Hits Perdidos disponibiliza playlists para comemorar seus 5 anos

No dia 13/05 o Hits Perdidos comemorará 5 anos de sua fundação. Uma longa jornada que fez com que muitas conexões, parcerias e projetos fossem desenvolvidos. Uma alegria chegar próximo a essa marca e poder trazer para vocês uma série de novidades.


Hits Perdidos 5 Anos


Após inúmeros pedidos – e por conta do mixcloud não ser uma das ferramentas mais fáceis – a partir de hoje também teremos o Dezgovernadoz em playlists no Spotify.

Com 3 anos de existência o programa até então já teve + de 850 edições que foram ao ar na Mutante Radio, e claro, muitos não conseguem ouvir o programa durante sua transmissão.

Às quartas-feiras, sempre às 16 horas, o Hits Perdidos assume a curadoria do programa e tem como característica trazer lançamentos do independente nacional, além de clássicos que gostamos muito. Em playlists pensadas, com transições agradáveis e entre as faixas é possível ouvir o famoso jargão (DEZ-GO-VER-NA-DOZ!).

Playlists

Dezgovernadoz

Sendo assim aproveitamos para disponibilizar no Spotify como abertura da série de Playlists três episódios que foram sucesso entre a audiência da Web Rádio mais querida do Brasil.

Siga o Hits Perdidos no Spotify

Playlist #1

A playlist que foi ao ar nesta última quarta-feira (08/05) começa psicodélica com a sequência sagaz com Boogarins, Ave Sangria, André Prando e Joe Silhueta. Desemboca no experimental dos paranaenses da Marrakesh e Cora, desliza no pop com sinths do Urbanú e navega na calmaria dos cearenses na instrumental faixa da Oto Gris.

Wado traz o calor do momento político para o centro da discussão, já doçura de Sara Não Tem Nome é acompanhada da Mulamba. Já o remix do DJ Nyack em parceria com diversos artistas dá um tom mais dançante para a canção da baiana Luedji Luna.

Karola Nunes em canção em parceria com Curumin e Vitor Rice traz o groove do dub que desemboca deliciosamente no caldeirão fervente da Orquestra Greiosa, de Natal, que entre outras parcerias conta com Teago, do Maglore. O compasso da Nômade Orquestra abaixa o ritmo e a Young Lights, em faixa em parceria com Gustavo Bertoni (Scalene), fecha a playlist em ritmo de calmaria.



Playlist #2

A segunda lista é delicada ao mesmo tempo que tem muito poder e discurso afiado. Começa com a Céu, em faixa do renomado Tropix, que tem em sua companhia na sequência uma bela canção da Papisa. Delicado, intimista e intenso promete ser o novo álbum do mineiro Bernardo Bauer que através do folk narra sobre suas impressões sobre este velho mundo.

A Pseudo Banda é uma grata surpresa, anote esse nome pois irão crescer. A cearense Soledad lançou um dos discos mais belos do ano até agora, e ainda mais solto e experimental que o anterior.

Intensidade é o que não falta nas composições de Bia Ferreira mas como vivemos do equilíbrio na sequência vem a catarinense Joana Castanheira, e Robson Cavalcante, representando a nova MPB.

Com um EP de remixes experimental, Giovani Cidreira continua a surpreender e as expectativas para seu novo disco, que deve ser lançado pela Balaclava Records, só crescem a cada audição.

Representando Uberlândia temos os psicodélicos da Cachalote Fuzz, que harmoniza bem com a calmaria, e potência, de “Caos” do duo Antiprisma que abre sequência para a voz e violão de Tim Bernardes, e a delicadeza de NavesHarris.

O folk/pop também teve espaço nessa playlist e o fechamento vem com Nina Fernandes e OutroEu que tem potencial para agradar públicos além do independente. Para dar um choque, e elevar a temperatura, Pereira mistura ritmos como a guitarrada e o frevo para fechar a lista.



Playlist #3

A terceira lista também mostra o espírito eclético do Hits Perdidos. Tendo em seu início uma sequência punk rocker com novidades dos Inocentes, Tequila Baby e Os Replicantes. Clássicos são sempre bem vindos e o Cólera surge feito um ÁS na playlist! Assim como o Ratos de Porão com a tão atual “Farsa Nacionalista”, do clássico Brasil que neste ano completa, veja bem, 30 anos!

A Sky Down está devendo disco mas traz suas influências de post-punk, noise rock, shoegaze e punk rock para colocar uma pilha na playlist. A lisergia, distorção e espírito Sonic Youth, parece viver no Firefriend que casa bem em sequência que ainda emenda com Pin Ups e Acruz Sesper. Para os shoegazers e fãs de rock alternativo, a dobradinha Loomer (RS) e Miêta (MG) contagia bastante.

O instrumental frenético e alucinante da MENEIO vem para deixar tudo derretido. Já o Cat Vids traz nostalgia, assim como a ótima “Tristinha da BRVNKS. Nostalgia esta que também reverbera em “Travessa” do Monza que lançou um ótimo registro nos últimos meses, e olhe só, casa direitinho com “Fim de Inverno” dos mineiros da El Toro Fuerte.

É clássico que você quer, @? Então na sequência vem “Janeiro Continua Sendo o Pior dos Meses” do Ludovic. Para fechar de forma juvenil, rock’n’roll e jogando tudo no ventilador, a playlist se encerra com o Molho Negro, de Belém (PA).



Novidade!

Mas prometi novidades e um presente para quem acompanha o Hits Perdidos, certo?

A partir de hoje esporadicamente também teremos por aqui playlists para quem quer ficar por dentro de Hits Perdidos da “Gringa”.

Nesta primeira lista temos novidades dos artistas e bandas: RIDEMac Demarco, IDLES, L7, FONTAINES D.C., Tame Impala, Alexisonfire, The National, Silversun PickupsMini MansionsBad Books, Nick Murphy, Kate Tempest, The Waterboys, The Brand New Heavies, Craig Finn e Circa Waves.



Pronto!
Agora vocês tem mais de 4 horas de música para explorar.

Semana que vem tem mais!

Siga o Hits Perdidos no Spotify

2 thoughts on “Hits Perdidos disponibiliza playlists para comemorar seus 5 anos

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s