Com a instauração da pandemia do COVID-19, festivais e apresentações ao vivo foram canceladas ou adiadas – para quando, ninguém tem certeza – pelo mundo todo. Em poucos dias, as agendas de shows foram substituídas por uma enxurrada de lives, quase todas no Instagram, em que artistas se apresentaram para entreter e manter interações com seus públicos em tempos de distanciamento social. Mas como é o comportamento em relação ao Consumo de Lives?

Por um momento pareceu que as interações pelas redes sociais poderiam ajudar a indústria musical a passar por esse momento complicado, mas rapidamente o mercado pareceu ficar saturado e os espectadores já se voltaram para outras atividades na busca por entretenimento em quarentena.

Por aqui fizemos até mesmo um Guia com Dicas de como fazer sua live e Dicas de ferramentas para monetizar lives. Agora queremos saber mais sobre como você realiza o Consumo de Lives.


Pesquisa Consumo de Lives


Pesquisa sobre o Consumo de Lives

Tendo em vista o comportamento do público em relação ao potencial deste mercado resolvemos realizar uma pesquisa a respeito de como acontece este engajamento. Já que é um produto bastante distinto da experiência de uma apresentação ao vivo. Preparamos duas pesquisas para os diferentes envolvimentos em relação ao Consumo de Lives e você, claro, pode responder as duas!


[yop_poll id=”2″]


Pesquisa Sobre o Consumo