[Premiere] Em vídeo carnavalesco, Tatubeleza te explica o que é “Totipotência”

No último domingo (24/02) exibimos em Premiere Hits Perdidos + Play TV no programa UDIGRUDI, que se dedica em mostrar para o Brasil os talentos da música indie, o videoclipe para “Totipotência” dos cariocas do Tatubeleza.

Além do debut em rede de TV eles ainda ganharam o selo de Favorito do Hits Perdidos por conta da bela, mística e carnavalesca produção. Apesar de tocarem juntos há aproximadamente nove anos, o projeto surgiu nas vidas de Lucas Rohloff e Matheus Cecatto em meados de 2017.

A história fica ainda mais recente se pensarmos que o EP Totipotência é o primeiro lançamento oficial do Tatubeleza e foi disponibilizado em Outubro do ano passado.

O registo conta apenas com duas músicas e influências de Gilberto Gil à James Brown, do cancioneiro brasileiro aos Beatles. Não é a toa que o vídeo faz homenagem a Jorge Ben e em sua estética eles carregam uma forte influência das discotecas dos anos 70.

Mas eu diria também que eles carregam um pouco do espírito da gafieira. Até mesmo eles relatam que dentro do campo de suas inspirações eles bebem diretamente das fontes: da MPB, do jazz, do funk, do rock, do samba e dos ritmos brasileiros. Ou seja, tem samba no pé e tudo a ver com carnaval!


Tatubeleza
Tatubeleza. – Foto: Acervo Pessoal

Todo esse caldeirão resulta em uma mistura muito dançante, colorida e animada. Não é a toa que uma explosão de cores toma conta da tela no vídeo (de “Totipotência”). Isso só mostra como o projeto já nasceu pensando na convergência. Ponto positivo para o duo. 

O primeiro EP que conta com a faixa-título, e “Um Blues para Relaxar”, foi gravado no Estúdio Quintal e teve produção do Jan Santoro (Facção Caipira). Aliás, o lançamento só foi possível graças a um projeto bem sucedido de financiamento coletivo. Este que possibilitou também a prensagem do 7 polegadas em Vinil.

Contando o tempo de gravação da música, campanha de financiamento, gravação de clipe, lançamento do EP e lançamento do clipe, foi totalizado um ano de trabalho. E o vídeo vem para brindar o encerramento deste ciclo.

A banda tem planos de lançar seu segundo EP, que até já tem nome, Quem Vai Querer?, que novamente contará com duas faixas inéditas.

Mas o que seria “Totipotência”?

“Muita gente nos pergunta o que significa “Totipotência”, se nós inventamos essa palavra. A resposta é não. Totipotência é a capacidade de uma única célula, geralmente uma célula-tronco, se dividir e produzir todas as células diferenciadas no organismo. É um termo científico.

Ou seja, células totipotentes são células que conseguem se transformar em outras células do corpo, quando necessário. A brincadeira metafórica da música é justamente de aplicar esse conceito aos dias de hoje, levantando a bandeira de que todos podem ser o que quiser. “Totipotência é ser o que você quiser.”

A música trabalha essa ideia pela ótica da história de uma folha em branco, que tem a capacidade de virar qualquer coisa. É como se ela se perguntasse “O que será que eu vou virar?”, “O que vão me desenhar?”. E traz o questionamento, “O que será que ela quer ser?”.

No fim, curiosa e comicamente ela vira um avião de papel, e resolve que vai ser livre e sair por aí para conhecer novas folhas de papel como ela.”, relata Lucas Rohloff

O Videoclipe

O videoclipe, que está sendo lançado hoje nas ondas cibernéticas, foi idealizado pela banda em conjunto com o Raphael Hollanda (Direção e Fotografia), Alice Botelho (Produção e Atuação), Joana Uchôa e Billie Jean Veloso (Diretoras de Arte).

A ideia de movimento e transição é bastante explorada. Até por isso o videoclipe não nos permite tirar os olhos da tela durante sua exibição.

“….Trazendo essa ideia de que tudo muda muito rápido, os lugares, as roupas, o cabelo, as cores, a própria música, a fotografia do clipe, a perspectiva (1a pessoa e 3a pessoa), as ilustrações, enfim, basicamente tudo (risos)…e mesclando com ideias surreais que foram surgindo dessa possibilidade (da “Totipotência” e letra) de ser qualquer coisa, ser o que quiser.”, explica Rohloff



Até mesmo a atuação dos personagens, o campo das metáforas, locações e cores foi bastante explorado criando diversos caminhos por onde o espectador pode percorrer.

“No clipe, a Alice interpreta o personagem da própria folha em branco. E os personagens cômicos de preto (chamamos eles de PEPs) são os fantasminhas que vão intervindo ao longo da sua trajetória no vídeo. Como se simbolizassem a vontade, a curiosidade, os desejos, o ambiente, o acaso, os outros, a mente, enfim, qualquer coisa que possa querer se expressar de qualquer forma. É essa ansiedade da folha em branco de querer saber o que ela vai ser.

De certa forma, todos somos ou fomos folhas em branco, que podem ter sido desenhadas, mas podem também, e devem, ser o que quiser.”, filosofa o músico

Sobre os planos futuros Lucas se empolga ao contar:

“Além disso já estamos no estúdio gravando as novas músicas que serão lançadas após esse novo EP. Estamos trabalhando com muitas parcerias também, para essas novas gravações. Vamos convidar artistas para trabalhar juntos, mesclar estilos musicais e também estamos trabalhando na trilha sonora de um curta que no momento está sendo produzido.

Acho que podemos ser considerados fissurados no trampo (risos). Esses são os planos para o futuro do Tatubeleza. Além de fazer shows acompanhados da nossa banda (A Banda do Momento).”

Ouça o EP

Além de Matheus Cecatto (voz, violão e guitarra) e Lucas Rohloff (voz, baixo e percussão) contribuíram para a faixa-título Guido Oliveira (percussão), Vicente Barroso (bateria), Leo Israel (orgão e piano elétrico) e a banda Facção Caipira (Jan, Vinícius e Renan) nos coros. Como dito anteriormente, o trabalho foi produzido por Jan Santoro no Estúdio Quintal.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s