Tagua Tagua apresenta “Inteiro Metade” no Sesc Pompeia em noite de reencontros

 Tagua Tagua apresenta “Inteiro Metade” no Sesc Pompeia em noite de reencontros

Tagua Tagua lança o disco “Inteiro Metade” (Natura Musical) no Sesc Pompeia – Foto: Rafael Chioccarello (Hits Perdidos)

Parece até mentira lendo mas dois anos depois do lançamento de Inteiro Metade finalmente o Tagua Tagua veio a São Paulo. Em uma noite com clima agradável, na quinta-feira (02/06), Felipe Puperi ao lado de Rafael Findans (baixo), Leo Mattos (bateria), Jojo Lone Star (guitarra e synths) e um trio afiado de metais subiram ao palco da choperia do Sesc Pompeia.

O setlist contou com várias faixas do disco mas não deixou de fora singles anteriores como “Peixe Voador”, “Dádiva”, “Preso do Amanhã”, “Te Vi”, “Rastro de Pó” e “Tu Nada Demais” também compuseram o show que teve um bis parrudo com direito a não três como Puperi brincou mas quatro faixas.

A Choperia do Sesc Pompeia estava bastante cheia e isso reflete bem a ânsia por assistir música ao vivo após longos tempos em reclusão. O que deixou os músicos bastante entusiasmados desde o começo da apresentação. Às 21:33 o trio de metais subiu o palco e logo depois sem muito suspense os outros integrantes adentraram o palco.


Tagua Tagua no Sesc Pompeia - Rafael Chioccarello - dia 02/06/2022 (Hits Perdidos)
Tagua Tagua no Sesc PompeiaFoto Por: Rafael Chioccarello (Hits Perdidos)

Tagua Tagua apresenta “Inteiro Metade” no Sesc Pompeia

Com direito a um verdadeiro show de luzes, que iam do verde passando pelo quente do vermelho a leveza do azul, a primeira sequência de músicas foi um verdadeiro jogo ganho. “Mesmo Lugar” e “Peixe Voador”, esta que integra a trilha sonora da série de jogos FIFA, abriram terreno para um encontro que teve como simbolismo a saudade pelo reencontro, aliás tema recorrente nas letras intimistas, contemplativas e bastante descritivas do músico gaúcho que também integra a Wannabe Jalva.

Algo marcante durante a apresentação é a alegria e conexão entre Puperi e Jojo que duelam em sincronia em diferentes momentos do show. O trio de metais é um destaque que engrandece bastante o reencontro pois deixa a atmosfera ainda mais viva para quem ouviu o LP. “Peixe Voador” ao vivo ganha ainda mais corpo e se transforma em um samba ritmado bastante interessante, por exemplo.

A nostalgia de “Só Pra Ver”, uma das mais chicletes de Inteiro Metade reverbera ainda mais quando executada ao vivo, e ele sabiamente emenda com uma faixa mais antiga, “Te Vi”, essa mais psicodélica e que agrada tranquilamente os fãs de Tame Impala por suas camadas e imersão. Na mesma toada ainda temos “2016” esta na qual é possível ver o público contemplando a balada.

“Inteiro Metade” fica para a metade do show, uma faixa que é mais ponderada mas em que os vocais de Felipe ganham protagonismo e os metais ficam um pouco de lado. A luz até fica mais baixa e os teclados complementam bem seu teor confessional. Daquelas canções para cantar o refrão de peito aberto.


Tagua Tagua no Sesc Pompeia - Rafael Chioccarello (Hits Perdidos)
Jojo Lone Star durante apresentação do Tagua Tagua no Sesc Pompeia Foto Por: Rafael Chioccarello (Hits Perdidos)

A Metade de Inteiro Metade

Elevando a pressão “4 am”, em algum momento o vocalista até faz o convite para os casais se aproximarem e aproveitarem o clima sinestésico da canção. Em outros shows poderiam até rolar as luzes dos celulares mas era impossível competir da a ótima iluminação que vinha da mesa. A emenda com “Preso no Amanhã” traz o clima de suspense para o ar com direito a programações que elevam a faixa para a toada eletrônica psycho-pop.

Os metais voltam na pressão em “Bolha” e fecham a sequência de Inteiro Metade, ao vivo a versão parece se estender um pouco e seu refrão falando sobre existencialismo ecoa em meio a contemplação do público presente. O mesmo acontece com “Dádiva” emendada com “Na Banguela”, ambas lançadas em 2018, ficou faltando só “Desatravessa” (assista o clipe) para o trio compacto ser executado integralmente.



De maneira simbólica a canção antes do Bis foi justamente “Rastro de Pó”, primeira canção solo de Puperi, no qual ele se declara para o público já em clima de despedida. Eles saem do palco e o público clama pela volta. De onde assisti o show dava para ver ele comemorando com os companheiros de banda os pedidos que foram prontamente atendidos. A parte final contou com 4 canções mais calmas (“Do Mundo”, “Tu Nada Demais”, “Até Cair” e “Do Sufoco”).

Foi interessante observar o público que esteve presente no show que não era formado apenas por habitués do rolê independente. Agora é esperar pela volta do Tagua Tagua a São Paulo.


Tagua Tagua Sesc Pompeia - Rafael Chioccarello (Hits Perdidos)
Com casa cheia para o show do Tagua Tagua reuniu cerca de 500 pessoas na Pompeia. – Foto Por: Rafael Chioccarello (Hits Perdidos)

Tagua Tagua no Sesc Pompeia - Foto Por: Rafael Chioccarello (Hits Perdidos) - Junho : 2022
Tagua Tagua lança o disco “Inteiro Metade” (Natura Musical) no Sesc PompeiaFoto Por: Rafael Chioccarello (Hits Perdidos)

Rafael Chioccarello

Editor-Chefe e Fundador do Hits Perdidos.

Related post

error: O conteúdo está protegido!!