Conheça de uma só vez 23 artistas do Pop do Leste Europeu

 Conheça de uma só vez 23 artistas do Pop do Leste Europeu

Kerli é uma artista pop da Estônia – Foto Por: Jorgen Paabu

Descubra artistas do Pop do Leste Europeu em post do Hits Perdidos

Existem diversos motivos para que a música de diversos países do mundo não chegue para nós brasileiros. Sendo de certa forma sempre um desafio de pesquisa encontrar o que é pop nos mais diversos locais do planeta. Por isso por aqui temos feito uma série de posts com diferentes abordagens mostrando um pouco mais da música ao redor do planeta com os mais diversos recortes. Desta vez desembarcamos numa viagem pelo chamado Leste Europeu onde a barreira linguística muitas vezes faz com que muita parte da cultura não chegue por aqui.

A ONU considera que o Leste Europeu é composto por Belarus, Rússia, Bulgária, República Checa, Hungria, Moldávia, Polônia, Romênia, Eslováquia e Ucrânia. Porém historicamente e culturalmente países como Albânia, Sérvia, Turquia, Montenegro, Macedônia do Norte, Letônia, Lituânia, Geórgia, Eslovênia, Croácia e Bósnia-Herzegovina também são considerados países da região.

Confira também os posts especiais:

Japão, França, Espanha, Portugal, Porto Rico, Argentina, Uruguai, Austrália, Irlanda, Inglaterra, Holanda, Países Comunistas, Coréia do Sul, Grécia, Noruega, Turquia.

O Pop do Leste Europeu

Desta vez o nosso recorte vai ser o pop do Leste Europeu e muitas curiosidades também fazem parte da nossa pesquisa durante a confecção da lista. Por exemplo, você sabia que o O-Zone (1999-2005), participante do concurso Eurovision, dona do hit global “Dragostea Din Tei” – que por aqui ganhou uma versão brasileira do Latino (“Festa no Apê”) é da Moldávia?

Sabia que o pequeno país do Kosovo, que até 2019 não tinha nem 2 milhões de pessoas vivendo no país, e que tem Pristina sua capital, é o país de origem de Rita Ora? O que nem todos sabem é que a inglesa Dua Lipa é filha de pais que nasceram no país de pouco mais de 10 mil metros quadrados, além de que a estrela do pop Bebe Rexha também tem origens do país.

Já a Estônia além de uma cena interessantíssima de Folk, que até valeria até fazer um post apenas sobre, também tem destaques no pop que iremos apresentar durante este post. No post passaremos por boa parte dos 22 países que compõe a região e quem descobrir novos artistas do pop do leste europeu para adicionar a sua playlist. Vamos lá!


Artistas do Pop do Leste Europeu - Kerli da Estônia
Kerli é uma artista pop da EstôniaFoto Por: Jorgen Paabu

Kosovo

Sytë

Da capital do Kosovo, Pristina, o Sytë é um quarteto de alt pop liderado pela vocalista Nita Kaja que conheceu seu marido, e parceiro de banda, Drin Tashi durante uma viagem. Ela decidiu largar Nova Iorque e ir morar no país, onde ainda como duo gravaram o primeiro EP juntos. Para ganhar corpo nos palcos eles chamaram para o projeto o baterista Granit Havolli e o baixista Fattlind Ferati.



Rita Ora

Nascida em 1990, Rita Sahatçiu Ora, conhecida apenas como Rita Ora é uma cantora compositora e atriz kosovar-albanesa. Foi logo em 2012 que seu sucesso internacional veio após o sucesso de “Hot Right Now”, tendo no ano seguinte sendo indicada a três Brit Awards. Seu segundo álbum, Phoenix, já contou com parcerias com nomes grandes da música mundial como Cardi B, Bebe Rexha e Charli XCX.



Polônia

The Dumplings

O The Dumplings é um duo de eletropop de Zabrzze, na Polônia, composto por Justyna Święs e Kuba Karaś. Seu debut foi o álbum No Bad Days (2014) que saiu pela Warner Music. Os dois se conheceram anos anos, em 2011, durante uma competição de canções, eles começaram a publicar suas canções na internet e em 2013 já tinham shows sold out. Em 2015 eles lançaram o disco Sea You Later e em 2018 o terceiro via Warner, Raj.



Julia Wieniawa

De Varsóvia, Julia Wieniawa tem apenas 23 anos e além de cantora ela também é atriz e apresentadora de TV.



Kaśka Sochacka

Kaśka Sochacka é uma artista de pop/soul natural da cidade de Częstochowa. Além de cantora ela é compositora e tem carreira no soul desde muito jovem. Ela foi revelada no show de talentos Mam Talent, em 2010, quando foi finalista, este foi o pontapé inicial para a profissionalização.

Seu primeiro EP, Cherry, foi lançado em 2019, já seu álbum de estreia veio em 2021, chamado Quiet Days o trabalho foi o 28 disco mais vendido na Polônia. O que serviu de incentivo para um mini-álbum, Ministory, com feats com outros artistas como Kortez e Vito Bambino fosse lançado em novembro do ano passado.



Estônia

Kerli

Kerli Kõiv, conhecida popularmente como Kerli, nasceu em Elva, Tartumaa, durante a ocupação soviética na Estônia. Garota prodígio, ela conquistou seu primeiro contrato musical aos 15 e foi atrás de se especializar em composição com a intenção de entrar no disputado mercado internacional. Desta forma ela lançou seu debut, Love Is Dead (2008), via Island Records. Uma curiosidade fica pelo fato do disco se tornar o primeiro de um artista estoniano a entrar na Billboard 200.

Como compositora ela também tem grandes feitos, foi ela que escreveu “Skyscraper”, sucesso nas vozes de Demi Lovato e Sam Bailey. Ela já chegou a se apresentar em São Paulo durante o aniversário de 459 anos da cidade, em 2013, ano que veio para promover o disco Utopia, em 2019 ela lançou o disco Shadow Works.



IIRIS

Nascida em Tallinn, Harjumaa, Iiris Vesik, é uma das integrantes da nossa lista de artistas de pop do leste europeu participantes da competição Eurovision, tendo participado duas vezes, em 2010 e em 2012, ficando em segundo e quarto lugares respectivamente. O debut da artista, que também acumula a função de atriz, The Magic Gift Box, veio em 2012. Chegando neste ponto da carreira a se apresentar na Letônia ao lado de Lana Del Rey.

Desde então ela focou a carreira em lançar EPs: Chinaberry Girl (2013, Universal Music) Hope (2016, Dreamweaver), Dream Forever In Glorious Stereo (2019) (com o Night Tapes), Download Spirit (2020) (com o Night Tapes).



Elina Born

Também representante da Estônia no Eurovision, Eliana Born foi descoberta no Youtube por Stig Rästa em um vídeo onde ela fazia um cover de “Cruz” da Christina Aguilera. Ele decidiu enviar uma mensagem e daí nasceu a parceria que a projetou internacionalmente.

Em 2015 veio seu disco de estreia, após isso a estratégia da artista, assim como a geração Spotify, está focada em singles.



República Checa

Tereza Mašková

Nascida em 1996 em Třinec, na República Checa, Tereza Mašková, que em seu som mistura pop e funk, iniciou sua carreira profissional na música em 2o18 e já conta com dois álbuns de estúdio Tereza Mašková (2018) e Zmatená (2020).



LinaKaro

LinaKaro tem uma história no mínimo curiosa. O primeiro single “Love Is Gone” foi aclamado pelos jogadores de hóquei de Liberec, White Tigers, que o tocam como seu hino não oficial. Ela gravou a música “Honey” com a dupla britânica Bright Sparks e acabou ganhando ainda mais reconhecimento internacional.

O interesse pela música vem de família, sua mãe canta no coro da Filarmônica Tcheca, já o pai foi radialista, segundo ela seu interesse pelo pop veio naturalmente.



Maella

Nascida em Praga, Maella atualmente está vivendo em Londres, e seu som flerta com o dark pop. Seu lançamento mais recente, “Cabin Fever” carrega sintetizadores e foi produzido por ela ao lado de Steven Ansell do Blood Red Shoes.



Romênia

INNA

Representando a dance music da Romênia, Elena Alexandra “Inna” Apostoleanu, nasceu em Mangalia e é conhecida como uma das maiores estrelas da eurodance dos últimos anos. Seu álbum de estreia, Hot, veio em 2019 conseguindo se manter no top 10 local por 20 semanas. Desde então ela lançou os discos I Am the Club Rocker (2011), Party Never Ends (2013), Body And The Sun/INNA (2015), Nirvana (2017), Yo (2019), Heartbraker (2020) e Champagne Problems (2022).



Alexandra Stan

De Constança, na Romênia, Alexandra Stan lançou seu debut Saxobeats em 2011, tendo conquistado um surpreendente primeiro lugar nas paradas francesas, ao lado de Inna e Edward Maya é uma das artistas mais bem sucedidas do país.



Rússia

Полина Гагарина (Polina Sergeyevna Gagarina)

Polina Sergeyevna Gagarina nasceu na capital Moscou e além de cantora e compositora também é atriz. Ela também participou do Eurovision e foi finalista no reality show chinês Singer em 2019. Com a vida dividida entre a carreira no cinema e na música ela lançou três discos de estúdio Poprosi u oblakov (2007), O sebe (2010) e 9 (2016).



ARTIK & ASTI

Em atividade desde 2010, ARTIK & ASTI é um duo situado em Moscou mas de origem Ucraniana. O grupo inclui Artik (Artyom Umrikhin) e Asti (Sevil Velieva, que substituiu Anna Dzyuba, que deixou a banda em novembro de 2021). Com 4 álbuns de estúdio os dois últimos, Номер 1 e Миллениум X saíram pela Warner.



Eslováquia

Emma Drobná

Emma Drobná é uma cantora eslovaca, nascida em Nové Mesto nad Váhom, e vencedora da competição musical Česko Slovenská SuperStar 2015. Ela possui três álbuns de estúdio Emma Drobná (2016), You Should Know (2017) e Better Like This (2020).



Mária Čírová

Também revelada em show de talentos, Mária Čírová, de Trnava, em 2008 venceu o concurso Coca-Cola Popstar na Eslováquia. Ela lançou três discos de estúdio Na tisícich miestach with Trinity (2006), Búrka (2008) e Na dosah (2011).



Ucrânia 

Ани Лорак (Ani Lorak)

Carolina Myroslavivna Kuiek, conhecida artisticamente como Ani Lorak, é uma popular cantora, atriz e embaixadora das nações unidas ucraniana nascida em Kitsman’ e foi revelada no Eurovision em 2008. Com carreira musical desde criança ela conta com 12 álbuns de estúdio, sendo o mais recente Ya zhiva (I’m Alive), lançado em 2021.



Время и Стекло (Vremya i Steklo)

Vremya i Steklo é um duo de dance pop de ucraniano atualmente formado por  Nadya Dorofeeva e Aleksey Zavgorodniy. O produtor e um dos compositores do projeto é Alexey Potapenko (Potap) que fundou o duo com sua produtora em 2010.



Albânia

Kejsi Tola

Kejsi Tola, de Tirania, é uma cantora albanesa que iniciou sua carreira com apenas 11 anos em um festival de jovens talentos, após uma série de concursos vencidos ela despontou no Eurovision chegando a décima sétima posição. Ela continuou seus estudos e é pós-graduada como cantora soprano pela Academia de Artes de Tirana. Apesar de não ter um disco de estúdio, ela já foi premiada em diversos festivais e vem trabalhando singles.



Elvana Gjata 

Elvana Gjata, é cantora, compositora, atriz e empresária albanesa nascida em Tirana. Devido a sua performance e apresentações ela é considerada diva da música pop albanesa. Até o momento ela conta com 5 álbuns de estúdio, Mamës (2007), Afër dhe Larg (2011), Acoustic Live Session (2013), 3 (2018) e Çelu (2021).



Bulgária

Galena

Galina Vicheva Gencheva, conhecida profissionalmente como Galena, é uma cantora folk-pop búlgara nascida em Smyadovo. Tendo estudado canto por 4 anos em Shumen ela continuou estudando em Dimitrovgrad até que lançasse seu disco de estreia em 2006, aos 21. No ano seguinte veio seu segudo álbum, „След 12“ (lit. After Midnight).



Moldávia

Sasha Lopez

Nascida em Chisinau, na Moldávia, Sasha Lopez é musicista, compositora, DJ e produtora musical. Ela começou sua carreira musical aos 17 anos como DJ em sua cidade natal. Um dos nomes do país da dance music, em seu currículo ela já conta com 17 singles lançados desde 2011.



Gostaram da lista de artistas pop do leste europeu do Hits Perdidos?

Conta pra gente qual deve ser a próxima a ser publicada por aqui!

Rafael Chioccarello

Editor-Chefe e Fundador do Hits Perdidos.

Related post

error: O conteúdo está protegido!!