Categories: Hip HopVideoclipes

Isis Broken funde misticismo e repente no clipe para “Ararinha da Viola”

Após se destacar na premiação m-v-f-awards realizada no fim de 2019 a rapper sergipana Isis Broken apresenta sua nova produção audiovisual. Após o sucesso do vídeo para “O Clã“, a travesti lançou no fim de fevereiro o clipe para “Ararinha da Viola”, um rap fluído e bastante autobiográfico.

A faixa antecede o álbum Bruxa Cangaceira que no momento está em processo de produção mas que em breve será lançado foi produzida por Mombin – com quem a artista já pôde trabalhar anteriormente.


A artista Isis Broken foi vencedora do m-v-f-awards 2020 – Foto: Divulgação


Isis Broken “Ararinha da Viola”

“Ararinha da Viola” tem uma carga especialmente pessoal e o nome da canção é uma homenagem ao seu avô repentista. Como elementos o misticismo no entorno do avô e o imaginário do povo nordestino ganham narrativas dentro da produção. Já os versos da canção são afiados e o flow que funde rap ao repente é marcante.

Sua epopéia audiovisual continua com direito a clipe assinado à distância por Letícia Pires que em seu currículo também conta com o vídeo para “Gigantesca” de Mariana Volker, o roteiro foi feito pela própria Isis Broken e as imagens foram registradas na capital sergipana.

Entre os destaques da produção de “Ararinha da Viiola” estão a fotografia e o fato de cada frame parecer um quadro, algo que podemos observar bastante em produções do K-Pop onde a paleta de cores sempre rotaciona a cada cena e a sensação que passa é a de que estamos vendo diversas telas mega produzidas em sequência. O figurino e a maquiagem também contribuem, além, claro, das belas paisagens naturais de Aracaju.


Rafael Chioccarello

Editor do Hits Perdidos, organizador dos Tributos aos Titãs, Pato Fu e Autoramas. Parceiro da Mutante Radio, Spotify e Curador do UDIGRUDI, programa de videoclipes da Play TV. Nas horas vagas pesquisa sobre música e tenta assistir a maior quantidade possível de shows. Siga o Hits no Instagram: @hitsperdidos

Recent Posts

Músico faz medley bem humorado para clássicos do emo dos anos 2000

O músico e Youtuber fez uma paródia para clássicos do emo dos anos 2000 Acidentalmente cai…

23 de julho de 2021

Audições da Lôca #7 tem Mayí, Malcolm VL, Billy Brandão, WRY, Sidarta Riani, EDFO, Camila Menezes e Chico Algo

Audições da Lôca #7: Mayí, Malcolm VL, Billy Brandão, WRY, Sidarta Riani, EDFO, Camila Menezes…

23 de julho de 2021

Clássicos Perdidos: “Fluent In Stroll”, o álbum que reinventou o som do Big D & the Kids Table

Parece que foi ontem mas lá se vão 12 anos desde que o Big D…

22 de julho de 2021

Jornalismo Cultural, algoritmo, TikTok e o Pós-Pandemia

O Futuro do Jornalismo Cultural no Pós-Pandemia Há tempos existe uma discussão (silenciosa) pairando no…

21 de julho de 2021

Audições da Lôca #6 com ZANZAR, Carbônica, C.E.L.T. e Nico Antônio e os Filhos do Mar

Audições da Lôca #6: ZANZAR, Carbônica, C.E.L.T. e Nico Antônio e os Filhos do Mar…

21 de julho de 2021

Seleção de feats: Bruna Mendez, Davi Sabbag, Fabriccio, Tuyo e Rimon Guimarães

Feats de Bruna, Davi Sabbag, Fabriccio, Tuyo e Rimon Guimarães são destaque Em uma escala…

21 de julho de 2021

Este site utiliza cookies para melhor personalização para você.