Nacional

saudade e Bibi Caetano evocam o poder da mente em “interação mente-matéria”

Após lançar o disco jardim entre os ouvidos (2020), Saulo von Seehausen, mais conhecido como saudade, e ex-integrante da Hover, está às vésperas de lançar seu novo disco, bem vindo, amanhecer, que chega nas plataformas digitais em junho. Antes disso ele já apresentou a faixa título do disco e hoje em Premiere no Hits Perdidos o músico apresenta “interação mente-matéria”.

A faixa em parceria com a artista Bibi Caetano, que já foi indicada ao Grammy, deixa um pouco de lado o indie pop e o folk tristonho de Sufjan Stevens da estreia. O que se mantém são as referências a MPB, da bossa nova passando pelo ao movimento da tropicália e o psicodelismo brasileiro, estes presentes no primeiro disco. Sendo cada vez mais antropofágico em reverenciar a música feita no país.

Desta vez ele navega, ao menos neste primeiro single a ser revelado, na direção da MPB e do funk, que carinhosamente remete a fase racional de Tim Maia, mostrando o arsenal de referências e potencial ainda mais pop do novo trabalho do músico.



saudade e Bibi Caetano “interação mente-matéria”

A composição foi feita em parceria entre Saulo, Bibi e Felipe Vassão e segundo os músicos surge a história de um casal que decide tentar controlar as ondas do mar com a força do pensamento após o uso de psicotrópicos em uma praia. Dessa viagem metafísica, eles aprofundam por um conceito científico. O uso das metáforas encaixa e dá asas a imaginação de uma faixa que sugere a possibilidade de poder mudar o mundo através da força dos pensamentos.

Tudo isso foi inspirado no conceito da psicocinesia – de forma resumida, a capacidade de mover objetos com o poder da mente, instaurado ainda nos anos 30 como parte dos estudos de saúde mental; tema tão recorrente durante o período de isolamento social.

“É uma metáfora interessante para a nossa capacidade de mudar as coisas ao nosso redor quando a gente realmente se concentra para isso”, conta saudade

“É um lugar tropical e praiano, com um tema muito brasileiro, mas com arranjos mais polidos e contemporâneos. A parceria com a Bibi ajudou muito a chegar nesse resultado porque é onde nós dois nos conectamos”, comenta saudade sobre a construção junto a banda

Com grooves e metais que dão corpo a psicodelia involuntária, saudade mostra versatilidade em um vocal pop apurado indo de encontro com os timbres leves de Bibi Caetano. A transição da faixa com direito a efeitos dá o tom esperançoso por um mundo mais solar e menos repleto de preocupações com as mazelas do dia-a-dia.

Além do baterista Bruno Bade (Brunoutz), o baixista Leandro Bronze e o guitarrista Renan Vasconcellos (Dramón) que compõe a banda base; no estúdio dão corpo para os arranjos de “Interação mente-matéria”Felipe Vassão(guitarra, programações e sintetizadores), Felipe Duriez (guitarra), Pedro Serapicos(violão), Jorge Amorim (percussão) e os saxofones de Breno Morais e Marcel Enderle.



Ficha técnica

Direção Artística: saudade
Produção Musical: saudade, Felipe Vassão & Pedro Serapicos
Arranjos: saudade, Leandro Bronze, Bruno Bade, Renan Vasconcelos
Direção Vocal: saudade, Pedro Serapicos
Edições Vocais: Pedro Serapicos
Edição: Matheus Souza

vozes: saudade e Bibi Caetano
violões: saudade e Pedro Serapicos
guitarras: Renan Vasconcelos, saudade, Pedro Serapicos, Felipe Duriez e Felipe Vassão
baixos: Leandro Bronze
baterias: Bruno Bade
percussão: Jorge Amorim
sax alto: Breno Morais e Marcel Enderle
sax barítono: Breno Morais
sintetizadores e programações: Felipe Vassão

engenharia de som: Vinicius Junqueira, Paulo Maganinho e Pedro Serapicos
assistência de engenharia de som: Jr. Ayres e Arthur Ayres
mixagem e masterização: João Milliet

Letra

eu quero ver você
caminhando pela areia
e sorrir pro futuro
mesmo se nada mudar
eu quero ver você
sorrindo com a ideia
de mudar esse mundo
de mente e matéria

This post was published on 13 de maio de 2022 11:15 am

Rafael Chioccarello

Editor-Chefe e Fundador do Hits Perdidos.

Posts Recentes

Mesmo com chuva a vigésima edição do Festival Rock na Praça teve boas surpresas

Nem a chuva conseguiu com que a vigésima edição do Rock na Praça deixasse de…

27 de janeiro de 2023

Os Melhores Clipes Independentes | Dezembro (2022)

-*Confira os melhores clipes independentes lançados em Dezembro | 2022 em seleção especial feita pelo…

24 de janeiro de 2023

As Melhores Live Sessions | Dezembro (2022)

As Melhores Live Sessions | Dezembro (2022) O Que São Live Sessions? Live Sessions tem sido um…

23 de janeiro de 2023

Celebrando 25 anos do álbum de estreia “Baduizm”, Erykah Badu volta ao Brasil com show em São Paulo e Rio de Janeiro

Erykah Badu é destaque do Festival Nômade Apresenta neste fim de semana em São Paulo…

20 de janeiro de 2023

Daniel Furlan imprime sua assinatura em novo projeto musical, o Tropical Nada

Ele é artista e tem que elogiar tudo que ele faz, mas porque tudo que…

19 de janeiro de 2023

Sara Não Tem Nome lança ‘’A Situação’’, seu segundo disco de estúdio

Multi-artista de Belo Horizonte, Sara Não Tem Nome, retrata a situação de um Brasil caótico…

18 de janeiro de 2023

This website uses cookies.