That’s All Folks: Playlist reúne + de 140 artistas e bandas do Folk brasileiro

O folk tradicional tem origens da música transmitida oralmente de geração para geração. Pouco se sabe mesmo sobre quem são os verdadeiros autores das “cantigas”. O termo surgiu no século XIX, para quem não sabe o nome “folk” vem justamente de “povo”. Ou seja folk seria algo como: música popular.

Ao longo dos séculos a música folk passou por um processo de transformação e muitos adotaram o termo como folk contemporâneo ou até mesmo folk revival. Tendo diversas ramificações como o folk rock, o folk metal, o country folk e até mesmo o anti-folk. Mas isso não é muito uma barreira para os músicos do estilo que geralmente costumam frequentar os mesmos shows, eventos e festivais sem preconceitos.

Magia, espiritualidade, tradição, religiosidade e superstição inclusive sempre foram ligados ao gênero musical. Talvez por ter essa preocupação em transmitir um pouco da sabedoria popular em todo seu conteúdo.

O mais interessante é que se formos pesquisar em cada parte do mundo temos características próprias das regiões, muitas misturas, inclusive a música tribal ou medieval tendo muita influência.

A Música ao Redor do Globo

O estilo também tem todo esse lado de folclore e raízes, podemos encontrar em países como Sri Lanka, balcãs, Irlanda, Noruega e Brasil referências completamente diferentes mas todos tem a preocupação de contar histórias e resgatar um pouco da cultura – e essência – local.


O The Pogues foi resgatar influências do Dubliners, banda de folk tradicional, para criar seu som.

Durante o período do apogeu do punk, em 1982, o The Pogues surgia na Irlanda fundindo influências do folk celta, punk e jazz. O que poucos sabem e pode ser visto no documentário sobre o líder da banda, If I Should Fall From Grace: The Shane MacGowan Story (2001), é que o Pogues chegou a ser tão relevante na Europa que em tempos de economia ruim – e pouca perspectiva de melhora – eles ajudaram através da música a restabelecer o orgulho de ser irlandês.

Influências na Cultura Pop

Já nos EUA a história começa na década de 40 e ganha força nos 60 com artistas como Woody Guthrie, Judy Collins, Pete Seeger, Joan Baez, Bob Dylan, the Seekers e Peter Paul and Mary.

Tendo influências regionais, muitos gêneros foram sendo criados em meio a fusão com o rock e o pop. A coisa não parou por aí e foram surgindo outros sub-gêneros como folk punk, anti-folk, indie folk, folktrônica, freak folk, americana (música de raízes), folk metal, folk progressivo, folk psicodélico, Appalachian music (do sul dos EUA) e neofolk.

No Brasil o folk é muito associado a música caipira e a moda de viola. O gênero também costuma flertar com a MPB e muitas bandas buscam referências na música folclórica do exterior. Nomes como Almir Sater, Renato Teixeira, Zé Geraldo e Tião Carreiro são referências dentro do estilo.

Mas a música folk não parou no tempo e é incrível ver a quantidade de novas bandas e misturas que fazem do estilo tão atemporal. Por isso preparei uma playlist com diversos projetos que merecem destaque.

Playlist no Spotify



No Brasil a música Folk tem muitos adeptos e muita gente talentosa batalhando para mostrar seu trabalho país afora. O bacana é ver a diversidade de referências e estilos absorvidos que cada um encontra para estabelecer sua identidade própria. Sendo assim, reuni 139 artistas e bandas que nos levam direto para o campo. A seleção Especial pode ser encontrada no Spotify do Hits Perdidos (siga o Hits no Spotify!).

Os Artistas Brasileiros

A playlist conta com sons das bandas:  Antiprisma, Folk na Kombi, Arthur Matos, NOAHS, Versos Que Compomos na Estrada, Jéf, Ana Larousse, Castello Branco, André Prando, O Bardo e O Banjo, Mustache e os Apaches, Facção Caipira, Monoclub, Trouble & The New Brazilians, The Leprechaun, Terra Celta, Tiregrito, Francisco El Hombre, Saulo Duarte e a Unidade, 2 Reis, Arthur Melo, Bernardo Bauer, Nobat, Bola, Bonifrate, Cuscobayo, Thiago Ramil, Rubel, Simonami, Phill Veras, Philip Long, Duas Casa, Fernán, Nô Stopa, Atalhos, Corcel, Devonts, Demerara, Renato Godá, Rossa Nova, Wilson Teixeira, Gustavo Kaly, Pagan John, Tô Brandilone, 5 a Seco, Toni Ferreira, Pedro Altério, Leo Cavalcanti,  Zumpiattes, About a Soul, Ekena, Gragoatá.

Fabiano Do Nascimento, Foba, Grandfúria, Yangos, Guaiamum, Falso Coral, Versos Polaris, Ale Sater, Léo Vieira, Heitor Vallim, Old Dog, Bruna Pasquotto, Pedroluts, Posada, Folk Como Ocê Gosta, Roberta Campos, Tim Bernardes, Vanguart, Watch Out for the Hounds, Young Lights, Bardow, Cyrne, Vinicius Castro, Marcelo Callado, Borba, Me and The Plant, Radiolaria, The Lonesome Duo, Roger Alex, Feito Café, Corcel Mágico, O Campo e a Cidade, JOHN, Doutor Jupter, Giancarlo Rufatto, Valentin, Benjamin, Pedro, dnaipes, Call Me Lolla, Capela, Bedibê, Le Banquet, Pedro Pastoriz, Qualquer Bordô, Yellow Boulevard.

Helio Flanders, Indiana Buena, OutroEu, Suricato, Agridoce, Os Arrais, Jean Donato, Antonio Perrone, Casaprima, Pobre Tom, O Amor Existe, Viratempo, Montauk, Lívia Mendes, André Comas, Elder Effe, O Clube do Chá Lunar, Alvore, Horses & Joy, Quando Inhambú Cantou no Meu Quintal, Tiago Sarmento, Philipo Hebrom, Murilo Augustus, Leo Fazio, Maçã de Cesto, Carmen, Orlando Garcia, André Coruja, Miguel Rosa, Hovel, Rafael Elfe, Marcus Manzoni, Vespertinos, Fantomaticos, Bruno Serroni, Bombo Larai, Laura Passoni, Them Old Crap, Flakes, Nina Fernandes, Bravaguarda, Realteka. 

Faltou alguma? Indica para a gente que adicionamos!


This post was published on 7 de fevereiro de 2018 10:05 am

Rafael Chioccarello

Editor-Chefe e Fundador do Hits Perdidos.

View Comments

Posts Recentes

Festival MADA 2022 leva a Natal Mayra Andrade, Emicida, BayanaSystem, Linn da Quebrada, Boogarins e mais; garanta seu ingresso

O Festival MADA 2022 acontece nesta sexta-feira (23/09) e sábado (24/09) ocupando a Arena das…

21 de setembro de 2022

Com críticas a distopia brasileira, Planet Hemp lança single e clipe com Criolo

Explosão, confusão, crítica social afiada e linha de frente. A volta do Planet Hemp não…

20 de setembro de 2022

Vazamento revela possibilidade de não haver músicas brasileiras no FIFA 23

No dia 30 de agosto, alguns jogadores que adquiriram FIFA 23 puderam acessar a versão…

20 de setembro de 2022

Valentin lança “A Cidade” e conta com exclusividade os bastidores de suas turnês pelo país

O músico gaúcho Érico Junqueira, mais conhecido como Valentin, lançou recentemente seu quarto álbum de…

16 de setembro de 2022

Duda Beat, Tagua Tagua e Joana Marte + Anna Suav entram no line-up do 17º Festival Se Rasgum

17º Festival Se Rasgum confirma três novas atrações Marcado para os dias 11 e 12…

16 de setembro de 2022

Revirando o lixo do “Ink Trash”: artista cria capas de jogos e músicas com estética trash

Visitar o perfil do Ultimate Ink Trash no Instagram dá uma certa sensação de nostalgia.…

14 de setembro de 2022

This website uses cookies.