Lista

Radio Color #3 – 20 Discos Independentes da América Latina que Marcaram 2021

20 Discos Independentes da América Latina que Marcaram 2021

Neste ano nasceu por aqui, a coluna da Radio Color, com a finalidade de mostrar os sons desconhecidos da nossa América Latina, e por isso sou muito grata ao Rafael Chioccarello e toda a equipe linda do Hits Perdidos pelo apoio e interesse demonstrados nesse projeto, isso significa muitíssimo.

Para fechar o ano selecionamos 20 discos independentes de diversos países vizinhos, cada um com uma sonoridade e história únicas, e que esperamos que vocês também possam apreciá-los. E que viva a música independente!

20 Discos Independentes da América Latina que Marcaram 2021



‘akhi huna várzea mini jumbo (Brasil)

Segunda mixtape do duo, de Sobradinho (DF), várzea mini jumbo é uma produção totalmente independente, que traz uma mistura tropical e nostálgica de sonoridades no Brasil dos anos 70 e 80, como o Tropicalismo, Psicodelia, a MPB e o Hip-hop, com pitadas modernas de Dreampop e Vaporwave.



Fus Delei Dímelo (Argentina)

O segundo álbum de longa duração do projeto musical argentino é um relato experimental carregado de reflexões pessoais, recordações de vidas passadas, o sentimento de não pertencer à corrente, e o descobrimento da identidade e sexualidade próprias. Tópicos esses sustentados por uma sonoridade e estética transumana, uma mistura ousada entre luz e trevas, techno e pop, elétrico e dramático.



Mold! No Silence (Peru)

O primeiro disco de estúdio da banda de raízes peruanas Mold!, é um trabalho autodenominado como rock psicológico e que devaneia sobre o descontentamento social de nossa época, a saúde mental e a experiência imigrante. Com uma mistura muito rica de sonoridade, o álbum parece revisitar constantemente uma época de ouro do noise rock, trazendo uma nostalgia “grungesca” sem perder sua modernidade e latinidade.



Gativideo BOUTIQUE (Argentina)

Segundo álbum de longa duração da banda argentina Gativideo, três anos depois de seu álbum debut que alçou a banda rapidamente a um patamar de visibilidade no país, possibilitando que tocassem em diversas cidades, incluindo o Lollapalooza 2019. BOUTIQUE é um disco multifacetado, colorido, cheio de entusiasmo e que explora muito a sonoridade do synthpop.

Apesar de letras às vezes melancólicas, é um trabalho que explora a diversão e que cabe em qualquer momento de lazer, e que busca trazer de volta a alegria perdida durante a pandemia.



Encarta 98 Lo que extrañas ya no existe (Colômbia)

Para os fãs de My Bloody Valentine, DIIV e Slowdive, a banda Bogotana Encarta 98 é a escolha perdida. Apesar de Lo que extrañas ya no existe ser o álbum debut do grupo, Encarta 98 é uma referência do shoegaze na capital colombiana, e nos convida nesse trabalho a pensar no amor, no desamor, e na saúde mental.



Margaritas Podridas Margaritas Podridas (México)

A vozes distorcidas e cheias de delay ao estilo Elisabeth Fraser do Cocteau Twins, as guitarras estridentes, e uma busca constante em uma sonoridade etérea, fazem do segundo álbum da banda mexicana Margaritas Podridas uma peça rara que consegue capturar a essência do grunge e do shoegaze em pleno 2021.



Congo Cab Company Setting (Argentina)

O segundo álbum de Congo Cab Company, projeto solo do argentino Franco Moreno, é uma mistura interessante e experimental de instrumentos e estilos, passando pelo jazz, shoegaze, psicodelia, indie rock, etc. e impressiona por haver sido gravado integralmente em seu quarto, alcançando tamanha excelência sonora e artística. Sou fã. É um disco pra ser ouvido em qualquer lugar.



Paes Blue Tree Salvador (Brasil)

O novo álbum de longa duração do pernambucano Paes foi gravado durante o isolamento, lançado pelo selo do artista, Abismmo, e traz participações e parcerias de artistas como os Boogarins, Carabobina, Àiyé, Murais, Julles, Al Jamal, entre outros.

Registrado de forma solitária, no home studio do artista , o disco é marcado por ambientações celestes, que se desenvolvem faixa a faixa de uma maneira sutil, e sem a menor pressa de nos envolver, alcançando texturas interessantíssimas e abarcando diversas referências e estilos, sem perder sua homogeneidade.

Leia Mais em Artigo do Hits Perdidos



The Crayolas Post-Modern Days (Paraguai)

O segundo álbum de longa duração de uma das bandas mais importantes da cena independente paraguaia não tem uma música ruim.



Nació Muerta Para Fernalias (Chile)

O segundo EP da banda chilena explora uma sonoridade interessantíssima, cheia de colagens e letras entrecruzadas, poéticas e reflexivas. Como eles disseram “um disco muito louco, muito improvisado, feito com desespero e amor”.



Logica Estelar Sueños Lúcidos (Panamá)

A banda panamenha Lógica Estelar e seu EP Sueños Lúcidos, lançado em Abril deste ano, foi inspirado nos sons do dreampop e shoegaze, mas definindo uma sonoridade própria a qual intitulam “Dreamy Space Rock”.



Cabeza Flotante El Canto de Las Ranas (Argentina)

Quarto disco da banda argentina Cabeza Flotante. Manolo e Antônio Lamothe, Marcos Canosa e José María Muriel nos trazem El Canto de Las Ranas, que segundo eles mesmos, se caracteriza por romper a maneira que tinham de compor e gravar.

“É um disco que tem canções distintas entre si, canções muito lentas que antes não tínhamos. Aparecem coisas muito pop, teclados potentes, guitarras envolventes, por momentos algo mais kraut rock, tem uma canção instrumental. É muito distinto a todo o anterior e também distante de como se faz as coisas hoje, quando tudo está muito urgente. Nos tomamos um tempo e está bom”.



Charlie Cráneo (Uruguai)

Interessante promessa para a cena musical Uruguaia, a artista de apenas 18 anos, lançou seu primeiro EP em Setembro deste ano. Produzido por Paul Higgs, da banda AlgodónCRANEO é um disco ousado e macabro de uma forma bastante encantadora, fazendo jus ao gênero musical que se auto intitula zombie punk.



Tripulación de Osos Un Futuro Mejor (Equador)

A banda quitenha de rock publicou neste ano um EP, depois de dois álbuns lançados, e que chegou com um aviso onde comunicaram um adeus indefinido da banda. Apontando uma mudança sonora e lírica, definem o trabalho como um EP conceitual, de ficções que escreveram em base a histórias reais, de pessoas que vivem situações difíceis.

“Riffs, sintetizadores, batidas, guitarras e, em nossa opinião, algumas das melhores letras de nossa curta, mas intensa carreira juntos”.



Pelopincho Loop Adolescente (Argentina)

Segundo álbum da banda argentina Pelopincho, o novo material tenta avançar musicalmente por caminhos não percorridos anteriormente pelo projeto. Loop Adolescente é um álbum de oito canções gravado entre o início de 2020 e 2021 onde uma experiência sensorial diversa é capturada que vagueia entre a agressividade característica do Punk Rock de bairro em relação a vários sons diversos do Pop e Twee Rock.



Filter Fauna Filter Fauna (Colômbia)

O novo álbum homônimo do colombiano Filter Fauna, onde ele encarna a identidade artística de sua natal cidade, Bogotá, mas com fortes raízes no sul do país. Cheio de visceralidade e psicodelia, ele fala sobre esses vários encontros com aquela almejada alteridade.



ataquemos No se, amor (Chile)

Projeto solo nascido em La Serena, Chile, que ronda pelo indie-folk, folclore e vários outros estilos. Seu terceiro álbum gravado totalmente por ele mesmo, é uma peça minimalista completamente apaixonante.



llilli Valle (Colômbia)

Tremendo EP do projeto musical de sonoridade folk e onírica do colombiano Pablo Escallón. O trabalho recém lançado, que leva o nome Valle, vale toda nossa atenção do começo ao fim.



NUKER XXV (México)

Projeto mexicano com influências do post-punk, surf rock e dream pop, e que lançou neste ano o seu EP debut XXV com músicas gravadas no celular, e é incrível.



chicoalgo sdd da vida (Brasil)

É o primeiro de uma série instrumental do produtor chicoalgo (integrante da banda gaúcha Catavento) em uma parceria dos selos Tal & Tal e Honey Bomb Records. Chico é um destaque na produção musical do sul do Brasil profundo.

Nesse EP, ele passeia por timbres inspiradores carregados de saudades variadas: a tensão dos flertes, a brisa da praia, a camada fina da esperança, e o ritmo urbano da noite. Inspirado por diversos estilos, o músico mistura ritmos brasileiros, batidas eletrônicas, samples, grooves belíssimos, timbres quentes e um swing único, traduzindo em músicas as experiências vividas na carne de sua sensação sonora.

Trabalhou com bandas como CuscoBayo e Descartes, além de produzir a Coletânea Sons que Vem da Serra.
A obra da capa é da artista Paulinha Grassi.



Playlist: 20 Discos Independentes da América Latina que Marcaram 2021

Para curtir com calma cada uma das indicações da Radio Color preparamos uma playlist especial que você confere no perfil do Hits Perdidos no Spotify. Gostaram da lista com Discos Independentes da América Latina?

Siga o Hits Perdidos no Spotify



Confira também:
Especial com bandas independentes Uruguaias
Especial com bandas independente Argentinas
Coletânea Conexão Latina II

This post was published on 24 de dezembro de 2021 11:00 am

Marina Cananda

Atriz e produtora cultural. Criadora da Radio Color, que nasceu para descobrir e fomentar o que há na música independente da América Latina.

Posts Recentes

Virada Cultural 2022 apresenta programação descentralizada nos dias 28 e 29/05; confira a programação completa

A abertura da Virada Cultural 2022 acontece às 17h do sábado (28), com apresentação do…

20 de maio de 2022

Jair Naves apresenta lado mais experimental em “Ofuscante a beleza que eu vejo”

O quarto disco da carreira solo do músico, cantor e compositor Jair Naves, Ofuscante a…

20 de maio de 2022

brvnks revela o lado doce e o amargo do amadurecer em “meet the terrible”

Após lançar Morri de Raiva (2019) pela Sony Music, a goiana brvnks após divulgar no…

20 de maio de 2022

Lançamentos Nacionais: Maglore, Glue Trip, Luna França, OZU, Julia Baumfeld, Giovanna Moraes e Bola

Aqui no Hits Perdidos voltamos com a coluna de lançamentos nacionais, afinal de contas, maio…

20 de maio de 2022

Lista das Listas 2021: conheça quais são os 45 discos mais citados pela crítica brasileira no último ano

Lista das Listas 2021, revela quais são os 45 discos mais citados pela crítica musical…

19 de maio de 2022

Tom Misch em Porto Alegre; show acontece na sexta-feira (20/05) no MITA Day

Tom Misch em Porto Alegre, inglês se apresenta no dia 20/07; garanta o seu ingresso…

19 de maio de 2022

This website uses cookies.