Melies

Seleção de feats: Bruna Mendez, Davi Sabbag, Fabriccio, Tuyo e Rimon Guimarães

Feats de Bruna, Davi Sabbag, Fabriccio, Tuyo e Rimon Guimarães são destaque

Em uma escala de lançamentos sem fim, feats tem sido uma forma de chamar a atenção e introduzir o trabalho de outros artistas para os respectivos públicos. Eles costumam ficar ainda mais interessantes quando existe uma convergência entre propósito e coerência em suas escolhas. Por esta razão, fizemos uma seleção de feats com destaques do último mês. Confira!


Rimon Guimarães e TuyoFoto: Divulgação

Bruna Mendez ft. Davi Sabbag “Mapa”

Prestes a lançar a versão deluxe do seu álbum, Bruna Mendez lançou recentemente “Mapa”, feat em parceria com Davi Sabbag (Ex-Banda Uó). A parceria surgiu de uma amizade de longa data como relata a goiana.

“O Davi fez parte do meu processo de descoberta dentro da música, somos da mesma cidade e vivemos no mesmo tempo de uma cena promissora em ascensão em Goiânia, lembro de olhar com muita admiração sempre que via uma nova conquista da Banda Uó, com o término da banda e o início da carreira solo do Davi, comecei a ver que pensávamos parecido na forma de construção musical, que eu almejava algo por ali;

nosso limite do pop que não vê a música como um produto, que entende o processo e participa dele. Ritual foi o disco que mais ouvi em 2019 (ano em que foi lançado), é pop, de extremo bom gosto na escolha de cada timbre e na preocupação estética.”, relembra Bruna Mendez



Fabriccio “Me Abraça” feat Tuyo

O acolhimento e respeito ao tempo, tão em voga, se reflete na canção “Me Abraça” que celebra a amizade entre Fabriccio e Tuyo, duas novas potências do R&B brasileiro. A faixa integrará o álbum SELVA que será lançado em agosto.

“Essa é uma música que foi ganhando significados conforme o mundo e a vida foram seguindo e se transformando. Hoje em dia, o foco dessa letra é: fazer o que você pode, com o tempo que você tem, demonstrar o tanto de afeto que você puder, não só com palavras, mas também com atitudes”, explica Fabriccio.

“Eu escrevi ‘Me Abraça’ há muitos anos, em um período de término e era meio que isso. Hoje eu leio a letra e vejo outras coisas. Encaixa muito com o que a gente tá vivendo: ‘difícil de prever, tampouco adivinhar sobre o que está por vir, não nos convém a preocupação’. É esse o clima”, completa

A nuances do feat

“Eu já conhecia a Tuyo há um tempo, me identificava, mas fiquei anos sem ver o show, me mudei pra São Paulo e de tanto chamar na mente o primeiro show que vi da banda eu tava lá abrindo”, recorda Fabriccio.

“Foi incrível ouvir as músicas pela primeira vez, sentir o carinho que todos tem com meu som, a identificação só aumentou. O feat ser justamente nessa música é muito simbólico, é totalmente sobre afeto, sentimento, e não tinha galera melhor pra expressar essa atmosfera com música. Tenho muito carinho e admiração pela Tuyo, e hoje sou feliz por ser amigo de todos.”, revela o músico

“Lá pelos idos, acredito eu, de 2019, Machado em uma de suas grandes pesquisas, descobriu o disco do Fabriccio, falando ‘esse cara é o rei do R&B brasileiro!’, a gente foi fuçar né. Quando a gente escutou o disco do Fabriccio foi bem amor à primeira vista, a gente achou que tinha um swing, um balanço muito legal e adorei”, conta Lio Soares.

“Um dia eu tava com a Tuyo na frente da Aparelha Luzia e o Fabriccio apareceu. Eu tinha muita vontade tocar com ele um dia, de me aproximar e eu fiquei muito feliz porque tava ali conversando com ele, fingindo costume, mas tava muito de fã do lado dele e agora soltar esse som pra mim é muito massa, ver que a gente conseguiu se aproximar e eu estou trazendo só memória boa desse encontro com ele”, completa Machado.

“Eu vou dizer pra você que é muito satisfatório, é muito gostoso poder trampar com uma pessoa que a gente gosta da voz, gosta de ouvir, gosta do trabalho. Acho que ter essa chance de poder participar dessa contação de história que o Fabriccio está fazendo é muito bonita”, finaliza Lay Soares.



Rimon Guimarães feat. Tuyo “Laguna Plena”

O músico Rimon Guimarães revelou a primeira parte da trilogia “Melodias Neolatinas”, “Laguna Plena”. A faixa em espanhol foi escrita pelo artista curitibano em 2012 numa viagem a Kuala Lumpur, e depois revisitada pelo produtor musical Turbolencia. A faixa conta com quarteto de cordas composto por músicos russos (arranjo de Maycon Ananias) e as vozes do trio Tuyo.

Segundo o músico a canção nasceu da confluência de fatores e conexões que o artista tem entre mundos; juntando elementos de culturas diferentes, buscando um ambiente rico em possibilidades e caminhos.


Rafael Chioccarello

Editor-Chefe e Fundador do Hits Perdidos.

Recent Posts

Os Melhores Clipes Independentes | Setembro (2021)

Confira os melhores clipes independentes lançados em Setembro | 2021 em seleção especial feita pelo…

21 horas ago

As Melhores Live Sessions | Setembro (2021)

As Melhores Live Sessions | Setembro (2021) O Que São Live Sessions? Live Sessions tem…

6 dias ago

Supergrupo Vacilant lança novo álbum em tempos bravos

O supergrupo cearense chamado Vacilant, formado por Yuri Costa, músico e produtor da banda maquinas,…

2 semanas ago

Como fazer sua música bombar no TikTok?

No dia 27/09 o TikTok, plataforma de vídeos curtos na vertical, alcançou a marca de…

2 semanas ago

Bemti busca por refúgios, afetos e possíveis recomeços em “Logo Ali”

Quando um mineiro vira para você e diz que algo é logo ali, desconfie, muitas…

3 semanas ago

As aventuras de Djane Fonda, o projeto eletrônico de Bárbara Eugênia

Feito um projeto que veio de uma brincadeira com amigos, Djane Fonda surge em meio…

3 semanas ago

This website uses cookies.