MagrolisMC aposta no Jersey, vertente do trap, para apresentar sua nova fase

 MagrolisMC aposta no Jersey, vertente do trap, para apresentar sua nova fase

MagrolisMC lança o single “Nova Fase” pela Algohits. – Foto Por: Cauê Tarnowski

Insólito”, disco de estreia do trapper da zona leste, MagrolisMC inovará na proposta artística; “Nova Fase” é a primeira faixa a ser revelada

O trapper MagrolisMC lançará em breve seu álbum de estreia, Insólito, pela Algohits. O material reúne 11 faixas, 4 beatmakers e ao todo terá 8 participações especiais. O disco de estreia vem sendo gravado a um ano e inovará na proposta de seguir contra a corrente do que está sendo feito atualmente na cena de trap.


MagrolisMC lança o single "Nova Fase" - Foto Por Cauê Tarnowski
MagrolisMC lança o single “Nova Fase” pela Algohits. – Foto Por: Cauê Tarnowski

O primeiro single a ser revelado, ” uma nova vertente a ser explorada, o Jersey. “É um segmento meio que novo assim no Brasil, não tão novo assim, mas pouco explorado, para mim também foi o primeiro que eu fiz.”, conta MagrolisMC

“Nova Fase”, como o próprio nome evoca, apresenta um novo momento na carreira do MC de São Miguel Paulista, zona leste de SP, e tem a produção musical de Iceton. A faixa é um “Jersey”.

O que é Jersey?

O estilo Jersey mistura Trap junto a timbres de house, realizando transições de um instrumental para o outro no meio da música.

MagrolisMC “Nova Fase”

O lead single de Insólito, oficialmente lançado em parceria com a Algohits nesta sexta-feira (22/09), na composição revela a realidade de quem só está perto para atrasar o seu sucesso. Enfatizando sua “Nova Fase” como nada mais que seu novo momento. A canção exalta a disposição necessária para fazer tudo acontecer.

“O beat é do Iceton, e ele também conseguiu deixar de um jeito ali que eu achei muito foda. Eu consegui surfar bastante assim, não só nos flows, subi bastante o tom, o D.C., enfim, criei melodias em cima disso. E foi da hora.”, relembra MagrolisMC sobre a produção



Sobre a escolha do single como o carro chefe do trabalho, o MC revela que sente que a música é pra cima, que pede passagem e tem como mensagem a superação. Magrolis acredita que ela retrata a evolução que você pode fazer e pro bem, desta forma ilustrando a nova fase.

Em relação ao tempo entre os lançamentos em uma indústria onde o consumo é acelerado ele comenta: “Decidi soltar ela antes para mostrar que o Magrolis voltou, o Magrolis está de uma forma diferente, entendeu? Na verdade o Magrolis nunca ficou de fora, só parou um tempo pra criar coisas novas, e não vir com coisas que todo mundo está cansado de ouvir.”

A questão da identidade é um dos grandes nortes de Insólito, como o MC revela.

“É uma nova fase minha. São os meus sons que a galera nunca viu. A forma que eu tô rimando, que eu tô cantando, as coisas que eu falo, eu acho assim, é que eu não mudei 100%, mas eu evoluí bastante. Só do fato de ter me dedicado 100% ao álbum que foi esse tempo de um ano, um ano e pouco. Eu acho que deu pra mudar muita coisa, eu vou conseguir mostrar muita coisa. Além disso, eu fugi de tudo que a galera tá tentando fazer. Do caminho fácil de ficar replicando. Procurei um caminho novo e existem vários.”

O álbum Insólito, do MagrolisMC, está a caminho

Entre os estilos, o álbum passará pelo Jersey, funk e o trap. Já nas participações especiais, o material reunirá nomes como Yunk Vino, FEBEM, Danzo, Kuririn, Sena Mc, Dalsin, Ionder, Grego e Jeffinho N.O. Entre os
beatmakers que fazem parte do registro estão Souza Beats, que assina a produção de algumas faixas, além da mixagem e masterização, Bvga e Toledo, que trabalham com Veigh, além de Iceton.

Entre as referências, o trapper trará suas vivências na rua, das alegrias aos momentos tristes, de andar dentro e fora da linha, passando por love songs, músicas para refletir e também dos momentos de descontração com os amigos.

“Eu falo muito de mim, das minhas vivências da rua, do crime, de tudo que eu tive assim na minha frente que foi o que eu vi. Não que eu quis, mas foi o que eu vi o que eu tive, que eu cresci, né?

E o Insólito é isso, o Insólito é você passar por tudo isso, contornar tudo isso e conseguir criar alguma arte em cima disso. Tá ligado? Eu acho que o insólito se baseia nisso. É adversidade que cria algo maior.”, reflete MagrolisMC

O porque do nome?

Insólito significa pouco visto, raro, fora dos padrões, né? Eu sempre brinquei com isso, tanto é que a minha biografia do Instagram. Nela estava escrito único. Só tinha esse escrito na biografia já fazia anos que é uma parada que eu sempre brisei porque no rap, no trap é muito fácil, às vezes você fazer sucesso, replicando.

O cara lança uma parada que ele copiou um cara de fora e você copiou o cara do Brasil que copiou de fora. Então eu acho que às vezes é mais fácil seguir por esse caminho. Eu já escolhi não seguir.”, revela MagrolisMC

A história por trás do nome do disco é no mínimo curiosa: “A primeira vez que eu vi a palavra “insólito”, foi acho que na TV Senado, TV Câmara, sei lá, que passa coisas de política toda hora.

Nem sei porque eu estava vendo aquilo, não lembro o nome mas um deputado lá, falou em “insólito“. E eu sou muito curioso, fui pesquisar, né? Aí achei o significado muito foda e a partir daí eu decidi que era isso, tá ligado? Acho que é uma parada que representa bastante tudo o que eu fiz.”

Ficha Técnica:

MagrolisMC “Nova Fase”
Ouça nas plataformas digitais
Produção: Iceton
Composição: MagrolisMC
Mixagem e Masterização: Souza Beats
Beatmaker: Iceton
Gravação: Algohits
Selo: Algohits
Distribuidora: Symphonic
Lyric Vídeo: Cyber Bruxo
Concepção e Direção de Arte: Bruno Oliveira (@eubolivera)

Rafael Chioccarello

Editor-Chefe e Fundador do Hits Perdidos.

Related post

error: O conteúdo está protegido!!