Os Melhores Clipes Independentes | Março (2022)

 Os Melhores Clipes Independentes | Março (2022)

HENRI, um dos destaques da lista, aparece com o clipe para “Coração de Plástico”. – Foto Por: Gabriel Mendes

Confira os melhores clipes independentes lançados em Março | 2022 em seleção especial feita pelo Hits Perdidos!

Melhores Clipes Independentes 2022

As listas de melhores clipes independentes 2022 estão a todo vapor no Hits Perdidos. Você já conhece e acompanha por aqui elas todo mês e damos o pontapé inicial pelo sexto ano consecutivo.

Para quem é novo por aqui seja bem-vindo e acompanhe o Hits pelas redes sociais (temos InstagramFacebookSpotify…).

2017 foi marcado pelo grande sucesso dos listões de melhores clipes independentes que até deram origem a um estudo super detalhado sobre a produção audiovisual do independente brasileiro.

Em 2018 veio a parceria com o UDIGRUDI da PlayTV onde escolhemos os mais legais para passar na programação aos domingos. O programa encerrou em Agosto de 2020 suas atividades (saiba mais como ajudar para que ele volte clicando aqui).

Listas de Melhores Clipes (2022)

* Janeiro
* Fevereiro

Seu Clipe na TV

Fizemos um guia completo de “Como fazer para seu clipe aparecer na TV?“.

Os Melhores Clipes Independentes | Março (2022)

Neste mês de abril trarei os melhores que saíram no último mês e que merecem destaque. Claro que o listão continua democrático e no fim você encontrará uma playlist no youtube – e Spotify – com os 72 coletados ao longo do mês.

A produção independente cresce a cada dia que passa e o investimento na divulgação também. Em uma geração em que poucos escutam um disco do começo ao fim, o artifício dos web clipes tem sido uma boa maneira de expor seus trabalhos.

E estes são feitos de todas formas, com alto ou baixo custo de produção. Com ideias mais certinhas a criativas. No fim das contas o que interessa é eternizar aquele momento e expor seu trabalho com a estética que mais convém atrelar a imagem da banda.

Os “Scouts” dos clipes independentes lançados em Março

Em Março inúmeras bandas começaram a divulgar seus curtas promovendo singles antigos ou que estarão presentes em seus futuros álbuns ou EP’s.

Reunimos 72 clipes lançados neste mês que mostram alguns dos novos talentos da música independente brasileira.

O que impressiona é termos uma média de 2,32 clipes sendo lançados no independente por dia. Na lista temos 70 artistas de 16 estados.

OS SELECIONADOS TAMBÉM FAZEM PARTE DA PLAYLIST CRIADA ESPECIALMENTE PELO HITS PERDIDOS PARA ETERNIZAR OS VÍDEOS LANÇADOS NESTE MÊS DE MARÇO. ALIÁS NÃO DEIXE DE SEGUIR O PERFIL DO HITS NO SPOTIFY!

1) Edgar “Bíblia, Boi e Bala”



Um dos singles em destaque no disco Ultraleve do rapper guarulhense Edgar, “Bíblia, Boi e Bala”, sob direção de Alexandre Nitzsche e Rodrigo de Freitas ganha uma riquíssima animação repleta de referências que vão dos primórdios da história do país a ascensão do autoritarismo. As cores, referências ao cotidiano, uso da religiosidade como massa de manobra, militarismo e traços marcantes recaem como uma potente crítica social em um ano em que o futuro do país pode ser mudado no voto.

A produção audiovisual tem até espaço para um “reclame” em que o próprio Edgar encarna um dos vendilhões do tempo; tendo espaço para o humor e a crítica social.

2) Paradise Guerrilla “Another Galaxy”



Com narrativa espacial em busca de investigar os mistérios da humanidade o Paradise Guerrilla se aventuram em uma nova jornada no vídeo para “Another Galaxy”. É na fotografia, boa escolha das locações, luzes, caracterização e figurino que a produção audiovisual com apelo para os brilhos e as cores se destaca.

“Temos como objetivo propor o desejo por um mundo utópico, que se torna potencialmente possível quando encontramos as pessoas certas para manifestar nossos verdadeiros propósitos”, conta a vocalista sobre a escolha da temática para o projeto

“Os seres interdimensionais vêm de um planeta chamado Synthaxis, situado em uma galáxia na realidade da 5ª Dimensão. Lá, a manipulação de frequências e a criação de música é um fator dominante na vida dos habitantes originários, que alcançaram a vida em harmonia – desconhecendo fronteiras e qualquer tipo de discriminação e desigualdade social”, conceitua Starlight.

“O significado metafórico das criaturas é baseado no potencial sutil dos seres humanos, nos atributos que só se manifestam com um minucioso auto-exame interior”, completa a artista.

O material foi produzido pela Madre Mia Filmes, tendo roteiro elaborado pela própria banda, direção de fotografia de Guille, direção de arte de Flavio Sadalla, direção de cena de Kiko Lomba e direção de produção de Lethicia Costa.

3) Hodari “Signos”



Com a temática astrológica e com referências aos anos 80, a canção “Signos”, do Hodari, ganhou um videoclipe gravado em São Paulo com direção artística de Aisha Mbikila e Helder Fruteira. A fotografia, edição, figurino e alternância de cores e brilhos são destaques no clipe dinâmico que não esquece do fator entretenimento dentro da narrativa.

“Fiquei feliz demais com o resultado. Nós usamos muitos figurinos, penteados e joias diferentes para valorizar a beleza negra no clipe”, conta Hodari.

“Além disso, conseguimos trazer também um DeLorean, que é um carro que tem uma referência grande no cinema, com a trilogia De Volta Para o Futuro, e que também traz um resgate dos anos 80 e 90”, completa o artista brasiliense.

4) projeto shaun “Lábios de Gudang” 



Depois do fim da Bordines, João Carneiro, de Porto Alegre (RS), passou a se dedicar em sua nova empreitada; o projeto shaun. Agora o gaúcho abre os caminhos para divulgação do EP Atraso Marcado, com lançamento programado para 29 de abril. O aquecimento vem logo com direito a brasa e fumaça pro alto com o flamejante, e misterioso, “Lábios de Gudang” que vem acompanhado de um videoclipe.

Assim como na sua banda anterior, o músico frisa que os ares gélidos, e fabris, da “Madchester” ecoam no lançamento. Ele cita até mesmo os Happy Mondays e a frieza do nova iorquino Lou Reed como influências diretas no novo som.

“Tentei falar de amor de uma maneira não tão óbvia, como ele. É a história, meio que narrada – tentando colocar o ouvinte numa situação parecida – de duas pessoas que se amam, que se desejam – se olham e imaginam as cenas que podem viver juntes – e uma delas se sente ainda mais atraída pelo fato da outra ter esse sabor inusitado, originado do Gudang”, conta Carneiro

Assim como a canção “Gunga Din“, dos Libertines, a cultura do oriente, principalmente indonésia, reverbera tanto na locação como na coloração quente presente na produção audiovisual com referências do cinema oriental, além do universo nonsense de David Lynch e bebe em fontes da linguagem noir de Hitchcock.

“Buscamos uma série de referências inicialmente contrastantes. Um bom exemplo disso é a atmosfera classuda, provocante e majoritariamente noturna dos filmes do cineasta chinês Wong Kar-Wai, que inspiraram bastante a fotografia e a relação dos personagens com a locação; ao mesmo tempo que pra algumas dinâmicas mais irônicas de cena usamos de referência trechos do filme Ratatouille, que traz o universo da cozinha/crítica gastronômica de uma forma mais lúdica e caricata”,relata o diretor Bruno dos Anjos, da produtora OCorre Lab.

A narrativa e o clima misterioso também dão contornos para o clipe que capta o espectador por sinais visuais que indicam nas expressões dos personagens: o medo, a tensão, a incredibilidade e o alívio.

“O clipe funciona muito a partir do mistério, da informação dada, mas não por completo. Contextualizamos o espectador, apresentando que é um restaurante, mas o mistério ainda está pairando no ar, há sempre um estranhamento, uma atmosfera meio Mulholland Drive (Lynch) mesmo”, revela o co-roteirista e assistente de direção, João Albandes.

“Levamos em consideração que o amor, em si, já é algo difícil de ser encontrado. Então, criamos essa analogia: uma pessoa vai a um determinado lugar, onde ela acredita que vá encontrar esse algo raro, que tem uma especificidade única”explica João Carneiro, também co-roteirista do clipe.

5) Bemti e Murais “Do Outro Lado”



Com direção do duo Couple of Things o encontro entre o mineiro Bemti e o português Murais em “Do Outro Lado” ganhou um videoclipe metafórico e repleto de sutilezas.

“Esse clipe novo é basicamente Retrato de uma Jovem em Chamas meets Camburiuzinho”, diz Bemti em referência ao filme francês de Céline Sciamma.

“Não só tive o prazer de cantar na música, como a minha estadia no Brasil coincidiu com a possibilidade de fazer este bonito vídeo com amigues de anos. Do Outro Lado é onde quero estar, mesmo que não de forma permanente”, escreveu Hélio Morais que também integra as bandas Linda Martini e PAUS.

6) Katia B “Âmbar”



Para divulgar o EP Canções de outro mundo a cantora e musicista Katia B. disponibilizou o videoclipe para “Âmbar”. Com direção de Branca Bronstein e Leandro Pagliaro, com direção de movimento de Marcia Rubin, apresenta Katia em um cenário mágico e tendo como grande destaque a fotografia.

“É uma música mântrica, com groove e escalas orientais e, ao mesmo tempo, nordestinas”, diz a artista

7) Justine Never Knew The Rules “Avalanche”



Através dos cenários paradisíacos registradas em preto e branco da cidade litorânea de São Sebastião (SP), os sorocabanos da Justine Never Knew The Rules quiseram amplificar sentimentos como medo, agonia, desesperança e melancolia com direito a fotografia reflexiva e intensa no vídeo para “Avalanche”. Uma canção que nada em círculos, na profundidade, para entender os limites do corpo e da mente.

Detalhes como a água transbordando, a natureza sob controle, o mar completando seus ciclos, o tédio, a repetição da rotina, o desânimo, a falta de forças para reagir, a contemplação, solitude, vazio, perdição, entendimento do “eu” consigo próprio e as loucuras acabam reverberando durante a construção da narrativa densa e propositalmente arrastada do vídeo. As guitarras distorcidas se confundem com as marolas e o slow motion das câmeras. O fim do vídeo ainda conta com a faixa “Lo Siento”, em espanhol, como uma espécie de easter egg em seus minutos finais.

Produzido pela própria banda em conjunto com o Lobotomia, o vídeo tem direção da Justine e direção de fotografia e edição de Rafael Augusto.

8) HENRI “Coração de Plástico”



Com direção de Jessica Crusco e Fernanda Degolin que formam dupla e assinam suas produções audiovisuais como The Mysterious, com fotografia de Leo Ramires, roteiro e edição do próprio artista – que trabalha com audiovisual em paralelo à carreira musical – Henri lançou em março o clipe para “Coração de Plástico”.

No roteiro do vídeo Thiago Henrique Vasques é transportado da sua TV para um teatro, onde um mágico revela o seu alter ego. Então, ele começa uma perseguição intensa atrás daquele clone ideal. Depois de passar por diversos processos, Thiago se transforma em sua obsessão. A cena da flecha representa a sua morte e o nascimento de HENRI, abrindo caminho para o single que inaugura seu primeiro disco.

“O videoclipe fala sobre as dificuldades em ser um artista independente, misturado com as inseguranças que assombram todo o artista, seria a motivação pela escolha, mas tudo se mistura também com o questionamento: como se preparar para ser um artista pop hoje em dia?”, conta HENRI.

9) Besouro Mulher “Madalena”



Para continuar a divulgação de Depois do Carnaval (2019) a banda paulistana Besouro Mulher disponibilizou o vídeo para “Madalena”. A produção tem direção de Catharina Bergo e Isabela Besen, direção de fotografia de Ju Cordaro, Duli Villavecchia como assistente de direção, direção de arte e figurino de Dora Vinci e direção de produção de Alice Zampieri.

10) Atalhos “Tierra del Fuego”



A Atalhos, de Birigui (SP), lançou o clipe para “Tierra Del Fuego”, faixa que abre o recém-lançado A Tentação do Fracasso. Com produção de CINZA o grande destaque da produção fica por conta da locação, um casarão com direito a impressionante arquitetura e vitrais.

OUTROS CLIPES INDEPENDENTES

Além dos 10 eleitos como melhores do mês de Março| 2022 nas playlists do Youtube e Spotify vocês poderão encontrar os clipes dos artistas e bandas:

Projota “Canção pro Tempo” (São Paulo / SP), Victorino “Passinho” (RS), DIGRECCO “Checkmate” (Cuiabá / MT), Duda Beat “Dar uma Deitchada” (Recife / PE).

Melhores Clipes Independentes | Março (2022)| Parte 2

Sara Não Tem Nome “Pare” (Belo Horizonte / MG), Gab Ferreira “Faking It” (Criciúma / SC), menores atos “Aquário” (Rio de Janeiro / RJ), Eric Fryer “St. Joseph, pt.2” (Teresina / PI), papossa “Beat Lobo (Mande um Sinal)” (SP), D’água Negra “Erógena” (Manaus / AM), Turistae “Na Canga” (São Paulo / SP).

Melhores Clipes Independentes | Março (2022)| Parte 3

Janine Mathias “Me Enfeita” (Brasília / DF), WC no Beat “Momento” ft. HyperanhasVulgo FK, Luccas Carlos & Pedro Lotto (Vitória / ES), Lucas Gonçalves “Subir a Serra (saudade é que nem neblina)” (MG), Rapha Moraes “Cadê Você” (Curitiba / PR), Aiace feat. BrinaManuelaMarianaNatáliaRhaissaSiamese “Nobre Mulher” (BA), Oreia “Pepinas” (Belo Horizonte / MG), HyperanhasTasha & Tracie “SP Nights” (São Paulo / SP), Ananda Barreto “Sereu” (SE).

Melhores Clipes Independentes | Março (2022)| Parte 4

Luccas Nunes “Rainha de Wakanda” (Belo Horizonte / MG), Viegas e Tati Portella “Outras Vidas” (Campo Grande / MT), Tribo da PeriferiaHungria Hip Hop MC Ryan SP “Insônia 2” (São Paulo / SP), Selva Stone “A Rosa e o Vento” (São Paulo / SP), Mu Bispo “Deixa o Tempo” (São Paulo / SP), Ayleen “Hey, Polly” (SC).
Los BrasilerosPk & Costa Gold feat. Baiano “Macete” (SP), Malusa “Essa Nega é Massa” (Palmas / TO), Danny Bond feat Potyguara Bardo “Volte Sempre” (Maceió / AL), Jona Poeta “Eu Menti Pra Você” (RS), Vanessa Longoni “Passada” (RS), Plural “Coisas Tolas” (Porto Alegre / RS), Lucas Felix “Sou Daqui” (Salvador / BA), Lary “Às Dez” (Rio de Janeiro / RJ), Hungria Hip HopMC Lipi “Outro Patamar” (Ceilândia / DF), ANTÍNOO X L_CIO “Veredas” Remix (GO), Romaní ft. Cutcharra “Gata (algo.hits)” (Rio de Janeiro / RJ), Seu Juvenal “Cariá” (Uberaba / MG), Catalina AvilaVivian Benford “Deshojar” (COL / SP).

Melhores Clipes Independentes | Março (2022)| Parte 5

Lina Cosmic “Alto Astral” (Rio de Janeiro / RJ), Joaoeascoisasnaoessenciais e MK Paiva “Todo Dia” (feat. Dan Abranches) (ES), Danzo feat. Igão “Longe dos falsos” (São Paulo / SP), Maniglia “Fora De Radar” (Mogi das Cruzes / SP), Greg BBX “Viagem/vício” (Tubarão / SC), Costa Gold “Click Click” (São Paulo / SP), Nativos Mc’s feat. Kandu Puri “TRAP Indígena” (MS).

Vinícius “Blasé” (Rio de Janeiro / RJ), Cássio Duarte “Bem Maior” (São Paulo / SP), Hate Spectrum “Black Screen, White Noise” (Curitiba / PR), Tiago Sá “Menina Linda” (Brasília / DF), The Apartment Cats “Pêndulo” (São Paulo / SP), Malusa “A Preta é Pra Casar” (Palmas / TO), Quarto Quarto “Vista” (SP), Régis Martins & Cia Fantasma “Bela Criatura Mística” (SP).

LUI + Lujay “Sambixa” (Salvador / BA), Madblush “Se Quiser Dançar” (Porto Alegre / RS), Maranda “Vendaval” (Rio de Janeiro / RJ), Malusa “Negritude” (Palmas / TO), Julinha “Besta Pra Rir” (Riachão do Jacuípe / BA), DJ Zullu, MC Marcks “Vida Louca” (SP), Detonautas “Livre Para Voar” (Rio de Janeiro / RJ), CRYSTALLICA “Heaven is licking the portal that is open today”, FITA “Take Me For A Ride Tonight” (São Paulo / SP).

Clipes Independentes | Março (2022) - Henri
HENRI, um dos destaques da lista, aparece com o clipe para “Coração de Plástico”. – Foto Por: Gabriel Mendes

PLAYLIST NO YOUTUBE (Março | 2022)

Preparamos também uma playlist no Youtube com os 72 videoclipes coletados durante o mês de Março | 2022. Assim quem quiser ver tudo de uma vez basta apertar o play.



PLAYLIST NO SPOTIFY (Março | 2022)

Desta forma chegamos a playlist com os melhores clipes independentes lançados no mês de Março (2022). Dos 72 vídeos do post, 69 têm as faixas disponíveis no Spotify.

Muito disso por conta que algumas faixas serão disponibilizadas quando o EP ou álbum forem lançados na plataforma. Já outros singles por conta do artista (ou banda) não ter material por lá.

-> Siga o Perfil do Hits Perdidos no Spotify <-


Clipes Independentes | Março (2022) - Spotify Playlist



Qual dos melhores clipes independentes | Março (2022) você mais gostou?

Conta para gente nos comentários deste post qual dos Melhores Clipes Independentes | Março (2022) você mais gostou!

Rafael Chioccarello

Editor-Chefe e Fundador do Hits Perdidos.

Related post

error: O conteúdo está protegido!!