Confira os melhores clipes lançados em janeiro | 2020 em seleção especial feita pelo Hits Perdidos!

Melhores Clipes 2020

As listas de melhores clipes 2020 estão a todo vapor no Hits Perdidos. Você já conhece e acompanha por aqui elas todo mês e damos o pontapé inicial pelo quarto ano consecutivo.

Para quem é novo por aqui seja bem-vindo e acompanhe o Hits pelas redes sociais (temos InstagramFacebookSpotify…).

2017 foi marcado pelo grande sucesso dos listões de videoclipes que até deram origem a um estudo super detalhado sobre a produção audiovisual do independente brasileiro.

Em 2018 veio a parceria com o UDIGRUDI da Play TV onde escolhemos os mais legais para passar na programação aos domingos.

Udigrudi na Play TV

Em 2020 continuamos a parceria com o programa Udigrudi da Play TV, onde o Hits Perdidos seleciona semanalmente alguns clipes para aparecer por lá.

Inclusive fizemos um guia completo de “Como fazer para seu clipe aparecer na TV?“.

Vários clipes dos listões já tem aparecido na programação. Lembrando que o programa vai ao ar todos os domingos às 20:30h.

Os Melhores Clipes lançados em Janeiro | 2020

Neste mês de Fevereiro trarei os melhores que saíram no último mês e que merecem destaque. Claro que o listão continua democrático e no fim você encontrará uma playlist no youtube –  e Spotify – com os 73 coletados ao longo do mês.

A produção independente cresce a cada dia que passa e o investimento na divulgação também. Em uma geração em que poucos escutam um disco do começo ao fim, o artifício dos web clipes tem sido uma boa maneira de expor seus trabalhos.

E estes são feitos de todas formas, com alto ou baixo custo de produção. Com ideias mais certinhas a criativas. No fim das contas o que interessa é eternizar aquele momento e expor seu trabalho com a estética que mais convém atrelar a imagem da banda.

Os “Scouts” dos clipes
lançados em Janeiro

Em Janeiro inúmeras bandas começaram a divulgar seus curtas promovendo singles antigos ou que estarão presentes em seus futuros álbuns ou EP’s.

Reunimos 73 clipes lançados neste mês que mostram alguns dos novos talentos da música independente brasileira.

O que impressiona é termos uma média de 2,35 clipes sendo lançados no independente por dia. Na lista temos 73 artistas de 15 estados.

OS SELECIONADOS TAMBÉM FAZEM PARTE DA PLAYLIST CRIADA ESPECIALMENTE PELO HITS PERDIDOS PARA ETERNIZAR OS VÍDEOS LANÇADOS NESTE MÊS DE JANEIRO. ALIÁS NÃO DEIXE DE SEGUIR O PERFIL DO HITS NO SPOTIFY!

1 Chico Salem “Só que Não”



O paulistano Chico Salem, de São Paulo (SP), membro da banda do Arnaldo Antunes há 20 anos, no dia 16/01 disponibilizou o videoclipe para “Só que Não”. Com direção de Tiago Soban o vídeo bem humorado, assim como sua letra, debocha explicitamente sobre “as conquistas” do atual governo federal.

Um clipe protesto com direito a nariz de palhaço, fake news de zap zap, facadas de circo, chapeiro americano, carteira verde e amarela, políticas (fracassadas) anti-crime, birutices de carvalho, terra plana, autoritarismo, desmatamento, alienação, roupas roupas e azuis, corrupção, bolsofilhos e libertinagem acabam entrando como elementos do riquíssimo roteiro, dramatização e figurino da produção audiovisual.

O elenco ainda reúne nomes de peso como Arnaldo Antunes, a drag queen Rita Von Hunty e uma equipe que contou com 150 voluntários. O músico afirma que a canção é  um grito preso na garganta de todos.

2 Vivian Kuczynski “Carne”



A sensibilidade toma conta do novo videoclipe da Vivian Kuczysnki. “Carne” integra o álbum de estreia da artistas Ictus que saiu no ano passado via Balaclava Records. Com temática que envolve o universo feminino, o vídeo teve a atuação e direção realizados por Maria Eduarda.

3 Céu “Corpocontinente”



Talvez um dos videoclipes mais impressionantes do mês tenha sido o da Céu. “Corpo Continente” é uma verdadeira obra de arte.

São 7 minutos de uma narrativa envolvente, um roteiro coeso, fotografia impressionante, muita tensão e delírios. Ainda há espaço para a solitude, coreografia e efeitos especiais. O vídeo foi dirigido por Rodrigo Saavedra (LANDIA).

4 As Despejadas “Sonhos em Cativeiro”



Um registro importantíssimo e contextualizado com a realidade de milhões de brasileiros. É esse o mérito da narrativa do clipe d’As Despejadas que denuncia as marcas da violências, principalmente nos mais jovens, discorre sobre representatividade, falta de oportunidades e a repressão policial.

A produção audiovisual tem roteiro e direção de Yalla Kala, direção de fotografia de Renato Pascoal e direção de arte de Monalisa Amaral. O vídeo é uma realização Nabê Produções.

5 francisco, el hombre “Matilha”



Outro videoclipe que fez bonito neste mês de fevereiro foi o da francisco, el hombre para “Matilha:: Coleira ou Cólera”. Um clipe que começa com o clima de mal estar causado pelas eleições de 2018 mas que mostra o poder da união das pessoas em meio a um momento delicado da democracia.

“A francisco, el hombre sempre se colocou numa função de cantar, escrever e falar sobre sua época, de marcar sua época”, conta Mateo. Desta vez, mais do que eternizar a efemeridade do mundo contemporâneo e o momento “de crise social gigante”, a banda une forças para criar pontos de esperança através da coletividade. “Depois de tanto golpe, de tanto baque, de tanta queda que esse governo Bolsonaro entre outros da América Latina nos trouxeram – a gente quer trazer esse ar de esperança, esse ar de força, de grito, de construção”, explica.

Voluntários

Foram mais de 350 voluntários que contribuíram através de grupos coordenados no whatsapp para que a obra audiovisual fosse possível. O local escolhido foi o centro de São Paulo. O que só provou como a tese do grupo de união é válida em momentos como este. O filme dirigido pelo duo Los Pibes tornou-se a maior produção audiovisual da francisco, el hombre e deixou explícita a razão para o nome da música.

“MATILHA é uma música que tem o nome de um coletivo de cachorros, talvez de rua – talvez vagabundos – que se unem e, uma vez unidos, é só educar e resistir, é só semear e seguir em frente (…) E pra juntar 300 ou 400 pessoas numa rua, é porque compartilhamos de uma só ideia de resistência na América Latina, e isso é muito forte porque é o fio condutor deste ano”, destaca Mateo.

O vídeo conta com diversos easter eggs que vale procurar, além de claras manifestações em defesa das minorias.

6 Marcelo Perdido “Santa Clara de Tróia”



Entre colagens e um processo bastante artesanal o videoclipe do Marcelo Perdido figura entre nossos destaques do mês. O carioca que reside em São Paulo optou por além de coordenar e dirigir o próprio videoclipe, utilizar da técnica do stop motion. O vídeo foi criado só com papel e fotografias num processo artesanal, e demorou quase 4 meses pra ficar pronto.

A Música

“A música se passa num Rio de Janeiro atemporal, com memórias afetivas da minha infância misturadas à cidade que hoje eu não mais vivo, só visito. Desde pequeno, quando não queríamos que chovesse no dia seguinte, colocávamos um ovo na janela. Eu não sei se isso existe no Brasil todo, mas existe na minha fé.

Dessa ideia surgiu a canção que é sobre você tentar evitar que chova para não melar um date que estava marcado com uma pessoa que vem se tornando especial na sua vida. É uma mistura de história da Grécia antiga com a fé popular para falar de um amor que está começando”, explica Perdido.

“A história de amor é pano de fundo para uma representação do desconhecido como entidade de fé (usei discos voadores) e o questionamento do trabalho do artista, num paralelo com aplicativos de serviço. Imprimi tudo o que vemos na tela, recortei, animei foto a foto, e depois imprimia novamente. Tudo isso para conseguir usar as características do papel, um objeto tridimensional que amassa, molha, rasga. Busquei resgatar no vídeo uma linguagem que no computador não daria para fazer”, completa o músico

Perdido lançará seu quinto álbum em 2020.

“Esse single faz parte de um disco conceito, mas não é sobre o verão carioca, é sobre o Rio de Janeiro, ou pelo menos a cidade que existe na minha imaginação. Todas as músicas passeiam por essa cidade, que nem de longe é a cidade do Crivella, mas uma cidade das pessoas que amo e lá estão, e também como esse cenário abrigaria histórias que não são exatamente a minha, mas são também”, finaliza Marcelo

7 Edgar feat. Rico Dalasam “Carro de Boy”



A linha de frente e denúncia da realidade à flor da pele é a temática do novo videoclipe do rapper Edgar. “Carro de Boy”, parceria do guarulhense com Rico Dalasam que em suas rimas nesta faixa lembra um tanto quanto Rincon Sapiência denuncia o péssimo hábito de beber e dirigir. O que de fato acaba provocando acidentes com inocentes.

O clipe foi produzido pela Babilônia Music Filmes na favela da Serrinha, em Belo Horizonte. A direção é de Túlio Cipó e do próprio Edgar, que também assina o roteiro.

“Carro de Boy” foi escrita há alguns anos por Edgar e conta a trágica história do atropelamento da sua amiga Janine.

“Ela foi atropelada em 2007 e faleceu. O motorista era um playboy que se livrou de qualquer punição. Isso mudou nossa realidade na escola, foi um trauma para todos nós”, conta Edgar.

8 O Grande Babaca “Perdi a Mão”



O deboche e a autocrítica acabam transparecendo no novo clipe d’O Grande Babaca. A primeira tela já entrega o sarcasmo com a frase “Raffa Moreira não quis participar deste clipe”. A insanidade, autorreflexão e descontrole acabam sendo marcas do roteiro que tira onda com as estruturas de mercado, discursos e até mesmo escolhas artísticas.

Uma Co-Produção Eu Te Amo Records, Movilabe Filmes e Cavalo Estúdio.

O clipe teve direção assinada por Leonardo H. e Gabriel Olivieri, May Alves como Assistente de Direção e Cassiano Geraldo como direto de Fotografia.

9 Cidrais “Enquanto



A Cidrais continua tendo um belo cuidado com suas produções audiovisuais e em “Enquanto” não foi diferente. A literatura foi o porto seguro da composição que teve como ponto de partida um poema.

“Enquanto, antes de ser música, era um poema. Antes de ser poema, era só a vontade de transformar em algo a poesia cotidiana. No clipe, o poema tomou forma, movimentos e passos (andantes ou de dança). Dirigido por Vinícius Cidral, o irmão-do-meio e também autor da música-poema – ou vice-versa – o clipe é um retrato do processo de escrita e da escrita enquanto percepção poética possível diante do caos urbano dos dias. É um convite a um olhar aguçado e atento às coisas sutis que passam despercebidas.

Livros, pessoas, passos, reflexos e reflexões são instrumentos semânticos para demonstrar fragmentos do universo do diretor estreante. A música e o clipe são a contribuição do artista para o projeto Encanto, já disponível nas plataformas de streaming, que buscou individualizar o universo simbólico de cada um dos irmãos”, conta a banda na descrição do vídeo

10 Fresno “Cada Acidente (ft. Tuyo)



Após lançar seu novo álbum A Alegria Foi Cancelada a Fresno disponibilizou em janeiro o videoclipe para “Cada Acidente” faixa que tem a participação da Tuyo. O vídeo coloca os integrantes das duas bandas no escuro, o que dá a profundidade que a música busca passar para o ouvinte, aliado a cena de batidas e acidentes.

A direção do vídeo ficou por conta de Douglas Mendes, o conceito “galática neon” e foi inteiro gravado no YouTube Space RIO.

11 Groupies do Papa “Brisa Tropical”



Como falamos na Play TV, a música do clipe tem que ser boa e esse é o ingrediente principal de “Brisa Tropical”, faixa da banda Groupies do Papa.

O verão na selva de concreto acaba entrando no enredo do videoclipe gravado direto da laje com direito a dancinhas um tanto quanto new wave. Algo tão São Paulo que não sabemos nem por onde começar. O espírito punk e de liberdade acabam ditando o ritmo das batidas da canção.

12 TAIS “Cranberry Juice”



O pop também tem lugar entre os destaques da nossa lista de janeiro. A cantora e compositora TAIS lançou um clipe bem verão para “Cranberry Juice”. O vídeo foi inclusive dirigido por TAÍS, Johny Bub e Hermes Reis.

‘“Cranberry Juice” é uma música que não só conta a minha relação com o suco, mas também o que ele significa em minha vida. O suco de cranberry, para mim, é a materialização da liberdade. É saber do que se gosta e escolher o que se quer, ser o mestre de sua vida. E a canção também celebra as diferenças, não precisamos ser iguais ou gostar das mesmas coisas para compartilharmos momentos de felicidade”, define TAÍS.

OUTROS VIDEOCLIPES

Além dos 12 eleitos como melhores do mês de Janeiro | 2020 nas playlists do Youtube e Spotify vocês poderão encontrar os clipes dos artistas e bandas:

Def “A Cidade Onde Apenas Eu Existo” (Rio de Janeiro / RJ), Rincon Sapiência “Onda, Sabor e Cor” (São Paulo / SP), Gustavo Galo “Outros” (São Paulo / SP), Bike “Boca do Sol” (São José dos Campos / SP), Ozu “Old Friend” (Cotia / SP), Lava Divers “My Boy” (Uberlândia / MG), Jaloo e Gaby Amarantos “Q.S.A.” (Belém / PA), E A Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante “Se Fosse Assim, Onde Iríamos Parar?” (São Paulo / SP), Incêndios “Asa” (part. Victor Meira) (São Paulo / SP),

Rod Krieger “Raio” (Porto Alegre / RS), Marrakesh “Too Comprehend” (Curitiba / PR), Silva e Ivete Sangalo “Pra Vida Inteira” (Vitória / ES), Lucas Mayer, Keila, Lucas Estrela e Os tambores de Pacoval “Vem Cá” (Belém / PA)

Clipes de Janeiro | 2020 | Parte 2

Marietta “Analógica” (São Paulo / SP), Orquidália “Convocação” (Florianópolis / SC), Jeza + Kassin “IH CRL” (Rio de Janeiro / RJ), Felipe de Vas “Projeção Astral” (Duque de Caxias / RJ), The Barba “Ela é Jazz” (Andradina / SP), Katty Winne “Depression Love” (Maceió / AL), Zeca Baleiro “Às Vezes o Amor” (São Luís / MA), Bnegão feat. Bernardo Bosisio “Morena do Mar” (Rio de Janeiro / RJ), Overfuzz “Blazed” (Goiânia / GO),

Manu Gavassi “áudio de desculpas” (São Paulo / SP), Wescley Gama “Origem” (São Vicente / RN), GAVI “Porta-Retratos (Summer Edit)” feat Magro e 6ok (Vitória / ES), Felipe Neiva “Sem Critério” (Niterói / RJ), sue ft. eddu ferreira “Amazon” (Cotia / SP), bel_medula “Falta Pele” (RS), Rashid “Pipa Voada” ft. Emicida, Lukinhas (São Paulo / SP), Anderson Primo “Ocê, Oceano” (Matozinhos / MG), Papatinho + Xamã + Orochi + MC Roger “Me Faz Um Favor” (Rio de Janeiro / RJ), Mateus Carrilho “Inimigo do Fim” (Goianésia / GO)

Clipes de Janeiro | 2020 | Parte 3

Los Volks “Tarde de Domingo” (Santos / SP), Thom Verardi “Tudo que Acontece” (Joaçaba / RS), CXFXCX “Inquebrável” (Canoas / RS), Tukum “Nó” (Part. Nando Motta) (Itanhaém / SP), Szel “A 2 Passos” (Rio De Janeiro / RJ), Ciberpajé “O Enterro dos Deuses” (Ituiutaba / GO), Paranoia Bomb “O Troco” (Brasília / DF), Arthur Xará “Entendeu?” (Uberlândia / MG), Flowers to the Ground “The Death” (Fortaleza / CE),

Soft Porn “Homem de Lata” (Maceió / AL), Haikaiss e Projota “Pra Te Convencer” (São Paulo / SP), Fernandes  “Até o pulmão secar” (PE), Fernanda Vital “Travessia” (Uberlândia / MG), Nego Do Borel, Meno Tody, Luck Muzik e DJ Gabriel do Borel “Vida de Bacana” (Rio de Janeiro / RJ), Terra Treme “Zaia” ft. Monkey Jhayam ft. Olodum (Quartezala Remix) (São Paulo / SP), Carne Doce “Temporal” (Goiânia / GO), Zanzar “Bxxgxx dx Futuro” (RS), Vitão “Um Pouco de Você” (São Paulo / SP), Ruimaraes “Clickbait feat. Vitor Pirralho e Jerry Loko” (Maceió /AL)

Clipes de Janeiro | 2020 | Parte 4

Legado de Sophia “Mandrágora” (Fortaleza / CE), Yannick Hara “O Prólogo e o Título” feat. Clemente (Inocentes) (São Paulo / SP), Médicos de Cuba “Depressão Todo Dia” (Curitiba / PR), Smashing Dreams “Guillotine” (São Paulo / SP), Pfink ft. GA31 “Macumba Pirata” (BA), Onze:20 “Todo Santo Dia” (Juiz de Fora / MG), Shandrah “I Forgive You” (São Paulo / SP),

Turma do Barulho “Portal”, Cigarros Índios “Não” (Araçatuba / SP), Samantha Luz “Sagrado Feminino” (Belo Horizonte / MG), Alexandre Marzullo “Sul” (Rio de Janeiro / RJ),


Janeiro | 2020


PLAYLIST NO YOUTUBE (Janeiro | 2020)

Preparamos também uma playlist no Youtube com os 73 videoclipes coletados durante o mês de Janeiro | 2020 (Porém 4 optaram por deixar em os vídeos em um modo que inviabiliza a entrada em playlists – o que não mostra o contador de views). Assim quem quiser ver tudo de uma vez basta apertar o play.



PLAYLIST NO SPOTIFY

Desta forma chegamos a playlist com os clipes lançados no mês de Janeiro (2020). Dos 73 vídeos do post, 66 possuem as faixas no Spotify.

Muito disso por conta que algumas faixas serão disponibilizadas quando o EP ou álbum forem lançados na plataforma. Já outros singles por conta do artista (ou banda) não ter material por lá.

-> Siga o Perfil do Hits Perdidos no Spotify<-



Qual você mais gostou?

Conta para gente nos comentários deste post qual clipe de Janeiro | 2020 você mais gostou!