S.E.T.I. convida a todos para uma viagem intergalática em seu novo EP

Em tempos onde tem até bilionário russo juntando forças com Stephen Hawkins para tentar descobrir se existe vida inteligente fora da terra – e desembolsa milhões em pesquisas – eis que sou apresentado a um duo de música eletrônica autointitulado S.E.T.I..

Mas o que significa S.E.T.I. e qual a relação com o universo dos extraterrestres? R: Todas.

A sigla significa ”Search for Extraterrestrial Intelligence” (em português: busca por inteligência extraterrestre). A procura por vida extraterreste é algo que fascina o ser humano desde os tempos do Egito antigo, onde faraós tentavam se comunicar com extraterrestres. Nas civilizações Maia e Azteca – que habitaram o território onde hoje é o México – também há relatos e gravuras no qual demonstravam a curiosidade pelo tema.

Mas foi no século XX que o interesse ganhou adventos tecnológicos e a busca ganhou força. Em 1947, um dos casos mais notáveis da ufologia aconteceu. O famoso Incidente em Roswell (Novo México, EUA), ocorreu no dia 8 de Julho, onde um grupo de bombardeiros da força aérea dos EUA havia tomado posse dos destroços de um disco voador. Isso aconteceu mais precisamente em um rancho da região, causando maior comoção na região por conta de uma matéria de jornal. No dia seguinte o exército desmentiu dizendo que se tratava apenas de um balão metereológico.

Eis que em 1978, quando a história parecia já esquecida, um físico ouviu falar sobre os rumores de que um homem teria encostado no famoso ”disco voador” e foi em busca de relatos de testemunhas que afirmaram ter visto o tal do disco voador sobrevoando a região naquele verão distante de 1947.

Após a série de entrevistas serem publicadas em uma revista, Roswell voltou mais uma vez ao mapa da Ufologia. Muitos livros foram escritos, o cinema abraçou a causa e muitos militares dizem a anos terem diversos relatos sobre a vida inteligente fora da Terra – afirmando ter tido experiências na qual foram abduzidos. A cultura pop e nerd também abraçaram o tema em diversos graus e a procura ganha capítulos a cada dia que passa.

Depois desse mergulho denso no universo dos E.T.’s, podemos voltar ao S.E.T.I., o grupo – composto por Roberta Artiolli (Voz) e Bruno Romani (baixo, guitarra, synths e programação) – nasceu na cidade de Campinas/SP em 2012, e tem como obsessão a procura por aparatos tecnológicos e a busca por um tipo de som moderno. Por está razão Bruno afirma que a sigla represente bem.


DIVULGACAO 1


As influências de Depeche Mode, Massive Attack, Portishead, Muse, A-HA, Nine Inch Nails, Radiohead se harmonizam com as batidas de hip-hop e com isso; enriquecem trazendo ao som do duo uma atmosfera mais contemplativa, dançante e gravitacional. Para quem viveu a febre do Trip-hop/Shoegaze em que a gravadora inglesa Creation Records teve papel fundamental, rapidamente irá se familiarizar com a sonoridade.

Falando em gravadora e lançamento, a banda lançou nos últimos dias via Motim Records seu novo trabalho, o EP, Êxtase (2015). Para o processo de gravação, eles ficaram trancados por 2 meses no Estúdio Minster (Campinas/SP), onde contou com a coprodução de Ric Palma.


CAPA ÊXTASE


Ao ouvir o EP, conseguimos facilmente entrar na viagem cósmica e interplanetária de um universo melancólico, denso e bastante contemplativo. A atmosfera vai crescendo dentro do ouvinte a cada ouvida, o êxtase sonoro vai se consolidando conforme as batidas entram em ação.

O lado tecnológico é um tanto perfeccionista, a cada música conseguimos enxergar influencias distintas e marcantes. O que me leva ao universo do disco clássico do Massive Attack (Blue Lines – 1991), mas que por horas me remete diretamente ao lado post punk obscuro e denso de bandas como Sisters Of Mercy e The Mission. Claramente, OK Computer (Radiohead) também entra fácil na salada e guitarradas anos 80 encaixam naturalmente aos sintetizadores.

Ainda no campo das influências, Êxtase (2015), homenageia na faixa ”Benjamin”, o guitarrista do grupo School Of Seven Bells. O qual teve uma vida sofrida e morreu aos 35 anos de idade diagnosticado de câncer. Bastante melancólica a canção mostra uma faceta ainda mais dramática e sensível nas composições do duo.

Para quem ficou curioso em conhecer a banda em que Benjamin será um eterno membro, segue uma canção.



A canção ”Arte na Guerra”, a qual abre o EP é a que carrega em níveis mais densos o trip hop eternizado por bandas como Massive Attack, com muita melodia ela já chega mostrando o tema central de Êxtase: A busca incessante pela paz.

Um dos destaques do disco do S.E.T.I. fica por parte da bonita canção ”Sinta-se/Perca-me”, agradável e cheia de efeitos sonoros, ela tem toda atmosfera e capacidade pop para ser um hit. Consigo imaginar facilmente a música em alguma trilha de algum filme. A densidade e a progressão dos beats conseguem transmitir uma paz interior, e a voz encaixa perfeitamente a narrativa proposta.

”Extra Estrelar”, me leva para algum clube de Berlin dos anos 80’s onde os sintetizadores tinham seu dia de glória e a atmosfera dark ganhava as pistas de dança. O tema sobre a solidão, te fazem ter a vontade de pegar a discografia do Bauhaus para ouvir.

Já ”Dois Mundos”, me lembrou bastante os beats da série de discos Ghost I-IV (2008) do Nine Inch Nails, o qual consegue misturar diversos efeitos sonoros – vindos dos incríveis aparelhos que Trent Reznor constrói – porém com efeitos ainda mais diversificados, e combinados com a voz doce de Roberta. Além disso, alguns sons no final da música me remetem claramente a rádios/radares de sensores extra terrestres.

O que finaliza a canção com um ar de outro planeta. Criando a atmosfera perfeita para a canção que finaliza o EP. A triste e melancólica – ”Gravidade” – na qual remete a uma tristeza ainda mais pesada, fragmentada de conflitos existenciais e faz um contraponto paradoxal; questionando o ouvinte com a seguinte pergunta: O que seria ser feliz?
Assim, o EP nos mostra os dois lados conflitantes da personalidade – perturbada – do ser humano em geral.


Escute o EP Êxtase (2015):


O duo a partir de setembro divulgará o EP na turnê ”Vozes no Escuro”. Fique ligado através das redes sociais da S.E.T.I. para não perder o show quando passarem pela sua cidade.

DIVULGACAO 2

Contatos

E-mail
Facebook
SoundCloud
YouTube
Twitter
Instagram

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s