As Melhores Live Sessions | Maio (2021)

O Que São Live Sessions?

Live Sessions tem sido um recurso bastante utilizado pelas bandas e em Maio não foi diferente. Muito por conta da necessidade de mostrar seu trabalho ao vivo para contratantes. Mas também é uma oportunidade de engajar seu público a comparecer em eventos futuros. Por isso desde 2018 reunimos as mais legais que tem surgido no país.

Confira a lista com as Melhores lançadas em Maio (2021); e não esqueça de enviar sua live session lançada nos próximos meses, vai que ela aparece também por aqui!

Melhores Live Sessions | Maio 2021


Melhores Live Sessions - Maio (2021) - Tagua Tagua

Tagua TaguaFoto: Reprodução / Youtube


1) Tagua Tagua “2016” @ Inteiro Metade Session



Felipe Puperi após os EPs Tombamento Inevitável (2017) e Pedaço Vivo (2018), com o seu projeto Tagua Tagua, disponibilizou Inteiro Metade via Natura Musical no ano passado entrando na lista de Melhores Álbuns Nacionais de 2020 do Hits Perdidos.

Fevido à situação pandêmica no mundo todo, Puperi, registrou o álbum ao vivo e divulgou no fim de maio uma versão da faixa “2016”. Em junho a sessão inteira será disponibilizada.

A session, que tem direção de Guillermo Calvin é o que Felipe chama de “braço audiovisual” do disco. Ao todo serão apresentadas nos vídeos as nove músicas de Inteiro Metade na sequência através de um olhar curioso da câmera

“As apresentações online nunca vão substituir um show presencial, mas acredito que é possível driblar este momento tão difícil com criatividade”, diz o compositor e produtor musical.

2) Pedro Vulpe “No Distance”



O músico Pedro Vulpe  gravou uma série de vídeos, no interior do Paraná e de Santa Catarina, e no fim de maio revelou o primeiro.

A faixa escolhida para ser oficialmente a primeira divulgada foi uma versão acústica para “No Distance” – que já tinha ganho um vídeo em março. O registro foi feito gravado na capela Cônego José Ernser Chapel, em Rio Negro (PR).

Segundo Vulpe, a canção foi composta durante o período de distanciamento social e fala sobre 
apreciar a jornada e o processo muito mais do que a linha de chegada.

“Reflete um momento de autoconhecimento e de contemplação: De desacelerar, parar de correr contra o relógio e entender que o tempo não é nosso inimigo.”, revela o artista

3) Clara Castro “Fome de Gritar”



A cantora, compositora e atriz mineira Clara Castro disponibilizou a primeira faixa do seu novo EP Ana, que será lançado em Julho, no fim de maio. “Fome de Gritar”, faixa escolhida para iniciar o trabalho do disco registrado ao vivo (com voz e violão gravados em take único), vem ao mundo acompanhada de um videoclipe que explora os multi-universos da cantora. O resultado é o híbrido entre uma live session e um clipe.

“Escrevi de uma só vez “Fome de Gritar”. A letra e a melodia vieram juntas, nesse ar meio místico, suave e diminuto, compreensivo e inconformado. Assim mesmo, nesse paradoxo, como eu me sentia”.

A canção nasceu após uma conversa ao telefone com uma amiga de infância e foi inspirada na atual situação do mundo e na incapacidade de ação mesmo quando se quer o oposto.

“Guardei a lembrança de uma entrevista do escritor Eduardo Galeano, em que ele fala sobre a humanidade ser um ‘mar de foguinhos’, e que, nessa imensidão, existem fogos mansos, que pouco queimam, e fogos loucos, que incendeiam outros que estão por perto. ‘Sou chama e quero te queimar’ veio dessa imagem, expondo uma vontade de incendiar a normalidade – inclusive dentro de mim mesma”, pontua a artista.

4) Tuyo “O Jeito É Ir Embora” @ SXSW



A Tuyo acaba de lançar o álbum Chegamos Sozinhos em Casa Vol. 1. E junto com o disco, disponibilizaram uma live session registrada especialmente para a edição online do festival norte-americano SXSW.

A apresentação foi elogiada até mesmo pelo renomado New York Times. Confira o vídeo para “O Jeito É Ir Embora”.

No mês que vem tem mais lista com as Melhores Live Sessions.
Não deixe de enviar a sua ao longo do mês para nosso e-mail.