Zéca Vieira desacelera para mostrar a beleza da vida em “Veloz”

Às vezes precisamos desacelerar um pouco para nos permitir observar os detalhes e ver até onde podemos evoluir nos mais diversos aspectos da vida. Além do exercício ter a capacidade de nos fazer seres humanos melhores, podermos apreciar e enxergar a beleza dos pequenos momentos. De certa forma, o músico Zéca Vieira, ex-Lisbela, tem refletido bastante sobre isso durante esta longa Quarentena.

O carioca liderou a banda durante 6 anos e com a bagagem adquirida partiu em voo solo. Com o estilo cancioneiro e com referências de nomes do folk e da MPB, o músico apresenta hoje o videoclipe para o single lançado na última sexta-feira: “Veloz”.

A faixa dialoga de forma poética com o desacelerar e as reflexões deste tempo tão ímpar da história da humanidade: “Quis trazer um questionamento sobre como temos aproveitado nosso tempo, mas do ponto de vista de quem também tá vivendo nessa loucura”, explica Zéca Vieira.


Zéca VieiraFoto: Reprodução | Youtube

Zéca Vieira “Veloz”

O músico conta que a canção nasceu durante o deslocamento. De certa forma a canção mostra a vida em movimento e como muita vezes deixamos de desfrutar um dia de cada vez.

“Sempre preferi viajar de ônibus. Gosto de acompanhar o trajeto pela janela enquanto penso em novas possibilidades. A maioria das minhas músicas e filmes surgem desse ritual. De certa forma “Veloz” conta um pouco sobre esse processo criativo”, conta o compositor, que também é Diretor de Cena.

A sensação de paz e de equilíbrio é transmitida nas melodias e harmonias. Provavelmente você ouvirá e se deixará levar pela leveza dos acordes e sensações que estes sequenciados nos permitem. A beleza da trajetória e dos reencontros é celebrada em seus versos com muita leveza e sutileza. O contemplar da paisagem servindo como elemento para descrever as viagens em seus mais diversos sentidos. Do literal ao poético.

A Construção e o Clipe

Caio Andreatta, assina a produção do single e diretor artístico da Go Wild Records, selo responsável pelo lançamento. O produtor paulista também participa da faixa como instrumentista, acompanhado de Cláudio Baeta (bateria), Cláudio Rocha (baixo) e do próprio Zéca, nos violões. O single “Veloz” foi gravado no Estúdio Baeta, entre idas e vindas de Zéca à São Paulo.

Já o videoclipe foi dirigido pelo próprio músico que como dito anteriormente, também é diretor de cena, e mostra os contornos, calmaria do ritual da jornada da passagem do tempo e a beleza dos momentos de contemplação. Tudo isso com direito a uma fotografia e direção de arte que ajudam a transmitir a leveza do percurso.



Ficha Técnica

Direção e Roteiro: Zéca Vieira
Direção de Fotografia: Maria Clara Miranda
Assistente de Direção e Maquiagem: Camila Capelani
Assistente de Fotografia: Eyllien Taparo
Produção de Locação: Patrícia Miranda
Produção Executiva: Monstera Criativa


This post was published on 24 de agosto de 2020 10:02 am

Rafael Chioccarello

Editor-Chefe e Fundador do Hits Perdidos.

Posts Recentes

Os Melhores Clipes Independentes | Janeiro (2023)

Confira os melhores clipes independentes | Janeiro (2023) em seleção especial feita pelo Hits Perdidos!…

8 de fevereiro de 2023

Castello Branco abre a programação do Estéreo MIS em 2023

Castello Branco se apresenta na sexta-feira (10/02) no Estéreo MIS  Um dos projetos mais interessantes…

8 de fevereiro de 2023

Atlântico Negro, capítulo 2: Swing e antirracismo no Negritude Jr

Atlântico Negro, capítulo 2: Swing e antirracismo no Negritude JR Atlântico negro é uma série…

7 de fevereiro de 2023

Dormente coloca uma luz na luta de classes contra as amarras capitalismo em “Radicalizar”

Dormente lança nesta segunda-feira o videoclipe para "Radicalizar" A luta de classes nunca deixou de…

6 de fevereiro de 2023

As Melhores Live Sessions | Janeiro (2023)

As Melhores Live Sessions | Janeiro (2023) O Que São Live Sessions? Live Sessions tem sido um…

6 de fevereiro de 2023

Guia Completo de Blocos de Carnaval de Rua em São Paulo (2023)

Guia Completo de Blocos de Carnaval de Rua em São Paulo (2023) Com a chegada…

3 de fevereiro de 2023

This website uses cookies.