Para comemorar o aniversário de seu clássico jeans, Levi’s realiza série de shows gratuitos

A Levi’s Brasil nos últimos anos tem cada fez mais colocado seus projetos musicais em evidência. Em 2015 o The Sonics veio pela primeira vez ao país em evento realizado pela marca.

No ano seguinte foi a vez de realizar a primeira edição do projeto Original’s Studio, este que propunha gravar uma faixa sob supervisão de nomes renomados do mercado fonográfico.



Na edição seguinte foram oito grupos selecionados de São Paulo, são eles: Ema Stoned, S.E.T.I, Zumbi e o Folclore, Groupies do Papa, Devilish, Corona Kings, Modulares e Lucky Lupe.

Destes felizardos da segunda edição, três tiveram a oportunidade de tocar na Casa Levi’s, Associação Cultural Cecília, após votação popular. Além disso o RJ também teve uma edição com mais 8 selecionados: Venus Café, Crash Cash, Comodoro, Drenna, Miss Hell, Tais Feijão, Sound Bullet e The Bunker. O que posteriormente gerou uma coletânea disponível no Deezer.

Original’s Studio 2018

Na edição deste ano o projeto conta com a parceria com o Lab Fantasma. E na terceira edição do Original’s Studio foram selecionados os trabalhos de 2DE1, Abstrato+LadoB, Cigana, Danilo Moralles, Danna Lisboa, Desa Pauline, Helen Nzinga Thiago El Niño.

No programa #81 do Hits Perdidos na Mutante Radio, que foi ao ar no dia 17/04, inclusive fizemos um especial com os escolhidos desta edição, e das anteriores.



Alguns já com algum território estabelecido dentro da carreira musical e outros que são grandes apostas. Foram mais de 350 inscritos e os artistas são em sua maioria de São Paulo, interior do estado e Rio de Janeiro.


UPDATE

A coletânea Original’s Studio 2018 foi lançada na sexta-feira (11) e já pode ser ouvida no Spotify.


Na segunda-feira (07/05) pude estar na Casa de Francisca, localizada no centro de São Paulo, onde pude conferir mais detalhes sobre a extensão do projeto que contará com uma série de shows realizados de forma gratuita.

A motivação da ativação da marca neste ano é a de comemorar os 145 anos da Levi’s 501, primeiro modelo e marca registrada da Levi’s. O evento de divulgação da maratona de shows também contou com a palestra da historiadora de moda Tracey Panek que veio diretamente de São Francisco (EUA) para contar um pouco mais sobre a participação da marca dentro da história da moda e da música.


 

This slideshow requires JavaScript.


Acima podemos ver a parte da moda se interligando com o dia-a-dia, a música, o pop e o mundo da tecnologia. Visto que a marca foi se estabelecendo em seu começo pela durabilidade das peças, já que eram feitas para trabalhadores do campo, cowboys e lavradores. Chegando até a patrocinar rodeios e festivais da região.

Com o passar do tempo ela começou a dialogar com outros públicos tendo o rock como um carro chefe para a sua comunicação. A atitude, não precisamos nem falar sobre James Dean, Woodstock e o Verão do Amor. Este retratado em uma das peças customizada por um hippie da época com patches bem chamativos e customizados.

Steve Jobs também ficou marcado por seu estilo mais desencanado para um homem de negócios, e na década de 80 durante o lançamento do Mac 3 utilizou do clássico modelo 501 para apresentar seu novo produto.

Mas claro que o mundo da música não ia ficar de fora da história recente da Levi’s e em 2001, no evento esportivo que tem o maior custo de inserção na mídia – e audiência – o Superbowl, a Jennifer Lopez utilizou sua calça cintura baixa, estilo gang, da Levi’s, para lançar seu segundo disco, J-Lo, e no bolso da calça continha suas iniciais (que também davam nome ao álbum.


 

This slideshow requires JavaScript.


Claro que a música não ficaria de fora e durante a apresentação da Levi’s, o músico Danilo Moralles se apresentou na Casa de Francisca.

O pocket show contou com faixas de seu recém-lançado álbum, Voodoo Prazer, que saiu pelo selo Joia Moderna, além da canção gravada no Original’s Studio, “Fantasia Ideal”. O show ainda cantou com sua versão discoteca para o clássico de Belchior, cantor que nos deixou em abril do ano passado.

Fantasia Ideal



Geração 501®

Para dar continuidade as comemorações dos 145 anos da Levi’s 501, nesta sexta começa uma série de shows na Casa de Francisca. Como dito anteriormente todos serão realizados de forma gratuita então caso tenha interesse em comparecer, é melhor chegar cedo já que a lotação é de 170 lugares durante a programação da maioria dos shows.

Nos dois primeiros fins de semana de maio (11, 12, 18 e 20/5), a marca abre grande evento na Casa de Francisca com uma programação que envolve moda e música, chamando o público para o debate de causas atuais. A marca vê com bons olhos a criação de diálogo e acredita na mudança através da música.

“Nós acreditamos na música como um grande catalisador. Ela reúne, agrega, inclui. Fala abertamente de amor, política, diversidade, comunidades, política e comportamento. Só a música consegue unir pessoas de diferentes idades, localidades, condições sociais e ideologias em um mesmo espaço. E por apostar na música como elo de inclusão, criamos esse projeto aberto ao público para debater, ouvir, falar e, claro, comemorar os 145 anos da Levi’s® 501®”, comenta Marina Kadooka, gerente de marketing da Levi’s®.

Pocket Shows

Diariamente irão subir no palco da casa para apresentações de duas bandas entre as selecionadas pelo Lab Fantasma, na terceira edição do Original’s Studio. Ou seja das selecionadas da terceira edição da terceira temporada do Original’s Studio: 2DE1, Abstrato+LadoB, Cigana, Danilo Moralles, Danna Lisboa, Desa Pauline, Helen Nzinga e Thiago El Niño.

Entre os pockets da nova geração, o projeto recebe convidados e abre o palco para debates, que abordarão temas atuais como as diferentes identidades de gênero, orientação sexual e liberdade de expressão (11/5), direitos igualitários (12/5) e consumo sustentável e o uso dos espaços públicos (18/5).

Para finalizar cada noite, apresentações musicais gratuitas de artistas com discursos poderosos como Linn da Quebrada (11/5), As Bahias e a Cozinha Mineira (Trio Bixa) (12/5) e Francisco el Hombre (18/5).

E para comemorar a noite dos 145 anos da Levi’s 501® as atrações são Filipe Catto, Rico Dalasam com Danna Lisboa, Felipe Cordeiro, Fióti com Drik Barbosa e Karol Conká (20/5). Este último que poderá ser visto pela rua durante a virada cultural, ou seja é só garantir seu lugar na fachada.

Confira a programação completa:

11/5 – sexta-feira

20:30 Original’s Studio | Thiago Elniño  (20min)
21:00 Palco Aberto | (40min)
21:40 Original’s Studio | 2DE1 (20min)
22h15/22h30 Studio 501 | Linn Da Quebrada (50 min)

12/5 – sábado
20:30 Original’s Studio | Desa (20min)
21:00 Palco Aberto | (40min)
21:40 Original’s Studio |  Helen Nzinga (20min)
22h15/22h30 Studio 501 | Trio Bixa (As Bahias e a Cozinha Mineira) – (50 min)

18/5 – sexta-feira
20:30 Original’s Studio | Cigana (20min)
21:00 Palco Aberto |
21:40 Original’s Studio | Abstrato + Lado B ( 20min)
22h15/22h30 Studio 501 | Francisco, El Hombre – (50 min)

20/5 – sábado

501 Day
11:00  – 12:00 Dj Luis Franco
12:00 – 13:15 Felipe Cordeiro (75 min)
13:15 – 14:15 Filipe Catto (60 min)
14:15 – 14:30 Dj Luis * Troca de palco, intervalo (15 min)
14:30 – 14:50 Danna Lisboa (20min)
14:50 – 15:50 Rico Dalassam part. Danna Lisboa (60 min)
15:50 – 16:30 Fióti convida Drik Barbosa (40 min)
16:30 – 17:30 Show Karol Conka (60 min)
17h30 – 18h – Dj Luis Franco

Serviço:

Geração 501®
(11, 12, 18 e 20/5)
Entrada gratuita (sujeita à lotação)
Das 19h30 (abertura da casa) às 00h30
501 Day – 20/5 – das 11 às 18 hs
Classificação livre
Capacidade – 170 lugares
Casa de Francisca – Rua Quintino Bocaiúva, 22 – Sé

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s