Lucas Teixeira (O Grilo) fala sobre álbum de estreia e edital do selo Rockambole

 Lucas Teixeira (O Grilo) fala sobre álbum de estreia e edital do selo Rockambole

A banda paulistana O Grilo disponibilizou nos últimos meses três novos singles que farão parte do primeiro álbum do grupo, as músicas “Trela”, “Contramão” e “Meu Amor”. Criada em 2016, a banda já possui um EP lançado, chamado Herói do Futuro (2017), com hits como ”Sofia” e “Serenata Existencialista”. O grupo também participou do festival Lollapalooza Brasil, após ser selecionado por meio de um concurso da 89FM A Rádio Rock.

O Grilo faz parte do selo Rockambole, gravadora responsável pela produção do primeiro disco da banda. Embora seu título ainda não tenha sido divulgado, o lançamento está previsto para rolar em breve: primeiro semestre de 2021.

A cada lançamento dos singles, foram apresentadas histórias do personagem Lauro, criado pelo ilustrador Pietro Soldi, a partir das identidades de cada membro da banda. As tiras apresentam histórias sem diálogos, sobre a vida do personagem Lauro, que personifica os integrantes e busca ser muitas coisas ao mesmo tempo, trazendo conflitos que muitos são capazes de se identificar.

Lauro é o ‘jovem comum’, por exemplo, uma figura que ainda não sabe bem o que quer e que encara isso como algo que o diferencia dos outros, seja para o bem ou para o mal.


O Grilo_LuigiParisi2
O GriloFoto Por: Luigi Parisi

Entrevista: Lucas Teixeira (O Grilo)

Lucas Teixeira, baterista do grupo, contou um pouco pro Hits Perdidos como foi a criação desse personagem e a colaboração de Pietro Soldi.

“Não queríamos simplesmente falar tudo que queríamos, receber as ilustrações e delimitar a criação. Buscamos alguém que pudesse trazer uma interpretação sobre o álbum, falamos um pouco das músicas para o Pietro e o deixamos viajar em cima das tiras e do personagem, sem limitar ele a uma história específica”, explica.

As tiras, além de estarem presentes no Instagram da banda a cada lançamento, também estão presentes nas capas dos singles, despertando curiosidade do público sobre o conceito do álbum por inteiro e os significados de cada tira e da personalidade de Lauro.

“A capa do álbum não vai seguir necessariamente dessa forma, mas o mais importante é que cada música é uma tira, e cada tira é um capítulo da história de Lauro que vai englobar o conceito do álbum”, revela.



Com tantas novidades e criatividade, o próximo disco enche os fãs de expectativa, tanto para as novas músicas como também para todo o conceito do disco em si, além de despertar a curiosidade para as próximas aventuras de Lauro.

De acordo com Teixeira, um grande diferencial do novo disco é a forte presença do Fepa, o novo guitarrista da banda, a qual trouxe novas referências e estilos musicais para o grupo.

“Uma das principais coisas que sentimos do álbum é que realmente a gente conseguiu colocar o Fepa dentro do projeto, e a banda O Grilo tomou uma nova cara.

“É um novo guitarrista, com outra linguagem e proposta, que nos fez ouvir coisas diferentes do que estávamos acostumados. A gente explorou muitos estilos novos, buscamos ouvir de tudo desde, do rock psicodélico ao samba”, celebra o baterista d’O Grilo

A Sonoridade d’O Grilo

As sonoridades dos três singles são um pouco diferentes entre si, porém sempre com composições bem sinceras e diretas. A música “Trela”, mais enérgica, lembra algumas músicas do EP, já “Meu Amor”, é uma composição mais romântica d’O Grilo, com uma construção melódica.

“Contramão”, último single lançado pelo grupo, segue a mesma proposta, mas com uma batida que lembra mais MPB. Com isso, os fãs podem esperar músicas de uma banda mais aberta a novos caminhos, que explora diferentes estilos, e os três singles demonstram muito bem isso.


O Grilo


O Edital do Selo Rockambole

Teixeira, além de participar da banda O Grilo, trabalha no Rockambole, selo que produziu o novo álbum do grupo e busca fortalecer a cena musical independente. “Acreditamos que podemos ajudar a cena independente a crescer e expandir as possibilidades para o mainstream”, afirma.

Aliás, o Rockambole está com inscrições abertas para o seu primeiro edital, com o objetivo de selecionar uma banda ou artista a ser totalmente produzido e divulgado pelo selo.

“O edital é para dar oportunidade para pessoas, Queremos abrir a oportunidade para artistas que não teriam acesso a esse trabalho, seja por questões monetárias ou falta de contato, e abranger a cena musical como um todo. O edital foi a forma que encontramos para dar oportunidade a um talento que acreditamos e para pessoas que não podem pagar por um serviço como esse”, conclui.

Todos os lançamentos da banda O Grilo estão disponíveis nas plataformas digitais. Já as inscrições para o edital do selo Rockambole estão abertas até o dia 20/12, através do site (clique aqui).

Fernanda Decaris

Related post

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *