Hoje vamos falar de uma banda Riot Grrrl Power. Exatamente, Girls to the front!

Não é de hoje que temos nomes de peso fazendo um som por aqui digno de ser destacado. Dominatrix, Bulimia, Mercenárias, Inkoma, Menstruação Anárquika, Anti-Corpos e As Radioativas são bons exemplos de boas bandas nacionais no segmento.



Após o término da banda, As Radioativas, Crica Campos (Baixo/Vocal), Letícia Rodrigues (Bateria/Vocal) e Leticia Ledoux (Guitarra/Vocal) decidiram não parar. E quem ganha com isso? Todos nós, que podemos ser agraciados por mais uma pérola do Punk Rock nacional.



Assim nascia Os Demonios da Garota – ótimo nome diga-se de passagem – aliás o grupo foi batizado pelo mestre Luiz Calanca, do lendário selo Baratos Afins. E a intenção da banda é basicamente: misturar punk, pós-punk, rock and roll. Ou seja, fazer muito barulho. Hell Yeah!

Com novos ares, as garotas decidiram tirar algumas composições do papel e criar novos sons. Tudo isso calcado nas influências mais fortes do grupo como L7, The Undertones, Mercenárias, Ramones. Sem muita frescura e direto ao ponto!

Sem perder muito tempo, o grupo já partiu para o Rising Power Estudios (Santo André/SP) para gravar uma Demo Tape, Exorcismo d’Os Demônios da Garota (Setembro/2015). O resultado foram quatro faixas sombrias e fatais.



A primeira canção “Eu não quero nem saber”, abre a demo bem reta e rock’n’roll. Tudo muito alto e cru, como deve ser. A letra parece ser cheia de raiva e de sentimentos de vingança, direto do fundo da alma para os microfones. O som passeia em sua sonoridade pelo encontro de L7 e The Undertones em certos momentos, influências citadas por elas.

“Sua atitude fria não vai me convencer,
A culpada de toda cena é você!
Se esconder e fugir pareceu tão você
Você me ignorar não me faz esquecer
Eu não quero nem saber
Eu não quero nem te ver
Eu não quero nem te ver, PUTA!”

O segundo som, “Trato com o Diabo”, é romântica bem no esquema Love & Hate que Sid & Nancy viveram intensamente. Numa analogia de um trato com o tinhoso, a letra conta a história de alguém tentando superar um relacionamento mas falhando miseravelmente. Essa canção tem um misto de powerpop, sing alongs e pós punk em sua essência. Em certos momentos me lembrou”Teenage Kicks” e comecei a cantarolar:

“I wanna hold her wanna hold her tight
Get teenage kicks right through the night”

“Doce Ilusão” é rockeira, trata de paranoias, bebedeiras e ilusões. Com aquele espírito das Mercenárias e Dominatrix. Desiquilibrio e salvação.

“Vaza” tem uma vibe The Clash, Buzzcocks, Stiff Little Fingers. Tanto na sonoridade quanto na composição, diga-se de passagem um baita elogio. O 77 é vibrante neste som, com aquele velho espírito da insolência e sem paciência para conversar fiada.

O resultado da demo nos deixa super ansiosos para um futuro EP ou disco. Sem conversa fiada, três acordes e muita atitude. Go Go Go Girls to the Front!


Facebook
Souncloud

This post was published on 29 de outubro de 2015 7:45 pm

Rafael Chioccarello

Editor-Chefe e Fundador do Hits Perdidos.

Posts Recentes

Festival MADA 2022 leva a Natal Mayra Andrade, Emicida, BayanaSystem, Linn da Quebrada, Boogarins e mais; garanta seu ingresso

O Festival MADA 2022 acontece nesta sexta-feira (23/09) e sábado (24/09) ocupando a Arena das…

21 de setembro de 2022

Com críticas a distopia brasileira, Planet Hemp lança single e clipe com Criolo

Explosão, confusão, crítica social afiada e linha de frente. A volta do Planet Hemp não…

20 de setembro de 2022

Vazamento revela possibilidade de não haver músicas brasileiras no FIFA 23

No dia 30 de agosto, alguns jogadores que adquiriram FIFA 23 puderam acessar a versão…

20 de setembro de 2022

Valentin lança “A Cidade” e conta com exclusividade os bastidores de suas turnês pelo país

O músico gaúcho Érico Junqueira, mais conhecido como Valentin, lançou recentemente seu quarto álbum de…

16 de setembro de 2022

Duda Beat, Tagua Tagua e Joana Marte + Anna Suav entram no line-up do 17º Festival Se Rasgum

17º Festival Se Rasgum confirma três novas atrações Marcado para os dias 11 e 12…

16 de setembro de 2022

Revirando o lixo do “Ink Trash”: artista cria capas de jogos e músicas com estética trash

Visitar o perfil do Ultimate Ink Trash no Instagram dá uma certa sensação de nostalgia.…

14 de setembro de 2022

This website uses cookies.