Os Melhores Clipes Independentes lançados em Maio + Playlist no Spotify

Ano novo e tempo de mudanças no Hits Perdidos. O ano passado foi marcado pelo grande sucesso dos listões de videoclipes que até deram origem a um estudo super detalhado sobre a produção audiovisual do independente brasileiro.

Desta vez resolvi fazer algumas alterações nos moldes. Teremos mensalmente a lista de melhores clipes do mês, outra de lyric videos e uma terceira de sessions.

Listas 2018

Janeiro
Fevereiro
Março
Abril

Em Maio continuamos a parceria com o programa Udigrudi da Play TV, onde o Hits Perdidos seleciona semanalmente alguns videoclipes para aparecer por lá. Inclusive fizemos um guia completo de “Como fazer para seu clipe aparecer na TV?“.

Vários clipes dos listões já tem aparecido na programação. Lembrando que o programa vai ao ar todos os domingos às 20 horas.


Udigrudi - 354
Neste último fim de semana tivemos clipes escolhidos pelo Hits Perdidos na programação do Udigrudi da Play TV.

Neste mês de Junho trarei os melhores que saíram no último mês e que merecem destaque. Claro que o listão continua democrático e no fim você encontrará uma playlist no youtube –  e Spotify – com os 101 coletados ao longo do mês.

A produção independente cresce a cada dia que passa e o investimento na divulgação também. Em uma geração em que poucos escutam um disco do começo ao fim, o artifício dos web clipes tem sido uma boa maneira de expor seus trabalhos.

E estes são feitos de todas formas, com alto ou baixo custo de produção. Com ideias mais certinhas a criativas. No fim das contas o que interessa é eternizar aquele momento e expor seu trabalho com a estética que mais convém atrelar a imagem da banda.

Em Maio inúmeras bandas começaram a divulgar seus curtas promovendo singles antigos ou que estarão presentes em seus futuros álbuns ou EP’s. Reunimos 101 clipes lançados neste mês que mostram alguns dos novos talentos da música independente brasileira. O que impressiona é termos uma média de 3,258 clipes sendo lançados no independente por dia. Na lista temos 100 artistas de 16 estados.

OS SELECIONADOS TAMBÉM FAZEM PARTE DA PLAYLIST CRIADA ESPECIALMENTE PELO HITS PERDIDOS PARA ETERNIZAR OS VÍDEOS LANÇADOS NESTE MÊS DE MAIO. NOVO ANO PEDE NOVOS FORMATOS DE DIVULGAÇÃO. ALIÁS NÃO DEIXE DE SEGUIR O PERFIL DO HITS NO SPOTIFY!


1 Plastic Fire “Lavanrac”



No dia 16/05 a banda carioca de hardcore Plastic Fire lançou o videoclipe para o single “Lavanrac”. A faixa serve como aperitivo para o próximo álbum que está em fase de produção.

O registro também é marcado como a última gravação com a formação antiga. Atualmente a linha de frente conta com Reynaldo Cruz (vocal), André Assis (bateria), Márcio Ian (baixo) e Daniel Avelar (guitarra).

Através de metáforas, um roteiro consistente e uma bela fotografia, a produção audiovisual está entre os destaques dos clipes lançados em Maio. O curta é assinado pela Alima Produtora Audiovisual, já a direção por Alexandre Lima e Fábio Roque.


2 Pense “Todo momento é o agora”



A Pense de Belo Horizonte (MG) disponibilizou no dia 11/05 o clipe para “Todo momento é o agora”, faixa presente no recém lançado Realidade, Vida e Fé. A ideia do clipe é simples mas sua execução é impecável.

O vídeo mescla imagens da banda tocando em uma espécie de galpão e cenas do vocalista encenando. O grande destaque é o ótimo trabalho de luzes e dinâmica do curta. A direção, roteiro, iluminação e decupagem são assinadas por Derick Borba.


3 Molho Negro “Souza Cruz”



O Molho Negro de Belém (PA) no dia 08/05 lançou o videoclipe para a bem humorada “Souza Cruz”. O single é a 4ª faixa do álbum Não é nada disso que você pensou, lançado no ano passado. Uma curiosidade é que o roteiro é assinado pelo vocalista João Lemos. Ele que assina a direção do videoclipe ao lado de Wilson Velasco.

“Souza Cruz” é uma canção de protesto mediante os tempos nebulosos em que temos vivido. “Ultimamente meu pessimismo me faz acreditar que a gente caminha a passos largos em direção a um pais mais conservador, e isso é perigoso”, lembra João, vocalista da banda.

O clipe mostra um religioso tentando evangelizar de qualquer forma uma garota que apenas quer seguir seu próprio caminho e suas próprias escolhas. Claro que o bom humor não ia ficar de fora e até brincadeira com a cruz invertida entra em cena.


4 Rubel “Chiste ft. Rincon Sapiência”



No dia 27/05 Rubel lançou o videoclipe para “Chiste”, tanto a faixa quanto o clipe foram feitos em parceria com o rapper Rincon Sapiência. O vídeo com certeza é um dos mais divertidos – e inesperados – da lista. O Roteiro brinca com um concurso de dança fictício em que Rubel e Rincon participam com uma coreografia para lá de freestyle.

O clipe que foi dirigido pelo próprio músico teve roteiro elaborado por Rubel
Maíra Motta e Pedro Riguetti. Já a produção é assinada por Danielle Villanova e Victor Clin.


5 Rincon Sapiência “Crime Bárbaro”



Exatamente uma semana após Childish Gambino lançar “This Is America”, o rapper paulista Rincon Sapiência lançou o potente videoclipe para “Crime Bárbaro”. A composição foi feita em parceria com o mestre Tom Zé e Valdez.

Algo que achei interessante e me fez automaticamente associar ao vídeo de Donald foi justamente a perseguição que encerra o clipe do norte-americano e inicia a do MC brasileiro. A temática se relaciona também em outros pontos como o preconceito, dívida histórica do nefasto período da escravidão e o medo de viver em uma sociedade conservadora. O vídeo foi dirigido por Nixon Freire. Mais um lançamento do selo Boia Fria Produções.


6 Braza “Chama”



A banda carioca BRAZA continua despontando com ótimos videoclipes lançados em um curto período de tempo. O mais recente foi lançado no dia 04/05. A faixa escolhida foi “Chama” que também é o primeiro clipe o EP Liquidificador.

No vídeo Phill Mendonça divide a concepção e direção com Danilo, Nícolas, Pedro e Vitor e ainda abraça a direção de fotografia e o foco. Segundo a banda a canção fala sobre os altos e baixos que a vida nos proporciona e como temos que conviver com isto. Eles ainda ressaltam que tudo isso faz parte do processo de evolução.

O clipe é focado na performance e na dança e reúne takes que deixam tudo de certa maneira explosivo. Com direito a cenas debaixo d’água e dança de Pam de Britto.


7 Letrux “Flerte Revival”



A carioca Letrux segue firme trabalhando na divulgação do álbum Letrux Em Noite de Climão lançado no ano passado. Este que foi bastante lembrando nas principais listas de melhores discos de 2017.

No dia 14/05 foi a vez de “Flerte Revival” ganhar um divertido, colorido e energético videoclipe. Com vários adereços, maquiagens e performance da artista, o curta consegue te prender durante seus 3 minutos de duração. Tudo muito colorido, vibrante e que salta na tela.

O vídeo foi dirigido por Leandro Lima, a direção de fotografia por Antônio Brasiliano e a direção de arte, maquiagem e styling porAlma Negrot. Já o roteiro foi feito em conjunto por Alma Negrot, Camila Holpert e Leandro Lima.


8 Pratagy “Búfalo”



No dia 17/05, com direito a Premiere no Hits Perdidos, Pratagy, de Belém (PA), lançou o videoclipe para “Búfalo”, esta presente em seu primeiro registro.

A sensibilidade que fez a diferença no roteiro do clipe. A perspectiva da narrativa criada por Adrianna Oliveira (que também dirige o belíssimo clipe de “Deusa da Lua (Mulher Perigosa)” da também paraense Sammliz) mostra o querer de um artista ser melhor para superar suas próprias expectativas. O vídeo tem produção assinada pela Marahu Filmes.

Nada como um choque de realidade e um plot twist inesperado para mudar a trama do personagem sonhador. Após treinar embaixo do chuveiro, preparar seu figurinho e partir para sua coroação enquanto artista, ele (Pratagy), descobre que irá participar de um karaokê.

Só que no meio da canção ele é desafiado por um competidor que além de estar mais preparado, ainda está melhor vestido e com um carisma que o deixa literalmente desarmado. Claro que a essa altura ele não joga a toalha e vai para cima tentando mostrar o seu melhor.

O grande trunfo do roteiro é isso de lidar com a expectativa x a realidade. Na expectativa nos sentimos fortes, achamos nossa arte e interpretação as melhores do mundo, mas quando somos postos a prova, muitas vezes por insegurança, falta de maturidade, medo e pavor de não ser notado, sofremos com a pressão.

A crítica é válida para todos nós, sejamos músicos, advogados, publicitários, engenheiros e talvez por captar um sentimento tão genuíno – e universal – de uma maneira tão delicada – e divertida – que encante facilmente a quem for assistir.


9 Sandro “Dança”



No dia 11/05, com direito a Premiere no Hits Perdidos, o gaúcho Sandro, lançou o videoclipe para “Dança”.

O videoclipe dialoga com todo o universo da moda, cultura pop, tecnologia e entretenimento dos anos 90. De uma maneira divertida e perspicaz em vídeo dirigido por Renan Queiroz.

Não tem como não tirar o olho da tela e não se divertir com cada passagem do videoclipe. Os recortes trazem elementos marcantes da época com o exagero de Chroma Key para criar colagens e sobreposições tão icônicas em clipes de bandas como The White Stripes, Supergrass, The Vines, The Flaming Lips, Sonic Youth e tantas outras.

Também cria personalidades e membros para sua banda imaginária que basicamente é Sandro sendo multiplicado e com poses cômicas. Traz referências que tiram sarro até mesmo com a estética da Vaporwave e Dream Pop.

O VHS, Twin Peaks, realeza ingles (descanse em paz, Diana), os animes e a psicodelia também ganham espaço dentro do curta que conta também com imagens aéreas que remetem a clipes de Hiro Murai, com direito a muitas cores e energia nostálgica.

Em certo momento me lembra até o videoclipe clássico que bombava nas madrugadas da antiga MTV Brasil, Deee-Lite “Groove Is In The Heart“, quem consegue esquecer? E quem lembra do vídeo para “Move Your Feet” do Junior Senior?

“O lance era fazer algo que resumisse o que viria pela frente. A estética é baseada em lembranças de quando eu era criança no começo dos anos 90, as roupas coloridas, nylon, as marcas eram muito evidentes”, explica Sandro.

“A tipografia japonesa vem das séries Jaspion, Jiraya, Jibran e mais um monte de outros heróis que eu assistia na época. Foi também uma imposição do Renan, como única condição para que ele produzisse o clipe”, completa.


10 Medulla “Um Leão Por Dia”



Medulla lançou no dia 25/05 o clipe para “Um Leão Por Dia”. Este que conta com imagens gravadas na Cohab 1, zona leste de São Paulo, e mostra diversos ícones da periferia.

A direção do curta foi feita por Felipe Vieira, e Keops e Raony assina a co-direção. O mérito do vídeo é justamente mostrar a realidade através de recortes muito bem elaborados. A mensagem é sobre empatia e resistência em tempos de luta.


11 Djonga “Junho de 1994”



Quem chegou colocando o dedo na ferida e com um timing excelente foi o rapper mineiro Djonga. No dia 18/04 ele disponibilizou em suas redes o vídeo para “Junho de 94”, esta que tem uma letra forte e de impacto que fala sobre o sofrimento e crescer.

Com rimas rápidas ele manda o recado certo na hora certa. O título ainda nos remete a Copa do Mundo e todo seu pão e circo. O vídeo foi dirigido por Gabriel Solano e tem o roteiro elaborado por Djonga.

Ele que literalmente passa o vídeo com a corda no pescoço e através de várias metáforas fala sobre a sua trajetória na indústria e sobre a hipocrisia do mundo em que vivemos.


12 O Tarot “Em Construção”



A banda O Tarot de Brasília (DF) no dia 16/05 lançou o videoclipe de “Em Construção”. A canção é o primeiro single do novo álbum. O clipe que foi dirigido por Isabella Eichler brinca com a temática dos altos e baixos vividos ao longo da vida.

Nele o personagem com trajes de banho da década de 50, vê seus castelos de areia sendo destruídos de todas as formas. Uma curiosidade é que para ser realizado foi necessária 1 tonelada de areia cenográfica. O destaque fica para o roteiro e produção.


13 Nathalia Ferro “A Revolução das Bruxas”



A cantora maranhense Nathalia Ferro lançou no dia 30/05 o belíssimo videoclipe para “A Revolução das Bruxas”. O single manifesto que foi lançado no ano passado grita pelos direitos das mulheres.

O vídeo brinca com as cores, maquiagem, figurino e sobreposição de imagens. A direção é assinada por Nathalia Ferro e Alma Negrot. Já roteiro foi feito por Nathalia Ferro, Lisa Granata, Alma Negrot e Natália Pinheiro Guimarães.


14 Ops “Já Vai Passar”



É de verdades escancaradas que o trabalho de Ops permeia e “Já Vai Passar” não seria diferente. A música fala sobre o tempo de vida que demanda o trabalho exaustivo do proletariado, segundo o músico:

“É sobre como perdemos parte de nossas vidas nos prestando a um serviço que, muitas vezes, visa tão somente o lucro e o conforto dos donos dos meios de produção. O refrão sugere uma esperança mórbida de pausa, talvez eterna, de um descanso merecido.” – conta o músico

A faixa foi composta em parceria com os músicos Rafael Rangel (Disco Alto) e Kelton Gomes, também de Brasília.É através da correria do dia-a-dia que o videomaker Cae Maia traz o tema para o centro da discussão.

No vídeo Rafael Ops fica parado vendo o caos de uma cidade grande o engolir. O vídeo foi filmado em Brasília (DF) e mostra o cotidiano dos trabalhadores se movimentando em busca de dinheiro.

Ops por outro lado mostra o contraste da calmaria que certamente estranha aqueles que não conseguem parar nem sequer por um segundo. Criando assim uma sensação de angústia a aflição tanto a quem assiste, como a quem estava presente no dia das gravações. Tanto é que ele chegou até mesmo a ser empurrado pelos transeuntes, o que deu ainda mais graça para o roteiro.

O vídeo foi realizado por Ops em parceria com a OBG Filmes, do videomaker Cae Maia, e produzido por Paula Rios, da Batedeira Cultural, segue a linguagem dos demais clipes do álbum. Longos planos-sequência e técnicas de manipulação do tempo na edição caracterizam as obras.


15 Raquel Reis “Sorte”



A brasiliense Raquel Reis lançou no dia 10/05 o videoclipe para “Sorte”. Dirigido por Breno Galtier e Dario Pato, o vídeo mostra a menina Manu em seu pequeno quarto, retratando todo o imaginário e leveza que uma criança pode criar. Do outro lado, a cantora também se identifica com a inocência da atriz, mostrando que sorte também é ser feliz.

“No clipe temos dois espaços-mundos, o espaço Quitinete, que é retratado no quarto da criança, e o espaço Sonho, que é retratado no ambiente lúdico da floresta. E a narrativa se dá focando nos movimentos leves e naturais da criança, improvisados pela própria Manu, trazendo a leveza do que é a sorte pra uma criança. Porque a sorte pra uma criança pode estar no seu amigo imaginário, no seu urso de estimação, nas coisas mais simples e abstratas, e isso é lindo!”, comenta Raquel Reis


16 Harmônicos do Universo “Um dia de Sol no Inverso”



O primeiro EP do projeto Harmônicos do Universo foi lançado pelo selo Hérnia de Discos. Este que é o resultado do trabalho da multi instrumentista e produtora musical Desirée Marantes.

Para dar sequência na divulgação do trabalho no dia 13/05 foi lançado o videoclipe para “Um Dia de Sol no Inverno”. Este que de cara me lembrou a estética dos belos clipes do Sigur Rós e mostra crianças brincando em um parque de diversões, sob a luz do sol de um dia frio.

“Essa é a primeira música do EP e assim como as outras foi ‘composta’ durante um show no Estúdio Aurora. A faixa só usa um instrumento, o violino, que eu comecei a dedilhar e instantaneamente me lembrou do trabalho de um músico que admiro muito, o Andrew Bird”, comenta Desirée

O clipe, um registro dos afilhados de Derisée brincando em um parque iluminado durante um dia de inverno em Nova Iorque, foi tão satisfatório para as envolvidas que já tem previsão de continuidade – em uma proposta artística de que um vídeo com os mesmos personagens seja filmado a cada ano, acompanhando seu crescimento.

O curta foi dirigido por Brunella Martina e ela comenta que a proposta do registro remete ao filme  “A Árvore da Vida”, do diretor Terrence Malick.

“Claro, uma referência distante imagética, não como criação ficcional. O principal objetivo aqui era que fosse um deleite estético, um experiência sensorial, sem muita narrativa envolvida”, ela explica


17 Desalmado “Blessed By Money”



Para protestar contra uma das maiores taxas de desemprego da história do país, a banda paulistana de Thrash Metal / Death Metal Desalmado lançou o clipe para “Blessed By Money” no dia 01/05. A data que também é popularmente conhecida como “Dia do Trabalho”. A faixa integra o álbum recém-lançado Save Us From Ourselves.

“Vivemos um período de guerra. Essa guerra tem história, lado e ceifou vidas. O sistema nos colocou de joelhos com promessas falsas de prosperidade e liberdade. Um contra o outro, o ódio como combustível a serviço do inimigo invisível”, explica o vocalista Caio Augusttus

O clipe que foi dirigido por Leandro Valverde, tem como grande destaque o roteiro que mostra as consequências do desemprego ao longo do tempo.


18 Maria Beraldo “Tenso”



A compositora e cantora catarinense Maria Beraldo no dia 23/05 lançou o videoclipe para “Tenso”. A faixa é o segundo single do disco CAVALA que saiu no dia 01/06 pelo selo RISCO.

O clipe foi produzido, roteirizado, montado, dirigido, editado e finalizado por Laura Diaz. O destaque do vídeo está justamente na linguagem, roteiro e impacto que a cada quadro nos traz.

“Eu me conecto com a Laura no momento em que ela coloca o corpo dela à disposição da voz política que tem o seu grito. E doar o corpo tem o custo de uma vida. Laura Diaz faz isso com densidade em multi frentes: no palco é CARNEOSSO cantora compositora performer produtora musical, com Teto Preto e no seu projeto solo que será gravado muito em breve; inventou e produz (em parceria com Cashu) a Mamba Negra, festa de música eletrônica e experimental que resiste como espaço de liberdades – de gênero, orientação sexual, cor – na noite de SP; gere o selo MAMBAREC que abre espaço para a música brasileira eletrônica e uma pesquisa artística de suma importância num cenário muitas vezes viciado pela chamada música popular brasileira; por mais um viés, com excelência, Laura dirigiu os dois clipes de sua banda Teto Preto, e recebeu o prêmio de melhor direção nacional pelo Music Video Festival 2017, com Gasolina.

Diaz movimenta toda essa energia pra dizer que não e depois que sim. Ou vice versa. Constrói com as próprias mãos a resistência à lógica da desigualdade, da exclusão, do abate daquelas(es) que valem menos (pra alguém) e apresenta esse monte de arte com densidade pesquisa embasamento e invenção. A Laura faz muitas coisas mas aprendi com meu pai que quando eu fazia muitas coisas na verdade eu estava fazendo uma só, no meu caso eu estava fazendo a Maria, e que sorte a minha essa uma coisa que eu faço: eu, encontrar com essa uma coisa que a Laura faz: ela.

Laura me acha doce. Essa foi a minha primeira descoberta ao saber que ela tinha topado dirigir o clipe, porque sua ideia era me colocar numa banheira cheia de algodão doce embebida na minha doçura. Pelada, vestida de açúcar e corante era o jeito que ela queria me mostrar, me ver. Perversa, porque a Laura conhece bem a doçura. E no caminho do banheiro ao parque de diversões – do clipe – ela encontrou espaço pra construir o percurso da canção LIBIDO-LIBERDADE-TESÃO-PRESSÃO, e do prazer que ainda mais em uma mulher, ainda mais em uma homossexual, está imbricado, ou ainda, é feito da matéria da repressão.

A música eu compus em um momento de encontro com a paz de ser uma mulher lésbica. Isso me custou muitos anos. Na chegada a São Paulo me ajudaram no exercício da liberdade a loucura da música de Arrigo Barnabé, com quem trabalho desde 2013, e o companheirismo da Quartabê e de toda turma das artes da metrópole que sempre me acolheu tão bem. Minha música é feita da música dessas pessoas também.

Me percebi autora e me identifiquei numa composição de poucos elementos e curtas durações. Com isso na mira produzimos essa faixa TENSO eu e Tó Brandileone, fiel escudeiro, provocados pela pré-produção de Sérgio Abdalla e as paqueras com o mundo de Diaz e sua turma. TENSO experimenta a música eletrônica e a música pop. É a voz de uma mulher falando do seu tesão

“TENSO
tão desavisado meu TESÃO
vive um momento
TENSO
livre leve solto de coração
é gostoso é
TENSO”

Não é baixo o custo da exposição. Não é fácil me apresentar publicamente expondo meu corpo e minhas sensações nuas com tudo o que o Brasil acha feio ainda que em fricção com o que o ocidente acha lindo. A Laura me acha bonita com meus pêlos da virilha e da perna e muito da política é sobre beleza. Estética. Ética. Ela quis me retratar como eu sou. A representatividade tem seu fundamento no óbvio ululante da ocupação do espaço por aquelas(es) que existem. Eu – e a geral – mulher, sapatona, existo. Precisou desenhar, a Laura desenhou.” – relata Maria Beraldo


19 Ventilador de Teto “Nu”



Se tem algo que a lista de clipes do Hits Perdidos abraça são as boas ideias. Independente de ser uma mega produção ou possuir um roteiro divertido ou criativo.

A banda carioca que tem um nome todo curioso, Ventilador de Teto, no dia 27/05 lançou o simples e divertido videoclipe para “Nu”. Este que mostra um menino aproveitando os tempos de criança…jogando bola, correndo, se divertindo entre outras coisas.

O vídeo tem direção assinada por Marcos Gabriel Faria. Já a produção foi realizada por João Vittor Koeppe, Bárbara Martins e Marcos Gabriel Faria.


20 Leza “Religare”



As frustrações e os sonhos reprimidos são ilustrados no curta-metragem da Leza. A faixa integra o disco Vice-Versa que será lançado em breve. No dia 17/05 foi lançado o videoclipe para “Religare”, este que é todo espiritualizado e com seu ritmo lento, cheio de luzes coloridas, explora a psicodelia.

Com direção de Thomas Henne​, “Religare” é uma ode aos sonhos reprimidos da liberdade e o potencial de imaginação que eles geram dentro de cada pessoa. Com cenas feitas em locais como o centro velho de São Paulo e o estúdio da banda.

“O próprio nome da música traz isso, de se religar consigo mesmo”, comenta o
guitarrista e vocalista Gustavo Athayde​.

“A gente se inspirou na ideia de equilíbrio que virá ao longo do novo disco. A música como um ponto de encontro entre os dois personagens principais: o profissional corporativo, já exausto dessa vida e o outro, possivelmente um artista, acordando de uma ressaca. Eles se encontram no show e ali se religam, individual e coletivamente”,  finaliza o músico


21 E A Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante “Daiane”



No dia 28/05 o quarteto paulista E A Terra Nunca Foi Tão Distante lançou o videoclipe para “Daiane”. A faixa é o primeiro single a ser divulgado do primeiro álbum completo da banda que deve lançar no segundo semestre via Balaclava Records.

O grande mérito do vídeo é a criatividade e como as animações vão dando “cores” e contornos para o clipe, assim dialogando com a composição. As imagens e montagem foram realizadas por Diego Denardi, já as animações e intervenções visuais por Lucas Fiacadori e Paulo Stoker.


22 Jonas Sá “Puberdade”



Um dos clipes que mais se destacaram no mês pela ótima produção foi o de “Puberdade” do carioca Jonas Sá. O vídeo foi lançado no dia 18/05 e veio para impulsionar o lançamento de seu terceiro disco, Puber. O clipe foi dirigido por Pedro Freiro e co-dirigido pelo próprio Jonas.

“Lembramos de “No Money Down” de Lou Reed, “Come To Daddy” do Aphex Twin e daquelas máscaras realistas realmente perturbadoras. Como seria legal fazer uma máscara dessas de mim adolescente para nosso filme, afinal, a canção escolhida é PUBERDADE.”, relata o artista

“…E aí a gente volta pro filme e quando eu olho pra equipe vejo velhos amigos.

Pedro Freire estava lá durante a toda a minha adolescência. Daniel Venosa – que assina a fotografia – aos 17 me fotografava pros meus primeiros shows. Ele é sócio da Cosmo Cine, produtora do clipe. Priscila Lima é uma atriz fantástica e quem usa a máscara (assinada pelo Marcelo Amp) é o multi-talentoso Tadeu Bijous.

Júlia Rocha, diretora de arte, fez a capa do meu álbum “BLAM! BLAM!”(2015). Fred Siewerdt que já havia trabalhado comigo no clipe de GIGOLÔ, assina a edição e Julio Marcello e Bruna Fonyat – que recentemente fizeram o lyriclipe de AIMORÉ – voltam pilotando os efeitos visuais.

Um dia, essas filmagens serão elas mesmas uma memória e o clipe uma fotografia. E as recordações são elas mesmas corpos que mudam no infinito das nossas cabeças. Como estarão em alguns anos?”, finaliza Jonas


23 Samuca e a Selva “Flores Raras”



A banda paulista Samuca e a Selva no dia 15/05 lançou o videoclipe para “Flores Raras”. A faixa que passeia pelos ritmos latinos integra o disco Madurar (2016). O clipe dirigido por Rodolfo Dox Lacerda diverte justamente por na produção audiovisual conseguir transmitir a mensagem de sua letra de maneira sutil.


24 La Leuca “Salina Saliva”



Algo que sempre lembramos quando fazemos a curadoria dos clipes para a Play TV é justamente de que a escolha da música para o clipe tem que ser boa. A banda La Leuca de Florianópolis (SC) no dia 15/05 apresentou o primeiro single do EP Dente de Leite através de um videoclipe.

“Salina Saliva” ganhou um vídeo todo jovem e divertido que traz imagens das integrantes se divertindo na praia, tudo isso com um filtro todo psicodélico. Quem curtir clipes com a estética das fitinhas VHS vai se amarrar.


25 Drápula “Maquina de Mistério”



No dia 17/05 os fluminenses da Drápula lançaram o videoclipe para “Máquina de Mistério” em Premiere no Hits Perdidos.

A canção é a terceira faixa do Vol. II e conta com uma letra muito bem humorada, diga-se de passagem. Esse ar lo-fi dos anos 80 e seu tom despojado em criar clímax e anticlímax, fazem a letra flertar com a efemeridade da tecnologia do hoje – citando até o WhatsApp – em contraste com o resgate de influências radiofônicas. Se a veia do futurismo estava em alta nos anos 80, agora em 2018 eles ironizam isso através de um ar debochado.

É claro que isso ia se refletir no videoclipe para a canção que abusa do tom literal para criar as situações descritas na letra. Isso acontece através de dancinhas, tomadas irônicas, paleta de cores e estética oitentista no figurino que nos leva direto para os videoclipes que hoje em dia são exibidos no VH1.

Clipes mais modernos como do OK Go, Vampire Weekend, Ariel Pink dialogam bastante com a temática “deboísta” do vídeo. A cultura do Vaporwave difundida tanto pelo tumblr também da o ar da graça no registro.

O vídeo foi dirigido por Luiza Catalani e Clarissa Ferreira mas contou também com uma equipe formada por mais de 10 estudantes de cinema.


26 Dona Cislene “Anunnaki”



No dia 31/05 a banda brasiliense Dona Cislene lançou o videoclipe para “Anunnaki”. Através de uma divertida animação eles tentam escapar da cultura consumista através de um mundo mágico. O destaque em si é pela animação e colagens.

Segundo a banda: “A música é cheia de mistérios, críticas ao mundo consumista no qual vivemos e sonoridades nunca antes exploradas pela banda”.


Outros videoclipes

Além dos 26 eleitos como melhores do mês nas playlists do Youtube e Spotify vocês poderão encontrar os clipes dos artistas e bandas:

O Grande Babaca “Eu Sou o Rei” (São Paulo / SP), Aster “Krisis” (Canoas / RS), Supervibe “Desfaz” (Brasília / DF), L.I.E “The Dissonance” (Caxias do Sul / RS), Augusta “Você quase sabe” (Brasília / DF), DEVISE “Canção Pro Vento” (Belo Horizonte / MG), Patricia Marx “You Showed Me How” (São Paulo / SP), Marcelo Perdido “falta (feat Felipe S.)” (Rio de Janeiro / RJ), Arnaldo Antunes “se_precavê” (São Paulo / SP), Arnaldo Antunes “a_samba” (São Paulo / SP), Illy “Voo Longe” (Salvador / BA), Republica Popular “Somo2” (Manaus / AM), Mani Carneiro “Chove” (Recife / PE), João Pedreira “Rolam As Cabeças” (Brasília / DF), Cordel do Fogo Encantado “Raiar ou O Vingador da Solidão” (Arcoverde / PE), Silva “A Cor é Rosa” (Vitória / ES), Marcelo Yuka “Dali ft. Bukassa Kabengele, Black Alien” (Rio de Janeiro / RJ).

Rael “Aurora Boreal” (São Paulo / SP), Guaiamum “Convenience” (Brasília / DF), Paquetá “Guanxuma Jamaicana” (Canoas / RS), Mário Wamser feat. Mihay “Embriagar em BH” (Belo Horizonte / MG), Noturnall “Mysterious” (São Paulo / SP), NERVOSA “Kill The Silence” (São Paulo / SP), Plebe Rude “Disco em Moscou” (Brasília / DF), Nove Zero Nove “Mendigo” (Rio de Janeiro / RJ), Felipe de Vas “Alaska” (Maceió / AL), Added Color “Panic Attack” (São Paulo / Nova Iorque (EUA), Mahmundi “Tempo Pra Amar” (Rio de Janeiro / RJ), Froid part. Cynthia Luz “Garota” (Brasília / DF), Lupe de Lupe “O Brasil Quer Mais (Governador Valadares / MG), Aldan “Sua Voz é Grave e Linda” (Belo Horizonte / MG), Tuer Lapin “Mortem Submersi” (Porto Velho / RO), The Mönic “Buda” (São Paulo / SP), Storen “Suspenso” (Belo Horizonte / MG),  Phillip Nutt “Apenas amigos | Surtar” (São Paulo / SP), Hodari “Netflix” (Brasília / DF), Carbônica “Até no Caos” (Guarulhos / SP), Paulo Garciia “Vento no Rosto” (São Paulo / SP), Clube dos Corações Partidos “Aqui Fora” (Blumenau / SC), GEO “Salva-Vidas” (Santos / SP), Amorina “Luzes Rápidas” (Belo Horizonte / MG),  Abril Belga “Fluir” (Rio de Janeiro / RJ).

Radiotape “Nova Chance” (Belo Horizonte / MG), Ronco “A Melhor” (Salvador / BA), Ziggy Ama Tom “Os Outros” (Canoas / RS), Universo Relativo “Falível” (ABC Paulista / SP), NIKO IS feat TRVLR, SPVIC “U Could Be My Gal” (Haikaiss – São Paulo / SP), Mateus Carrilho “Privê” (Goiânia / GO), Filosofia Sônica “Marca de Expressão” (Porto Alegre / RS), svndress “Dive” (Itália / Natal (RN), Envolto “Distante” (Linhares / ES), Fogo Caminha Comigo “Mas hoje eu não saí da cama nem pra ver o sol cair” (Jaguariaíva / PR), Nosso Querido Figueiredo “Para Vencer Na Vida Não Precisa” (Porto Alegre / RS).

Forjado Sol “Jornada” (Passo Fundo / RS), Os Dentes “Todos Pirô” (Rio de Janeiro / RJ), 13.7 “Medo” (Rio de Janeiro / RJ), Devotos “Eu o Declaro Me Inimigo” (Recife / PE), Caio Dias “Resistência” (Presidente Prudente / SP), Agressivo Pau Pôdi “Karoshi” (Brasília / DF), Josbi “Verso Livre 2018” (Rio de Janeiro / RJ), Karol de Souza “Me Deixa Viver” (Curitiba / PR), Ciclo Radius “É Cedo” (Jundiaí / SP), Banda Fuze “Mar de Flores” (Rio de Janeiro / RJ), CLEO “Jungle Kid” (Rio de Janeiro / RJ), CXFXCX “Que Fim Levou?” (Canoas / RS), The Fliers “Dream Balloon” (Canoas / RS), Fim do Silêncio “Como Era Antigamente” (São Paulo / SP), Bocarra “Inspiração, Piração” (São Paulo / SP), Nayra Lays “Preta Chave” (São Paulo / SP), Antes do Erro “Anos no Escuro” (Belém / PA), Neander e tal. “O Quanto Eu Errei” (Novo Hamburgo / RS), Sokera “Antes de Morrer” (Belém / PA), Jhonny Véio “Dias Que Acertei” (Belo Horizonte / MG), Wine Beer “Cenário Político” (Caxias do Sul / RS) e Djalma Não Entende de Política “O Sol Não Dá Ré” (Belo Horizonte (MG).


PLAYLIST NO YOUTUBE

Preparamos também uma playlist no Youtube com os 101 videoclipes coletados durante o mês de maio. Assim quem quiser ver tudo de uma vez basta apertar o play.



Melhores Clipes MAIO 2018


PLAYLIST NO SPOTIFY


Desta forma chegamos a playlist com os clipes independentes lançados no mês de Maio (2018). Dos 101 vídeos do post, 87 possuem as faixas no Spotify. Muito disso por conta que algumas faixas serão disponibilizadas quando o EP ou álbum forem lançados na plataforma e outros pelo artista/banda não ter material por lá.

-> Siga o Perfil do Hits Perdidos no Spotify <-



Para você, qual o melhor do mês?


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s