Nacional

brvnks reflete sobre a importância das amizades em “holy motors”

Depois de uma série de mudanças e muitas transformações dentro do projeto, brvnks começou nesta reta final de 2021 a apresentar as canções que irão integrar o sucessor de Morri de Raiva (2019) via Sony Music. Nesta nova fase a artista goiana também assume o português e disponibiliza algumas faixas no idioma mas mantém outras em inglês. Recentemente ela apresentou “as coisas mudam” já trazendo o tom de desabafo que deve contemplar o novo disco em “sei lá” feat. bastante simbólico ao lado dos amigos da raça. Agora é a vez do público conhecer o novo single, “holy motors”.


brvnks no clipe para “holy motors” – Foto Por: Maya Guimarães

bvnks “holy motors”

A inspiração para “holy motors”, inclusive é uma referência direta ao filme homônimo dirigido Leo Carax (2012). O longa conta a história de Oscar que viaja em uma limusine dirigida por Céline, que diz que naquele dia terá nove encontros. A partir deste momento, ele começa seu trabalho: interpretar vários personagens em diversos pontos da cidade: um vagabundo, um pai, um assassino…

Segundo brvnks a letra para a canção traz “a história vem da ideia de perceber o valor da amizade e como ela muda sua rotina, principalmente nas dificuldades da vida adulta onde os afazeres e trabalhos parecem nunca terminar, além das preocupações sociais, como a pressão de se casar e ter filhos.”
Uma balada pop, dançante e cintilante que brinda o poder das amizades e conexões nas batalhas e adversidades do dia-a-dia do vida adulta, traz o ouvinte para o íntimo com boas melodias. A artista goiana cita referências de artistas como Beulah, Department of Eagles e Broken Social Scene.
O material ganhou um videoclipe dirigido por Guilherme Yoshida, tem roteiro assinado pela própria Bruna,  edição por Rodrigo Tamassia, produção realizada por Tom Lopes, direção de arte por Amanda Caldas e Pietra Costa como VJ, design gráfico & motion.
O tão aguardado meet the terrible será lançado de forma independente no dia 22 de abril.


This post was published on 16 de fevereiro de 2022 2:12 pm

Rafael Chioccarello

Editor-Chefe e Fundador do Hits Perdidos.

Posts Recentes

Mukeka Di Rato quer a cabeça do homem de bem em “Boiada Suicida”

Após 8 anos de hiato, os capixabas do Mukeka di Rato estão lançando neste dia…

5 de agosto de 2022

Parceria entre Quiriku e Thales Castanheira, “Par de Meias”, vai do Homeshake ao neo-soul

Vizinhos de infância e amigos de longa data, Pedro Ferreira, que iniciou sua carreira artística…

5 de agosto de 2022

Noporn completa 20 anos e lança o single “Nome Sujo + Estranha e Louca”

Formado em 2002, na cidade de São Paulo, o Noporn denomina seu som como Spoken-word…

4 de agosto de 2022

As Melhores Live Sessions | Julho (2022)

As Melhores Live Sessions | Julho (2022) O Que São Live Sessions? Live Sessions tem sido um…

3 de agosto de 2022

Adorável Clichê explora a melancolia dos fins em “Alarmes e Relógios”

A dúvida entre ficar e não dar o melhor de si ou deixar aquela pessoa…

2 de agosto de 2022

5 jogos brasileiros de julho, mês que registrou marco histórico de estúdios nacionais

No começo deste mês, a primeira edição da Pesquisa Nacional da Indústria de Games revelou…

1 de agosto de 2022

This website uses cookies.