Balaclava Fest revela o line up completo da edição de 10 anos; Pluma, Bruno Berle e Jennifer Souza são confirmados

 Balaclava Fest revela o line up completo da edição de 10 anos; Pluma, Bruno Berle e Jennifer Souza são confirmados

Pluma é uma das atrações da edição de 10 anos do Balaclava Fest – Foto: Divulgação

O selo musical, produtora cultural, editora fonográfica e revista, Balaclava, apresenta hoje, o line up completo do festival que comemora os 10 anos das suas atividades. O Balaclava Fest que anteriormente já havia revelado três atrações internacionais (Alvvays, Fleet Foxes e Crumb) além da Ombu, banda que integra o casting, e nesta quarta-feira (30/11) releva o line up completo.

O festival acontece no domingo 11/12, no Tokio Marine Hall, em São Paulo, tem ingressos à venda no site do Ingresse (garanta o seu clicando aqui). O local conta com capacidade para 4 mil pessoas, marcando assim a maior edição da história do festival.

As grandes novidades ficam por conta das atrações nacional que dão ainda mais peso para o Balaclava Fest. Além da Ombu, já confirmada na primeira leva, em Setembro, se juntam a escalação final a Pluma, Bruno Berle e Jennifer Souza.


cartaz balaclava fest 2022-dez_final-landscape


Conheça mais sobre as atrações do Balaclava Fest de 10 anos

Bruno Berle

Com dois álbuns de estúdio, Arapiraca Maceió 2013 (2014) e Disco de Natal (2019), o alagoano Bruno Berle se prepara para lançar seu próximo material através do cultuado selo inglês Far Out Recordings. Especializado em música brasileira, artistas como Marcos Valle, Hermeto Pascoal, Banda Black Rio, Amaro Freitas, Azymuth e até mesmo o maestro Arthur Verocai, fazem parte do casting.

Em Julho ele lançou o álbum, No reino dos afetos, com o hit indie “Quero Dizer” com influências que vão de Frank Ocean a João Gilberto. Na época do lançamento do single, ele nos contou que a experimentação se dá na busca de imprimir sua própria identidade.

“A gente captou mais formas de som, de lugares diferentes, de outros ambientes, coisa que é meio engessada em um álbum feito em estúdio, com grandes microfones, por exemplo”, conta Berle sobre a construção do disco

Pluma

O TCC costuma ser uma das épocas mais tensas dentro da grade curricular de qualquer curso. Muitas vezes, aquele projeto que debruçamos longos meses para concluir, acaba ficando de lado. Já em outros, acaba sendo apenas o começo de uma nova história. Foi mais ou menos assim que aconteceu com o quarteto paulistano Pluma.

Formada por Diego Vargas (teclado/synth), Guilherme Cunha (baixo), Lucas Teixeira (bateria) e Marina Reis (vocal), a Pluma nasceu ainda nos tempos de Belas Artes, e carrega na leveza e na fusão sonora seus contornos e alicerces.

Entre as referências sonoras, por mais que rotular seja a cada dia mais difícil, eles citam jazz passando pelo rock psicodélico, o R&B e o pop.

Clube da Esquina foi a principal referência para compor a melodia de ‘Esquinas’. O Dizzy [Diego] é mineiro e cresceu ouvindo eles, então é meio instintivo. Milton e Lô Borges compunham seguindo as sétimas maiores dos acordes, fizemos algo parecido, seguindo as nonas também.

Além disso tentamos pegar referências do psicodélico, como Boogarins e Crumb, e do pessoal do neo soul e do jazz internacional, como BADBADNOTGOOD e Mr. Jukes, contou a cantora Marina Reis em entrevista para o Hits Perdidos na época do lançamento do primeiro single da história da banda, “Esquinas”


Pluma no Balaclava Fest 10 anos
Pluma é uma das atrações da edição de 10 anos do Balaclava FestFoto: Divulgação

Jennifer Souza

Jennifer Souza, conhecida por seu trabalho ao lado das bandas Moons e Transmissor, lançou um lindo B-Side. “Sêr Estrela”, lançou na segunda-feira em Premiere no Hits PerdidosSêr Estrela“, uma faixa que foi produzida por Leonardo Marques (Ilha do Corvo) ao lado da artista tendo sido gravada no mesmo período que seu aclamado álbum de estreia Pacífica Pedra Branca (Balaclava Records/2021).

O disco tem referências de Milton Nascimento com arranjos do folk e indie norte-americano e que foi indicado como um dos melhores discos do ano pela APCA (Associação Paulista dos Críticos de Artes).

Sobre o Balaclava Fest

O Balaclava Fest já contou com onze edições desde 2015 e se tornou um dos principais eventos da música na América do Sul, ao reunir nomes de destaque da música pop e alternativa nacional e internacional, com duas edições ao ano.

Já passaram pelo festival nomes de destaque como Mac Demarco, Warpaint, Kelela, RIDE, Deerhunter, Mercury Rev, Shame, Yuck, Wild Nothing, Terno Rei e Elza Soares, entre tantos outros.

Serviço:

Balaclava Fest 10 Anos com Fleet Foxes, Alvvays, Crumb, Ombu, Jennifer Souza, Bruno Berle e Pluma

Data: 11 de dezembro de 2022
Local: Tokio Marine Hall – Bragança Paulista, 1281 – Várzea de Baixo
Próximo à estação João Dias (Linha 9-Esmeralda CPTM)
Horários do festival:
Portas 15h
Encerramento 23h
Classificação etária: 16+
Ingressos: ingresse.com/balaclavafestdez22

Rafael Chioccarello

Editor-Chefe e Fundador do Hits Perdidos.

Related post

error: O conteúdo está protegido!!