Nesta sexta-feira (23/08) o Pin Ups lança vídeo para “Mexican Tale”. Os veteranos voltaram aos estúdios para gravar seu disco de inéditas, Long Time No See.

Com novo guitarrista, uma série de participações especiais e um novo gás, o disco é definitivamente um dos destaques do primeiro semestre.

Em resenha no Hits Perdidos destacamos:

20 anos depois o Pin Ups continua conseguindo surpreender. Não apenas por ter um show explosivo, ou histórias marcantes, mas justamente por não se fechar a clichês e continuar inventivo.

No tão aguardado sétimo disco Long Time No See, o clássico grupo paulista mostra a versatilidade de sua “discoteca básica” e vai além do esperado.

As referências passam sim pelo universo das guitar bands, mas flertam com diversas eras do rock, folk, garagem, psicodelia, e o punk. Um disco de rock! Ouça despido de preconceitos e se deixe levar pela brisa.”


Pin Ups No Time

Pin Ups – Foto Por: Ivan Shupikov


O Lançamento

Com catártico show no palco do Sesc Pompeia, onde anos antes também aconteceu sua despedida, eles realizaram o lançamento. Uma noite célebre. Digna de lembrança, onde muitos personagens do rock paulista estiveram presentes.

Seja no palcos, como na platéia. Um digno encontro entre gerações de rockeiros.

Até por isso gerou uma grande comoção. Esta que se dá até mesmo pelo processo, e por isso, conversamos com Zé Antônio Algodoal. Um papo sincero e contando mais detalhes sobre está volta em grande estilo.

A Volta

“Em 2015 nós decidimos que iríamos parar, mas gostaríamos de fazer um último show, de despedida e de agradecimento. Subimos ao palco do Sesc Pompeia com esse pensamento, mas diante de tanto carinho e da presença de tanta gente jovem na plateia, achamos que poderíamos fazer mais alguns shows.

Daí pra frente muita coisa aconteceu. O Aurora nos cedeu o estúdio para a gravação do álbum. Surgiram convites para shows, o Laurindo Feliciano quis fazer a capa do álbum, o selo Midsummer Madness (nosso parceiro histórico), se juntou ao Fleeting Media pra lançar nos formatos físicos e quando percebemos estávamos de volta com a banda.

Foi algo natural e muito prazeroso. Tivemos todo o tempo que precisamos pra gravar do jeito que a gente quis. Convidei o Pelotas (Cachorrro Grande), pra gravar uns teclados, e vários outros músicos amigos para as gravações do disco.

Até a Eliane, que foi guitarrista do Pin Ups, veio de Londres pra gravar sua participação. Pela primeira vez terminamos um álbum com a certeza de que saiu do jeito que a gente quis. Vale também dizer que dividir a produção com o Adriano Cintra fez toda a diferença. Ele é muito experiente, extremamente competente e nos deu a certeza de que estávamos indo pelo caminho certo.”

Novo Guitarrista

“Há pouco mais de uma década a Eliane resolveu mudar pra Londres. Mas como estávamos sem muita coisa marcada isso não foi um problema.

Em 2015 chamamos alguns amigos pra segunda guitarra no show do Sesc: O Rodrigo Gozo, do Killing Chainsaw, o Mário do WRY e o Adriano Cintra (CSS / Madri), que assumiu a guitarra desde então.

Mas, nesses tempos difíceis e distópicos, ele decidiu sair do Brasil. Ficou acertado que ele virá para shows maiores, como aconteceu no lançamento em junho passado, mas para os outros shows teremos o Bruno Palma, (Twinpine(s)Frescobol, e mais uma dezena de bandas), que é um amigo querido e entende bem o som da banda. Estamos bem felizes.”


Pin Ups Mexican Tale

Pin Ups + Amanda Buttler (Sky Down) no palco do Sesc Pompeia


O Clipe

“O clipe foi captado, dirigido e editado pelo Ronaldo Miranda, amigo e colaborador de longa data. O vídeo todo foi gravado com uma única câmera e traz imagens de dois shows diferentes.

O primeiro aconteceu em junho no palco do Sesc Pompeia, durante o lançamento do álbum e o outro no Estúdio Aurora. O mesmo onde o disco foi gravado.

O Ronaldo brincou bastante com a edição e as cores, conseguiu dar uma unidade a todo, e incluir quase todos os convidados que participaram dos shows. Deixamos tudo nas mãos dele, não interferimos em absolutamente nada. Nossa parceria é antiga e ele entende bem o espírito da banda. Adoramos o resultado.”

PIN UPS: Mexican Tale

“O primeiro clipe foi de “Spinning”, uma colagem de imagens de arquivo realizada pelo mesmo diretor. Dessa vez escolhemos “Mexican Tale” por ser a música mais ouvida do álbum nas plataformas digitais.

Curiosamente ela acabou entrando na programação de algumas rádios independentes de Barcelona, Los Angeles e da Inglaterra. Não temos ideia de como isso aconteceu, foi algo espontâneo, mas isso nos animou a escolher faixa.

“Mexican Tale” tem a participação da Amanda Buttlerr do Sky Down, dividindo os vocais com a Alê, e do guitarrista Jim Wilbur, do Superchunk, que gravou a participação na casa do Mac McCaughan e nos enviou pela rede.

A banda é uma das nossas maiores influências e foi uma alegria contar com essa colaboração. Enviamos um pré-mix pra ele e ele achou que a guitarra poderia estar mais escondida, mas mantemos na frente mesmo porque gostamos muito do resultado.”



Após o lançamento de “Mexican Tale” o Pin Ups pretende continuar ativo e desfrutando das pequenas alegrias que estar em uma banda independente pode proporcionar.

Os Próximos Passos

“Hoje estamos mais maduros, as expectativas são mais simples, queremos apenas subir no palco, dar nosso melhor e retribuir tudo o que recebemos. Estamos muito felizes com essa volta.

Já temos vários shows marcados, outros a confirmar em breve. Nos próximos meses lançaremos a versão de Long Time No See em vinil e também teremos um clipe em animação feito pelo Laurindo Feliciano, responsável pelo projeto gráfico do disco.

Isso é o que temos de concreto. Evitamos fazer planos, criar expectativas, mas estamos animados e torcendo pra que muita coisa boa venha pela frente e com a certeza de que temos muito o que agradecer por tanto carinho.”

Novidade: Vinil a Caminho!

Atualmente está sendo produzido o vinil do álbum. Este que terá uma edição especial contando com apenas 300 cópias numeradas. Ou seja, é melhor garantir quando estiver disponível!

Edição Especial

A bolacha contará com duas versões. A tradicional (marrom) e uma amarela que você confere neste post sua produção que está sendo realizada nos EUA.

Pré-Venda

A pré-venda do vinil deve começar em breve mas enquanto isso acontece não deixe de ouvir o álbum nas principais plataformas digitais.