Os Melhores Lyric Videos de 2018

OS MELHORES LYRIC VIDEOS DE 2018

Já tivemos por aqui recentemente a lista de Melhores Videoclipes da Audiência do Udigrudi na Play TV. Tivemos também a lista de Melhores Videoclipes Nacionais de 2018 e a lista de Melhores Animações escolhidas pelo Hits Perdidos.

Agora é a vez da lista de Melhores Lyric Videos de 2018!

Os critérios a cada dia ficam mais apurados e você sabe como um videoclipe bem feito pode criar interesse por ouvir uma banda. Então a dica que fica é: Pense em um roteiro consistente, interativo, intrigante e saia do básico.

Tente pensar como telespectador ou como alguém que tirou 5 minutos do “trampo” para ver seu vídeo. Lembrando que nem sempre uma mega produção tem o melhor resultado, nunca se esqueça que tudo começa com uma ideia.

LISTA: VIDEOCLIPES 2018

Janeiro
Fevereiro
Março
Abril
Maio
Junho
Julho
Agosto
Setembro
Outubro
Novembro
Dezembro

Todas as listas acompanham playlists devidamente postadas no Spotify do Hits Perdidos. Mas ficou faltando a lista das listas. Os chamados melhores videoclipes lançados no ano passado, é começo de 2019 mas ainda estamos em tempo!

CRITÉRIOS

Para isso decidimos usar alguns critérios para a seleção como: roteiro, criatividade, fotografia, adequação a estética, qualidade da produção audiovisual e entretenimento. Cada categoria com pesos diferentes.

OS MELHORES LYRIC VIDEOS

Os Lyric Videos muitas vezes são vistos como “os patinhos feios” da divulgação e até por isso muitas vezes o orçamento deles é baixíssimos. Mas nem por isso não tenha quem se desdobre na criatividade, dê uma atenção especial ou faça algo próximo de um videoclipe – e por aqui valorizamos isso! Sendo assim listamos 9 que valem o play!

Dingo Bells “Todo Mundo Vai Mudar”



No dia 16/03 a banda gaúcha Dingo Bells lançou o lyric video para “Todo Mundo Vai Mudar”. Faixa que dá nome ao novo álbum que será lançado no dia 11/04. O projeto do disco foi selecionado pelo edital Natura Musical 2016 com apoio da Lei Pró-Cultura/RS.

O vídeo foi dirigido por Lucas Tergolina e faz a mistura de trechos de filmes gravados em  super 8 com trechos da infância do diretor registradas através de fotos das diferentes etapas de  construção de uma colagem de Rodrigo Marroni – um dos artistas responsáveis pelo projeto gráfico do novo trabalho. O destaque fica justamente para a sua sensibilidade em trazer o íntimo da banda para falar sobre mudanças.

Jonas Sá “Aimoré”



No dia 25/03 foi a vez do músico carioca Jonas Sá disponibilizar o metzo lyric video metzo clipe para “Aimoré”. Ele que no dia 11/05 irá lançar através do selo RISCO o álbum PUBER. (2018).

Um fator que faz com que o lyric video ganhe destaque é o bom uso dos recortes e design que faz com que o expectador veja o vídeo até o final. O clipe tem direção de Julio Marcello que também assina o design ao lado de Bruna Fonyat.

Ego Kill Talent “Diamonds And Landmines”



No dia 10/06 os paulistanos da Ego Kill Talent lançaram o lyric video para “Diamonds And Landmines”. Este que foi feito por Denis Carrion e teve sua faixa produzida por Steve Evetts no Family Mob Studios.

The Bombers “Blood And Tears”



Depois do lançamento do premiado disco Embracing The Sun em 2017, o The Bombers presenteou os fãs no último mês com o EP Embracing The Moon. Este que conta com regravações acústicas de canções do disco e algumas inéditas.

São 5 faixas e a novíssima “Blood And Tears” se destaca justamente por trazer uma nova abordagem em seu instrumental e seu tom bastante emotivo e confessional. O registro saiu através do selo Hearts Bleed Blue no dia 27/07 porém antes, no dia 13/07, foi lançado o lyric video para o single.

O EP foi gravado e produzido por Gustavo Trivela que também é o guitarrista da banda e engenheiro de som do álbum. Já o sentimental lyric video foi dirigido e editado por Drix Barsali.

“As vezes tenho a impressão de que as pessoas não prestam muita atenção nas letras, e em alguns casos o som pode soterrar boas ideias. Decidimos que algumas músicas precisavam ter uma segunda chance de serem compreendidas e daí veio a ideia do acústico”, conta o vocalista Matheus Krempel sobre o propósito do registro

Saulo Duarte “Flor do Sonho”



No dia 04/07 o músico Saulo Duarte lançou o lyric video para “Flor do Sonho”. A canção é o primeiro single de seu quarto disco, traz inspirações no Pará e na Bahia e influência de Jards Macalé (que neste começo de ano já nos presenteou com um dos melhores discos do ano). O primeiro disco 100% solo do artista ficou disponível no dia 06/07 e pode ser ouvido nas principais plataformas digitais.

Barro “Fogo Tenaz”



Após debutar em carreira solo, em 2016, Barro lançou seu 2° disco no ano passado. O pernambucano já apresenta uma atmosfera mais pop nos singles até agora disponibilizados e as expectativas para o lançamento só aumentam.

Visto que o disco Miocárdio (2016) foi eleito por mais de 30 listas como um dos melhores do ano e isto possibilitou com que ele participasse dos principais festivais do país.

O fogo da paixão e as pequenas faíscas dos relacionamentos são abordados em “Fogo Tenaz”, lyric video que teve Premiere no Hits Perdidos. O músico explica que a transformação de estado físico também faz com que o equilíbrio das uniões seja alcançado.

“A música, que é uma parceria com Guilherme Assis e o compositor mineiro Luiz Gabriel Lopes (Graveola), aborda a metáfora do fogo como elemento de transformação.

O fogo que queima, acende, transforma, destrói, mas também pode ser algo leve, passageiro, assim como as relações que ficam, se consolidam, se renovam e também se desfazem”, divaga o artista

Já o lyric video dirigido por William Paiva, que também assina o vídeo de “Somos”, brinca com tarjas que aparecem sobre a face do músico, mais precisamente nos olhos e boca. Elas além de trazer a letra da canção ainda brincam com as waveforms (ondas sonoras) em sincronia com a batida da música.

“A viagem da tarja surge da ideia de ter uma plataforma para mostrar visualmente os elementos da música. Veio de uma reflexão sobre produção musical, sobre como você começa controlando os elementos mas, depois de um tempo, a música toma sua própria forma e você vai virando a própria música”, filosofa Paiva.

A curiosidade e perfeccionismo fica por conta dos waveforms serem extraídos justamente da música original. O resultado diverte.

“Extraímos todos os canais da música, sincronizamos com a letra e o momento específico que geram os sons”, completa.

Monza “Travessa”



No dia 21/09 o Monza em Premiere no Hits Perdidos lançou seu segundo álbum de estúdio, Bonsai.

O disco foi gravado por Fábio Leão, também baixista da Monza, conta com mixagem e masterização assinadas por Guilherme Chiapetta. Como eles frisam, as faixas foram produzidas pela própria banda. Já a capa é obra de Eduardo Sancinetti.

Essa visão niilista sobre as relações humanas é reflexo de experiências pessoais e seus desdobramentos. Mas de fato a perspectiva apresentada no novo registro faz com que ao longo de suas 7 faixas o ouvinte faça uma reflexão sobre a complexidade – e distanciamento – dos relacionamentos em nossos dias.

Bonsai começa logo com “Travessa”, single que no dia 14/09 ganhou um lyric video viajante, assim como a faixa que flutua por um dream pop bastante cativante, me lembrando o disco delicioso do Real EstateAtlas (2016).

Claro que o álbum ia começar falando sobre os pequenos detalhes que fazem com que a felicidade de fato não seja consumada. As confusões, a névoas, os conflitos, sua passividade e perplexidade. É bom lembrar que no universo do disco não existe “felicidade”. Já o vídeo foi dirigido por Carolina Ruffeil e editado por Enio Vital.

Yannick “Jinno”



O rapper Yannick continua a promover seu disco Também Conhecido Como Afro Samurai (2016). No dia 03/09 foi a vez de “Jinno” ganhar um lyric video que foi dirigido por Seiji Hara e Pedro Camargo.

Em 2016 resenhamos a faixa:

“A quinta faixa é “Jinno” que traz uma rima mais direta e reta. A vingança nunca é plena, na canção os súditos imploram para ele ter piedade de seu mestre. Visto que matar Justice infelizmente não trará seu pai de volta. A culpa e a morte são sentimentos que perturbam a mente de Afro Samurai que leva um “esporro” de seu melhor amigo Jinno que ao reprová-lo vira as costas para ele.”

Murilo Sá “Quando o Filme Terminar”



O músico baiano Murilo Sá lançou recentemente seu novo álbum, Fossanova, que inclusive ganhou resenha por aqui. No dia 16/10 ele deu continuidade a divulgação do registro com o lançamento do lyric video para “Quando o Filme Terminar”, quinta faixa do novo disco. Ele mesmo foi o responsável pela colorida video montagem.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s