Depois da Festa, Tuyo celebra as vitórias e mira um futuro possível

 Depois da Festa, Tuyo celebra as vitórias e mira um futuro possível

Depois da Festa coroa a nova fase do trio paranaense Tuyo

Já tem alguns anos que o Natal de muitas famílias é marcado pela ausência de familiares. Seja pela pandemia, e o distanciamento social, como também pelas rusgas e rupturas políticas. A torta de climão muitas vezes substitui o tradicional de peru de Natal, o que fez com que os natais de muitos tenham ganhado novas tradições. Passar o momento natalino do lado daquela família que você pode escolher. Esta muitas vezes consegue enxergar nas semelhanças e diferenças um lugar para chamar de seu.

É embalado neste espírito natalino que a Tuyo nos entrega o EP Depois da Festa. Entre sobras e taças de vinho vazias, os paranaenses radicados em São Paulo tinham como intenção ser menos “tristinhos” como eles mesmo contaram no pré-lançamento do registro mas da Tuyo sempre podemos esperar um pouquinho de choro e camadas de calor humano.

Tudo é intenso como sempre mas neste novo material que celebra a estreia na BMG, eles permitem compor com mais liberdade. Liberdade no sentido de se permitirem falar até mesmo sobre o amor romântico sem culpa. Liberdade de poder estar em uma major sem abrir mão da sua identidade.

Esta onde podem sim se orgulhar de poder produzir um curta-metragem que reflita todo esse natal que tanto sonharam em ter. O clipe, que conta com uma direção de arte lindíssima, diga-se de passagem, trás diversos artistas independentes que você deveria conhecer, muitos deles que já passaram por aqui, seja em matérias como em nossas listas. Vozes de resistência, valores e com vontade de modificar o modus-operandi da atual estrutura da indústria fonográfica.

(O videoclipe para “Ela Sorriu Pra Mim” foi dirigido por Fernando Moreira, conta com direção de arte de Edi e Laís e direção de fotografia de Nicholas Bluff, Stylish de Jorge Moura e teve como produtora a Tangerina Produções.)



As Baladas Agridoces de Natal da Tuyo

Lio, Lay e Machado se debruçam para entregar ao longo dos 13 minutos das 4 faixas que compõe o EP Depois da Festa novos lugares e histórias que nos levam a conhecer outros ângulos e peculiaridades destes músicos que vieram para São Paulo; uma cidade cheia de desafios e muitas vezes frieza, em busca de ganhar mais impulso para o seu trabalho.

“Sonho Antigo”, por exemplo, durante a coletiva de imprensa foi apresentada como uma composição de Machado. Ele abriu o coração e contou sobre ser uma letra importante também pelo fato de ser sua primeira composição em muito tempo. A história por trás deixa ela ainda mais visceral. O sentimento de poder sonhar depois de sempre lutar pelo pão de cada dia – e abrir mão de viver sonhos até então “impossíveis” ou que não eram prioridades. É uma alegria que mesmo feliz carrega um amargor de não poder sonhar aquilo antes.

Como disse, a Tuyo até quando está falando sobre felicidade nos empresta um pouco do seu lado “tristinho”. Ver eles cruzando barreiras e podendo se permitir é uma felicidade que acredito que todos que acompanham a trajetória também comemoram junto. Afinal, o que é ver a vitória sem poder brindar junto, essa canção é um brinde e um “nós também podemos, nós também merecemos.” Uma ode as conquistas, uma ode ao que podemos, uma ode a um futuro que nos pertence. Nada como a hora da colheita após muita semeadura.

“Essa canção é sobre ser muito grato por conseguir alcançar algo que desejava há algum tempo, mas hoje poder ter outros anseios”, sintetiza Lio.


Tuyo - Depois da Festa - Créditos Vitor Augusto
Capa do EP Depois da FestaCréditos: Vitor Augusto

Poder falar de amor pelo amor sem medo nem sempre é um lugar confortável para artistas. Esse exercício proposto por eles nesta faixa é fundamental para que venham mais composições com peito cheio e ele possa transbordar. “Ela Sorriu Pra Mim” tem essa tônica de ficar com as pernas por ar e o coração na boca. O ato de se pegar rindo sozinho e poder experimentar uma sensação que nem sempre nos é permitida. Entre borboletas, campos floridos e um sol como norte. Se permitir define e isso tem tudo a ver com esta fase da Tuyo.

“Com o coração quente e borboletas no estômago, a gente versa sobre a beleza da descoberta de um novo sentimento, a vontade de, apesar de já ter apanhado tanto da vida, se permitir amar novamente”, pontua Lio.

“Coração Veloz” tem um lado literal e comum em nossas vidas. Momentos onde tudo parece acontecer ao mesmo tempo e onde mal colocamos a cabeça no travesseiro e já temos uma outra batalha para lutar. A pausa muitas vezes nos permite entender a magnitude das nossas ações, nos lembra o que fizemos e para onde estamos indo. Por mais clichê que isso pareça: comemorar vitórias faz com que sejamos mais fortes e nos permite aceitar e dimensionar o valor de todo o “corre”. Para uma vida fulgás o coração tem que ser veloz, quente, sedento e avassalador.

“Conseguimos construir muitas coisas nos últimos meses, mas a felicidade que a gente tem vivido caminha lado a lado da velocidade que a nossa vida passa. Tem sido um exercício encontrar momentos para comemorar”, explica Lio, que completa: “compus ela para a gente lembrar que é preciso respirar e que, no fim do dia, temos sempre um ao outro”.

“Descansar o Sentimento” é a mais tristinha e que mais nos remete a Tuyo que conhecemos. Ela trás o sentimento de ressaca mas também de permitir o reconforto. “Vou por o medo para dormir dentro do meu abraço para descansar o sentimento” é daqueles versos que parece rasgar o peito de quem sabe que muitas vezes matar um leão a cada dia é apenas parte da rotina mas que permitir desacelerar é importante. É a forma do trio mostrar que está pronto para novos futuros.

“é a hora em que o emaranhado de sentimentos são colocados para dormir, abrindo espaço para novas possibilidades”, finaliza Lio. 

Eles ainda programam uma surpresa para os fãs no dia 08/12 e podemos adiantar que a espera vai valer pena e toda a narrativa natalina vai fazer ainda mais sentido. Aguarde que a árvore de natal dos tuyos virá com um laço vermelho pra aquecer os corações.

Tuyo Depois da Festa


Rafael Chioccarello

Editor-Chefe e Fundador do Hits Perdidos.

Related post

error: O conteúdo está protegido!!