Os Melhores Clipes Independentes | Outubro (2022)

 Os Melhores Clipes Independentes | Outubro (2022)

Confira os melhores clipes independentes lançados em Outubro | 2022 em seleção especial feita pelo Hits Perdidos!

Melhores Clipes Independentes 2022

As listas de melhores clipes independentes 2022 estão a todo vapor no Hits Perdidos. Você já conhece e acompanha por aqui elas todo mês e damos o pontapé inicial pelo sexto ano consecutivo.

Para quem é novo por aqui seja bem-vindo e acompanhe o Hits pelas redes sociais (temos InstagramFacebookSpotify…).

2017 foi marcado pelo grande sucesso dos listões de melhores clipes independentes que até deram origem a um estudo super detalhado sobre a produção audiovisual do independente brasileiro.

Em 2018 veio a parceria com o UDIGRUDI da PlayTV onde escolhemos os mais legais para passar na programação aos domingos. O programa encerrou em Agosto de 2020 suas atividades (saiba mais como ajudar para que ele volte clicando aqui).

Listas de Melhores Clipes (2022)

* Janeiro
* Fevereiro
* Março
* Abril
* Maio
* Junho
* Julho
* Agosto
* Setembro

Seu Clipe na TV

Fizemos um guia completo de “Como fazer para seu clipe aparecer na TV?“.

Os Melhores Clipes Independentes | Outubro (2022)

Neste mês de Outubro trarei os melhores que saíram no último mês e que merecem destaque. Claro que o listãocontinua democrático e no fim você encontrará uma playlist no youtube – e Spotify – com os 80 coletados ao longo do mês.

A produção independente cresce a cada dia que passa e o investimento na divulgação também. Em uma geração em que poucos escutam um disco do começo ao fim, o artifício dos web clipes tem sido uma boa maneira de expor seus trabalhos.

E estes são feitos de todas formas, com alto ou baixo custo de produção. Com ideias mais certinhas a criativas. No fim das contas o que interessa é eternizar aquele momento e expor seu trabalho com a estética que mais convém atrelar a imagem da banda.

Os “Scouts” dos clipes independentes lançados em Outubro

Em Outubro inúmeras bandas começaram a divulgar seus curtas promovendo singles antigos ou que estarão presentes em seus futuros álbuns ou EP’s.

Reunimos 80 clipes lançados neste mês que mostram alguns dos novos talentos da música independente brasileira.

O que impressiona é termos uma média de 2,58 clipes sendo lançados no independente por dia. Na lista temos 79 artistas de 13 estados.

OS SELECIONADOS TAMBÉM FAZEM PARTE DA PLAYLIST CRIADA ESPECIALMENTE PELO HITS PERDIDOS PARA ETERNIZAR OS VÍDEOS LANÇADOS NESTE MÊS DE OUTUBRO. ALIÁS NÃO DEIXE DE SEGUIR O PERFIL DO HITS NO SPOTIFY!

1) Guto “Mal & Bem” 



O mineiro Guto Brant lançou em Outubro o videoclipe para “Mal & Bem”, faixa com imersão no momento político do Brasil.

“Essa música nasceu poucos dias depois que assisti a uma live do jornalista Bruno Torturra em que ele analisava esse novo cenário onde, politicamente, a gente para de discutir a oposição ‘Direita vs. Esquerda’ e se vê obrigado a responder ao antagonismo teológico do ‘Bem vs. Mal’.

A canção veio do desejo de dizer: ‘Poxa, se o Bem é isso que a extrema-direita tem praticado, melhor que sejamos do Mal mesmo’, ou, como é dito efetivamente na letra: ‘Se o Bem for do Mal então o Mal é do Bem, né?’.”, conta Guto

“A redução simbólica que transforma ‘Bem e Mal’ em ‘Igreja e Bar’ é propositalmente simplória e dialoga com a construção da faixa, que passeia rasa: simples nas letras, no arranjo. É uma balada, afinal de contas, dançante e quase estúpida”, completa o músico sobre a faixa

Já o videoclipe foi dirigido pela dupla RAVAL (Bárbara Magri e Vicente França) e foi gravado em apenas uma diária em Belo Horizonte (MG).

A produção que capricha nos detalhes, do cenário, passando pela ambientação, coreografia e tem figurino feito pelo stylish David Souza. O roteiro brinca com o bar, a igreja, funde os universos e transforma tudo em uma fantasia. O vídeo conta com a atuação do ator suíço-brasileiro Paulo Tiefenthaler.

2) Kayode “Podcast / Pedra da Memória”



Para promover o álbum Flow da Pele, o rapper Kayode lançou o videoclipe duplo para “Podcast” e “Pedra da Memória”. Conceitual, o material aborda e denuncia de forma veemente o racismo, o abuso e a violência policial enfrentados diariamente por pardos e pretos. O material é dirigido pela dupla Paladino (Bruno Galloni e Gabriel Avelar – da Santa Transmedia), foi produzido de forma independente e gravado durante três dias entre Heliópolis e Mooca.

Segundo os diretores o roteiro foi construído de forma colaborativa entre eles, o rapper e outros dramaturgos como Deniel Miranda e Ro Roel.

Entre as referências apontadas estão o caso de Genivaldo de Jesus Santos, morto numa câmera de gás improvisada dentro de uma viatura no Sergipe; e outras mais metafóricas como uma releitura de Pietá, de Michelangelo, trazendo uma reflexão sobre a personificação do Jesus Branco.

3) Bia Ferreira “Dois Dedim” 



Antes de lançar a primeira parte do álbum Faminta, Bia Ferreira apresentou o single “Dois Dedim” via AlgoHits e Natura Musical. A faixa ganhou um videoclipe dirigido por Luq Dias e narra uma história de amor.

Em sua narrativa a produção audiovisual parte da premissa de captar a essência dos corpos negros em sincronia. “O álbum Faminta traz várias ideias. O que as pessoas podem esperar dessa primeira parte do álbum é muito amor, muito calor, muita love song. Aquelas músicas para colocar na playlist, deixar a luz baixa e vrau”, conta Ferreira

“Que o diálogo seja sempre usado para desatar esses nós que ficam amarrados, trancando a comunicação da gente e a troca de afeto”, reflete a artista

4) Giulia Be “Desficava”



Com narrativa cinematográfica que nos leva para o universo de séries que viajam no tempo o videoclipe de “Desficava”, de Giulia Be, foi lançado em Outubro. A canção em sua produção audiovisual busca retratar uma espécie de máquina do tempo para se desfazer de um amor que já não faz mais bem.

“A nossa forma de nos relacionar com o tempo pode ser medida de diferentes formas, até mesmo pelas palavras que usamos. ‘desficava’ vem dessa sensação de querer voltar no tempo e reescrever o passado, alterando uma linha do tempo em que você não teria cometido os mesmos erros ou atitudes. Acredito que esse é um sentimento que muitas pessoas vão se relacionar. Porque de máquina do tempo hoje, só nos basta as memórias do passado, ou os sonhos do futuro”, comentou a cantora.

A cantora também atua como atriz no filme “Depois do Universo” (“Beyond the Universe”), da Netflix, e o vídeo parece viajar entre os universos de Stranger Things e de Dark.

5) Jade Baraldo “Insegurança”



Também embalado pelo universo dos relacionamentos, Jade Baraldo disponibilizou em Outubro o ótimo videoclipe para “Insegurança”. Na canção ela descreve uma relação tóxica que a deixa em situações de vulnerabilidade mas que mesmo assim não consegue desgarrar. Com roteiro de Jade e direção de DUPLA, o ar de suspense e de universos lúdicos ganha terreno com destaque para o trabalho da produção, cenário e storytelling.

6) O Campo “Tatarô”



A banda O Campo, de Taubaté, interior de São Paulo, apresenta “Tatarô”, seu primeiro EP de estúdio e segundo trabalho de carreira. O lançamento passa por ritmos como post rock, música brasileira, indie e experimental, e para celebrar a faixa título ganhou um videoclipe dirigido por Michel Cruz e Lucci Antunes e estrelado por Pedro Ortiz e Danilo Bonato.

“A música fala sobre o olho no olho, improviso, espontaneidade, milésimos de segundo em que olhos se cruzam e se entendem. Milésimos de segundo em que se surge uma ideia, ou milésimos de segundo em que uma ideia some.

O clipe surgiu no nosso imaginário durante a fase de composição do EP, lá em Natividade da Serra, onde o clipe foi gravado. Durante a imersão da banda enquanto trabalhávamos na canção e no EP, o roteiro surgiu no nosso imaginário coletivo quase que exatamente do jeito que acabou finalizado. Nós ainda não tínhamos a imagem e nem o termo Tatarô, mas o roteiro e a ideia do clipe eram as mesmas, a gente só foi preenchendo as lacunas de acordo com o tempo e com a evolução da música. Mas até o ator Pedro Ortiz também já havia sido escalado nesse imaginário.

E trabalhar com o Lucci, a Mô, o Kenia, o Gui e toda nossa equipe, é algo que já acontece tão naturalmente pra banda, que foi um processo de fato muito tatarístico.

Sua história é sobre a busca pela inspiração, pela criatividade, o termo Tatarô pra nós se resumiu a isso. É algo que está dentro de nós e que estamos sempre buscando, mas não sabemos muito bem como é e como expressar isso. Pra nós isso acontece através da música, ela é nossa ferramenta de contato com essa espontaneidade que estamos buscando. E o Tatarô é o nosso resultado disso.”, contou O Campo durante Premiere no Hits Perdidos

7) Lara Aufranc “Soluços” 



Para sua versão de “Soluços”, originalmente escrita por Jards Macalé, Lara Aufranc preparou um videoclipe caprichado para a versão. A atriz Natalia Molina é retratada em diversos momentos do dia a dia para refletir sobre um assunto bastante contemporânea, o da saúde mental. A direção e o roteiro são assinados por Tarsila Araújo ao lado de Lara, já a fotografia foi realizada por Rodrigo Kassab; Thaís Teixeira assina a direção de arte.

OUTROS CLIPES INDEPENDENTES

Além dos 7 eleitos como melhores do mês de Outubro | 2022 nas playlists do Youtube e Spotify vocês poderão encontrar os clipes dos artistas e bandas:

Gilsons “Um Só”, Djongaconversa com uma menina branca” (Belo Horizonte / MG), Mad Sneaks “Inside the Middles” (GO), Orfélia “Tudo o Que Move” (BR/PT), Day Limns & Alva “Sorte Ou Azar” (Goiânia / GO), Nick Souza “Perreo”.

Melhores Clipes Independentes | Outubro (2022)| Parte 2

Looa “Shapeshifter” (PR), Planet HempTaca Fogo” (Rio de Janeiro / RJ), Luísa e Os Alquimistas “Boto Pra Torar” (Natal / RN), “Um Raio”, Natália Matos e Fafá de Belém “Sem Razão” (Belém / PA), Carlos Gayotto “Cosmic Love” (Panelas / PE), Electric Mob “Sun Is Falling” (Curitiba / PR).

Melhores Clipes Independentes | Outubro (2022)| Parte 3

NATÖ “Coleira na Amargura” (Duque de Caxias / RJ), Falcatrua “Joaquim (Até Quando?)” (MG), ELLA “Inércia” (Porto Alegre / RS), CASALI “Quartinho” (Salvador / BA), Nabru Morais “Até Enlouquecer” (São Paulo / SP), WRY “Contramão” (Sorocaba / SP), Sci Fi “57º30”10’W/19º00”32’S” (MG), Bala Desejo “Nana Del Caballo Grande” (RJ), Edgar “Fake News” (Guarulhos / SP).

Melhores Clipes Independentes | Outubro (2022)| Parte 4

CTRL X “salvador” (Salvador / BA), Mistyfall “Past Haunting” (São Paulo / SP), Embalajados “Até quando?” (Curitiba / PR), Arsenal Renegade “Prophecy” (Rio de Janeiro / RJ), Karla Hill “Apê 43” (São Paulo / SP), Roger Deff “Utópico” (Belo Horizonte / MG), Aíla e Rincon Sapiência “Tô de Onda” (Belém / PA), Irmãs de Pau “Shambaralai” (São Paulo / SP), Luthuly e Bivolt “Ela” (Rio de Janeiro / RJ), Amabbi feat Felp22 “Enigma” (São Paulo / SP), Duquesa “Duas da manhã” (Feira de Santana / BA).

Melhores Clipes Independentes | Outubro (2022)| Parte 5

Caio Andreatta “Floresta” (SP), MC Versa “Sonhando Alto” (Seara / SC), LK “Mundo de Fantasia” (MS), JulietteL7NNONXamãWelissonPapatinho “França” (Campina Grande / PB), Malvina “Thanatos” (Nova Friburgo / RJ), Pedro Araujo “Rotina” (Rio de Janeiro / RJ), Far From Alaska “txananam/cuz you/olha” (Natal / RN), Caio Andreatta “Coisas mágicas” (SP), Kaike “Tão Leve” (MG), AJULIACOSTA “Homens como você” (MG).

Roberta Sá “Sem Avisar” (Natal / RN), Elana Dara “Telepatia” (Curitiba / PR), Terceiro Andar “Subliminar” (São Paulo / SP), Caramelows, Jota Pê e Renata Éssis “Sorte” (Araraquara / SP), Teorias do Amor Moderno “Em Mim” (São Bernardo do Campo / SP).

Melhores Clipes Independentes | Outubro (2022)| Parte 6

Murilo Abrita “Canção de Autoacalanto” (Cataguases / MG), OweráOwerá Chegou” (SP), Kayode “Seu Dia” (SP), Danzo “Doce Ilusão” (SP), Sapo Boi “Cidade de Espelhos” (Porto Alegre / RS), Shackal “Qual é da Viagem?” (Rio de Janeiro / RJ), Kaion e MP XIII “Tanto Faz” (São Paulo / SP), Manola “Vaza” (Rio de Janeiro / RJ), DomLaike “Modo Kenner” (Rio de Janeiro / RJ), Carlos Sales “Espinho” (Rio de Janeiro / RJ), Metrô “Message d’amour” (SP), Treva “XXVII” (SP), Makunaybah “Break The Chains” (Curitiba / PR), JUPI77ER feat Gabrelú “Pensa Que Me Conhece” (SP), Danilo Cutrim “Vai Cair” (Rio de Janeiro / RJ), Sotam “de volta ao início”.

Melhores Clipes Independentes | Outubro (2022)| Parte 7

Collateral Lab “50th Street” (Curitiba / PR), Orochi “Sereia” (São Gonçalo / RJ), Fpbxd “Barricadas” (Duque de Caxias / RJ), DeCore & Ràbia Positiva “Comunicar” (SP), Dirty Grills “Eu não vejo a hora de me livrar da companhia de mim mesma” (SC), Buda Nos Falantes “Caboclo Urbano” (Belém / PA), Duzz “Asas” (SP), Glaw Nader Sérgio Pererê “Samba em Prelúdio” (SP), Mc Hariel, Mc Ryan SP Mc Paiva ZS “O Preço” (SP).


Os Melhores Clipes Independentes | Outubro (2022) - Lara Aufranc


PLAYLIST NO YOUTUBE (Outubro | 2022)

Preparamos também uma playlist no Youtube com os 80 videoclipes coletados durante o mês de Setembro | 2022. Assim quem quiser ver tudo de uma vez basta apertar o play.



PLAYLIST NO SPOTIFY (Outubro | 2022)

Desta forma chegamos a playlist com os melhores clipes independentes lançados no mês de Outubro (2022). Dos 80 vídeos do post, e 83 canções presentes nos vídeos, 81 estão disponíveis no Spotify e entraram em nossa playlist.

-> Siga o Perfil do Hits Perdidos no Spotify <-


Os Melhores Clipes Independentes | Outubro (2022) - Playlist



Qual dos melhores clipes independentes | Outubro (2022) você mais gostou?

Conta para gente nos comentários deste post qual dos Melhores Clipes Independentes | Outubro (2022) você mais gostou!

Rafael Chioccarello

Editor-Chefe e Fundador do Hits Perdidos.

Related post

error: O conteúdo está protegido!!