Categories: PremiereRelease Radar

Release Radar: Bratislava, Porridge Radio, The Baggios, Rap Plus Size, Melvins, Suka Figueiredo, Less Than Jake, Black Alien, Personas, Lucas Gonçalves, Chico de Barro, Viridiana, Vovô Bebê, Cherry Glazerr, Osees, Taylor Swift e muito mais!

Toda sexta-feira saem inúmeros lançamentos e muito material acaba ficando de fora das nossas postagens por uma série de motivos. Mas a procura por Hits Perdidos não acaba apenas no envio de releases para imprensa; e pensando nisso resolvemos criar a coluna Release Radar.

Sim, homônima a playlist semanal do Spotify, para colocar vocês à par dos principais lançamentos sem a necessidade de que os artistas, selos ou suas respectivas assessorias de imprensa tenham enviado o material.

Release Radar: 11/12



Décimo sexto Post do Release Radar, comentem se gostaram e se deve continuar!

Dani Bessa “Passional”

Dani Bessa, da Ilha do Governador (RJ), mistura referências de indie rock e ska no melhor estilo Los Hermanos no single “Passional”. Ele conta que a faixa retrata sobre o conflito de pensamentos excessivos de um personagem que se aceira como é. Entre as referências ele cita também o swing latino e o rock inglês.

Viridiana “Contando nos Dedos”

Bê Smidt, de Porto Alegre (RS), através do projeto Viridiana lançou o single + clipe “Contando nos Dedos”. Música pop e eletrônica se unem me levando até para sons de artistas como The Postal Service e Owl City que brilharam durante a primeira década de 2000.

A letra foi composta durante as tormentas e o clima extenuante de um 2020 marcado pela pandemia. A faixa que foi gravada pela artista, e finalizada nos estúdios da Marquise 51, ganhou um clipe lançado em parceria com o RS Lab e a Natura Musical que anunciou nessa semana 43 contemplados do edital 2020. A produção audiovisual é assinada pelo artista visual Vinicius Angeli.

“A imagem do quarto foi a primeira coisa que pensei quando pensamos em um clipe. Como se uma pessoa pudesse ter ficado trancada por anos dentro de um mesmo cômodo, o que será que ela mudaria ali?”, conta

“O clipe é um convite para criarmos os espaços que nos deixam confortáveis e plenes, os espaços que não ficam vazios com a nossa própria companhia, os espaços cujo o tempo passa certinho: nem correndo, nem se arrastando.”, finaliza



Personas “Frio da Madrugada”

A banda Personas, de São José Dos Campos (SP), que em seu som mistura rock alternativo / shoegaze / grungeemo lança hoje o single “Frio da Madrugada” através do selo Bangue Records. Entre as temáticas o single aborda a ansiedade, o não-pertencimento e as ausências.

O álbum Nunca Foi Pra Dar Certo (2019) inclusive apareceu em nossa lista de álbuns que você deveria ter ouvido do ano passado. Agora com a entrada de Pablo Hanzo eles planejam um novo EP. Entre as referências do novo single eles citam Basement (leia entrevista), Movements e Citizen.

“Frio da Madrugada” agradará a fãs do rock alternativo dos anos 90 e conta com linhas melódicas de guitarra que ganham o peso aliado a backin vocals sussurados e sensação de estar andando em círculos.

Chico de Barro e Não Não-Eu “Sobre Dezembro”

Depois de 4 anos a Chico de Barro lança seu mais novo single. “Sobre Dezembro” está sendo lançada via PWR records com a parceria com o duo mineiro Não Não-Eu. Um detalhe é que a produção em boa parte contou com as captações dos instrumentos realizadas com o celular, após inúmeros testes e ajustes.

Segundo o grupo carioca, o som une o psicodélico ao dark, o eletrônico ao orgânico e a levada ao beat. A percussão também se destaca ao longo da faixa que traz poesia e questiona o futuro. A faixa ganhou ainda uma animação feita por Pedro Ryan para entrar de cabeça neste universo a parte.



Andaluz “Antídoto”

Conga, caxixi e djembe se unem no novo single do projeto instrumental / experimental Andaluz (leia mais) que hoje lança o single “Antídoto” via Alcalina Records. Com cara de trilha de curta-metragem a faixa passa a sensação de emancipação e abstração do plano físico.

“A composição nasceu a partir da linha firme e constante do baixo, e logo foi complementada pelas guitarras do Agê. Gravamos algumas opções de bateria com o Chico Leibholz (Fluhe, Neptunea) antes de gravar a versão definitiva.

O Alan Gonçalves (Pedra Branca) gravou a percussão comigo e com o Agê de maneira independente. Todos nós compartilhamos sentimentos parecidos acerca dessa faixa e do momento em que estávamos”, explica o músico Eduardo Arrj.

“Sinto que ela comunica de forma bem explícita a sua mensagem. Vou compartilhar como eu ouço essa música. Com cordas e tambores, “Antídoto” descreve sonoramente um processo de renascimento. Não no sentido literal, divino mas alegórico, uma reinvenção pessoal.

As frases da guitarra estão todas em contratempo nos primeiros compassos da música e retratam a euforia de novos ares, algo novo que começou. O único sample que usamos foi o da tigela tibetana, que além de reforçar o cenário reflexivo da música, traz essa linguagem eletrônica de colagem que estará presente nas próximas músicas.”, analisa Agê

Lucas Gonçalves “Viralata”

O músico mineiro Lucas Gonçalves (Maglore, Vitreaux) há dois meses lançava seu álbum de estreia solo, Se Chover via Pequeno Imprevisto (leia entrevista). “Viralata” a princípio entraria no registro mas por ter uma atmosfera que destoava do andamento do disco acabou ficando de fora da seleção final. A composição foi escrita em 2016 e carrega consigo bom humor, desgastes de relação e pitadas de crítica social.

“Acho que essa raça de cão vira lata, que mexe o lixo, vive de sobras, abandonado, fazia um paralelo de como eu estava me sentindo numa época, mas também a expressão “complexo de vira latas”, que é relacionada ao povo brasileiro que se julgava menos do que os europeus.

Acho que essa música também traz um olhar político, tipo o “duplipensar” do Orwell. De um modo ingênuo, porque só pode enxergar o que está na mira e não ao entorno. Como que desconsiderando o que quer, só por querer…”, reflete Lucas.

Sobre a faixa ter ficado de fora ele comenta: “Ela era a música mais pop e leve do disco, e achei que ficou sem sentido ali no meio. Optei pelo corte no repertório porque o disco sem ela já soava bem coeso”.

Rap Plus Size “Só Pago O Que Me Cabe”

A gordofobia da indústria da moda é criticada nas rimas do Rap Plus Size (leia entrevista) em seu novo single “So Pago O Que Me Cabe”. Questionando padrões de beleza e a falta de roupas para todos os corpos, as rimas são ácidas e mostram como o sistema capitalista exclui.

“Esse som fala sobre a indústria da moda e o quanto ela afeta pessoas gordas. Nós temos dinheiro para pagar roupas que nos vestem bem e vamos pagar por roupas que nos servem, não para essas grifes que não têm nossos tamanhos”, explica Jupi77er.

GENTIL “Fim de Quarentena”

O mineiro Gentil Nascimento que assina seu trabalho solo como GENTIL (saiba mais) lança hoje o single “Fim de Quarentena” por mais que a quarentena pareça estar bem longe do fim (ao menos para quem é responsável). Mas o tema é da faixa em questão é o fim de um grande amor que aconteceu durante o período de isolamento.

Com violão, piano e sintetizadores, o músico reflete sobre as dores causadas pela ruptura e o árduo caminho em busca da superação. A produção é assinada por Leo Marques da Ilha do Corvo (Maglore, Moons).

Hugo Freire “Nós”

Prestes a lançar seu novo EP o recifense Hugo Freire lança hoje o single “Nós”e aparece pela primeira vez no release radar. O músico relata que a canção discorre “sobre as relações que não mais se sustentam no presente, se  mantendo apenas por lembranças boas de um passado distante”. Bem atmosférica, a faixa conta com arranjos delicados tocados lentamente que entram em progressão psicodélica em um indie pop reflexivo.

WAR (We Are Revolution) “Colateral / Gatilho”

Os gaúchos do WAR (We Are Revolution) lançam nesta sexta-feira o single “Colateral / Gatilho”. A faixa tem como tema a tensão e o stress emocional causado por este momento ímpar que estamos vivendo que gera exaustão e pensamentos negativos.

“Colateral / Gatilho” foi composta através de conversas no Whatsapp, produzida por Izzy Castro (Twin Pumpkin) e mixada e masterizada por Leo Ramos (Supercombo). Para quem gosta de rock / eletrônico de grupos como Muse, Imagine Dragons e da atual fase da Fresno é uma boa dica.

Oliva “Renascença”

Uma das gratas surpresas que chegou na caixa de e-mails foi o single da Sara Oliveira que assina seu trabalho artístico como Oliva. A artista lançou o single “Renascença”, uma espécie de synthpop com boas melodias e beats que agradarão a quem curtir o som da Tuyo. Descobertas do release radar!

Dutra “Ainda”

A banda gaúcha Dutra lança hoje o single “Ainda”, faixa que estará presente em seu terceiro EP que sairá via selo Naïf. Com duetos nos vocais e uma levada de som que passeia pelo post-rock o som vai agradar a quem gostar do som da banda Cigana com direito a sintetizadores e guitarras delicadas. A Cigana inclusive apareceu no release radar com seu novo EP nas últimas semanas.

Bratislava “Desfecho”

“Desfecho” é emocionalmente um single marcante dentro da trajetória da Bratislava justamente por ser o último do baterista Lucas ao lado da banda paulista. Victor Meira, o vocalista, revela que foi um pedido especial que foi atendido e que as gravações aconteceram com muita alegria.

A canção é delicada e flerta com elementos de hip hop e R&B nas batidas, referências do músico durante sua passagem pelo grupo. A emoção nos vocais de Meira deixam claro que a canção serve como um abraço de um fim de ciclo importante na trajetória da banda que recentemente passou por mudanças em sua formação e já trabalha para colocar na rua o sucessor de Fogo.

The Baggios “Mantrayam”

Os sergipanos da The Baggios apresentam de surpresa seu novo single, “Mantrayam”. Como o próprio nome diz o plano espiritual e de referências da música do oriente reverberam na composição que ganha contornos astrais e que irá agradar a fãs do velho Blues.

Suka Figueiredo “Caminho de Mármore”

Trazendo para o primeiro plano suas vivências musicais no Brasil e na Argentina, a musicista Suka Figueiredo apresenta o single instrumental “Caminho de Mármore” que antecipa o seu EP. A artista já integrou projetos como Funmilayo Afrobeat Orquestra, As Baías, Samuca e a Selva e Buena Onda Reggae Club.

“Uma mulher negra na liderança de seu trabalho autoral, a fim de representar mulheres negras e instrumentistas da música Brasileira”, conta Suka sobre a importância de seu trabalho

O erudito vai de encontro com uma linha de baixo pulsante que se une ao tango e o jazz em completa sinergia. De forma pulsante e moderna, a faixa acaba envolvendo o ouvinte.

“Diz muito sobre meu lugar de pertencimento na música instrumental brasileira e o espaço que eu quero ocupar dentro deste cenário, que é majoritariamente composto por homens brancos”, relata Suka

Além de Suka (composição, saxofone tenor e flauta transversal), o single conta com arranjo de Mariana Oliveira, produção e guitarra de Rafael Acerbi (As Baías), baixo elétrico de Felipe Pizzutiello (Xênia França), bateria de Pedro Lacerda (Applegate e Castelo Branco), percussão de Fernando Alabê (Ilu Inã); trombone de Victor Fão (Nomade Orquestra), saxofone barítono de Igor Tomaz (OBMJ e Black Mantra), trompete de Felippe Pipeta (OBMJ e Black Mantra), bandoneon/Rhodes/Hammond de Lissandro Massa e mixagem/masterização de José Victor Torelli.

Release Radar: Você Não Pode Deixar de Ouvir!

Álbuns e EPs

Aletrix Jardinando
Amoryn Alma e Violão 
Bayside
Acoustic Volume 3 EP
Belle and Sebastian
What To Look For In Summer
Bocarra Clausura
Boris and Merzbow 2R0I2P0
Budang Vendo Clio 2009, Prata 4 Portas!!
Cro-Mags 2020
Crise O Fel dos Dias
Danilo Gusmão Poem
Deftones Black Stallion
Farmer Gang Music is Love
Foster the People In The Darkest Of Nights, Let The Birds Sing EP
Foxy Shazam Burn
Fran, Chico Chico Onde?
Guided by Voices Styles We Paid For
James Blake Covers
Kacy & Clayton Plastic Bouquet
Kid Cudi Man on the Moon III: The Chosen
Léo Chermond Kumbu
Less Than Jake Silver Linings
M. Ward Think Of Spring
Osees Panther Rotate
Paul McCartney McCartney III
Peter Bjorn and John Endless Play EP
Roberta Campos Só Conheço o Mar
Roxette Bag of Trix
Soccer Mommy color theory (Deluxe Binder LP)
Surra Thrashpunk Teleport: Submundo 2121
Taylor Swift Evermore
Thaís Marques Dentro a Fora
The Avalanches We Will Always Love You
The Kills Little Bastards
Theuzitz Conversando Com Espíritos
Vários Artistas Cyberpunk 2077: Radio Vol 1
Vovô Bebê Lixa Vários Tipos
Yunk Vino Midnight Calls

Os Singles do Release Radar

100 gecs  “sympathy 4 the grinch”
1000mods “Warped”
Adriano K “Naná”
BADBADNOTGOOD, MF DOOM “The Chocolate Conquistadors”
Black Alien “Chuck Berry”
Billie Eilish “Something” (The Beatles Cover)
Billy Corgan “Maison Atia”
Caroline Polachek “Hit Me Where It Hurts (Toro Y Moi Remix)” (Feat. Chino Moreno)
Chance The Rapper “The Return”
Cherry Glazerr “Rabbit Hole”
Circa Waves “Miss Christmas”
Cult Of Luna “Three Bridges”
Daniel Peixoto ft. DJ Chernobyl “Far From Desire” (Gala Cover)
Devise “Tudo Pro Alto (CBJR Cover)”
DMA’s “Cobracaine (Jacques Lu Cont Remix)”
Emma Ruth Rundle & Thou “Hollywood” (The Cranberries Cover)
Every Time I Die “A Colossal Wreck” e “Desperate Pleasures”
Fontaines D.C. “I’m A Man You Don’t Meet Every Day” (Pogues Cover)
francisco, el hombre, Sydney Magal “Vou pra Cima
Frank Iero and The Future Violents “Sewerwolf”
Grimes “Delicate Weapon”
Gustavo Kaly “Fake Freedom as a Placebo (Volume II)
Guto “Um Sopro”
Gwen Stefani “Let Me Reintroduce Myself”
John Carpenter “The Dead Walk”
JPEGMAFIA “SUPER TUESDAY”
Kassel “The Lost War” – Premiere no Hits Perdidos!
King Gizzard and the Lizard Wizard “If Not Now, Then When?”
Letrux “Be Careful, My Love (Cuidado, Paixão)”
Lê Almeida “Interior de Qualquer Desordem”
Mariah Carey “Oh Santa!” (Feat. Ariana Grande & Jennifer Hudson)
Melvins “Brian, The Horse-Faced Goon”
Moons “Whispering Pines”
Mundhumano “Guerreiras Urbana”
Porridge Radio  “The Last Time I Saw You (O Christmas)”
Rota de Pedestre feat. Anaí Corrêa “Versão Beta”
Scalene “Ethos”
Skegss “Wake Up”
Tem Amor “Um Dia e Meio”
The Weeknd “Blinding Lights (Remix)” (Feat. Rosalía)
This Is The Kit “Bad Feeling” (Muzz Cover)
The Hu “Sad But True” (Metallica Cover)
Tindersticks “You’ll Have To Scream Louder”

Na semana que vem tem mais Release Radar!

Rafael Chioccarello

Editor-Chefe e Fundador do Hits Perdidos.

Recent Posts

As Melhores Live Sessions | Setembro (2021)

As Melhores Live Sessions | Setembro (2021) O Que São Live Sessions? Live Sessions tem…

5 dias ago

Supergrupo Vacilant lança novo álbum em tempos bravos

O supergrupo cearense chamado Vacilant, formado por Yuri Costa, músico e produtor da banda maquinas,…

2 semanas ago

Como fazer sua música bombar no TikTok?

No dia 27/09 o TikTok, plataforma de vídeos curtos na vertical, alcançou a marca de…

2 semanas ago

Bemti busca por refúgios, afetos e possíveis recomeços em “Logo Ali”

Quando um mineiro vira para você e diz que algo é logo ali, desconfie, muitas…

3 semanas ago

As aventuras de Djane Fonda, o projeto eletrônico de Bárbara Eugênia

Feito um projeto que veio de uma brincadeira com amigos, Djane Fonda surge em meio…

3 semanas ago

O Melhor da Semana: Brvnks, Autoramas, Las Ligas Menores, Francisco, el Hombre, Papisa, Jennifer Souza e Persie

Sexta-feira é aquele dia onde temos diversos lançamentos e muitas vezes muita coisa boa acaba…

3 semanas ago

This website uses cookies.