Os Melhores Clipes Independentes lançados em Março + Playlist no Spotify

Ano novo e tempo de mudanças no Hits Perdidos. O ano passado foi marcado pelo grande sucesso dos listões de videoclipes que até deram origem a um estudo super detalhado sobre a produção audiovisual do independente brasileiro.

Desta vez resolvi fazer algumas alterações nos moldes. Teremos mensalmente a lista de melhores clipes do mês, outra de lyric videos e uma terceira de sessions.

Listas 2018

Janeiro
Fevereiro

Março foi o mês em que começamos a parceria com o programa Udigrudi da Play TV, onde o Hits Perdidos seleciona semanalmente alguns videoclipes para aparecer por lá. Inclusive fizemos um guia completo de “Como fazer para seu clipe aparecer na TV?“.

Inclusive vários clipes dos listões já tem aparecido na programação. Lembrando que o programa vai ao ar todos os domingos às 20 horas.


UDIGRUDI - 01:04:2018
Neste fim de semana tivemos dois clipes escolhidos pelo Hits Perdidos na programação: Ego Kill Tallent e Monterrey.

Neste mês de março trarei os melhores que saíram no último mês e que merecem destaque. Claro que o listão continua democrático e no fim você encontrará uma playlist no youtube –  e Spotify – com os 83 coletados ao longo do mês.

A produção independente cresce a cada dia que passa e o investimento na divulgação também. Em uma geração em que poucos escutam um disco do começo ao fim, o artifício dos web clipes tem sido uma boa maneira de expor seus trabalhos.

E estes são feitos de todas formas, com alto ou baixo custo de produção. Com ideias mais certinhas a criativas. No fim das contas o que interessa é eternizar aquele momento e expor seu trabalho com a estética que mais convém atrelar a imagem da banda.

Em Março inúmeras bandas começaram a divulgar seus curtas promovendo singles antigos ou que estarão presentes em seus futuros álbuns ou EP’s. Reunimos 83 clipes lançados neste mês que mostram alguns dos novos talentos da música independente brasileira. O que impressiona é termos uma média de 2,677 clipes sendo lançados no independente por dia. Na lista temos artistas de 15 estados.

OS SELECIONADOS TAMBÉM FAZEM PARTE DA PLAYLIST CRIADA ESPECIALMENTE PELO HITS PERDIDOS PARA ETERNIZAR OS VÍDEOS LANÇADOS NESTE MÊS DE MARÇO. NOVO ANO PEDE NOVOS FORMATOS DE DIVULGAÇÃO. ALIÁS NÃO DEIXE DE SEGUIR O PERFIL DO HITS NO SPOTIFY!


1 Barro “Miocardio”



Para encerrar o ciclo de seu álbum homônimo lançado em 2016, o músico e compositor pernambucano Barro lançou o videoclipe para “Miocardio” no dia 20/03.

O vídeo que foi dirigido por Helder Tavares conta com imagens de lugares icônicos de Recife, como a ponte de ferro da Boa Vista, a La Ursa na praia do Pina (próximo à Boa Viagem), e o farol da capital pernambucana (elemento que também aparece nas ilustrações da capa do disco do cantor, feitas pelo artista visual Laurindo Feliciano).

A homenagem a cidade natal de Barro ganha uma atmosfera que conversa com a letra da canção através da câmera lenta e com imagens em reverse. Um dos grandes destaques do registro que conta com uma belíssima fotografia.

Segundo o diretor, a frase do refrão ‘e se o tempo há de voltar’ soa como um guia para a leitura das imagens do clipe. Agora é esperar por um novo registro do músico.


2 Stolen Byrds “In My Head”



No dia 09/03 a banda de Maringá (PR), Stolen Byrds, lançou o videoclipe para “In My Head”. A faixa inclusive está presente no álbum 2019 que foi lançado no ano passado. O vídeo também é a estreia “videoclíptica” dos caras e foi logo em grande estilo.

Com direito a bailarina, atuações pitorescas, intervenções e muita criatividade. Você não consegue tirar o olho da tela e quer descobrir o que acontece em seguida, sendo assim um ótimo produto de entretenimento.

O vídeo foi produzido por Beatriz Colnago, Giuliana Dias e Heitor Fernando como parte do projeto de conclusão de curso deles para o curso de Comunicação e Multimeios da UEM. Para as gravações o set escolhido foi o estúdio Rock and Frame.


3 Dolores 602 “Cartografia”



No dia 08/03 a faixa título do álbum “Cartografia” da banda mineira Dolores 602 ganhou um videoclipe que retrata o corpo como casa de uma individualidade a ser respeitada, um universo de experiências, possibilidades, marcas e sensações únicas.

O vídeo foi dirigido por Xande Pires e teve a produção realizada pela Imago Filmes. A delicadeza em como retratar o corpo, a criatividade e o bom uso das câmeras que fez com que o clipe ganhasse destaque dentro da lista.

Nas palavras de Camila Menezes (baixista e autora da música), a concepção do
vídeo se encontra na questão de como é habitar um corpo e “de que forma a vida
das pessoas, na busca de se entenderem como são, reflete na constituição de seus
corpos”.


4 gorduratrans “você não sabe quantas horas eu passei olhando pra você”



O duo gorduratrans do Rio de Janeiro lançou em 2015 o disco repertório infindável de dolorosas piadas, este que teve uma ótima repercussão. Aproveitando que a faixa, “você não sabe quantas horas eu passei olhando para você”, passou recentemente da marca de 700 mil plays no Spotify eles decidiram gravar um videoclipe.

No dia 13/03 o vídeo ganhou vida, este que teve a direção – e edição – de Luden Viana, guitarrista da banda E a Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante e que conta com os atores Jefferson Silveiro e Fausto Della Flora como protagonistas.

O grande destaque fica pela maneira em que mostra a contemplação da solidão e sua simbologia. Uma canção tão forte merecia mesmo uma interpretação audiovisual a altura. Vale frisar que no ano passado eles lançaram o elogiado álbum, Paroxismos, através do selo paulista Balaclava Records.


5 YMA & GAB “Summer Lover”



Prestes a lançar seu álbum de estreia a YMA lançou no dia 29/03 o videoclipe para “Summer Lover”. Esta que é uma parceria com Gab Ferreira e que tem como mote os efêmeros – e avassaladores – “amores de carnaval”. A faixa é um lançamento Matraca Records / YB Music.

O clipe foi dirigido por Gabriele Diola, Gustavo Barros, Enzo Vieira, YMA e Gab Ferreira. O destaque do vídeo fica pela narrativa com um ar cinematográfico desde seus primeiros segundos, é interessante também como o viés feminino guia cada passagem do videoclipe. Tudo muito delicado e bem pensado dentro do roteiro.


6 NervoChaos “Live Like Suicide”



A banda paulistana de metal extremo NervoChaos lançou no dia 28/03 o videoclipe para a canção “Live Like Suicide”. O vídeo é uma grande homenagem a guitarrista Cherry Taketani, que partiu em Dezembro passado. Ela que dentre seus projetos fez parte do lendário Okotô e da Hellsakura.

Eles quiseram homenagear seu legado como conta a banda:

“Esperamos honrar tudo que ela representou para o NervoChaos, a sua memória e o seu legado. Criado, desenhado e produzido pelo Leandro Franco, o vídeo foi pensado com detalhes para conter tudo que a Cherry mais gostava: quadrinhos, cachorros, música, ídolos e amigos. Cherry esse é pra você!!!”


7 Rico Dalasam “Não Deito Pra Nada” (feat. Dinho Souza)



O rapper paulista Rico Dalasam disponibilizou em suas redes no dia 29/03 o videoclipe para “Não Deito Pra Nada”, faixa que conta com a participação de Dinho Souza. Um vídeo que fala sobre suas contradições, identidade e lutas pessoais.

O vídeo que foi dirigido por Marco Loschiavo e Ricardo Spencer mostra através de metáforas, efeitos e sobreposições as baralhas vividas pelo artista. É o último registro promocional do EP Balanga Raba que foi lançado em Julho do ano passado.


8 Bullet Bane “Curimatá”



O Bullet Bane de São Paulo aos 45 do segundo tempo do mês de março, no dia 30, lançou o videoclipe para “Curimatá”, faixa que integra o álbum Continental. O vídeo que teve direção – e produção – de Rafael Terozi mostra imagens registradas em Vancouver (Canadá) durante cinco dias, ao longo de 3 meses.

Já sua composição foi escrita em quanto estavam no Piauí na cidade de mesmo nome enquanto divulgavam o disco anterior, Impavid Colossus.

“Ela traz uma analogia entre o ritual de fumar um baseado e viver a vida do presente em diante. É a representação de algo muito maior e para lembramos de viver a vida da melhor forma possível, pois no fim ela é uma só”, conta o guitarrista da banda, Fernando Uehara.

O destaque do videoclipe fica justamente pela beleza e fotografia das paisagens que mostram diferentes momentos da mãe natureza.

“A música me pegou muito no primeiro momento que ouvi o álbum novo porque ela é muito diferente do que a gente vinha acompanhando nos trabalhos anteriores e até das músicas em português que rolaram antes do lançamento do Continental. Quando trocamos uma ideia e começamos a falar sobre gravar um clipe, a distância era um problema por eu estar morando em Vancouver.

Mas depois de ouvir muito o som achei que daria pra fazer algo mais contemplativo, pois “Curimatá” é um som mais reflexivo no começo com um soco de energia no meio do estômago do meio pra frente.” – comenta o videomaker

“Acabei conseguindo alguns dias de neve e chuva, o que ajudou a fazer umas imagens legais, como por exemplo a superfície de um rio congelado onde a água passa por baixo da camada de gelo”, finaliza Rafael.

No dia 14/04 a banda se apresenta em Belo Horizonte (MG) em show que acontecerá na A Autêntica ao lado das bandas KKFOS, Montese e Molho Negro.


9 Jaloo “Say Goodby” (feat. BADSISTA)



Jaloo direto de Castanhal (PA) para o mundo tem nos últimos anos se destacado dentro do cenário de música nacional – e não é a toa.

No dia 15/03 ele lançou o videoclipe para “Say Goodbye”, este registado na Índia e com produção feita em parceria com BADSISTA. A direção é assinada por Rodrigo de Carvalho e Jaloo.

“Essa música fala sobre a necessidade da mudança, mas também sobre empatia”, analisou o artista.

“Tem horas que você precisa se curar de enfermidades que acabou adquirindo e, ao mesmo tempo, tem de olhar para o outro e reconhecer que ele também precisa de cuidados”, finaliza.

Atualmente ele prepara seu próximo disco, este que contará com uma série de parcerias e sairá este ano.


10 NDK “O Necessário”



A banda de rock alternativo NDK, de Jundiaí (SP), no dia primeiro de março lançou o videoclipe para “O Necessário”. Gravado na Cachoeira do Tabuleiro em Conceição do Mato Dentro (MG), o vídeo impressiona pelas paisagens e sua simplicidade na linguagem que dialoga bem com a temática e o espírito da canção.

Assina a direção, câmera e edição Deivide Leme e Luan Ruardo contibuiu como assistente de direção. O clipe ainda contou com imagens registradas através de um drone comandado por Raphael Mateo.


11 BĒ “Cobertor”



O cantor e compositor carioca lançou no dia 16/03 o fantasmagórico – e cheio de referências do pop – clipe para “Cobertor”. Uma canção sobre o amor como um sentimento poderoso tanto para o bem como para o mal, até por isso o vídeo traz essa atmosfera “dark” que nos remete a séries como Stranger Things.

O clipe foi idealizado e roteirizado pelo própria artista que comenta sobre seu lado camaleônico na produção de seus singles:

“Estou no início, acho que me descobri bastante com essa música, e ainda vou lançar canções de reggaeton, trap e, em breve, uma canção mais acústica. Então acho que uma coisa as pessoas podem esperar de mim: diversidade e versatilidade.

Em relação à minha pessoa como artista, acho que estou com os pés mais no chão e mais focado, encarando de fato que a realidade deste mercado é difícil mas com toda a garra e força de um sonho que percorre em minhas veias desde pequenininho. Não vou desistir, nunca”, finaliza.


12 Barba & Kill “Paranóia”



No dia 13/03 a banda de punk rock de Canoas (RS), Barba & Kill, lançou o interessante vídeo para o single “Paranóia”. A faixa inclusive foi produzida por Rafael Heck do Tequila Baby.

O quarteto também aproveitou lançar também seu EP, vol.1, em todas as principais plataformas digitais. O clipe “hibillesco” conta a história de um psicopata em potencial que está prestes de cometer um crime. A produção, filmagem e edição foram feitas pela Flame Filmes.


13 Banheiro Azul “Estatuto dos Sonhos”



O quinteto fluminense Banheiro Azul lançou no dia 28/03 o videoclipe para “Estatuto Dos Sonhos”. A faixa é o segundo single do álbum homônimo da banda.

O vídeo foi gravado no bairro da Cinelândia (região central do RJ), Praça do Skate e Cruzeiro do Sul (Nova Iguaçu – RJ). A edição e filmagem ficou por conta da Fator 3 Comunicação, já a direção é assinada pelos próprios integrantes.

14 Daparte “Guarda-Chuva”



A banda Daparte de Belo Horizonte (MG) lançou no dia 16/03 o clipe para “Guarda-Chuva”, uma produção que impressiona tanto pela criatividade quanto por mostrar o making-of dos efeitos especiais dentro do vídeo.

Uma curiosidade fica por conta de um dos integrantes, o cantor e guitarrista, Juliano Alvarenga, é filho do músico Samuel Rosa, do Skank. O clipe foi gravado em Belo Horizonte, e, mistura imagens da banda tocando em um estúdio com cenas da produção.

Assina a direção João Gilberto Lara, já a produção foi feita por Qu4rto Studio.


15 Paulo Beto “Acabou o Carnaval”



No dia 19/03 para adiantar seu EP, Congregação Amonus, o músico e compositor carioca disponibilizou o videoclipe para “Acabou o Carnaval”, faixa que que traz a percussão de Laudir de Oliveira, que chegou a tocar com Joe Cocker, Nina Simone, Jackson Five, Carlos Santana, Moacir Santos, Hermeto Pascoal e muitos outros.

O instrumentista participou da faixa, porém faleceu antes de conseguir ouvir a música pronta. Um outro detalhe da composição é que esta foi escrita em conjunto com seu pai, Paulo Meirelles, que também faleceu recentemente. Sendo assim ele decidiu fazer uma homenagem conjunta aos dois.

O carnaval foi o mote da composição como comenta o músico: “Cria-se na cabeça das pessoas o fato do carnaval ser uma carta de alforria, para que se viva como uma esmola. E depois retorne, a mesma vida, normatizada, privatizada e alienada”, explica o cantor e compositor Paulo Beto

De acordo com o músico, o Carnaval é uma época em que as diferentes vivências se tornam uma só. A música une experiências e histórias que são diversificadas, como se fosse a ponte entre tantos mundos. Essa variedade de sons, guia as pessoas para encontros que tornam a festa um culto a convergência de culturas e personalidades, celebrando o novo, sem medo de ser feliz.

O vídeo conta com imagens registradas pelo pai de Beto.

“É fundamental que ele esteja no clipe, a história que permeia a música é um relato dele, é ele aquela primeira pessoa, eu quis preservar essa autenticidade, essa opinião, essa personalidade, de modo que, ainda que tenham posicionamentos na letra que eu possa não concordar, eu busquei preservá-los. Ter feito essa música foi uma experiência muito forte, tenho certeza, pra nós dois”, relembra o músico.

“Carnaval tem muito a nos ensinar. Que ele inspire a vida humana a ser menos travada, tensionada, organizada e repetitiva. É no Carnaval que a cidade é finalmente ocupada, é como a realização de algo que deveria, mas que não pode”, finaliza Paulo Beto.

Amanda Lebeis, João Arthur e Paulo Beto assina a direção em um vídeo com um extenso elenco que conta com Amanda Lebeis, Cássia Lyrio, Daíra, Eloísa Avolleta, Gabriel Marins, Heitor, Júlia Vita, Lincoln Marques, Lúcia Meirelles, Paulo Meirelles, Paulo Beto e Robson Freire.

Um dos grandes destaques é justamente a caracterização, seu tom emocional, fotografia e atuações dos atores.


16 Two Step Flow “The Trap”



O duo de Caixias do Sul (RS), Two Step Flow, lançou no dia 23/03 o videoclipe para “The Trap”. O poder da sedução é o mote do vídeo que mescla imagens da banda tocando com os rostos pintados de caveira a atuação de Rosiane Harth.

O clipe foi produzido por Nono Bellini, Wood Lusa e Diego Tono.


17 Chico de Barro “Camaleoa”



A banda carioca Chico de Barro disponibilizou no dia 20/03 o vídeo para “Camaleoa”. Este que foi gravado na casa de Nogueira, em Petrópolis, e no Rio de Janeiro, no mês de agosto de 2016. Assinam a direção Fernanda Martins e Lucas Millecco.

O curta reúne dois clipes já lançados na promoção do disco Nogueira com uma terceira música, “Por Aí”. Os clipes anteriores são “Nogueira e “Transbordar”.

Como “Por Aí já emenda em “Nogueira” no registro foi uma simples decisão decidir pelo curta de um pouco mais de 11 minutos de duração. O destaque fica pela transição, coerência e conceito da obra.


18 RØKR “Arepas”



O produtor musical recifense Roberto Kramer no dia 22/03 disponibilizou o segundo clipe de seu álbum de estreia. A faixa escolhida foi “Arepas”  que faz parte de RØKR, lançado no final do ano passado pela Balaclava Records.

“A escolha estética do clipe veio numa conversa com amigos. Meus amigos fizeram o clipe comigo basicamente, inclusive o diretor (Gustavo Sóter). Queríamos fazer um clipe meio solitário, remetendo a produção do disco que gravei sozinho lá em Montreal. As intervenções mais aleatórias do clipe vieram na hora das filmagens mesmo, pois tudo foi bem despretensioso, além daquelas sobreposições na edição que deram essa característica final”, comenta o músico.

O disco foi gravado parte no Brasil e parte no Canadá, onde o artista residiu nos ultimo três anos. A faixa conta com a participação de Thiago Gadelha nas guitarras e foi dirigido por Gustavo Sóter.

O destaque fica pela imersão do clipe no universo dançante do projeto de Kramer. Este que carrega em sua estética efeitos que dão a impressão de estarmos dentro de um sonho.


19 Alles Club “Quanto Tempo”



Com uma estética oitentista e misturando parque de diversões, Karaokê e o clima das danceterias, a banda de shoegaze Alles Club – que tem membros brasileiros e suíços e faz a conexão Berna – Juíz de Fora –  lançou no dia 20/03 o videoclipe para “Quanto Tempo”.

O clipe conta com a direção de Francisco Franco, responsável pelos melhores vídeos de gente como Lê Almeida, Filipe Alvim e Carlos Adão.


20 unDRONES “Eterno Aprendiz”



O trio de músicos maranhenses unDRONES lançou no dia 16/03 o videoclipe para “Eterno Aprendiz”. O vídeo tem roteiro e direção de Helton Lopes. A faixa integra o EP de estreia da banda ao lado de “Hipnose” e “De Repente”.

O clipe mostra passagens de um amor que nasce ainda na infância e caminha junto durante toda uma vida, um caso raro nos dias de hoje onde os relacionamentos não se mantém por muito tempo. O destaque fica pela construção do roteiro.


21 Bolhazul “Manet”



A Bolhazul de Brasília (DF) no dia 09/03 inspirador pelos quadros de Manet, Michelangelo e Botticelli lançou o videoclipe para “Manet”. Assim misturando quatro artes no mesmo vídeo: pintura, música, dança e audiovisual.

O vídeo foi produzido pela Pupila, empresa júnior da UnB, e está repleto de referências a obras clássicas, homenageando: “Olympia” (Manet), “Pietà” (Michelangelo), “O Nascimento de Vênus” (Botticelli), “Almoço na Relva” (Manet) e “A Criação de Adão” (Michelangelo).

Manet causou polêmica com algumas de suas obras e acreditamos que esse também seria um papel da arte, ir contra as convenções, impactar e gerar reflexão sobre temáticas diferentes. Gostamos muito também dessa associação entre diversos tipos de arte, como as visuais e a música e por isso também tentamos fazer a associação com essa canção”, analisa o guitarrista Patrick.

Igor Machado assina a direção e roteiro do videoclipe que tem como destaque a dança, as intervenções e a coloração.


22 Marrakesh “Moonhealing”



A banda curitibana Marrakesh no dia 23/03 disponibilizou o videoclipe para “Moonhealing”, a faixa estará presente no álbum Cold as a Kitchen Floor que sairá no dia 13/04 através do selo paulista Balaclava Records.

O vídeo que tem a cara dos vídeos nonsense que passavam durante as madrugadas da antiga MTV Brasil foi dirigido por Fernando Moreira.


23 Baco Exu do Blues “A Pele que Habito”



Dando a continuidade na divulgação do disco Esú, o rapper baiano Baco Exu do Blues lançou no dia 14/03 o videoclipe para “A Pele que Habito”.

“É como se fosse o desejo de se matar sem ter se matado de fato”, conta Baco em entrevista para o portal da revista Rolling Stone.

“É tudo que acontece na cabeça – inclusive a motivação para aquilo não acontecer, para a pessoa não perder a vida”, finaliza.

Dario Vetere assina a direção e atuam no vídeo os modelos Bruno Vieira, Carine Guimarães, Djully Badu, Eduardo Backfroid, Gabriela Sampaio, Gleyce Manu, Renê Silva e Tainara Mel.

O destaque fica pela expressão, arte, coreografia e contextualização com a forte mensagem da canção.


24 JP “Jackie Chan”



Vocês acharam mesmo que fevereiro ia encerrar o ciclo de videoclipes de carnaval, não é mesmo? Muito pelo contrário a lista de março agora chega ao segundo vídeo com a temática da festa popular.

JP de Belo Horizonte (MG) no dia 07/03 lançou o clipe para “Jackie Chan”, o primeiro de seu álbum de estreia Submarine Dreams. Sobre a história da ideia para o vídeo o próprio músico comenta:

“A história dele conversa muito com a história da letra de “Jackie Chan”, que é sobre a dificuldade de escrever a própria letra da música. A vontade de fazer o clipe nasceu da frustração que tive ao assumir a edição de um outro clipe que gravei ano passado com o Mancha (que também tá pra sair) e acabou demorando muito para conseguir terminar o trabalho.

Minha irmã (Júlia Vasconcelos) sugeriu que eu fizesse algo mais simples e mais rápido durante o carnaval, com as pessoas que eu encontrasse, pra “destravar” um pouco esse processo.

Então, eu mesmo gravei o clipe todo com um iPhone, com pessoas que encontrei e conheci durante o Carnaval de BH desse ano cantando partes da letra – desde colegas de escola e amigos de longa data que conheciam a música até pessoas que conheci na hora e nunca tinham ouvido falar do meu trabalho – e esse processo foi tão divertido e espontâneo que ele acabou furando a fila e ficando pronto antes do outro clipe”

JP Cardoso além da direção também assina a edição e a finalização de “Jackie Chan”. Da concepção a finalização do vídeo o artista conta que o processo demorou cerca de um mês. Já o roteiro e o conceito são assinados por Júlia Vasconcelos.

O destaque fica justamente pelo modo espontâneo e imprevisível que o ato de apontar a câmera para um desconhecido pode render. Aperte o play e se divirta!


25 Lau e Eu “Perdizes”



Lau de Aracaju (SE) define o som da Lau e Eu como: “Pseudo-rock setentista quase psicodélico a la bob esponja com traços de pop e resquícios de brega” e talvez isso ajude a quebrar o gelo para seu som com poucas amarras e muitos reverbs.

No dia 09/03 foi lançado o videoclipe para “Perdizes”, faixa que estará presente no álbum que será lançado em Maio. Produzido por Gabriel Vianna, o clipe tenta passar por uma escala de cores. A ideia central do vídeo foi, a partir da coerência visual, encontrar “vários jeitos de contar uma história com imagens”, analisa Lau.

A letra é um compilado de histórias vividas por Lau quando morou em um cortiço, em Perdizes. Ele conta que cerca de 40 pessoas viviam lá – entre elas, pedreiros, garçons, idosos esquecidos por suas famílias. Daí, a referência no trecho “sobreviver é coisa do cão” citado na canção.

O destaque fica pela construção das passagens e transições tanto da letra como na produção audiovisual que é simples mas impactante.


26 Ponto Nulo No Céu “Norte”



A banda Ponto Nulo no Céu de Gravatal (SC) no dia 14/03 lançou o videoclipe para “Norte”, faixa presente no álbum Pintando Quadros do Invisível. Welton Souza assina a direção do vídeo que foi produzido em conjunto com a banda. A letra fala de liberdade, da noção de não pertencimento e da fluência constante das coisas ao nosso redor, e é influenciada pelo cotidiano do grupo.

O destaque fica por conta do jogo de luzes, sombras, fotografia e roteiro.


27 Pallets “Eu Preciso”



Nada melhor do que se comunicar com seus fãs e mostrar quem realmente é. Essa é a atmosfera do videoclipe da banda Pallets de São José dos Pinhais (PR). Nele eles mostram imagens coletadas dos primeiros dias da banda até o presente momento. Homenageando assim amigos, fãs e mostrando um pouco mais sobre a personalidade dos integrantes.


28 Aldo, The Band “Liquid Metal” (feat. Lucio Maia)



No dia 09/03 o Aldo, The Band lançou o videoclipe para “Liquid Metal”, este que conta com a participação de Lucio Maia da Nação Zumbi.

O clipe foi produzido pela Stink Films e tem roteiro e direção assinados pelo diretor Squarehead. A faixa integra o novo álbum da banda 2014 – 2017 Fleas, Bureaucracy & Demos.

“Nas conversas com a banda, sempre falamos muito sobre como a São Paulo que conhecemos quase nunca é retratada como gostaríamos. Queríamos um personagem urbano. Estátuas vivas pintadas de ouro têm tudo a ver com “metal líquido””, comenta o diretor


29 Winter “Zoey”



Após a recente passagem pelo Brasil, Winter, o projeto da brasileira Samira Winter radicada na California, dá um gostinho do que está por vir no seu novo disco, Ethereality, que será lançado no país através da Balaclava Records.

O vídeo foi dirigido por Casey Rup e tem como estrela a própria Samira. “Comecei a música como uma brincadeira.

“Estava na varanda com meu namorado brincando com músicas shoegaze e toquei duas cordas de uma suposta melodia. Daí percebi que acabei realmente gostando mesmo dela e gravei uma voz demo no meu celular. Mais tarde, no meu quarto, liguei meu pedal “Boss Pitch Shifter” e descobri uma configuração que me inspirou para escrever a canção. Achei que seria legal escrever uma música sobre a minha gata pois ela é realmente especial e também para as pessoas que amam os seus gatos e querem ouvir músicas sobre gatos”, relata Samira

O destaque do clipe fica por conta da bonita fotografia e a explosão da paleta de cores que passa por cores frias como azul e verde – e o quente do vermelho.


Outros videoclipes

Além dos 29 eleitos como melhores do mês nas playlists do Youtube e Spotify vocês poderão encontrar os clipes dos artistas e bandas:

Projeto Preto “Mina de Ouro” (São Paulo / SP), Os ChásMegalomaníaco” (Mogi das Cruzes / SP), DOPS “Mate me por favor” (Belo Horizonte / MG), Asfixia Social “Sistema de Som(a)” (São Paulo / SP), Roboto “Tempo” (Belo Horizonte /MG), Marcelo Rizzo “Deu Defeito” (São Paulo / SP), ANSIEDAED “Drabula” (Porto Alegre / RS), Máquina Monstro “Segundos, Minutos e Nada” (São Paulo / SP), Macaco Mostarda “Caranca” (São Paulo / SP), Vibehouse “O Sol é a Bússola” (Santos / SP), Rotten Flies “Canjiquinha” (João Pessoa / PB), Malabaristas de Semáforo “Tédio” (Rio de Janeiro / RJ), The Mönic “High” (São Paulo / SP), Froid “Teoria Do Ciclo Da Água” (Brasília / DF), Cachalote Fuzz “Desculpe O Transtorno” (Uberlândia / MG), Ciclo Radius “A Madrugada Nunca Cansa” (Jundiaí / SP), Rincon Sapiência part. Rael e Karol Conka “Resenha de Futebol” (São Paulo / SP e Curitiba / PR), Warmest Winter “The World Is a Terrible Place Yet I’m Terrified Of Dying” (Niterói / RJ), Sinaya “Abyss to Death” (São Paulo / SP), PEU Del Rey “É Dela” (Salvador / BA), Leo Cavalcanti “Ainda Aqui Sonhando” (Salvador / BA), Carolla “Sereia” (São Paulo / SP), Monte Resina “Beiramerda” (Florianópolis / SC), Urbanites “Give It All You Got” (Curitiba / PR).

SikeraMan “Você ta ligado” (Ribeirão Preto / SP), Thiago Elniño “Condado dos Surdos (part. Raony e Keops do Medulla)” (Volta Redonda / RJ), 3030 “Mistério das Estrelas” (Rio de Janeiro / RJ), Síndrome “Cerveja e Rock” (Sapucaia do Sul / RS), Beto Larubia “Somente Sua” (Rio de Janeiro / RJ), Tamara Franklin “Vem e Vê (Ribeirão das Neves / MG), Delittus “Me Dê Um Sinal” (Novo Hamburgo /RS), Surra “Parabéns aos Envolvidos” (Santos / SP), Corcel “Fé Na Estrada” (São Paulo / SP), Cynthia Luz “Sejas Bem Feliz” (São Paulo / SP), Drik Barbosa feat. Rincon Sapiência “Melanina” (São Paulo / SP), Varal Estrela “Maria” (Itapeva / SP), Rincon Sapiência “Área de Conforto” (São Paulo / SP), Riko Viana “Agora” (Rio de Janeiro / RJ), BEL “Esse calor” (Rio de Janeiro / RJ), Bloco “Bons Ares” (São Leopoldo / RS), Sinta a liga crew “De passo em passo” (João Pessoa / PB).

Surf Sessions “Se a gente permitir (Brasília / DF), Amandinho “Feitiço do Tempo” (Recife / PE), Chá de Lua “O Jogo” (São José do Rio Preto / SP), Koppa “Medos” (Brasília / DF), Mady e seus namorados “Pirar-o-Cu ft. Ramon Marola e Mauro Lima” (Manaus / AM), Ale | Alexis “Prometo” (Pôrto União / SC), Heróis de Ninguém “Maravilhoso Foi” (Blumenau / SC), PAES “Mais Além” (Recife / PE), Victor Mus “Castelo” (Part. Rodrigo Miguez)  (Rio de Janeiro / RJ), Arthur Nogueira “Era só você” (Belém / PA), Eron+Noise “Me Perder” (Piripiri / PI) e Rodrigo Ogi “Nuvens” Part. Marcela Maita (São Paulo / SP), Murilo Sá & Grande Elenco “De Volta à Rua Solidão” (Salvador / BA).


PLAYLIST NO YOUTUBE

Preparamos também uma playlist no Youtube com os 83 videoclipes coletados durante o mês de março. Assim quem quiser ver tudo de uma vez basta apertar o play.



Melhores Clipes Mar18


PLAYLIST NO SPOTIFY


Desta forma chegamos a playlist com os clipes independentes lançados no mês de Fevereiro (2018). Dos 83 vídeos do post, que especialmente neste mês contam com 85 canções (já que o clipe da Chico de Barro é uma tríade de faixas), 76 possuem as faixas no Spotify. Muito disso por conta que algumas faixas serão disponibilizadas quando o EP ou álbum forem lançados na plataforma e outros pelo artista/banda não ter material por lá.

-> Siga o Perfil do Hits Perdidos no Spotify <-



Para você, qual o melhor do mês?


Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s