Nacional

Cícero encurta a distância com sensibilidade em novo single

Cícero Rosa Lins, mais conhecido por Cícero, é um cantor, compositor e produtor tendo já lançado os discos Canções de Apartamento (2011), Sábado (2013), A Praia (2015), Cícero & Albatroz (2017) e Cosmo (2020). Após 2 anos o músico carioca retorna com seu primeiro single inédito, “Sem Distância”, uma faixa que tem tudo a ver com esse período de reclusão que todos tivémos que passar nos últimos anos. Ele foi categórico e escolheu a data do seu próprio aniversário para o lançamento (07/04).

“Nos últimos dois anos, enquanto estive preso e livre em casa, essa música me acompanhou. Compus, gravei, mixei, tudo em casa, onde também sempre foi estúdio, e deu vontade de lançar”, conta Cícero


Cícero lança o single “Sem Distância”, o primeiro em 2 anos – Foto Por: Chico Canella

Cícero “Sem Distância”

Em tempos de lutos, conflitos, debates sobre saúde mental e reflexão, o músico catalisa no single “Sem Distância” diversos sentimentos vividos intensamente durante o período em que a luz que podia ver da rua vinha diretamente da janela da sua casa.

Com subjetividades e abertura a diversas interpretações sensíveis, o músico traz arranjos delicados de violinos, sopros e violão para o primeiro plano com direito até mesmo a solo estridente de guitarra à la Jeff Buckley para manter o equilíbrio, e dicotomia, das emoções expressas.

Até por isso reflete sobre a subjetividade da passagem do tempo e como a distância que trouxe consigo o sentimento de saudade física também reconectou pessoas que estavam longe através das redes. Ele abre o coração, e estende a mão, para diálogos possíveis feito pontes invisíveis para um mundo mais leve e esperançoso. Em meio a tormenta, a calmaria se faz seu porto seguro.

A canção foi produzida e gravada no estúdio Lá em Casa (nome dado por Cícero para seu estúdio) pelo próprio artista, exceto sopros e cordas, gravados no estúdio Lontra (RJ) por Bruno Danton com arranjos de Jonas Hocherman.

A mixagem foi assinada por Cícero e Bruno Schulz e a masterização por Felipe Tichauer.



Ficha Técnica:

Produzido e gravado no estúdio Lá em Casa por Cícero
Exceto sopros e cordas, gravados no estúdio Lontra (RJ) por Bruno Danton
Mixado por Cícero e Bruno Schulz
Arranjo de sopros e cordas por Jonas Hocherman
Cícero – voz, violão, baixo, guitarra e metalofone
Pedro Fonte – bateria
Paulo César Castilho – Flauta em G
Alessandro Jeremias – Trompa
Aline Gonçalves: Clarinete
Marcelo Cebukin: Clarone
Carla Ramirez – Violino
William Doyle: Violino
Renata Neves: Viola
Flávia Chagas: Cello

This post was published on 8 de abril de 2022 10:00 am

Rafael Chioccarello

Editor-Chefe e Fundador do Hits Perdidos.

Posts Recentes

Festival Rock na Praça celebra seus 20 anos neste domingo (04/12)

O indivíduo não é nada sem sua cultura, sem o entretenimento. Cultura é patrimônio e…

1 de dezembro de 2022

Referências a músicas brasileiras em Cyberpunk 2077 abrangem mais de 50 faixas

Quando lançou Cyberpunk 2077 dois anos atrás, a CD Projekt RED recebeu inúmeras críticas por…

1 de dezembro de 2022

Balaclava Fest revela o line up completo da edição de 10 anos; Pluma, Bruno Berle e Jennifer Souza são confirmados

O selo musical, produtora cultural, editora fonográfica e revista, Balaclava, apresenta hoje, o line up…

30 de novembro de 2022

Rita Zart eleva a potência feminina em videoclipe para “O Que Range”

A gaúcha Rita Zart, fundadora e que integra até hoje o Coletivo Gogó, é cantora,…

29 de novembro de 2022

“Sêr Estrela”, Jennifer Souza homenageia Vander Lee em canção interestelar

Assim de mansinho em plena segunda-feira de Copa do Mundo Jennifer Souza, conhecida por seu…

28 de novembro de 2022

FERALKAT olha para o abismo em “Existo”, single ganha clipe produzido inteiramente por mulheres

A vocalista, guitarrista e tecladista da banda curitibana The Shorts, Natasha Durski, apresenta mais um…

25 de novembro de 2022

This website uses cookies.