Jogos indies de terror ampliam opções para curtir o Halloween 2022

 Jogos indies de terror ampliam opções para curtir o Halloween 2022

Hell is Others: survival horror de tiro online com câmera de cima

Uma variedade de jogos indies de terror foram lançados ou estão para chegar neste outubro, ampliando as opções para quem quer entrar na vibe do Halloween e cutir o período mais assustador do ano por meio dos games.

Hell is Others, disponível hoje (20) para PC, apresenta uma proposta bastante singular por combinar o gênero de tiro em survival horror com uma experiência online PvPvE — jogador contra jogador contra ambiente. Há ainda uma série de influências, como a visão superior, que remete a clássicos como os GTAs 1 e 2, e também a títulos mais modernos, como Hotline Miami.

hell-is-others

Com uma ambientação noir, Hell is Others apresenta um mundo no qual o tempo parece nunca passar, e no qual a única moeda é o sangue. O jogador precisa ir à caçada pelas ruas da cidade para cultivar suas munições, que dão em plantas sedentas por sangue, enfrentando Os Outros (jogadores online) e As Coisas (inimigos controlados pela IA).

Também é possível aprimorar as técnicas de cultivo para melhorar a produção de munições, adicionando efeitos de ricochete, furtividade e outros aos projéteis. O sistema de progressão de personagem, por meio de itens personalizáveis para seu apartamento no jogo, concedem vantagens para as próximas explorações na cidade.

Cada descida do seu apartamento para a cidade inicia um tempo limitado para a aventura. Caso não consiga retornar para sua casa a tempo, o jogador perde tudo que coletou no percurso. Hell is Others foi desenvolvido pela Strelka Games e Yonder, e distribuído pela A List Games.


Primeiro capítulo de CULTIC já disponível para PC

Cultic
CULTIC, jogo de tiro em primeira pessoa à lá Doom

Embora distribuído pela já renomada 3D Realms no dia 13 para PC, o primeiro capítulo de CULTIC foi desenvolvido pela Jasozz Games — que aparentemente se trata de apenas uma pessoa, Jason Smith.

Cultic-jogos-de-terror

Com notas elevadas no Steam, o título é um ode aos jogos de tiro dos anos 90, especificamente Doom. Jogado em primeira pessoa, apresenta visual bastante serrilhado em 3D, com inimigos em 2D.

Sob uma ambientação de horror, CULTIC traz investigação de crimes ocultos em seu capítulo de estreia, com combate bastante frenético e sanguinário, apoiado por diversos tipos de armas. O jogo tem 10 mapas para completar, além de um modo de horda para sobreviver.

O próximo capítulo não tem data de lançamento definida, mas deve conter a mesma quantidade de mapas e encerrar a história do game.


Scorn: já disponível para PC e Xbox

Scorn traz uma ambientação de terror inspirada nas obras de H. R. Giger

Scorn

Desenvolvido pela Ebb Software e lançado no dia 14 pela Kepler Interactive, Scorn é um jogo em primeira pessoa de terror atmosférico inspirado nas obras do artista plástico Giger.

O título se passa numa espécie de pesadelo desolado. Para escapar deste bio-labirinto, o jogador deve aprender a lidar sozinho com os horrores e utilizar seu arsenal biomecânico para resolver quebra-cabeças e derrotar inimigos enquanto presencia visões e sons grotescos e macabros.

A única maneira de lidar com os desafios é respeitando as regras deste lugar torturante, manipulando a maquinaria cruel deixada lá. Ao juntar os segredos e usar ferramentas orgânicas, sobreviver pode ser possível para buscar a verdade por trás dessa história.


Em breve: Signalis

Signalis
Signalis, survival horror distópico, chega para todas plataformas em 27/10

Signalis-jogos-indies-de-terror

Signalis é um survival horror futurista em desenvolvimento pela rose-engine, chegando para todas as plataformas no dia 27 com distribuição da Humble Games.

O título se passa em futuro distópico no qual o Sistema Solar já foi colonizado e há androides, chamados de replikas, vivendo entre humanos, além de um segredo sombrio escondido por trás deste universo. O tema é inspirado em horrores cósmicos clássicos de Stanley Kubrick, Hideaki Anno e David Lynch.

A protagonista Elster, uma replika adormecida, desperta da sua criostase em uma nave espacial abandonada. Encalhada em um planeta frio e totalitário, ela precisa seguir uma jornada enfrentando o medo do desconhecido.

Com visual em 32 bits, Signalis traz diversos elementos de jogabilidade clássicos do gênero, como câmera isométrica, quebra-cabeças enigmáticos para resolver, recursos escassos para gerenciar, trilha sonora perturbadora e mais.

O jogo também traz cutscenes em 3D com efeitos de luz e sombras e de transparência, complementados por uma história cinematográfica de anime de ficção científica.

Gabriel Bonafé

Ainda ouve a trilha do SOTN, aprendeu que cerveja e videogame combinam desde quando jogava KOF nos fliperamas e defende que games indies são mais autênticos. Não zerou todos Final Fantasy, mas tem certeza de que o Barret é muito melhor do que o Cloud.

Related post

error: O conteúdo está protegido!!