Teoria da Rebolatividade é o segundo EP do produtor musical, percussionista, fotógrafo, e apresentador do podcast DESAFINADOS Ivan Silva vulgo ivanbatucada.
Ivan Batucada é um percussionista, beatmaker e produtor musical paulistano que tem em sua trajetória o experimentalismo, estudos de multi-plataformas e se permite atravessamentos musicais diversos.

O músico Ivan Silva (IvanBatucada)


Um álbum de produção pandêmica, ou seja, o músico gravou, produziu e finalizou sozinho em sua casa a fim de homenagear o espírito da  alegria, da irreverência, da inquietude que nos cerca, da festa e dos tambores que tanto estão presentes em nosso país e, em fevereiro no carnaval, que desta vez aconteceu apenas pela internet para a maioria das pessoas, ou seja: não aconteceu.

Ivanbatucada é um percussionista, beatmaker e produtor musical paulistano que tem em sua trajetória o experimentalismo, estudos multi-plataformas e atravessamentos musicais diversos.

Iniciou sua jornada como músico de teatro tendo como parceiros nomes como Douglas Germano e Kiko Dinucci produzindo trilhas ao vivo e em estúdio no início dos anos 2000.  Após esta fase de interação com as artes cênicas onde a exploração da improvisação, da gambiarra sonora é presente a todo instante, ele investiu seu tempo e energia no estudo da improvisação livre e percussão popular trabalhando com bandas instrumentais como Banalizando, Casca instrumental, Babélico, Samba em 3 e acompanhando artistas ao vivo e em estúdio como Karina Kaufmann, Cauê Procópio, Olívia, Rodrigo Alarcon, Mariana Fróes entre outros.

Projetos na Pandemia

No período da pandemia da covid 19, após um mês de reflexões, procrastinação e vídeos aleatórios no YouTube, se envolveu em dois projetos de podcasts: o Desafinados, ao lado da produtora e apresentadora Nancy Silva e da historiadora Márcia Taguás, que tem como principal característica a discussão de temas sensíveis do cotidiano e também, o podcast Musicodália, que é mais voltado ao mercado musical e seus profissionais. Além destes podcasts deu início aos seus projetos autorais que misturam música eletrônica, percussão brasileira e timbres inusitados.

Deboche Tropical foi seu primeiro lançamento de trabalho totalmente autoral onde compôs, arranjou, gravou, mixou e finalizou todas as faixas além de ter feito a capa do EP em agosto de 2020.

O álbum tinha como principal característica uma projeção visual de um clima oitentista cheio de timbres de sintetizadores, mas com molho brasileiro numa salada tropical onde se ouvia ecos de Madonna e afoxés numa mesma faixa, climas de seriados policiais B’s das madrugadas na TV e muito swing.

Após o primeiro EP, lançou o single “Flopou Geral”, que flertava com uma sonoridade mais pesada sem perder o bom humor e o clima de deboche, onde as tintas de um baixo Motown coloriam a faixa e deixava o ouvinte envolvido numa atmosfera mais misteriosa e cheia de oscilações. Todo este pique preparava o terreno para o lançamento que viria a seguir.

Ivanbatucada Teoria da Rebolatividade

Teoria da Rebolatividade, ou um Manifesto pela Rebolativização do Brasil presente propõe uma alternativa mais sacolejada à toda esta bagunça que vivemos atualmente no nosso país.

A revolução pela alegria e pela festa explode nas 4 faixas do EP tentando resgatar uma empolgação de rua misturada ao som psicodélico de guitarras e sintetizadores numa alquimia sem muita teoria mas que provoca a prática do querer balançar, o movimento de pescoço, do flexionar dos joelhos pra dançar e do descer até o chão, com bom humor, sarcasmo e muito balanço sob influências do violão de Jorge Ben, do timbal de Carlinhos Brow e de nuances das teclas de John Medeski.

“Porque nos dias de hoje a alegria é ato político e combustível irreprimível para superar tanto absurdo.
Repagodizar é preciso!” Ivan Silva