47 clipes independentes lançados em Fevereiro + Playlist no Spotify

A produção independente cresce a cada dia que passa e o investimento na divulgação também. Em uma geração em que poucos escutam um disco do começo ao fim, o artifício dos web clipes tem sido uma boa maneira de expor seus trabalhos.

E estes são feitos de todas formas, com alto ou baixo custo de produção. Com ideias mais certinhas a criativas. No fim das contas o que interessa é eternizar aquele momento e expor seu trabalho com a estética que mais convém atrelar a imagem da banda.

Neste mês de janeiro inúmeras bandas começaram a divulgar seus curtas promovendo singles antigos ou que estarão presentes em seus futuros álbuns ou EP’s. Reunimos 47 clipes lançados neste mês que mostram alguns dos novos talentos da música independente brasileira. O que impressiona, termos uma média de dois ou mais clipes sendo lançados no independente por dia. Na lista temos artistas de 16 estados.

OS SELECIONADOS TAMBÉM FAZEM PARTE DA PLAYLIST CRIADA ESPECIALMENTE PELO HITS PERDIDOS PARA ETERNIZAR OS VÍDEOS LANÇADOS NESTE MÊS DE FEVEREIRO. NOVO ANO PEDE NOVOS FORMATOS DE DIVULGAÇÃO. ALIÁS NÃO DEIXE DE SEGUIR O PERFIL DO HITS NO SPOTIFY!

#1 Sky Down “Kindness”



No dia 01/02 o trio do ABC, Sky Down, lançou o clipe para a canção “Kindness” faixa presente no álbum de estreia, …Nowhere (2014).

O clipe foi filmado e editado por Allan Carvalho que juntou imagens de apresentações da banda no palco do 74Club  – clube de Santo André vencedor da categoria melhor casa no Prêmio Dynamite – com comerciais macabros de bonecas. Segundo Caio após se deparar na pesquisa “com umas coisas muito escrotas, sinistras, machistas e agressivas para uma criança.”

Abordar o tema e dar um chute no machismo é a mensagem da banda. Em entrevista para o Nada Pop – que lançou o clipe com exclusividade – o vocalista e guitarrista Caio Felipe contou:

““Kindness” tem uma letra de um ponto de vista mais feminista, fala da forma como o homem tenta sempre moldar a mulher de acordo com suas vontades e opiniões, até com esse (de uns anos pra cá) papo libertário que alguns reproduzem para elas, dizendo que devem ser livres sim (mas sempre de acordo com o limite de liberdade imposto por nós, homens) e fala também que o corpo delas não é um convite.

Tem dois versos dela que “peguei” da Mia Zapata que cantava no The Gits (“it hurts me to be angry, kills me to be kind”), um tempo depois mostrei a música para o Steve (baterista do The Gits) e ele ficou contente com a homenagem e o tema da musica…..É um tema que muita banda não leva a sério, outros fingem que essas coisas (machismo e violência) não acontecem” afirma Caio.

A banda que ano passado passou por mudanças após a saída do antigo baixista e a entrada de Amanda Buttler tem planos de lançar neste ano seu segundo álbum pelo selo Howlin’ Records.

#2 Hesla + SLVGRDS ††† Darkmark †††



Hesla_
é o projeto solo do talentoso Vínicius Diasz que lançou no dia 01/02 um novo clipe em parceria com Luis Naressi (aka. Meteoro). O artista viaja criando beats que se somam a acordes vibrantes, experimentais e profundos. Sendo assim o single “††† Darkmark †††” é uma colab. de Hesla_ com SLVGRDS (Salvaguardas) e saiu através do selo independente, Coleta Crooked Tree Records & Friends (AL).

O webclipe foi dirigido por Joze Vitor Araújo, já masterização da faixa ficou por conta de Rafael de Souza (Lavanderia Estúdio).

#3 Lemori “Conduta”



A banda de hardcore cearense Lemori lançou no dia 01/02 seu mais novo clipe “Conduta”. O vídeo dirigido por Gecildo Sousa é o primeiro single do novo disco do grupo que deve sair em breve pelo selo Miceli Records. Na ativa desde 2010 eles participaram em janeiro do festival Garage Sounds que reuniu 40 bandas independentes entre elas Old Books Room e Hateen.

#4 Dirty Glory “Uma Noite e Meia”



O quinteto de hard rock paulistano Dirty Glory lançou em 2015 seu primeiro álbum, Mind The Gap. No dia 02/02 eles divulgaram a faixa do single, “Uma Noite e Meia” através de um vídeo em seu canal no youtube.

A música é uma versão do hit eternizado na voz da cantora Marina Lima lançada originalmente em 1987. Quem assina a direção do clipe é Kam Jannuzzi.


#5 BainaSystem “Invisível”



Após o sucesso do disco Duas Cidades (2016) o BaianaSystem – que teve seu show eleito como um dos melhores do ano passado – apresenta seu novo single, “Invisível”. Lembrando que em dezembro eles lançaram a faixa “Forasteiro” através de uma coletânea feita pela Red Bull.

Este clipe conta com a participação de BNegão, Azezildo Francisco, Matheus Albergaria, Maurício Fontoura e um coral de crianças. A obra tem direção de Filipe Cartaxo, que cuida de toda a estética do grupo e é uma realização Máquina de Louco, Jungleman Films e Anonimaprod.

#6 Motosserra Truck Clube  “A Viagem Não Pode Parar”



No dia 02/02 a banda Motosserra Truck Clube (Varginha – MG) que define seu som como Rock de Lenhador/Lumberjack Metal lançou o clipe para a faixa “A Viagem Não Pode Parar”. O vídeo foi dirigido por Thiago Bode e é o primeiro lançamento dos metal heads no ano.

#7 Devils Paradise  “Route 381”



A banda paulista Devils Paradise lançou no dia 02/02 seu novo clipe, “Route 381”. O som do grupo tem um pé no metal e outro no hard rock. A faixa faz parte do novo álbum do grupo, que será lançado ainda no primeiro semestre. O clipe foi dirigido pelo vocalista Diogo Araújo e pelo guitarrista da banda, Guilherme Bertozzi.

#8 Similares “Caramujo”



No dia 01/02 foi lançado o primeiro single do álbum auto intitulado da banda Similares, “Caramujo. Em 2014 quatro amigos de Bagé (RS) partiram para Pelotas (RS) para gravar o primeiro EP, de lá para cá eles lançaram em 2015 seu primeiro álbum através de campanha realizada no Catarse. Seu sucessor, Similiares, será lançado no dia 05/03.

Quem assina a direção do clipe é Maria Yaguna e Thales Silveira. O disco vai sair através dos selos: Selo Fonográfico 180 e Senhor F.

#9 Fábio Cardelli “Depois da Chuva”



O músico paulista Fábio Cardelli lançou no dia 9 seu mais novo vídeo clipe. A faixa escolhida foi “Depois da Chuva”, esta gravada para o projeto Converse Rubber Tracks. O vídeo mistura imagens da gravação no Family Mob com imagens da zona leste de São Paulo. Quem assina a direção é Anna Bogaciovas. O mais recente disco de Fábio é A Palavra dos olhos (2015).


#10 Bullet Bane “Catálise”



Após lançar no fim do ano o clipe de “Mutação”, o Bullet Bane lançou no dia 08/02 o vídeo para a faixa “Catálise”. Esta que estará presente no próximo álbum do grupo paulistano. O vídeo tem direção Murilo Amancio e mostra a banda tocando em uma cobertura. A faixa foi produzida e gravada por Gabriel Zander no Estúdio Super Fuzz.

#11 Overfuzz “Best Mistake”



Para fechar o ciclo do álbum, Bastard Sons Of Rock ‘n’ Roll (2015), a banda goiana Overfuzz escolheu o clipe de “Best Mistake”. Gravado no primeiro semestre de 2016, eles optaram por fechar com um blues falando de amor.

“Seguramos o lançamento até agora para fechar esse ciclo de forma especial”, explica Bruno Andrade, baixista da Overfuzz.

Gravado em plano sequência e em slow motion, o clipe foi feito em um take só. O clipe ainda conta com a participação de uma bailarina. A bailarina é Júlia Novaes, que foi do corpo de dança da Quasar Jovem e que tinha a estética freak que eles buscavam.

Durante o processo parece que tiveram bastante dificuldades como relata o baterista, porém o resultado final é incrível.

“Foi muito difícil, principalmente pra mim. O final dessa música é muito frenético, cheio de notas na batera, e tocar isso com o tempo dobrado… foi complicado, viu?”, conta o baterista Victor Ribeiro.

A ideia partiu da Godzilla Filmes, produtora de Brasília que pensou o roteiro e o apresentou para os músicos; um clipe mais conceitual, gravado em um só dia, envolvendo uma bailarina dançando em primeiro plano e a banda tocando em segundo. A direção é assinada por Pedro Bedê.

#12 O Grande Ogro “Eu Tentei”



No dia 09/02 foi a vez da banda instrumental paulista O Grande Ogro divulgar seu mais novo clipe, “Eu Tentei”. A faixa integra o mais recente lançamento do grupo, Discurso para mentes em silêncio (2016). O vídeo conta com imagens registradas de maneira D.I.Y. (Faça Você Mesmo) em um show realizado no 74 Club, famosa casa de Santo André (SP).

#13 Vespas Mandarinas “Daqui Para o Futuro”



No dia 09/02 foi a vez do Vespas Mandarinas divulgar seu novo clipe. A canção escolhida pelo duo foi “Daqui Para o Futuro” e teve a produção do webclipe feita pelo videomaker consagrado do funk carioca, KondZilla.

“A gente se sentiu inspirado ao ler uma entrevista do Samuel Rosa, na qual ele demostrava uma preocupação com a nova geração do rock nacional” declara Thadeu Meneghini.

Nessa ocasião o líder do Skank afirma que o novo rock vive o “complexo da república de anão”. “Eles são totalmente céticos em falar com o grande público”, disse Samuel para o portal da Band em 2015.

“Achamos a crítica construtiva e chamá-lo para cantar foi uma consequência disso. Procurar o Kondzilla também. A gente acha foda o trabalho deles nesse sentido, da comunicação com as massas, e chapamos quando vimos o clipe ‘Embrazando’ do Dynho Alves” afirma Thadeu.

“Daqui pro Futuro” é uma composição de Chuck Hipolitho & Thadeu Meneghini em parceria com o hitmaker Leoni e letra de Adalberto Rabelo. A canção tem a participação de Samuel Rosa, do Skank, nos vocais e do percussionista Marcos Suzano e faz parte do novo álbum que a dupla lança em março pela Deck.


#14 Supervão “Vitória Pós-Humana”



No dia 9 quem também deu o que falar foi o Supervão com um clipe vaporwave doido para lá de Bagdá para o single “Vitória Pós-Humana”. A faixa integra o EP Lua Degradê (2016) – que saiu pelo selo Lezma Records – e seu clipe foi feito de maneira 100% caseira com colagens da internet.”A estética vaporwave se constrói de tudo mais que já existe e tá na internet. No clipe colocamos o Oiticica, um show do Caetano e a M.I.A… tem cultura de internet e tem lances das nossas casas, tipo as plantas que cada um cultiva. Vapor é colagem, tipo dadaísmo acho. E ao colar diferentes matérias você cola também as relações em que elas se formam. Isso serve para evidenciar o pós-humanismo de todo mundo. Não somos somente nosso corpo, somos uma malha de feltro de relações.” conta Mário Arruda em entrevista para a Noisey


#15 Inner Kings “Talks”



No dia 10/02 foi a vez dos pernambucanos do Inner Kings divulgarem seu mais novo clipe. A faixa escolhida é “Talks” a terceira de High (2016). O vídeo foi feito como trabalho de conclusão de curso do André de Lima, Filipe, Marcelo Rodrigues, Hélio e Lucas.


#16 Impatients “Quem Disse”



Dia 10 também foi o dia que dos pop punkers do Impatients lançarem o clipe para a canção “Quem Disse”. O clipe conta com imagens da banda tocando dentro de um estúdio. Os capixabas lançaram no meio do mês o EP, Chapot Presvot.


#17 LeoAna “Por Inteiro”



Direto do Maranhão quem vem para encantar é a dupla composta por Victor Leoti e Ananda Miranda com o projeto LeoAna. Em janeiro eles lançaram o primeiro EP, Resiliência. Este que mistura o folk a mpb de maneira delicada e agradável. No dia 10 eles lançaram o webclipe para o single “Por Inteiro”. A direção é assinada pela própria dupla.


#18 Supernós “Syntonize”



No dia 10/02 a novíssima banda Supernós de Itapeva (SP) lançou seu primeiro lyric vídeo para a canção “Syntonize” que teve Premiere do single de estreia aqui no Hits Perdidos em janeiro. O clipe foi produzido por Juliano Pozati e pela Pozati Filmes, o primeiro EP da banda deve ser lançado em abril.


#19 Dpeids “Samba Canção”



Quem também apresentou seu novo vídeo no dia 10/02 foi a banda manauara Dpeids. Com o velho espírito do punk rock direto e reto, “Samba Canção” faixa do EP Mamando na Onça (2014) fecha o ciclo do disquinho. No clipe que narra a ressaca e as desventuras de um bar de maneira cômica a direção ficou por conta de Tharciso Yamane. Uma produção Mama Records.


#20 SuperÁcida “Carcaça”



No dia 13/02 a banda de Campo Grande (MS), SuperÁcida, lançou seu primeiro clipe “Carcaça”. Formada por quatro veteranos da cena rockeira, a música é o primeiro single de trabalho. O clipe teve direção de Helton Pérez da produtora Vaca Azul.


#21 We Are The Revenge “M.O.C” Part. Felipe Chehuan



A banda de metalcore carioca We Are The Revenge lançou no dia 13/02 o clipe para a faixa “M.O.C.”. Este que conta com a participação do Felipe Chehuan (Confronto/Norte Cartel) e das bandas Conteste e Sudra. O vídeo que contem imagens do grupo se apresentando foi filmado por Carolina Pascoalette e editado pelo Daniel Barbosa.


#22 Fulanos e Ciclanos “Vamos Voar”



No dia 13/02 o trio carioca que mistura estilos como Black / Soul / Hip Hop / Pop em seu som, Fulanos e Ciclanos, lançou seu mais novo clipe. A canção escolhida foi “Vamos Voar”, no vídeo que tem a direção assinada por Arthur Ferrari podemos ver a banda circulando por bonitas paisagens da cidade do Rio de Janeiro. Celebrando desta forma as good vibes do verão!


#23 Bratislava “Yorick”



Também no dia 13/02 foi a vez do Bratislava lançar o clipe para a canção “Yorick”. A faixa está presente no segundo disco do grupo paulistano, Um Pouco Mais de Silêncio este lançado em 2015.

“YORICK, o palhaço pretérito, un muerto que ri e nos lembra, constantemente, que somos feitos de carne e pó de estrela. Que a terra te espera e que a única maneira possível de se viver é SER LAVA, ser terra-viva e queimar tudo à sua volta. Modificar o mundo como única maneira de ESTAR VIVO.”

A sexta faixa do trabalho ganhou um clipe introspectivo, cheio luzes roxas e avermelhadas em que os quatro integrantes tocam voltados para sí. O que deixa a fotografia com uma forte identidade. A direção do vídeo é assinada por Lucci Antunes, já a direção de fotografia foi feita por Camila de Oliveira.


#24 The Outs “Palavras Cruzadas”



Carregando neo psicodelia os cariocas do The Outs lançaram no dia 14 seu mais novo e alucinante vídeo para a canção “Palavras Cruzadas”. Com fotografia que remete a estética das câmeras V8, o clipe parece que foi feito no começo dos anos 70. O roteiro foi escrito por Vinícius Massolar, a direção é assinada por Vinícius Massolar e Bianca Giudici, já a fotografia foi feita por Brenda Martins.


#25 Carne Doce “Falo”



No ano passado o Carne Doce lançou o elogiado disco Princesa este que rendeu muito elogios para o grupo goiano e emplacou uma série de clipes com excelente fotografia. No dia 14 o grupo se apresentou no Sesc Pompeia ao lado da banda carioca Ventre o Hits Perdidos inclusive resenhou a passagem deles pela capital paulista.

Durante o evento eles apresentaram em primeira mão para os presentes o curta metragem para o single “Falo”. Este que é digno de passar no telão devido ao roteiro muito bem elaborado, fotografia e direção incríveis.

O roteiro lembra uma espécie de rebelião em um convento onde o padre responsável é feito de refém por mulheres mascaras e levado para fogueira. Algo que na idade média era comum feito de maneira reversa onde as mulheres consideradas “Bruxas” eram denunciadas pelos padres para a inquisição e tinham seu destino trágico traçado.


#26 João Perreka e os Alambiques “Vida em Cena”



O grupo guarulhense João Perreka e os Alambiques traz alegria, agitação e coloca todo mundo para dançar em “Vida em Cena”. O vídeo conta com imagens registradas durante o show de lançamento do EP Vida em Cena realizado em março de 2016 no TeatroAdamastor em Guarulhos e conta com as participações de Aline Fonseca, Julio Cardoso, Juan Gonzalez, Guinho Nascimento, Chris Santana e Vinicius Henriue. Uma realização Curtisso Produções.


#27 Paula Cavalciuk “O Poderoso Café”



Embalada pelo tango argentino, a sorocabana Paula Cavalciuk se revela a cada dia como um dos mais promissores nomes da nova MPB. Após um excelente primeiro álbum, Morte & Vida é a vez da cantora dar vida a nostálgica canção “O Poderoso Café” que evoca Marlon Brando e muitas memórias através de uma coreografia que envolve mais de 30 pessoas ao longo do vídeo.

Coreografado por Mimi Naoi a partir dos trejeitos de Paula Cavalciuk nas apresentações ao vivo, o vídeo tem 31 pessoas participando da encenação e fazendo quorum pelas ruas do centro. Entre compositorxs, instrumentistas e produtores, ocupar a cidade com dança foi uma ideia para transmitir a liberdade e a força da classe artística local.

Paula conta que é “a despedida das velhas tradições que uma cidade do interior ainda pode arrastar” e ressignificar essa figura do artista – agora em papel de ativista – é parte importante do que Cavalciuk faz e quer com seu trabalho: ter na arte uma ferramenta de transformação.

Na direção está Daniel Bruson, conhecido por seu trabalho como diretor de animação e artista gráfico, vencedor do curta comissionado “Pete’s Story” no Anima Mundi 2016, na categoria Filme de Portfolio. Esta foi a primeira filmagem em locação concebida inteiramente por Daniel, que desenvolveu o roteiro ao lado de Paula e da produtora Seven Cats.

A concepção do olhar do diretor privilegia a cidade com planos longos, sem muitos cortes, deixando as situações acontecerem naturalmente à medida que as cenas vão desenrolando. Bruson empresta a aptidão com artes gráficas para dar um brilho ao clipe e segue a ideia visual do álbum Morte & Vida (também feita por ele), com efeitos simples mas que dão ainda mais identidade ao trabalho que Paula Cavalciuk tem realizado.


#28 MALLI “La Nave Va”



Embalada pelas ondas da tropical wave e tecnobrega a cantora MALLI lançou no dia 15 o clipe para a divertida canção “La Nave Va (A Nave Vai)”. Assim como artistas como João Brasil, Jaloo, Filipe Alvim, Figueroas e o Acabou La Tequila o vídeo carrega o bom humor como carro chefe.

A temática dos anos 80, tudo muito colorido e batidas alá lambada embalam a canção em um clipe que lembra a levada debochada dos Paralamas do Sucesse. A direção é assinada por Itaoâ Lara.


#29 Cigana “Às Vezes Cansa”



Quem deu as cartas no dia 17 foi a banda limeirense, Cigana. Com primeiro álbum de estreia engatilhado para 2017, recentemente o grupo teve a entrada do guitarrista Pedro Baptistella que já começou a contribuir nas novas composições.

“Às Vezes Cansa” marca uma nova fase na sonoridade da Cigana que promete um disco mais pesado que os EP’s anteriores. Enquanto aguardamos pelo lançamento e ficamos na expectativa por um belo trabalho, podemos ficar seguros de que a produção ficará de alto nível.

A produção e mixagem da faixa ficou por conta do Cosmo Curiz, já a masterização foi feita por Chris Hanzsek, engenheiro de som estadounidense que já trabalhou com grupos como Melvins e Soundgarden.


#30 Lobos de Calla “Quase Nada”



O grupo de Belo Horizonte (MG), Lobos de Calla busca valorizar os pequenos momentos da vida ao retratar um fim de semana ao lado de família, amigos e animais de estimação no clipe para o single “Quase Nada”.


#31 Juliano Gauche “Canção do Mundo Maior”



O músico paulistano Juliano Gauche lançou em 2016 seu segundo disco Nas Estâncias de Dzyan este influenciado pelos movimentos de contracultura e pela música popular contemporânea.

No dia 16 foi a vez da faixa “Canção do Mundo Maior” ganhar um vídeo clipe dirigido por Haroldo Saboia e gravado no Sítio dos Lagos (SP) com participação de Eudes Biserra.


#32 Young Lights “Understand, Man”



A Young Lights  lançou no dia 16 seu mais novo single, “Understand, Man” este que já chegou com um clipe com incrível fotografia dirigido por Julia Violeta e produzido pelo Coletivo Imaginário. O vídeo mostra o início e o fim de relacionamentos, seus vícios e mudanças repentinas de comportamento.


#33 Sons de Saturno “Volta”



No ano passado a banda paulistana Sons de Saturno lançou via Deck seu álbum de estreia de mesmo nome. “Volta” ganhou clipe oficial no último dia 13 e contou com a produção de Tati Span, a faixa tem influências de Tim Maia. No vídeo podemos ver uma série de pessoas chorando para suas câmeras de celular lamentando o fim de seus relacionamentos.

#34 Broad and Sharp “Reagir”



A banda de metalcore paulistana Broad And Sharp lançou no dia 11 seu mais novo clipe. A canção escolhida foi “Reagir”, o vídeo foi gravado em dezembro de 2016 no evento “SONG Ministry”, localizado no antigo “OLYMPIA” em São Paulo. A direção e edição é assinada por Wesley Alves.


#35 Raça “Levado”



Na sexta-feira (17) foi a vez do Raça apresentar seu mais novo clipe, “Levado”. O vídeo foi gravado no prédio da Trackers localizado no centro de São Paulo. Os atores principais são da banda Shot de Pixe, formada por adolescentes cuja idade varia entre 16 e 17 anos e carrega a temática da vida escolar. Os atores simulam conflitos e saem literalmente na mão.

O curta foi produzido pela Filmes do Acaso e a própria banda e contou com a direção de Manoela Cezar.

#36 Toca-Fira de Corcel “O Velho Cobertor”



Direto de Mossoró (RN) quem lançou no último dia 20 seu mais recente vídeo foi a banda Toca-Fita de Corcel. O single escolhido foi “O Velho Cobertor”, sexta faixa do álbum Briga de Bar lançado no ano passado. O clipe foi produzido pela Promissum Pictures em parceria com a Mojú Produção Audio Visual.


#37 Contando Bicicletas “Hora”



No dia 20 foi a vez do Contando Bicicletas diretamente do Rio de Janeiro disponibilizar o primeiro single da banda. A música gravada por Marcelo Rain no Estúdio Posto 9, como parte do projeto Estúdio Carioca. A direção e fotografia são assinadas pelo próprio grupo.


#38 Concha “Só”



Quem também divulgou seu primeiro clipe foi o grupo paulistano Concha. O single escolhido foi “Só” que estará presente no primeiro álbum da banda, Camaleão, que deve ser lançado neste ano. A direção foi feita por Kauê Lira, já a produção é assinada por Caixa Vermelha Filmes e a própria banda.


#39 Color For Shane “Politics”



No dia 21 foi a vez do Color For Shane do ABC Paulista chegar quebrando tudo com o clipe para o single “Politics”, a faixa que abre o mais recente lançamento do duo, Not An Embryo que saiu no fim de janeiro via Dinamite Records e Howlin’ Records. A direção do vídeo ficou por conta do Edson Spitaletti.


#40 Valciãn Calixto “Cerimonialista”



O músico piauiense Valciãn Calixto debutou no dia 21 seu primeiro videoclipe. A faixa escolhida, “Cerimonialista”, está presente em seu primeiro álbum. Foda! foi lançado no ano passado e estrelou em diversas listas de fim de ano como um dos melhores lançamentos da música independente brasileira.

O clipe foi filmado no Balde, ambiente e bar voltado para performances artísticas em Teresina e conta com a direção de Fábio Christian (Eletrique Zamba).

Segundo o músico: “O vídeo revela quanto o silêncio e indiferença podem ser usados como ferramenta de opressão e manipulação contra a mulher em um relacionamento, chegando ao ponto de ela tentar chamar atenção do homem de todas as formas possíveis, ora sensualizando, ora beirando a loucura quando nada disso seria necessário numa relação, diferente da música que em sua letra apresenta alguém questionando uma mulher sobre seu autossilenciamento relacionado aos abusos e agressões de um ex-namorado.”

O vídeo está sendo lançado através do coletivo Geração TrisTherezina. Como já puderam ler em matéria lançada no ano passado, eles são um coletivo que apoia diversas formas de expressão como as artes plásticas, a literatura, o cinema e a música. Sendo assim no clipe são folheados lançamentos do coletivo, além de contar com iguarias regionais sobre a mesa como a paçoca e a cajuína.


#41 BTRX “Zona de Conforto”



No dia 23 foi a vez dos rockers do BTRX lançarem o clipe para a faixa “Zona de Conforto”. Através Temos Vagas da rádio 89 a banda teve a oportunidade de gravar o single com o produtor Lampadinha. Tudo isso aconteceu enquanto eles já estavam preparando o disco. O álbum Motirõ foi lançado no ano passado.

A direção do vídeo é assinada por Fernanda Fraiz. Aliás como comenta a vocalista o clipe teve a equipe formada apenas por mulheres:

“O clipe foi uma coisa muito interessante. Toda a equipe de gravação (direção, fotografia, produção e arte) foi composta por mulheres. Gravamos no centro de São Paulo durante dois dias e foi incrível”, comenta Lize.

O roteiro é da Fernanda Fraiz que desde o início sugeriu essa personagem feminina forte e decidida. A atriz é faixa preta no Kung Fu e emprestou suas habilidades pra dar sentido ao clima de protesto do clipe.


#42 Vistas “Garoa Seca”



No dia 22 a novíssima banda de hardcore de Florianópolis Vistas lançou seu primeiro clipe. O single escolhido foi “Garoa Seca”, que estará presente no álbum homônimo que deve ser lançado em breve.

“Garoa Seca” é uma produção da Covil Filmes. O roteiro é da própria banda em parceria com Rodrigo de Freitas. Este último assina várias fases do clipe: produção, direção, edição, colorização e fotografia. Rodrigo divide com Eduardo Presser a última fase citada.


#43 Mayash “I’ll Not Die For You”



Com influências de grunge e psych stoner a banda de Maceió Mayash lançou no dia 22 seu mais novo clipe, “I’ll Not Die For You”. A faixa está presente no EP Madnesscent que saiu em 2015 e desta forma a banda fecha um ciclo já que em 2017 o grupo alagoano promete um novo disco.

O video foi editado pelo baterista Max Cavalcanti que utilizou filmagens do show de lançamento do EP, registradas no dia 20 de março de 2015, misturadas a algumas imagens de domínio público como forma de aludir às batalhas da vida retratadas na letra.


#44 A Creche “Merenda Maldita”



Bagaceira rock’n’roll 1-2-3-4 esse é o lema da A Creche, o mais novo dos projetos do César Passa-Mal do Lomba Raivosa (pode isso Bitcho?). Dessa vez a desgraceira estrapola todos os limites na canção protesto, “Merenda Maldita”.

No melhor estilo Descendents de abrir o berreiro, a vocalista se diverte ao reclamar do “sopão” da merenda e eles clamam por geléia (Obs: Isso me lembrou “I Like Food” dos Descendents). Para entender o resto da piração é só apertar o play!

O disco Geração Zero inclusive estará disponível na sexta-feira (10/03) e poderá ser baixado direto da descrição do vídeo.


#45 Giovani Cidreira “Vai Chover”


O músico baiano Giovani Cidreira é a grande novidade do casting do selo/produtora Balaclava Records. Ele inclusive tem álbum planejado para sair em abril, este que o nome ainda não foi revelado. O que temos até agora é o clipe para o single de estreia de Giovani no selo, “Vai Chover”.

Assina a direção do vídeo Liz Riscado. Este que carrega uma estética oitentista comum das fitas VHS com direito a intervenções com colagens de vídeos da cultura pop. Já a composição é fruto da parceria de Giovani com Paulo Diniz. O novo disco irá sair através da parceria Natura Musical/Balaclava Records.



#46 Naissius “4 Dias”



Em 2015 após o fim do Limousine Drivers clássica banda do cenário alternativo paulistano, Vinícius Lepore sob a alcunha de seu apelido, Naissius, iniciou o projeto. No mesmo ano veio o primeiro disco, Síndrome do Pânico, este que foi produzido por Raphael Bertazi. A faixa que abre este disco ganhou clipe no dia 28, este que teve a direção, edição e fotografia de André Peniche.


#47 Wander Wildner y sus Comancheros “Amigo”



A lenda do rock gaúcho Wander Wildner divulgou no dia 17 o clipe para a canção “Amigo”. A faixa foi feita em parceria com o Juvenil Silva para o álbum A vida é uma toalha estendida no varal (2016).

As imagens foram registradas por Patty Fang em show feito no Disjuntor em São Paulo no dia 11/02. A banda conta com Georgia Branco no baixo e Lalau Rocktrash na bateria.

Assim fechamos a lista dos clipes lançados em fevereiro com uma canção que fala sobre o carnaval. Nada mais Fevereiro do que isto!


PLAYLIST NO SPOTIFY


Desta forma chegamos a playlist com os clipes independentes lançados no mês de fevereiro [2017). Dos 47 vídeos do post, 35 possuem as faixas no Spotify. Muito disso por conta que algumas faixas serão disponibilizadas quando o EP ou álbum forem lançados na plataforma e outros pelo artista/banda não ter material por lá.

-> Siga o Perfil do Hits Perdidos no Spotify <-


clipes-fevereiro



Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s