Acredite se quiser mas o PUP completa neste ano: 11 anos de atividade. A banda de Punk Rock canadense (confira nosso especial Canadá) formada em Toronto, Ontario, lançou seu terceiro álbum de estúdio, Morbid Stuff, em 2019. No fim do ano passado foi a vez de apresentar o EP This Place Sucks Ass que conta com seis faixas.

Formado ainda nos tempos de faculdade, o grupo conta com Stefan Babcock (vocais, guitarra), Nestor Chumak (baixo, backin vocals), Zack Mykula (bateria, backing vocals) e Steve Sladkowski (guitarra, backin vocals), todos da formação original.

Seu som mistura punk rock, emo e hardcore. Eles “explodiram” em 2014 tendo ganho diversos prêmios e chamado a atenção da imprensa local, de lá para cá entraram no circuito do nicho tendo se destacado por suas energéticas apresentações ao vivo.

Gravada em casa a live session do PUP, para o projeto Tiny Desk (Home) Concert, causou alvoroço na vizinhança e reclamação dos vizinhos que segundo Stefan: “Nos odeiam e não os culpo por isso.”

Segundo os próprios eles se recusaram a abaixar o volume dos amplificadores durante a execução do set que conta com “Rot” do novo EP, “Kids” and “Scorpion Hill” do álbum Morbid Stuff e “Reservoir”, presente no disco debut.

A primeira vez que falamos sobre a banda no Hits Perdidos foi em 2014 em um especial sobre o “Grammy da Cena Indie Canadense“.