Nacional

Justine Never Knew The Rules vai da melancolia a desesperança em clipe para “Avalanche”

“Avalanche” e “Lo Siento” são as primeiras faixas a serem reveladas pelos paulistas em 5 anos

De Sorocaba (SP), a Justine Never Knew The Rules, é uma banda de rock alternativo/shoegaze composta por Mauricio Barros, Bruno Fontes, Marcel Marques e Gabriel Wiltemburg. Formado em 2013 o quarteto tem em sua discografia o EP homônimo (2013), o álbum Overseas (2016) lançado via midsummer madness, e diversos singles entre 2014 e 2017; tendo ganho notoriedade e tocado em festivais do circuito independente como Bananada, Dia da Música, Circadélica e Autorock. Após 5 anos de hiato, tendo o último lançamento o single “Polar Bear (Hibernation Song)”, os paulistas apresentam hoje em Premiere no Hits Perdidos o videoclipe duplo para “Avalanche” e “Lo Siento”.

Uma das grandes novidades fica por conta de “Avalanche” ser o primeiro single em português da Justine. Segundo os próprios  integrantes tanto a canção como o videoclipe para a canção tem como temática decepção e solidão, sentimentos que ganharam bastantes contornos durante o período da pandemia marcado por diversas incertezas, perdas, paranóias e distanciamento físico.

O processo de gravação, inclusive foi bem espaçado e feito com calma, tendo sido gravado no estúdio da própria banda, Deaf Haus (que é sociedade com outra banda (o WRY), em Sorocaba, entre os meses de fevereiro e dezembro de 2020. Já o videoclipe foi produzido pela produtora Lobotomia.

Justine Never Knew The Rules “Avalanche”

Através dos cenários paradisíacos registradas em preto e branco da cidade litorânea de São Sebastião (SP), eles quiseram amplificar sentimentos como medo, agonia, desesperança e melancolia com direito a fotografia reflexiva e intensa no vídeo para “Avalanche”. Uma canção que nada em círculos, na profundidade, para entender os limites do corpo e da mente.

Detalhes como a água transbordando, a natureza sob controle, o mar completando seus ciclos, o tédio, a repetição da rotina, o desânimo, a falta de forças para reagir, a contemplação, solitude, vazio, perdição, entendimento do “eu” consigo próprio e as loucuras acabam reverberando durante a construção da narrativa densa e propositalmente arrastada do vídeo. As guitarras distorcidas se confundem com as marolas e o slow motion das câmeras. O fim do vídeo ainda conta com a faixa “Lo Siento”, em espanhol, como uma espécie de easter egg em seus minutos finais.



Avalanche” e “Lo Siento” já estão disponíveis nas principais plataformas de streaming. Além disso você pode ouvir elas diretamente no site do midsummer madness ou ainda comprar digitalmente no bandcamp oficial do selo.

Entrevista: Justine Never Knew The Rules

Como veem que esses 5 anos de hiato tiveram impacto para vocês em questão de vivências e novas referências para o projeto?

Bruno Fontes: “Quando decidimos pelo hiato, a pandemia ainda não tinha começado. Isso nos deu um tempinho para experimentar sonoridades e ideias em outros projetos, antes do isolamento de 2020. Nesse período, conseguimos testar algumas vontades e nos entender como músicos, criadores e compositores.

Nossas experiências individuais, somadas aos diversos sentimentos que a pandemia trouxe à tona, mudaram as perspectivas sobre o que podemos e queremos para o projeto. Sinto que agora, mais do que nunca, estamos em sintonia com o ruído ensurdecedor que nos conectou lá no começo, quando éramos quatro garotos em busca da experiência mais estranha de nossas vidas, no bom sentido, claro (rs).”


Após hiato de 5 anos, Justin Never Knew The Rules lança clipe duplo para “Avalanche” e “Lo Siento” – Foto: Divulgação

A nova canção discorre sobre “decepção e solidão”, contem mais sobre a composição e o desenvolvimento do roteiro e narrativa do videoclipe.

Mauricio Barros: “Esses últimos anos foram bem complicados né? Decepção e solidão acabaram sendo temas recorrentes e presentes em diversas formas. Pandemia, negacionismo, fascismo, falta de perspectiva, isolamento. Sinto que, de certa forma, tudo isso reflete nas relações do dia a dia também.

Isso mexeu muito com as pessoas, com a forma que sentimos e nos expressamos (ou deixamos de nos expressar) emocionalmente. Ao mesmo tempo que somos tão pequenos diante de tudo o que acontece, é sempre o nosso mundo, o infinito particular que absorve e reverbera tudo o que vem. É muito difícil ter que se recuperar, se reinventar, ser forte e fazer sentido o tempo todo diante de tudo que está rolando. É meio abstrato mas é sobre isso a canção. Um desabafo sobre lidar com o disfuncional.”

Falando em sonoridade, o que vocês têm escutado que acabou influenciando direta e indiretamente a nova fase da banda?

Mauricio Barros: “Ando ouvindo Thundercat, Itamar Assumpção e as playlist loca de Jazz da Flávia Fontolan.”

Bruno Fontes: “Já faz um tempo que minha vida é um mix de Radiohead, Mac Miller e The Dandy Warhols. Agora, imagina essa brisa.”

Marcel Marques: “Ultimamente tenho ouvido no repeat LSD and the Search for God e Black Rebel Motorcycle Club mas também tem 3 bandas que me chamaram a atenção nas playlists de vida, XO, Total Drag e Launder.”

O que podemos esperar do novo disco programado para o segundo semestre?

Mauricio Barros: “Como estamos no meio desse processo ainda é difícil falar algo concreto. Tudo pode mudar a qualquer momento. O que podemos falar é que estamos explorando novas sonoridades, novos formatos e escrevendo mais em português. Com certeza será algo diferente, mas mantendo nossa essência e nossas verdades.”

Ficha técnica (clipe “Avalanche”)

Direção: Justine
Direção de fotografia e edição: Rafael Augusto
Produção: Justine e Lobotomia
Atuação: Yuri Naoto
Gravado na cidade de São Sebastião em dezembro de 2021

Ficha técnica (músicas)

“Avalanche”

Mauricio Barros – Voz, backing vocal, guitarra e bateria eletrônica
Bruno Fontes – Backing vocal e teclado
Marcel Marques – Guitarra e teclado
Gabriel Wiltemburg – Baixo
Letra e Música: Mauricio Barros
Arranjo: Justine
Mix e Master: Marcel Marques

“Lo Siento”

Bruno Fontes – Voz e guitarra
Letra e Música: Bruno Fontes
Arranjo: Justine
Mix e Master: Marcel Marques

This post was published on 29 de março de 2022 11:00 am

Rafael Chioccarello

Editor-Chefe e Fundador do Hits Perdidos.

Posts Recentes

Mukeka Di Rato quer a cabeça do homem de bem em “Boiada Suicida”

Após 8 anos de hiato, os capixabas do Mukeka di Rato estão lançando neste dia…

5 de agosto de 2022

Parceria entre Quiriku e Thales Castanheira, “Par de Meias”, vai do Homeshake ao neo-soul

Vizinhos de infância e amigos de longa data, Pedro Ferreira, que iniciou sua carreira artística…

5 de agosto de 2022

Noporn completa 20 anos e lança o single “Nome Sujo + Estranha e Louca”

Formado em 2002, na cidade de São Paulo, o Noporn denomina seu som como Spoken-word…

4 de agosto de 2022

As Melhores Live Sessions | Julho (2022)

As Melhores Live Sessions | Julho (2022) O Que São Live Sessions? Live Sessions tem sido um…

3 de agosto de 2022

Adorável Clichê explora a melancolia dos fins em “Alarmes e Relógios”

A dúvida entre ficar e não dar o melhor de si ou deixar aquela pessoa…

2 de agosto de 2022

5 jogos brasileiros de julho, mês que registrou marco histórico de estúdios nacionais

No começo deste mês, a primeira edição da Pesquisa Nacional da Indústria de Games revelou…

1 de agosto de 2022

This website uses cookies.