Os sonhos, os desejos e a espiritualidade estão presentes em “Azul Moderno” de Luiza Lian

Após o excelente álbum visual Oyá Tempo (RISCO, 2017) ficou difícil não prestar a atenção nos passos da paulista Luiza Lian. Misturando ritmos, religiosidade, aventuras e experiências pessoais seus trabalhos tem como característica a intensidade e os arranjos. Além disso a linguagem visual é elemento bastante importante tanto no conceito do disco como em suas […]

Read more "Os sonhos, os desejos e a espiritualidade estão presentes em “Azul Moderno” de Luiza Lian"