrelar a imagem da banda.

Os “Scouts” dos clipes independentes lançados em Março

Em Março inúmeras bandas começaram a divulgar seus curtas promovendo singles antigos ou que estarão presentes em seus futuros álbuns ou EP’s.

Reunimos 121 clipes lançados neste mês que mostram alguns dos novos talentos da música independente brasileira.

O que impressiona é termos uma média de 3,90 clipes sendo lançados no independente por dia. Na lista temos 119 artistas de 13 estados.

OS SELECIONADOS TAMBÉM FAZEM PARTE DA PLAYLIST CRIADA ESPECIALMENTE PELO HITS PERDIDOS PARA ETERNIZAR OS VÍDEOS LANÇADOS NESTE MÊS DE MARÇO. ALIÁS NÃO DEIXE DE SEGUIR O PERFIL DO HITS NO SPOTIFY!

1) Maria Luiza Jobim “Sonhos”



A carioca Maria Luiza Jobim lançou já no fim de março o clipe para “Sonhos” que também conta com a faixa “Fig Leaf”. O roteiro é o grande destaque, justamente pela passagem pela dimensão, e expansão, do universo paralelo e surrealista dos sonhos. Caracterização, maquiagem, atuação, boas escolhas em locações e fotografia também se destacam ao longo da produção audiovisual que acabou se tornando um curta.

“Uma trilha sonora eletrônica, feita num outono soturno (quando ela se separou). Uma metamorfose lúdica, parte da minha vida”, definiu a artista em entrevista para a revista Elle ainda no começo do mês.

2) BellX “Callada Arrepentida”



Também no fim de março o duo formado por Belle Sacchi e Gabriel, dois multi artistas brasileiros que vivem em Barcelona, BellX, lançou seu primeiro single e videoclipe, “Callada Arrenpentida”.

Segundo os músicos a faixa “fala do desespero de estar longe de seus entes queridos em um momento tão complexo como o que estamos vivendo. A canção fala também sobre a desigualdade e o descaso que o Brasil está sofrendo, fala sobre as dificuldades de ser imigrante em outro país e não ter voz ou direitos.”

Filmado em 16mm o clipe conta com a direção assinada por Laura Martinova e DOP Fran Rios, já a direção de arte ficou sob a responsabilidade de May O. Caballero e Paula Guimarães e o styling por Angela Ibañez.

Para dar ainda uma carga mais emotiva, e intensa, para o andamento do roteiro os detalhes falam alto, os músicos relatam por exemplo que “a natureza-morta inicial que simboliza um jantar fúnebre, o enterro do que não se fala”.

3) Sandyalê “Sua”



A sergipana Sandyalê apresentou o primeiro videoclipe da trilogia do desapego. Ao longo da odisseia os videoclipes revelarão uma reflexão sobre as relações com os outros e consigo mesma por meio de autoconhecimento, fantasias, projeções e até mesmo possessões.

O clipe tem a direção de Raymundo Calumby (que também assina o roteiro e a produção) e Victor Lotfi, sendo acompanhada de um remix feito pela banda carioca Rosabege.

Clássicos do cinema dão conta da trama que se inspira em filmes como Drácula de Bram Stoker (de Francis Ford Coppola), O Exorcista e Nosferatu. Pavor, transformação espiritural, exorcismos e tensão sexual acabam se materializando ao longo da trama que envolve a artista contracenando com Hélio Toste; a trama ainda conta com participação especial de Isis Broken que no vídeo interpreta uma sacerdotisa.

“A música e o clipe se envolvem por falarem sobre amor, posse, entrega, paixão, romance. É um filme de amor e terror. Os dois na mesma dosagem.”, diz a artista

“É também um marco de estética e de momento. Estou com a expectativa lá em cima, pois todos os clipes estão belíssimos”, se encanta ao relembrar

“A gente conhecia um pouco o trabalho um do outro, então sinto que já tínhamos uma confiança mútua, além de uma maluquice parecida. Sandy é uma pessoa muito aberta no processo criativo, então eu me senti muito livre para propor ideias mais ousadas”, revela o diretor ao lembrar sobre o processo.

4) Duda Beat “Meu Pisêro”



A pernambucana Duda Beat lançou o videoclipe para “Meu Pisêro”, faixa que estará em seu segundo disco, recheado de referências aos filmes de terror embalada por uma balada sobre amores intensos. A direção é assinada por Cristina Streciwik e Marcelo Jarosz.

“A ideia foi trazer aquela heroína de filme que é assombrada por algo. Nessa perspectiva, flertamos visualmente com o universo de ‘Poltergeist’, ‘O Bebê de Rosemary’, ‘Suspiria’ e também com elementos presentes na obra de Brian de Palma para o gênero”, explicou Duda.

“Mas, como eu gosto de brincar e misturar tudo, tem também um certo humor nas cenas”, conta a artista sobre o divertido resultado final.

5) YMA “White Peacock”



Nos 45 minutos do segundo tempo de março a YMA lançou o videoclipe para “White Peacock”, faixa que estará presente em seu segundo álbum que será lançado pela Matraca Records. Com direito a colagens e poesia na introdução, surrealismo, momentos de tensão e mistério, a saga do roteiro prende a atenção de quem assiste em uma narrativa digna de filme de terror.

O roteiro consiste em a personagem, interpretada por YMA, encontra-se sozinha e começa a se relacionar profundamente com os cantos mais profundos de sua psique, até que sua percepção da realidade começa a sofrer distorções muito palpáveis.

O vídeo foi dirigido por Gui Bohn (Iconoclat Brasil) que teve como assistente Criativo Sillas H, Gui assina a produção ao lado de André Bauer. Já a direção de fotografia ficou sob a responsabilidade de Mauricio Padilha. A produção foi gravada diretamente da casa da YMA.

“Aqui. em casa. pensando nas cortinas, nas telas, nos relógios girando no mesmo eixo há incontáveis dias. aqui. de dentro da minha sala o mundo está distante. cansada dos movimentos engessados do corpo e da automação do pensamento. quando, de súbito, um som desprende meu corpo. não sei se é um grito ou saxofone. mas estou dançando. livre.”, revela YMA sobre o espírito da canção e atmosfera presente no clipe.

“Produzir um videoclipe em tempos pandêmicos, dependendo da ideia, não é uma tarefa muito fácil”, comenta a artista.

“No caso desse clipe, eu e o Gui ficamos durante um tempão, à distância, imersos na construção desse filme, tanto na pesquisa/ideias quanto na produção/prática. Foram incontáveis áudios de Whatsapp, Sharescreen, Zoom, telas e mais telas…”, relembra YMA

6) Do Culto ao Coma “Antes que o tédio me vença”



Uma grata surpresa para quem adora uma animação foi o novo videoclipe da banda Do Culto ao Coma para a faixa “Antes que o Tédio me Vença”. Presente no recém lançado disco IMAGINO, a metáfora com o homem máquina é perfeita para divagar sobre o caos frenético da rotina de uma grande metrópole em que cuidar de si e aproveitar dos bons momentos da vida são raros.

A crítica ao capitalismo mostra a gangorra de sensações e delírios, passando pelas dores da sobrecarga as repetições dos filmes de Charles Chaplin, entre dilúvios, lapsos de sanidade, alegria e angústia. A produção, direção e animação são assinados por Leandro GT Mendes que também é guitarrista do grupo.

“Eu já tinha nos planos fazer um clipe dessa música usando animação e filmes antigos, mas a pandemia não era, até então, um estopim criativo. Com o tempo, notei que o confinamento trazia questões filosóficas acerca do que entendemos por vida ou ‘padrão de vida’”, revela Leandro.

7) Thiago Elniño “Preta & Dengo” (feat. Zé Manoel)



O rapper fluminense Thiago Elniño lançou em março um videoclipe duplo para “Preta” e “Dengo”, faixas presentes em dois diferentes trabalhos do músico. A produção audiovisual conta com a cantora e atriz Késia Estácio contracenando com o ator Izak Dahora e direção de Sthefany Barros.

O roteiro mostra cuidado de um casal afrocentrado, retomando um dos temas que Thiago via tendo mais espaços nas discussões raciais até a chegada da pandemia.

“Alguns assuntos estavam ganhando um novo olhar e devemos continuar nesse caminho, a pandemia não suspendeu os problemas já existentes, ela potencializou”, pontua, antes de reforçar a ideia de que fez o afeto surgir como protagonista. “Independente da conjuntura e do momento, o afeto e o amor entre nosso povo é uma inteligência, uma proteção”, reflete o músico

8) Cidrais “Talvez”



A Cidrais voltou a nos encantar mais uma vez com um videoclipe e por isso aparece na lista mensal em destaque. O vídeo dos paranaenses para “Talvez” foi produzido pelo Estúdio 172 com a direção de Carol Muller e produção executiva de Felipe Fonseca. No elenco estão a modelo, e artista, Luciana Tavares, o rapper Rodrigo Nick, a artista Ciber Sexxi e o performer Rick Vieira.

O enredo traz o foco para a vida de dois casais e as transformações que acontecem nas relações amorosas. “O Processo todo de construção foi uma oportunidade de amadurecermos coletivamente e darmos vazão as nossas inquietudes”, pontua Binho Cidral

9) Radio Front “Expose Me”



Os filmes de terror estão em alta na lista deste mês e o Radio Front também foi beber da fonte. No clipe para “Expose Me” o roteiro narra o encontro entre dois lados de uma mesma personalidade, entre as sombras e a luz em uma batalha sem fim. O ótimo clipe teve direção geral de Gabe Gomez, direção criativa e roteiro por Ana Valente, Marina Nascimento (assistente de direção) e Roberto Riva contribuiu na direção de fotografia.

“A música é um diálogo entre o eu lírico que já faleceu com o seu passado”, explica o vocalista Felipe Nova.

OUTROS CLIPES INDEPENDENTES

Além dos 9 eleitos como melhores do mês de Março | 2021 nas playlists doYoutube e Spotify vocês poderão encontrar os clipes dos artistas e bandas:

Rosa Neon “A gente é demais” (Belo Horizonte / MG), Baianasystem e Liz Reis “Guerra Batalha” (Salvador / BA), Drik Barbosa feat. Psirico “Seu Abraço” (São Paulo / SP), Maíra Guedes “By The Window” (Brasília / DF), Gabriella Lima “Samba Boom” (SP), Ale Sater “Peu” (RJ), Julie Ramos “Damien Rice Brasileira” (São Paulo / SP), Vanessa Krongold “Dois e Dois” (SP), Juliana Linhares “Meu Amor Afinal de Contas” (feat. Zeca Baleiro) (Natal / RN).

Luísa Nascim & Rafa Pinta “Prata Amor” (RN), Filipe Ret “War” (Rio de Janeiro / RJ), Carol Biazin e Gloria Groove “Rolê” (Ivaiporã / PR), Urias “Foi Mal” (SP), Luna Vitrolira “Ajoelha e Reza” (Recife / PE), Paola Kirst e Pablo Lanzoni “Do Chão” (Porto Alegre / RS), AÍLA “Água Doce” (Belém / PA).

Melhores Clipes Independentes | Março (2021) | Parte 2

Projeto Shaun “Voltando do Trabalho” (Porto Alegre / RS), Garotas Suecas “Tudo Bem” (São Paulo / SP), Frank Jorge & Kassin “Tô Negativado” (Porto Alegre / RS), Jimmy & Rats “Para Nunca Se Entregar” (Rio de Janeiro / RJ), Sugar Kane “A Casa” (Curitiba / PR), Mooniz “Desmantelo” feat. Lucas Silveira (PE).

The Baggios “Mantrayam” (SE), Sophia Chablau e Uma Enorme Perda de Tempo “Delícia/Luxúria” (Rio de Janeiro / RJ), Jam da Silva “Vuko Vuko” (PE), Mississipi Devils “Another Way” (Ribeirão Preto / SP), Almir Chiaratti “Mundo D’Água” feat. Mari Blue e Federico Puppi (Rio de Janeiro / RJ), Bule “Muito Novo” (Recife / PE), calvin voichicoski “grande abóbora” (São Paulo / SP).

Melhores Clipes Independentes | Março (2021)| Parte 3

Mariana Milani “Outro Mundo” (Rio de Janeiro / RJ), Carlos do Complexo, Gab Ferreira, Maffalda “KATWALK” (Rio de Janeiro / RJ), Troá, Joca e Glau Tavares “Geleia” (Rio de Janeiro / RJ), Lori “Choro na Cama” (SP), Ambulantes Astronautas “Marte” (Rio de Janeiro / RJ), Bruno Schiavo “Orégano” (SP), Alves “Me Beija Com Pressa” (Brasília / DF).

Nina Girassóis “Heavyweight Sound” (São Paulo / SP), Pitty “Motor” (Salvador / BA), Acidental “E Agora Eu Preciso” (SC), O Retrô Ativo feat. Matt B “Canto do Espanto” (RO), Apeles “Eu Tenho Medo do Silêncio” (São Paulo / SP), Submerso “Tarde Demais”, Brune Motta “Estrelas de Neon” (Curitiba / PR), Fraterna Trip “Só Quando Convém” (São Paulo / SP), BaianaSystem Feat. Claudia Manzo “Pachamama” (Salvador / BA), Pernaf “Poeira” (SE).

Melhores Clipes Independentes | Março (2021) | Parte 4

GuaiaMoons “Vento na Vela” (Rio de Janeiro / RJ), Varney “Ideal”, Costa Gold “Ciclone” (São Paulo / SP), Haikaiss “Tóxico” (SP), Thais Badu feat. Mc Tchelinho “Tu Perdeu!” (Belém / PA), Pedro Vulpe “No Distance” (Mafra / SC), Vittória Braun e Rafael Lorga “Jornada” (Rio de Janeiro / RJ), Não Há Mais Volta “Guerra e Paz” (São Paulo / SP), The Mönic “Andy & I” (SP), Barro e Luísa Nascim “De Novo” (PE), Supervão “Fim de Nós / Fim do Sol” (São Leopoldo / RS), Fairy Goat “Feast” (SP).

Sobretvdo “Deixa ela dançar”, TRIPLX “Era Uma Vez?” (SP), NoPorn “Pérola Suja” feat. Azagatcha (SP), Roberta Campos “Sentinela” (SP), Bruna Lucchesi “Energia Solar” (Curitiba / PR), Igor Liberato “Não Vale a Pena Te Amar”, Lei Di Dai “Catch a Fire” (SP), Gaab “Tudo Ou Nada” (RJ), Daniel Santiago e Eric Clapton “Open World”, Matheus Canteri “A New Land” (SP), Katze “Samsara” (Curitiba / PR).

Estranhos Românticos “Só” (RJ), Disstantes “Zumbi Choppa” (RJ), Artur Nabeth “Pra Recomeçar”, Vitor Wutzki “Titanic” part. Luís Capucho (Imbituva / PR), Parque Florenza “Semibreve” (São Paulo / SP), Carimbó Cobra Venenosa “Flor de Mururé” (Icoaraci / PA), Fabiana Santiago “Palavra de Mulher” (Petrolina / PE), Bela Maria “Domingo” (PE), Daniel Arena “Oceankind” (SC).

Melhores Clipes Independentes | Março (2021)| Parte 5

Triz “Sem Limite” (São Paulo / SP), Sérgio Britto “O Tempo Das Palavras” feat. Margareth Menezes (São Paulo / SP), Thiago Barba “Tua Música Sob Mim” (Jaraguá do Sul / SC), Renegado feat. Jall “Vamos Fazer Amor” (Rio de Janeiro / RJ), Imbapê “Pisciano” (MG), Transmutáveis “E daí?” (RJ) Arthur Melo “De Lá Pra Cá/Trafegar” (Belo Horizonte / MG), Gomes “Não Vai” (Recife / PE), Stefanie feat. Zudizilla “Raio de Sol” (SP), Luiza Sales “Câmera Escura” (RJ), Samba do Arnesto “O meu samba em oração” (SE), Deise Jacinto “Liberdade” (SC).

Marcelo Falcão e Hungria Hip Hop “Céu Aberto” (Rio de Janeiro / RJ), Subterrâneo 12 feat. DJ Abu “Eu Vim da 12” (Canoas / RS), Renegado feat. Mih “Fica Pro Café” (RJ), Pedro Razzúl “Chuva” (Porto Alegre / RS), Fernando Falks “Brancos Pelos” (SP), Rodrigo Edo “O Resto do Mundo Esquecer” (Campinas / SP), Halessia “Supermodel”, Marciano feat Vilela 22 “Ela Vem” (Niterói / RJ), Jé Santiago “Nintendo Switch” (SP).

Melhores Clipes Independentes | Março (2021)| Parte 6

Márcia Guzzo “Acima das Vaidades” (RJ), Anthonio Marra “Trem de Prata” (Belo Horizonte / MG), Mari Andrade “Deixa a Minha Loucura” (Cubatão / SP), Gabi Batista “No Silêncio” (Brasília / DF), Thany Blue “Black” (Rio de Janeiro / RJ), Projeto Zaia “A Voz do Vento” (Rio de Janeiro / RJ), Jaque Barroso “Banho de Quilombo” (SE).

Tuono “Meu Trevo”, Fúlsia “Medo do nada” (Alvorada / RS), Edley Inc. “Lucidez” (CE), Onion Balls “Blessed Silence” (PR), We Are The Cosmos “Shark” (RS), Hoze “Fluxo” (Campinas / SP).


Os Melhores Clipes Independentes | Março (2021)


PLAYLIST NO YOUTUBE (Março | 2021)

Preparamos também uma playlist no Youtube com os 120 videoclipes coletados durante o mês de Março | 2021. Assim quem quiser ver tudo de uma vez basta apertar o play.



Desta forma chegamos a playlist com os melhores clipes independentes lançados no mês de Março (2020). Dos 121 vídeos do post (que ao todo somam 122 músicas), 119 possuem as faixas no Spotify.

Muito disso por conta que algumas faixas serão disponibilizadas quando o EP ou álbum forem lançados na plataforma. Já outros singles por conta do artista (ou banda) não ter material por lá.

-> Siga o Perfil do Hits Perdidos no Spotify <-



Qual dos melhores clipes independentes você mais gostou?

Conta para gente nos comentários deste post qual dos Melhores Clipes Independentes | Março (2021) você mais gostou!

Rafael Chioccarello

Editor-Chefe e Fundador do Hits Perdidos.

Related post

1 Comment

  • NEW LAND – Matheus Canteri

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *