[Lançamento] Young Lights parte o coração em mil pedaços em seu 2º álbum

Algumas bandas conseguem te impactar logo no primeiro single. Você não precisa obrigatoriamente ir atrás de sua carreira ou trabalhos anteriores para entrar naquela sinergia que aqueles acordes, produção e arranjos conseguem te guiar. A experiência geralmente é única e infelizmente você não consegue voltar para aquele momento, mesmo que deseje muito. Lembro da primeira […]

Read more "[Lançamento] Young Lights parte o coração em mil pedaços em seu 2º álbum"

Meu Nome Não é Portugas é “refém da distância” em seu primeiro full-length

Um mundo extremamente conectado onde o feed das redes sociais a cada minuto tem despejado nos mais diversos formatos uma explosão de conteúdo. Quem está em Tokyo, Bagdá ou Luanda pode saber praticamente em tempo real sobre um show que está sendo realizado no Coachella e até mesmo “experimentar” a distância aquela sensação de como […]

Read more "Meu Nome Não é Portugas é “refém da distância” em seu primeiro full-length"

[Premiere] Vinikov encarna personagem “borracho” e cambaleante em “Babyloneliness”

O trabalho de adentrar em um personagem e viver suas dores, encantos, defeitos, sensações, amores, medos, transtornos e transformações faz parte do trabalho de um ator. Muitas vezes também esse discurso ganha o campo de outro universo, o da música. Se lembrarmos da lenda David Bowie – que ontem (14/11) teve seu segundo álbum Space […]

Read more "[Premiere] Vinikov encarna personagem “borracho” e cambaleante em “Babyloneliness”"

Nãda faz uma “Folk epopeia” misturando viola dinâmica a guitarras distorcidas em “Foda-se”

As vezes a vida nos planta conflitos. Estes que se tornam desafios desgastantes, onde sua garganta se resseca e dificilmente você consegue enxergar alegria ou a tão bem dita: luz no fim do túnel. É como se estivéssemos na beira de um precipício e mesmo enxergando nuvens turvas – e relâmpagos eclodindo no horizonte – […]

Read more "Nãda faz uma “Folk epopeia” misturando viola dinâmica a guitarras distorcidas em “Foda-se”"