Categories: Premiere

Entre desabafos e sensações, O Grande babaca lança o vídeo de “Ideia Torta que Não Tem Fim”

Entre desabafos e sensações, O Grande babaca lança o vídeo de “Ideia Torta que Não Tem Fim”

As coisas fluem melhor quando nos sentimos melhores consigo mesmos. Parece que tudo colabora para percepções e novas realizações. É difícil devido a tantos problemas, o dia a dia, a cabeça pesa e o corpo reage.  

“Acho que foi na terapia que relacionei isso, quanto mais cansado, chapado, depressivo eu estou mais eu perco o real significado das coisas. Pior eu interpreto as pessoas e meus sentimentos acabam ficando cada vez menos inidentificáveis” conta Gabriel, mais conhecido como O Grande Babaca. 

Hoje, com exclusividade para o Hits Perdidos, O Grande Babaca lança o vídeo da mixtape “Ideia Torta Que Não Tem Fim” – que estará amanhã nas plataformas digitais. 

O Grande Babaca

O Grande BabacaFoto Por: Cassiano Geraldo

Em 2016, aqui mesmo no Hits Perdidos, Gabriel já havia nos contado que O Grande Babaca seria um alter-ego deixando recair toda responsabilidade em cima do personagem. O músico e produtor já lançou um EP “Ansiedade Mata”, o álbum “É Disso!”, e 2 singles –  “L.O.U.K.O.S” e “Perdi a Mão”.  

Agora em 2021, Gabriel descreve O Grande Babaca como sua terapia, onde ele se encontra, onde cresce e cresceu. Um ser que se permite explorar, que deixou de ser despretensioso, sendo ambos um só. Mas ele também ainda sente que é um bebê nessa coisa de música. 

“Ia ser legal ser reconhecido por isso, ganhar dinheiro com isso, mas graças a deus ainda tenho o cavalo. então não preciso desesperadamente monetizar O Grande Babaca

Mixtape: O Grande Babaca Ideia Torta Que Não Tem Fim

De acordo com Gabriel, a ideia da mixtape nasceu de surpresa. Ele estava em casa num domingo a noite, sozinho, ouvindo playlists lo-fi. Os refrões foram saindo, o mesmo se sentia muito bem naquele dia, parecia que as coisas estavam todas em ordem.  

Ele confessa que se sentiu obrigado a estar bem naquela época – era tudo muito intenso, ou ele lidava ou surtava. Resultado que fez com que ajudasse o mesmo a compor, regravar e cantar tudo em um período bem rápido – “parece que quanto mais rápido se registra uma ideia mais intenso fica. Eu estava vivendo isso tudo, não inventando, ou procurando na minha cabeça. É como se eu tivesse cantado o q eu tinha q cantar” 

Sobre lançar uma mixtape e não singles como costumamos ouvir, Gabriel conta que foi numa busca de uma expressão mais livre, longe das formulas.  

Cassiano Geraldo, que é responsável pelo vídeo que dá interpretação a mixtape e também faz parte do selo Eu Te Amo Records, conta que quando Gabriel lhe mostrou as demos, para ele soou muito forte pois contavam uma história. Um trabalho que embora curto, tem começo meio e fim, então por acreditar nessa mensagem ele influenciou Gabriel a soltar tudo junto, e no vídeo soltar tudo em uma taca só, sem dividir. 

 O primeiro passo da gravação foi a voz, os beats lo-fi gravados no próprio celular. Após a reorganização foi regravado boa parte do instrumental no pro tools. Gabriel conta que André Ribeiro ajudou muito no processo, ele considera Ribeiro como o produtor musical do projeto. Era pra quem ele respondia, entregava e tirava dúvidas sobre o que fazer.  

A mixtape ainda conta com a participação de Alana Folchart, que foi uma surpresa. Juntaram a vontade de Alana para cantar com a de Gabriel que precisava de uma voz suave para deixar a mixtape mais bonita.

O clipe de Ideia Torta Que Não Tem Fim

As imagens foram feitas em casa mesmo. Cassiano ouviu as demos e se animou a encher de vida e imagens as músicas.  

Nos últimos clipes do O Grande Babaca, foi feito tudo o que poderia ser feito dentro da linguagem de banda padrão. Então a ideia partiu disso, de querer fazer algo diferente, bebendo da fonte do Trap – onde há essa linguagem de cenários mais simples e edições mais trabalhadas. 

Devido a pandemia, Cassiano propôs gravar tudo em cômodos diferentes da casa de Gabriel, para explorar o espaço onde o EP foi concebido, e brincar com os sentimentos de tudo através de luzes e espaços. 

A capa da mixtape foi feita por Fernanda Yoshino, que após conversas sobre a música e as histórias que o levaram a escrever a canção, já tinha a arte pronta durante uma madrugada. 

Mila Borges

Colaboradora no Hits Perdidos, nas horas vagas descobrindo o que há de bom na música Brasil a fora. Fora isso adoro futebol, churrasco. Não gosto de preconceito no geral (música então nem se fala).

View Comments

Recent Posts

Estamos em Festa! Hits Perdidos completa 7 anos

2020 definitivamente foi o ano mais difícil das nossas vidas. Por mais clichê que a…

13 de maio de 2021

Audições da Lôca #1 tem Lurdez da Luz, Kunumi MC, Samico, Persie, Luiza Sales, Léo da Bodega, Cecé Pássaro e Thiago Delegado feat Takai

  Inspirada nas colunas Release Radar e Achados e Perdidos do editor da Hits Perdidos…

12 de maio de 2021

Mato Seco lança “Carta da Humanidade” no Dia Nacional do Reggae

Formada em 2002, o Mato Seco é um dos grupos de reggae mais conhecidos do país…

11 de maio de 2021

Katze revela as dores e memórias por trás de “Fratura Exposta” em faixa a faixa exclusivo

A espiritualidade, as memórias, os traumas, neuroses, as Deusas e o poder de cura reverberam…

10 de maio de 2021

Paulo Novaes em seu 3º disco conecta Brasil e Portugal com direito a feats de Rubel, Anavitória, Tiago Nacarato e Leo Middea

Alguns discos nos emocionam nos mínimos detalhes e esse é o caso de Minha Cabeça.…

7 de maio de 2021

Os Melhores Clipes Independentes | Abril (2021)

Confira os melhores clipes independentes lançados em Abril | 2021 em seleção especial feita pelo…

6 de maio de 2021

Este site utiliza cookies para melhor personalização para você.