Os Melhores Clipes Independentes | Janeiro (2022)

 Os Melhores Clipes Independentes | Janeiro (2022)

Confira os melhores clipes independentes lançados em Janeiro | 2022 em seleção especial feita pelo Hits Perdidos!

Melhores Clipes Independentes 2022

As listas de melhores clipes independentes 2022 estão a todo vapor no Hits Perdidos. Você já conhece e acompanha por aqui elas todo mês e damos o pontapé inicial pelo sexto ano consecutivo.

Para quem é novo por aqui seja bem-vindo e acompanhe o Hits pelas redes sociais (temos InstagramFacebookSpotify…).

2017 foi marcado pelo grande sucesso dos listões de melhores clipes independentes que até deram origem a um estudo super detalhado sobre a produção audiovisual do independente brasileiro.

Em 2018 veio a parceria com o UDIGRUDI da PlayTV onde escolhemos os mais legais para passar na programação aos domingos. O programa encerrou em Agosto de 2020 suas atividades (saiba mais como ajudar para que ele volte clicando aqui).

Listas de Melhores Clipes (2021)

* Janeiro
* Fevereiro
* Março
* Abril
* Maio
* Junho
* Julho
*Agosto
* Setembro
* Outubro
* Novembro
* Dezembro

Seu Clipe na TV

Fizemos um guia completo de “Como fazer para seu clipe aparecer na TV?“.

Os Melhores Clipes Independentes | Janeiro (2022)

Neste mês de Janeiro trarei os melhores que saíram no último mês e que merecem destaque. Claro que o listão continua democrático e no fim você encontrará uma playlist no youtube – e Spotify – com os 77 coletados ao longo do mês.

A produção independente cresce a cada dia que passa e o investimento na divulgação também. Em uma geração em que poucos escutam um disco do começo ao fim, o artifício dos web clipes tem sido uma boa maneira de expor seus trabalhos.

E estes são feitos de todas formas, com alto ou baixo custo de produção. Com ideias mais certinhas a criativas. No fim das contas o que interessa é eternizar aquele momento e expor seu trabalho com a estética que mais convém atrelar a imagem da banda.

Os “Scouts” dos clipes independentes lançados em Janeiro

Em Janeiro inúmeras bandas começaram a divulgar seus curtas promovendo singles antigos ou que estarão presentes em seus futuros álbuns ou EP’s.

Reunimos 77 clipes lançados neste mês que mostram alguns dos novos talentos da música independente brasileira.

O que impressiona é termos uma média de 2,48 clipes sendo lançados no independente por dia. Na lista temos 77 artistas de 13 estados.

OS SELECIONADOS TAMBÉM FAZEM PARTE DA PLAYLIST CRIADA ESPECIALMENTE PELO HITS PERDIDOS PARA ETERNIZAR OS VÍDEOS LANÇADOS NESTE MÊS DE JANEIRO. ALIÁS NÃO DEIXE DE SEGUIR O PERFIL DO HITS NO SPOTIFY!

1) Urias “Tanto Faz” 



Com a fotografia preto e branco e a fala sobre solidão o videoclipe “Tanto Faz” da Urias foi lançado em janeiro para fortalecer a divulgação do álbum FÚRIA. A produção teve a direção de João Monteiro e em seu roteiro traz a artista em uma floresta cantando para a lua como se fosse uma loba. Marcado pela dança e simbologias ritualísticas.

“Essa música eu tenho escrito a muito tempo, desde antes da pandemia. Eu e a Kika Boom escrevemos ela e eu acho que muita gente vai se identificar. É uma música mais pra baixo. Eu quis vir diferente, quis vir numa vibe instrumentos. Vamos de rock, bebê”, conta a artista sobre a letra escrita em parceria com Kika Boom, Rodrigo Gorky e Zebu

2) Pitty, Drik Barbosa e Weks “Diamante” 



Presente em seu EP, Casulo, a baiana Pitty lançou o videoclipe para “Diamante”, faixa em parceria com a rapper Drik Barbosa. Com roteiro e edição assinados por Kenny Kanashiro, a coletividade, a luta e os conflitos da sociedade acabam transparecendo na tela sob uma ótica feminista. Um vídeo marcado pela ótima produção, coreografia e edição.

“Eu e Pitty partimos da dificuldade que nós, mulheres, enfrentamos no mercado da música. A letra é sobre as dores que a gente sente, as barreiras que enfrentamos para viver nesse mundo. Espero que outras mulheres se sintam fortificadas ao ouvir essa música”, declarou Drik Barbosa.

“Foi uma experiência muito legal compor a música de forma coletiva, ao vivo, com Pitty e o produtor Weks, sendo acompanhados na Twitch e o resultado acabou ficando com a energia da troca que rolou entre a gente. A mensagem de “Diamante” também é muito importante.” – completa Drik Barbosa sobre a faixa em parceria

3) Marcelo Perdido e Tiê “Mais”



O cantor e compositor carioca Marcelo Perdido disponibilizou em janeiro o single + videoclipe para “Mais”, parceria com Tiê. “Mais” ganhou uma narrativa audiovisual sobre o processo muitas vezes caótico do luto de uma relação em busca da reavaliação e cura.

Com direito a colagens e recortes para traduzir as memórias, o artista assina a direção e produção do videoclipe. As imagens, inclusive, foram extraídas de uma tarde de fotos entre ele e Tiê. Depois disso, claro, foram muitas horas de edição para chegar no resultado final da animação.

O roteiro consiste em existe um universo paralelo – o Mundo Paradiso – onde as pessoas vão para esquecer seus amores e problemas. Enquanto o personagem de Perdido está sempre correndo como se tentasse fugir dali, Tiê é uma entidade que, ao mesmo tempo que parece criar aquele universo, tem a capacidade de destruí-lo. O que se choca com a canção de amor.

“‘Mais’ é uma música que traz um questionamento: como lidar com memórias de um amor que não merecia continuar? Escrevi e já pensei na minha amiga Tiê para cantar comigo. Eu acho que como eu, ela escreve e canta de forma muito sincera sobre os desafios nas relações amorosas. Acho que nossos universos se encontram muito bem nos versos: ‘Não pedir mais comida chinesa, destruir a caneca com tua foto impressa, não reler as conversas’. A gente às vezes não lembra, mas o amor é vivido nesses detalhes cotidianos, é isso que nos faz feliz e também nos faz sofrer depois que o amor acaba”, reflete Perdido.

Já a faixa tem produção de Habacuque Lima (Ludov, Pullovers), que também tocou guitarra e baixo; bateria por Matheus Souza (Tiê); teclas por Danilo Andrade (Jorge Ben Jor, Gilberto Gil); e cordas de Bruno Seroni (Vanguart).

4) Terno Rei “Dias da Juventude”



Após o bem sucedido Violeta, as expectativas pelos próximos trabalhos do Terno Rei se elevaram. O quarteto paulista formado por Ale Sater, Bruno Paschoal, Greg Maya e Luis Cardoso preparou uma série de lançamentos como os feats com os curitibanos da Tuyo (confira “Pivete”) e a banda gaúcha Fresno (Ouça). Além disso eles apresentaram o projeto Conexão Balaclava, onde apresentaram faixas próprias e versão para clássico do Skank ao lado de Samuel Rosa, uma versão para “Lilás” de Djavan feita especialmente para um projeto da Deezer; o clipe para “Medo“, além do lançamento do documentário dos 10 anos da banda paulista.

Agora após tantos lançamentos eles se preparam para divulgar o primeiro single do sucessor de Violeta. O disco, inclusive, sairá nos próximos vezes através do selo independente paulistano Balaclava Records.

O clipe teve a produção da Paranoid e direção de Lucas Stegmann que comenta um pouco mais sobre as referências cinematográficas da produção: “”A vontade de fazer um vídeo com uma galera mais nova veio até antes da música. Eu já queria trabalhar com jovens não-atores, adolescentes, e quando fui apresentado pela banda à temática da música, fez todo o sentido esse trabalho ser dedicado a isso. Gosto muito do “Suburbs” do Spike Jonze, o filme “Kids“, a série “We Are Who We Are“, que serviram como referências para nosso ponto de partida no clipe.”

Sobre o roteiro ele traz para os leitores do Hits Perdidos uma curiosidade: “Escrevendo o roteiro, me lembrei muito dos meus dias de moleque no bairro de Interlagos, onde cresci, e foi onde fizemos algumas das cenas de locação para captar essa essência de ir transitando entre as casas de amigos, dando rolês, período de auto descoberta, e isso tudo traz saudade.

O Greg (Terno Rei) anda de skate com essa turma do clipe e, na minha opinião, são eles que ‘fazem’ o filme acontecer. Cada um trouxe uma personalidade forte individualmente, mas funcionaram muito bem em grupo. A ideia era retratar uma última noite de diversão de um jovem que está prestes a se mudar, entrando em uma nova fase da vida.”

5) Claudia Manzo e BaianaSystem “Água Benta”



Depois de participar do álbum do BaianaSystem, OXEAXEEXU, em duas faixas, a artista chilena Claudia Manzo volta a colaborar com os baianos no single “Re-voltar”. Foram as manifestações de rua do Chile, marcadas pela violência e repressão policial, que incentivaram a cantora radicada no Brasil a compartilhar relatos e vídeos que não foram mostrados na mídia tradicional, o que chamou a atenção de Russo Passapusso que a convidou para a parceria via DM para participar do disco.

“Na revolta chilena de outubro de 2019 eu já estava morando no Brasil e comecei a receber notícias do Chile que não chegavam aqui e eram horríveis, de mortes, repressão, estupros, por parte do Estado contra o povo que estava se manifestando. Me veio um desespero, entrei no Instagram e mandei mensagem pra alguns artistas que eu sentia que iam compartilhar nos seus perfis. Russo me respondeu, me pediu pra explicar melhor a situação e que fosse compartilhando o material que eu recebia com ele. Russo me perguntou se eu cantava ou fazia música e eu disse que sim. Nesse momento ele me enviou a música ‘Capucha’, o instrumental”, relembra Manzo.

A letra da nova parceria, “Água Benta”, remete ao respeito com a história ancestral, tradições e manifestações da Abya Yala – como a América pré-Colombo era conhecida na língua do povo Kuna, significando “Terra madura”, “Terra Viva” ou “Terra em florescimento”. A faixa aborda a vida e morte como algo natural, o purgatório terrestre em defesa da ancestralidade e dos sons que transitam entre o céu e a terra para nos libertar.

“Eu fiz o convite desta vez para Russo Passapusso e acabou entrando o BaianaSystem como parceiro, foi um processo muito especial. Ela vem dessa vontade da gente poder ainda ser o que éramos antes da colonização nos limitar”, resume Claudia

Já o videoclipe foi produzido pela Apus Produtora de Conteúdo, a partir de imagens captadas no espetáculo “El cumbión del Chivo” do coletivo de dança peruano La Trenza dirigido pela coreógrafa Luz Gutierrez. Foi gravado no milenar complexo arqueológico Mateo Salado em Lima no Peru, “Água Benta” mistura elementos visuais como a sensualidade, o caos e a força da proposta cênica que tem como fonte de pesquisa o carnaval de Lamas, capital folclórica da Amazônia peruana.

6) Illy & Marina Sena “Quente e Colorido”



A cantora baiana Illy lançou em janeiro o clipe para “Quente e Colorido”, canção que conta com produção de Iuri Rio Branco composta pela mineira Marina Sena, que acompanha o feat. A faixa integra o terceiro álbum de estúdio da artista, O que me cabe, que será lançado neste mês de fevereiro.

O vídeo dirigido por Dauto Gali teve as cenas foram rodadas no histórico e abandonado Cine Jandaia e num casarão no Santo Antônio Além do Carmo. “Marina é uma das maiores artistas do Brasil e o primeiro disco dela veio para provar isso. A gente se conheceu no Samba de Fraldas de meu filho, Martim e notei ali que além de uma cantora fantástica ela era alto astral”, conta Illy.

“Illy é chique demais. Uma cantora super interessante e fiquei feliz quando ela falou que ia gravar minha música no disco. Acho legal que as pessoas me vejam também como compositora. Depois, fiquei ainda mais feliz quando ela me convidou pra cantar junto. Gravamos as vozes e filmamos o clipe numa vibe deliciosa e ainda passamos dias inesquecíveis em Salvador”, lembra Marina Sena

7) Walfredo em Busca da Simbiose “Manhã”



Walfredo em Busca da Simbiose durante o mês de janeiro lançou o single e videoclipe para “Manhã”. A produção audiovisual conta com direção poética de Tata Leon Evageliidis e Duo Cinza. A coreografia de corpos entrelaçados, se junta a leveza e dança em uma produção poética gravada no campo. O que faz captar a sensibilidade da canção.

8) Carol Dytz “Nem Freud Explica”



Para a divulgação do seu EP de estreia, Elo, a cantora e compositora Carol Dytz lançou o videoclipe para “Nem Freud Explica”. Em seu roteiro o vídeo conta com a direção e fotografia assinadas por Juliana Colinas mostra os desafios da saúde mental. A música retrata o sentimento de solidão vivenciado por Carol ao lidar com a ansiedade, principalmente no início da pandemia, época em que foi escrita.

OUTROS CLIPES INDEPENDENTES

Além dos 8 eleitos como melhores do mês de Janeiro| 2022 nas playlists do Youtube e Spotify vocês poderão encontrar os clipes dos artistas e bandas:

Héloa “A Vida É” (Aracajú / SE), Julia MestreLux & Tróia “Meu Paraíso” (Rio de Janeiro / RJ), Rei Lacoste “Bicho de Sete Cabeças” feat. Dunna (Salvador / BA), Zé PI “Lumina” (São Paulo / SP), Luedji Luna Russo Passapusso feat. Joander Cruz “Nem Um Pio” (Salvador / BA), Oliva “Quando eu era pequena você era tudo que eu conhecia” (Pelotas / RS), Astralplane “Passos” (Salvador / BA), Pseudo Banda feat. Vaine “Verão” (SP), Sargaço Nightclub “A Dança do Caos” (Recife / PE).

Melhores Clipes Independentes | Janeiro (2022)| Parte 2

Apuke “Vênus In Libra” (São Paulo / SP), Tássia Reis & Afroito “Magenta” (São Paulo / SP), Carol Biazin “Garota Infernal” (Ivaiporã / PR), El Negro “Você Dançou” (Porto Alegre / RS), Chameleo feat. Johnny Hooker “NHAC!” (Curitiba / PR), Jade Faria “Solar” (São Paulo / SP), Miri Brock “Corre Amor” (Santa Maria / RS).

Melhores Clipes Independentes | Janeiro (2022)| Parte 3

Big UpLos Brasileiros “Melhor Assunto” (São Paulo / SP), Fernando Catatau “Nada Acontece” (Fortaleza / CE), Gui Flowerz “róliude” (Limeira / SP), Terra Treme “Tamo no Game” (PE), Mixdgroove Se Você Quiser” (Bauru / SP), Zeca Veloso “A Rota do Indivíduo (Ferrugem)” (Salvador / BA), Abraskadabra “You Shine, Girl” (Curitiba / PR), Fuze “Melhor Com Você” (Rio de Janeiro / RJ), Jade Baraldo “Believe” (Rio de Janeiro / RJ).

Melhores Clipes Independentes | Janeiro (2022)| Parte 4

Grillo e os Mosquitos “Traz o Repelente” (Florianópolis / SC), Thami “Segue o Baile” (Nilópolis / RJ), Germana Guilherme “Minha Vez” (CE), Taboo “Sol do Sertão” (Montes Claros / MG), Ablusadas “Eu quero é blues” (Belo Horizonte / MG), Asfixia Social “Revelação” part. Funk Buia (São Paulo / SP), Matheus Who “pé na areia” (Rio de Janeiro / RJ),

Justu “O Mar” (Ribeirão Preto / SP), Gui Fleming “Passarim” (Niterói / RJ), Lucas Trindade “Tudo Bem” (Salvador / BA), Pássaro Vivo “Incelença Para o Amor que o Tempo Levou” feat. Luiz Salgado & Raphael Evangelista (MG), Mc Super ShockMalária “Só mais 5 minutos” (AP), Mel di Souza “Corpoesia” (Brasília / DF).

Melhores Clipes Independentes | Janeiro (2022)| Parte 5

Mais Uma “Festa dos Pássaros” (Florianópolis / SC), The Barba “Cante, Conte Comigo e Continue” (SP), Autoramas “Nóias Normais” (Rio de Janeiro / RJ), Wagner, Riko Vianna e Xavier2bit “Libriana” (Angra do Reis / RJ), Natty Hills “Dentro de Mim” (São Paulo / SP), Ros4 ft. Mar$al “Baby, Eu Quero Você!” (DF), Akira Presidente “Paper Boy” (Rio de Janeiro / RJ), Ariah “Pano de Chão” (São Paulo / SP), Resp “enquanto isso…” (Curitiba / PR), Mood Inc “Future Country” (SP), Zé Bigode Orquestra “Eles Querem o Poder” feat Bnegão (Rio de Janeiro / RJ), Pri Lacerda “Capricorniana” (Curitiba / PR), Dona Conceição feat. Lia Mara “Pássaro Azul” (RS), Lucas Pretti “Oi, Sumido” (Belo Horizonte / MG).

Melhores Clipes Independentes | Janeiro (2022)| Parte 6

Lucas Brenelli “The Train” (Campinas / SP), Flor de Boteco “Caburé” (João Pessoa / PB), Rap Reggae Party feat. Helião e Mato Seco “O Trem” (São Paulo / SP), ADR “Repleto” (Atlântida / RS), Ed Curva “In the Morning”, Melody “Fake Amor 2” (São Paulo / SP), Matheus Queiroz “crazy” (Brasília / DF), Tollrest “Quem Devo Ser” (RJ), Davi Índio “Vacina” (São Paulo / SP), Eduardo Kaczan “Le Fantastique” (Curitiba / PR).

Agriff “Flash” (Brasília / DF), Sombra MC “Mano Vou Alí Plantá um Chá feat. Funk Buia (São Paulo / SP), Tas MC “Culpa Part 2 ” Feat. Raiashi (Salvador / BA), Christine Valença feat. Wagner Café “Via Láctea” (Belo Horizonte / MG), Nasi & Os Spoilers “Spoilers” (SP), Tombo “Apogeu” feat Gabi Rox (Athos 2 Band) (São Paulo / SP), Bare Knuckle “Hummingbird” (São Paulo / SP).


Melhores Clipes Independentes | Janeiro 2022


PLAYLIST NO YOUTUBE (Janeiro | 2022)

Preparamos também uma playlist no Youtube com os 77 videoclipes coletados durante o mês de Janeiro | 2022
(106 possuem vídeos no Youtube). Assim quem quiser ver tudo de uma vez basta apertar o play.



PLAYLIST NO SPOTIFY (Janeiro | 2022)

Desta forma chegamos a playlist com os melhores clipes independentes lançados no mês de Janeiro (2022). Dos 77 vídeos do post, 76 têm as faixas disponíveis no Spotify.

Muito disso por conta que algumas faixas serão disponibilizadas quando o EP ou álbum forem lançados na plataforma. Já outros singles por conta do artista (ou banda) não ter material por lá.

-> Siga o Perfil do Hits Perdidos no Spotify <-


Playlist Melhores Clipes Independentes | Janeiro 22



Qual dos melhores clipes independentes | Janeiro (2022) você mais gostou?

Conta para gente nos comentários deste post qual dos Melhores Clipes Independentes | Janeiro (2022) você mais gostou!

Rafael Chioccarello

Editor-Chefe e Fundador do Hits Perdidos.

Related post

error: O conteúdo está protegido!!