Tags : Punk Rock

Fibonattis desabafa sobre a rotina extenuante em “Vidas”

Um dos nomes contemporâneos do Street Punk nacional, Fibonattis recentemente assinou com o novíssimo selo Repetente Records, que recentemente falamos por aqui. Além deles o casting já anunciou e divulgou materiais da Ganggorra e dos Anônimos Anônimos. Hoje em Premiere no Hits Perdidos eles anunciam o primeiro single do novo disco, Cidade Mórbida. “Vidas” é […]Leia mais

BEL e Ana Frango Elétrico resgatam o som cru do

A cena carioca vive um momento de destaque no âmbito nacional e a arte dos encontros parece ser o que mais dá liga a este movimento que une as mais diferentes formas de expressão artística. É dessa pluralidade de experimentações que nesta sexta-feira chega ao mundo uma faixa com ares de Bikini Kill, veja bem, […]Leia mais

NOBRO, a Girl Gang elogiada por Iggy Pop que você

O Canadá sempre foi um grande celeiro de bandas e com uma forte cena de punk rock/hardcore que vai do D.O.A. passando pelo SNFU, Subhumans, Nomeansno, Propagandhi, Comeback Kid, Cancer Bats ao PUP. Com a ajuda da Julie Neff até mesmo já listamos mais de 100 bandas do país. Formada em 2014, a NOBRO é […]Leia mais

“O próprio disco todo é muito de sobrevivência” diz Gabriel

No dia 27/01 o Autoramas lançou seu nono disco de estúdio, Autointitulado (Independente, Maxilar). O grupo liderado por Gabriel Thomaz contou com a produção musical dividida entre Gabriel, Alê Zastrás e Jairo Fajersztajn. A ideia inicial seria gravar e lançar em 2020 mas devido as circunstâncias em que estamos vivemos os planos tiveram que ser […]Leia mais

Zero To Hero discorre sobre a emancipação em “for the

Diretamente do Vale do Paraíba, a Zero To Hero começa a apresentar os próximos da sua nova fase. O power trio formado por Pedro Cursino (Baixo/Voz), Danilo Camargo (Guitarra/Voz) e Nicolas Brown (Bateria/Voz); está prestes de lançar seu novo EP, LILO através do selo independente Bangue Records. No currículo o grupo conta com o álbum […]Leia mais

Gramofocas, Ramones e o novo EP do Paulo Rocker &

O ano é 2004 e o Gramofocas, de Brasília (DF), começa a despontar na cena de punk rock nacional com o clássico Sempre Que Eu Fico Feliz Eu Bebo. Foi assistindo aos Piores Clipes do Mundo, apresentado até então por Marcos Mion, com direção do ex-VJ Chuck Hipolitho (Forgotten Boys, Vespas Mandarinas), que pude assistir pela […]Leia mais

error: O conteúdo está protegido!!