Em Outubro de 2018 o duo carioca Tatubeleza lançava o EP Totipotência.

O registo contava apenas com duas músicas e influências de Gilberto Gil à James Brown, do cancioneiro brasileiro aos Beatles. Não é a toa que o vídeo para a canção faz homenagem a Jorge Ben e em sua estética eles carregam uma forte influência das discotecas dos anos 70.

Mas eu diria também que eles carregam um pouco do espírito da gafieira. Até mesmo eles relatam que dentro do campo de suas inspirações eles bebem diretamente das fontes: da MPB, do jazz, do funk, do rock, do samba e dos ritmos brasileiros.

Após isso o duo no apagar das luzes de 2019 lançou um novo EP, Quem Vai Querer?. Este que contou com duas faixas inéditas, “Olha O Baião” e “Lado Oriente”. Cada uma terá um clipe e após isso eles apresentarão a faixa, “Mãos, Pés” que marcará a chegada de um novo momento estético e musical do Tatubeleza. Sendo assim hoje fazemos a Premiere do videoclipe para “Olha o Baião”.


Tatubeleza Olha o Baião

Tatubeleza. – Foto: Divulgação


O Momento do Tatubeleza

No final de 2019, lançamos nosso EP Quem Vai Querer?, trazendo mais duas músicas inéditas. Esse trabalho traz muito a reflexão sobre a vida nas cidades, sobre vivências e sobre conviver junto.

No entanto, essas duas canções, apesar de estarem sendo laçadas agora, são de um processo mais inicial do Tatu, estando em uma linguagem mais de acordo com a linguagem de “Totipotência”. Após lançarmos os clipes delas – o primeiro, “Olha O Baião”, e o segundo, “Lado Oriente”.

A ideia é preparar para o lançamento do nosso próximo single chamado Mãos, Pés, que já está gravado, e marcará a chegada desse novo momento estético e musical do Tatubeleza. Além disso, 2020 vem com tudo e temos mais novidades a caminho, esse será um ano de lançamentos e feats!”

O Videoclipe

O novo videoclipe do Tatubeleza é uma produção carregada de elementos e metáforas que dialogam da idade da pedra aos dias de hoje. O conservadorismo é ironizado através dos personagens e da busca iminente pela fuga da realidade.

As civilizações antigas, a mata virgem e seu lado primitivo entram como elementos da narrativa criada pela banda em parceria com a produtora. A “volta das trevas” e dos tempos obscuros da humanidade ganham retoques um tanto quanto dantescos através de um portal aberto diretamente para o ano de 2020.

Bastidores

“O clipe da faixa “Olha O Baião” foi uma parceria com a produtora Bellum Filmes. Fizemos um uma negociação colaborativa onde em troca da filmagem do clipe, o Tatubeleza compusesse a trilha oficial do curta que a produtora está gravando no momento, chamado “Luneta”.

A ideia para o clipe foi pensada no melhor estilo brainstorm, junto com a equipe da Bellum, levando em conta a letra da canção. A ideia de gritar a necessidade de se atentar as mudanças que a sociedade está vivendo, e importância de se alinhar aos discursos em prol das liberdades e ao fim de opressões estruturais da sociedade.

O quão é fundamental nesse momento o ato de ouvir o próximo e se atentar às suas vivências e suas demandas. Tudo isso contrastando ao crescimento de um discurso conservador e violento, dos tempos que estamos vivenciando. Estamos em um momento de urgência de união para que essa onda passe. É, de fato, deixar o tempo da caverna pra lá.”



Ficha Técnica:

Direção e Roteiro: Gabriel Almeida
Produção: Gabriel Almeida, Leopoldo Bueno, Matheus Cecatto, Rohl
Assistente de Set: Leopoldo Bueno, Erik Fischer, Rodrigo Ocampo
Coreografia e Dança: João Chataignier, Sid Yon Sousa
Fotografia e Colorização: Gabriel Almeida
Maquiagem Homem das Cavernas e Dançarinos: Giovanna Rolleira
Maquiagem Tatubeleza: Ana Luisa Gomes
Figurino: Rohl, Matheus Cecatto
Edição: Gabriel Almeida
Efeitos Especiais e Digitais: Gabriel Almeida, Erick Fischer