Exclusivo: Dingo Bells e Tuyo revelam playlist dos bastidores do feat

Quando existe sinergia além do feat a parceria pode resultar em uma conexão emocional ainda maior. Esse foi o caso do encontro entre os gaúchos da Dingo Bells e os paranaenses da Tuyo.

O encontro aconteceu durante a estrada. Os gaúchos convidaram a Tuyo para uma participação especial em show realizado em um SESC em São Paulo e o encontro acabou resultando em um feat para lá de especial.

“Eu nunca tinha visto isso, elas [Lio e Lay Soares, vocalistas da Tuyo] estavam muito emocionadas no ensaio e no show escorreram lágrimas. Elas e o Jean são umas pessoinhas muito especiais, transpiram emoção e dá muita vontade de ficar perto deles.

A coisa bate forte mesmo, a gente canta e se emociona cantando de um jeito parecido. Então era óbvio que a Tuyo tinha que participar de ‘Dinossauros’ no EP”, relata Rodrigo Fischmann, baterista e vocalista da Dingo Bells.




Dingo Bells feat. Tuyo “Dinossauros (Acústico)”

Dinossauros” é a primeira faixa a ser revelada do EP Acústico Dingo Bells que sairá ainda neste ano. No setlist, a Dingo Bells revisitará 7 hits anteriores e apresentará uma faixa inédita. Todas orgânicas e introspectivas assim o momento em que estamos vivendo. Embora seja ressignificado diante do momento o registro já estava nos planos desde 2019.

“Este EP tinha um significado para nós há alguns meses atrás e hoje há outro significado, que não anula o primeiro, mas se sobrepõe a ele.  O lançamento do acústico agora também surge como esse momento de olhar o passado, justamente quando não se sabe muito bem o que vai ser do futuro – somente que vai ser”, relembra o guitarrista e vocalista Diogo Brochmann

A versão em conjunto ganhou um clipe dirigido por Pedro Pastoriz que recentemente lançou o ótimo Pingue-Pongue com o Abismo via selo RISCO.



Os Planos Dingo Bells

O guitarrista Fabricio Gambogi comenta que o EP tem toda a mística da banda: “criamos um repertório, um pequeno universo ‘dingobélico’ e isso é algo que dá muito orgulho, como artista. Criar um pequeno universo, não é isso que a gente busca diariamente quando trabalha com arte?”

“Esse EP é uma visita no passado para que eu lembre e tenha orgulho do que fizemos juntos e assim possa respirar fundo e me preparar pro que vem por aí.”, conta Rodrigo Fischmann 

Após o EP a banda gaúcha pretende dar início a um novo álbum.

“Acho que o próximo disco vai ser bem diverso em termos de sonoridade, pois as músicas sugerem coisas diferentes. Eu acho que a gente escreve e pensa canção de uma maneira pop”, reflete o baixista Felipe Kautz

Playlist Tuyo + Dingo Bells

Pedimos para as duas bandas montarem playlists com sons que estavam ouvindo no momento em que o feat foi feito. Uma ótima forma de conhecer os universos da Tuyo e da Dingo Bells.

Playlist da Tuyo

“Os elementos que integram a explosão cerebral que é criar uma música ultrapassam a própria música, meus chegados. Daí a gente fez um compiladinho de canções que estavam mexendo com cada um na época da feitura desse hino pra vocês sacarem algumas coisas.

“Sem Mentir” já se chamou Kamasi Carey por um boooom tempo porque a gente queria chegar nas regiões da Mariah Carey e fazer os caminhos melódicos bonitos do Kamasi Washington (risos) tem dias que parece um grande nada a ver mas é um tudo a ver se você for ver.”, conta a Tuyo que montou a lista coletivamente.

Kamasi Washington “Street Fighter Mas”



Mariah Carey “The Distance”



Tennyson “Like What”



Troco em bala “Luz de inverno”



Janluska “Caruaru”



Playlist Dingo Bells

“Já faz um tempinho, afinal foi final de fevereiro desse ano que gravamos as versões acústicas do EP. Essa lista tem um pouco do clima que tava nos fones nessa época.

Músicas que gostava de escutar nos voos, músicas antigas que eu tava conhecendo e duas músicas que entraram direto como referência pros arranjos do EP:

Gypsy Kings, pra nossa versão acústica de “Eu Vim Passear” e “Vidaloca”, que tocamos juntos no nosso show no Sesc 24 de maio, em 2019 e que ficou rodando direto durante as gravações pra gente se acostumar com a beleza das vozes que iriam entrar em “Dinossauros”. Bom clima!”, conta Rodrigo Fischmann, baterista e vocalista da Dingo Bells

Gypsy Kings “Djobi Djoba”



Tuyo “Vidaloca”



Aretha Franklin  “All the King’s Horses”



Caetano Veloso “Trilhos Urbanos”



Lucio Dalla “Il Cucciollo Alfredo”


This post was published on 25 de agosto de 2020 12:24 pm

Rafael Chioccarello

Editor-Chefe e Fundador do Hits Perdidos.

Posts Recentes

Pluma e Boogarins misturam frequências em “Querer Nunca Fez Planos”

"Querer Nunca Fez Planos" evidencia a convergência sonora entre Boogarins e Pluma A tônica de…

27 de maio de 2022

Joe Silhueta grita pela liberdade em “Sobressaltos”

"Sobressaltos" é o segundo single do novo álbum da banda brasiliense Depois de disponibilizar "Tropicalipse"…

26 de maio de 2022

Giuliano Lagonegro vai as profundezas com seu samba-pop em “Naufrágio das Ilusões”

Giuliano Lagonegro lança Naufrágio das Ilusões, seu disco de estreia Natural de São Paulo, Giuliano…

26 de maio de 2022

Queremos! Festival 2022 reúne rap, pop, MPB e muito mais dia 28/05, no Rio de Janeiro

Queremos! Festival 2022 acontece neste fim de semana na Marina da Glória Para os fãs…

25 de maio de 2022

Tom Misch vem a capital gaúcha pela 1ª vez e encanta o público porto-alegrense

Uma das noites mais frias da semana mas nada que afastasse o porto-alegrense de prestigiar…

25 de maio de 2022

“Moonage Daydream”, assista ao trailer do novo filme sobre David Bowie

Moonage Daydream é o primeiro filme a ser apoiado pelo espólio de David Bowie David…

24 de maio de 2022

This website uses cookies.