Lista

Os Melhores Clipes Independentes | Março (2024)

Confira os melhores clipes independentes | Março (2024) em seleção especial feita pelo Hits Perdidos!

Melhores Clipes Independentes 2024

As listas de melhores clipes independentes 2024 estão a todo vapor no Hits Perdidos. Você já conhece e acompanha por aqui elas todo mês e damos o pontapé inicial pelo nono ano consecutivo.

Para quem é novo por aqui seja bem-vindo e acompanhe o Hits pelas redes sociais (temos InstagramFacebookSpotify…).

2017 foi marcado pelo grande sucesso dos listões de melhores clipes independentes que até deram origem a um estudo super detalhado sobre a produção audiovisual do independente brasileiro.

Em 2018 veio a parceria com o UDIGRUDI da PlayTV onde escolhemos os mais legais para passar na programação aos domingos. O programa encerrou em Agosto de 2020 suas atividades (saiba mais como ajudar para que ele volte clicando aqui).

Seu Clipe na TV

Fizemos um guia completo de “Como fazer para seu clipe aparecer na TV?“.

Os Melhores Clipes Independentes | Março (2024)

Neste mês de Abril trarei os melhores que saíram no último mês e que merecem destaque. Claro que o listão continua democrático e no fim você encontrará uma playlist no youtube – e Spotify – com os 71 coletados ao longo do mês.

A produção independente cresce a cada dia que passa e o investimento na divulgação também. Em uma geração em que poucos escutam um disco do começo ao fim, o artifício dos web clipes tem sido uma boa maneira de expor seus trabalhos.

E estes são feitos de todas as formas, com alto ou baixo custo de produção. Com ideias mais certinhas a criativas. No fim das contas, o que interessa é eternizar aquele momento e expor seu trabalho com a estética que mais convém atrelar a imagem da banda.

Os “Scouts” dos clipes independentes lançados em Março

Em Março inúmeras bandas começaram a divulgar seus curtas promovendo singles antigos ou que estarão presentes em seus futuros álbuns ou EP’s.

Reunimos 71 clipes lançados neste mês que mostram alguns dos novos talentos da música independente brasileira.

O que impressiona é termos uma média de 2,29 clipes sendo lançados no independente por dia. Na lista temos 71 artistas de 15 estados.

OS SELECIONADOS TAMBÉM FAZEM PARTE DA PLAYLIST CRIADA ESPECIALMENTE PELO HITS PERDIDOS PARA ETERNIZAR OS VÍDEOS LANÇADOS NESTE MÊS DE MARÇO. ALIÁS, NÃO DEIXE DE SEGUIR O PERFIL DO HITS NO SPOTIFY!

1) Papisa feat. Luiza Lian “Amor Delírio”



Amor ou delírio, é essa a grande questão presente no videoclipe, entre memórias e possíveis desfechos. A intensidade ganha as telas com muita delicadeza e contornos. A fotografia é um dos grandes destaques do vídeo que faz um paralelo entre o real e o universo onírico.

Entre olhares, passagens e introspecção, elementos como estrada, fogo, fuga da realidade e memórias turvas, criam uma atmosfera que aproxima o espectador de todo sentimento envolvido. Os fragmentos, entre o real e a ilusão, dão asas a todas as possibilidades de novas narrativas que aquela relação poderia ter, ser ou até se desenvolver, mas que devido ao desfecho que a vida tratou de escrever: nunca ganhará a luz do dia.

O vídeo teve a direção de Lucas Mooluscos, que assina o roteiro ao lado de Ana Mori, direção de fotografia de Pedro Saviolli e participação do ator Rafael Américo contracenando com Rita.

“Amor delírio é um videoclipe que narra uma aventura de memórias, coisas construídas pelo amor e re-construídas pelo delírio. Uma saudade não falada, um devaneio do intenso sentimento do amor. Quando a Papisa me chamou para roteirizar e dirigir esse filme pensamos várias obras que traziam o tema do amor delírio, sendo a principal referência “Brilho eterno de uma mente sem lembranças” filme de Michel Gondry, que foi um diretor inspiração para vários caminhos que o filme tomou. Conversamos muito também sobre obras de arte que retratam o tema como “os amantes” do René Magritte, “o beijo” de Gustav Klimt. Assim fomos construindo essa narrativa composta por memórias que se seguem através de uma linha narrativa que passeia entre o real e irreal.

Junto com a nossa diretora de arte Ana Mori construí esse roteiro que tinha como base uma road trip de um trajeto já feito pela personagem em algum momento, essa estrada se torna cada vez mais familiar a ponto de memórias se tornarem muito vívidas.

Assim aterrizamos numa linguagem fotográfica analógica. Com a ajuda do Pedro Saviolli nosso diretor de Fotografia, escolhemos lentes clássicas da Nikkor para trazer esse look nostálgico para o filme.

Buscamos trazer símbolos opostos durante o filme todo, como a água e o fogo, o inverno e o verão, tendo em mente que a grande jornada do amor se trata de um grande conflito e abraço entre opostos. A letra da música e as instrumentalizações sensoriais que elas trazem guiaram a linguagem do filme para que trouxéssemos uma história que mostrasse que nada é para sempre, mas que em algum lugar entre o delírio e a realidade tudo pode ser para sempre.”, conta Lucas Mooluscos

Sobre as referências ele completa: “Quando a Papisa convidou-me para roteirizar e dirigir o clipe, pensamos sobre várias obras que traziam o tema do amor delírio, e a principal referência foi o filme ‘O Despertar da Mente’, de Michel Gondry. Conversamos também sobre obras de arte, como ‘Os amantes’, de René Magritte, e ‘O beijo’, de Gustav Klimt. Assim, construímos esta história composta por memórias que passeiam entre o real e o irreal”.

Leia a matéria completa

2) Justine “Blush”



Em março foi a vez do Justine, de Sorocaba (SP), lançar o videoclipe para “Blush” que antecedeu seu novo disco.

O vídeo, elaborado pela F5 Creative Films, teve direção e direção de fotografia de Chores Rodrigues e Ricardo Camargo, e mostra de forma lúdica o conflito de casais, dos silenciosos aos explosivos. A fotografia e a escolha da palheta de cores deixam a imersão ainda mais profunda.

“Essa canção teve um processo de composição um pouco diferente do que de costume, ela surgiu pelas linhas de synth que soam no decorrer da música toda, seguido pela bateria eletrônica, com guitarras vindo só no final do processo, fazendo um contraponto de polirritmia”, explica Gabriel.

3) Julie & Manita “Descascar Caranguejo”



Julie Duarte e Gabriel Manita lançaram o primeiro trabalho autoral em parceria em março, o single “Descascar Caranguejo”. A produção explora o universo da astrologia e do avanço da IA para refletir sobre o desejo do encontro.

Sinopse do clipe

Um aplicativo fictício de encontros – Match no Meta – baseado em sinastrias astrológicas é o ponto de partida para o encontro entre uma taurina e um canceriano. O local? Um restaurante! A situação? Um jantar! O prato? Quem sabe?

O material conta com a participação especial de Vitor DiCastro interpretando a IA do curta. O vídeo tem inspiração em estéticas diversas como as de Wes Wes Anderson, Quentin Tarantino, Charlie Chaplin, Almodóvar e Marina Abramovic que se somam em uma espécie de tragicomédia brasileira.

“Descascar Caranguejo” é uma reflexão sobre essa nossa “casca dura”; a máscara que usamos muitas vezes ao nos relacionar e que muitas vezes nos impede de mostrar uma “carne doce”‘, conta o duo

4) Bryan Behr feat Duda Beat “Azul”



O catarinense Bryan Behr lançou o videoclipe para “Azul”, faixa que tem a participação de pernambucana Duda Beat.

O videoclipe conta a história de um reencontro em uma festa, com atmosfera de atração. Produzido pela CAVE, o material foi dirigido por Hideki Onuki, com direção de fotografia de Gabriel Gomes e direção de arte de Bárbara Lavinia Dias.

“A oportunidade dessa colaboração surgiu com o convite do Bryan. Quando ele me mandou a música, o que mais me atraiu foi a própria canção, que é muito bonita. A produção é uma harmonia linda”, conta Duda

5) K a m a i t a c h i “O Sono de Emily”



O começo de março também ficou marcado pelo novo clipe de K a m a i t a c h i para “O Sono de Emily”. Com histórias que se interligam, o vídeo integra o projeto que conta com enigmas para o público desvendar. O material inaugura a primeira temporada da Fábrica de Histórias Kamaitachi.

As temporadas ainda terão enigmas para o público desvendar. A primeira será permeada por quatro símbolos: a caveira, que significa as dark songs; o coração, que representa as músicas de amor ou melancólicas; a faca, que simboliza a loucura do ser humano e contam histórias de assassinos; o livro, que significa a história. Dois destes símbolos juntos representam a próxima animação que estará por vir.

Kamaitachi, nome artístico do carioca de 24 anos Rafael Gonçalves, será 01, o grande contador de histórias da FHK. Ele é responsável pela elaboração de toda ficção, compondo as músicas e também fazendo parte do time visual. Ao lado dele, na equipe por trás das animações estão Swoon, Hippy, Danverdura, Victor Trindade e Draken. Luiza Caspary, dubladora da série “The last of us”, participou do teaser de lançamento da FHK.

“A Fábrica de Histórias Kamaitachi” é um laboratório científico psíquico no qual pessoas vão para buscar entretenimento em realidade aumentada. Só que essa fonte é alimentada por uma fuinha, que transmite uma onda sonora que te leva para uma outra realidade. É um local de experimentos”, conta o cantor carioca

O videoclipe conta a história de dois personagens, Bob e Emily, que estão lidando com medos e inseguranças. Bob expressa um desejo genuíno de ser amigo de Emily, prometendo estar presente para ela e ajudá-la a superar seus medos. A referência às sombras parece sugerir a presença de preocupações ou problemas enfrentados por eles, mas a dupla está disposta a enfrentá-los juntos. A música transmite uma mensagem de apoio, amizade e conforto mútuo diante das dificuldades.

6) Sérgio Pererê “Chorei Só”



O cantor e compositor Sérgio Pererê apresentou o single “Chorei Só”, com participação de Mônica Salmaso, é uma prévia de seu próximo disco, Canções de Outono.

Essa música é considerada uma ‘sofrência’ declarada, uma ‘sofrência’ de amor, mas ao mesmo tempo com uma cara própria. Não é aquela ‘sofrência’ do arrocha, do sertanejo”, diz Pererê.

O videoclipe da música, é uma animação onírica, protagonizada por uma mulher negra, e elaborada pelo artista visual Marcio H. Mota, que tem trabalhos de animação sobre as obras de músicos como Hamilton de Holanda, Kastrup, Paola Pelosini, entre outros.

OUTROS CLIPES INDEPENDENTES

Além dos 6 eleitos como melhores do mês de Março | 2024 nas playlists do Youtube e Spotify vocês poderão encontrar os clipes dos artistas e bandas:

Murilo Chester, Rachel Reis “Por Que Não” (Salvador / BA), Gui Flowerz, Bona “Moonlight 2.0” (Limeira / SP), Jáder & GOMES “Algo Bom” (Recife / PE), Jardim Soma “Vivo Arte” (BA).

Melhores Clipes Independentes | Março (2024)| Parte 2

Sofia Freire “Arrebento” (Recife / PE), Binarious feat. Tom Suassuna “Indivíduo (vida-morte-vida)” (Brasília / DF), Caio Prado “Sem Demandas” (Rio de Janeiro / RJ), Antiprisma “Tente Não Esquecer” part. Bemti (SP), Juliana Amaral “Ponto Encruza” (São Bernardo do Campo / SP), Sr. Infame “Coração Selvagem” (Cuiabá / MT), Apeles “In God’s Hands” (São Paulo / SP).

Melhores Clipes Independentes | Março (2024)| Parte 3

João Fênix feat. Filipe Catto “O Vento” (Recife / PE), Jovem Dionisio “Neste Contexto” (Curitiba / PR), Leandro Ferraz “De Outro Tempo” (São Paulo / SP), Francisco, el Hombre “O QUE EXISTE É O AGORA” feat. Lenine (SP), Fantástico Caramelo “Melhor Assim” (Rio do Sul / SC), Ruby feat. Rincon Sapiência “Tudo Meu” (MG), Brisa Flow “Dentro dos Seus Olhos” (Sabará / SP), Pedro Jules “Guria Glam Rock Star” (Canela / RS).

Angra “Here In The Now” feat. Vanessa Moreno (São Paulo / SP), Loyal Gun “Side By Side” (São Paulo / SP), Gabriel Fernandes e Vini Pitanga “O Que Eu Sempre Quis” (RJ), Muriata “A Verdade” (PB), Mariana Froes “Fogueira” (Anápolis / GO), Cynthia Luz “Mais Sobre Mim” (Itajubá / MG).

Melhores Clipes Independentes | Março (2024)| Parte 4

Emely Polly “Terapia” (Caxias do Sul / RS), Jaco “Celular” (São Paulo / SP), GIULI “Fora Daqui” (MG), Vanessa Moreno “Girassóis” (São Bernardo do Campo / SP), Blind Horse “The Witch” (Rio de Janeiro / RJ), Favela Atômica “Desaceleração” (Salvador / BA), Fino Coletivo “Alguma Coisa Mais pra Frente” (Rio de Janeiro / RJ), BIAB “Serena” (RJ), Fuz Aka feat Ella Voa “Oya Matamba Caboclo Chegô” (São Paulo / SP).

Elder Effe “O Incrível Homem que não saía de Casa” (Castanhal / PA), Boring Asswholes “Death Comes Knocking” (São Paulo / SP), Juliano Moreira “O que a gente faz” (Salvador / BA), Rincon Sapiência “Jogo de Cintura” (São Paulo / SP).

Melhores Clipes Independentes | Março (2024)| Parte 5

Luis Mariutti “God Of War” feat. Thiago Bianchi, Hugo Mariutti e Rodrigo Oliveira (São Paulo / SP), Nokaos “Uma Vida Inteira” (ABC Paulista / SP), Zumbis do Espaço “A Fúria Selvagem” (Taubaté / SP), João Albino “Dona Dilce” (Bauru / SP), Leal “Sem Pressa” (Rio de Janeiro / RJ), Froid “Gucci & Chanel” (feat. Dudu) (Belo Horizonte / MG), Ivyson “Serena” (Recife / PE), Alice Coelho “Tardes de Verão” (Rio de Janeiro / RJ).
Hellory and The Solitaryman “Não Quero Mais” (Guaçuí / ES), 3 Pipe Problem “Out of Control” (São Paulo / SP), Diego Xavier Trio “Estrada” (São José dos Campos / SP), Soutø “Alto Fluxo” (Campos / RJ), Gabo Maré “Meus Inimigos” (Jundiaí / SP), MD Chefe ft. Filipe Ret “Distante” (Rio de Janeiro / RJ), Delacruz e Carol Andrade “Explícito” (Rio de Janeiro / RJ).

Melhores Clipes Independentes | Maro (2024)| Parte 6

L7NNON “Sem Jeito” part. Don L (Rio de Janeiro / RJ), Penedo “Zero Zero” ft. Danzo (BA), MC CaverinhaVulgo FKBaco Exu do Blues “Duvidosa” (Mogi das Cruzes / SP), ROD “Deus Dará” (feat. MV Bill) (BA), Rafael Stonne “Eu Tô Em Outra” (Itapevi / SP), Kawe, WIU “Carolina” (São Paulo / SP), Guilherme Castro “Inside Out” (Belo Horizonte / MG), Mc Sid “Durmo Tão Pouco” (Brasília / DF), Tibless “Nós dois ao vivo” (SP), Enrico “Caminhãozinho” (GO), Hangover “I Don’t Fear The Death” (Arcos / MG), Kiko Prata & Os Reluzentes “Missão Impossível” (RS).


Rita Oliva, a Papisa, teve clipe em destaque na lista de março. – Foto Por: Julia Mataruna

PLAYLIST NO YOUTUBE (Março) | 2024)

Preparamos também uma playlist no Youtube com os 71 videoclipes coletados durante o mês de Março | 2024. Assim quem quiser ver tudo de uma vez basta apertar o play.



PLAYLIST NO SPOTIFY (Março | 2024)

Desta forma chegamos a playlist com os melhores clipes independentes lançados no mês de Março (2024). Dos 71 vídeos do post 70 músicas estão disponíveis no Spotify e entraram em nossa playlist.

-> Siga o Perfil do Hits Perdidos no Spotify <-




Qual dos melhores clipes independentes | Março (2024) você mais gostou?

Conta para gente nos comentários deste post qual dos Melhores Clipes Independentes | Março (2024) você mais gostou!

This post was published on 16 de abril de 2024 10:00 am

Rafael Chioccarello

Editor-Chefe e Fundador do Hits Perdidos.

Posts Recentes

C6 Fest 2024: Segundo dia tem brilho do Black Pumas e Raye, Cimafunk como surpresa, Romy e Soft Cell jogam para a torcida

C6 Fest 2024 tem como destaque no segundo dia Black Pumas e Cimafunk Depois da…

19 de maio de 2024

Lobofest anuncia line-up com Boogarins, FBC, DJ Ramemes, Rodrigo Alarcon, Cidade Dormitório e mais

Produtora Lobotomia, de Sorocaba (SP), é a responsável pelo Lobofest que realiza a sua segunda…

15 de maio de 2024

31ª edição do Prêmio da Música Brasileira, conheça os indicados

Ao todo a premiação de 2024 da 31ª edição Prêmio da Música Brasileira, que acontece…

13 de maio de 2024

16º In-Edit Brasil divulga lista de filmes nacionais selecionados

Programação do 16º In-Edit Brasil acontece entre de 12 a 23 de junho, em São…

13 de maio de 2024

Ouvimos Antes: Black Pantera, Bebé, Apeles, Atalhos e The Holydrug Couple, Lauiz

Seleção da semana do Hits Perdidos conta com Black Pantera, Bebé, Apeles, Atalhos e The…

10 de maio de 2024

Entre sonhos e nostalgia, Renan Rocha lança “Debaixo do Travesseiro”, seu primeiro single solo e em português

“Debaixo do Travesseiro” é o primeiro lançamento em português de Renan Rocha Conhecido por fazer…

9 de maio de 2024

This website uses cookies.