Confira os melhores clipes independentes lançados em Dezembro | 2020 em seleção especial feita pelo Hits Perdidos!

Melhores Clipes Independentes 2020

As listas de melhores clipes independentes 2020 estão a todo vapor no Hits Perdidos. Você já conhece e acompanha por aqui elas todo mês e damos o pontapé inicial pelo quarto ano consecutivo.

Para quem é novo por aqui seja bem-vindo e acompanhe o Hits pelas redes sociais (temos InstagramFacebookSpotify…).

2017 foi marcado pelo grande sucesso dos listões de melhores clipes independentes que até deram origem a um estudo super detalhado sobre a produção audiovisual do independente brasileiro.

Em 2018 veio a parceria com o UDIGRUDI da Play TV onde escolhemos os mais legais para passar na programação aos domingos. O programa encerrou em Agosto de 2020 suas atividades (saiba mais como ajudar para que ele volte clicando aqui)

Listas de Melhores Clipes Independentes

⦿ Janeiro
⦿ Fevereiro
⦿ Março
⦿ Abril
⦿ Maio
⦿ Junho
⦿ Julho
⦿ Agosto
⦿ Setembro
⦿ Outubro
⦿ Novembro

Seu Clipe na TV

Fizemos um guia completo de “Como fazer para seu clipe aparecer na TV?“.

Os Melhores Clipes Independentes lançados em Novembro | 2020

Neste mês de Janeiro trarei os melhores que saíram no último mês e que merecem destaque. Claro que o listão continua democrático e no fim você encontrará uma playlist no youtube –  e Spotify – com os 110 coletados ao longo do mês.

A produção independente cresce a cada dia que passa e o investimento na divulgação também. Em uma geração em que poucos escutam um disco do começo ao fim, o artifício dos web clipes tem sido uma boa maneira de expor seus trabalhos.

E estes são feitos de todas formas, com alto ou baixo custo de produção. Com ideias mais certinhas a criativas. No fim das contas o que interessa é eternizar aquele momento e expor seu trabalho com a estética que mais convém atrelar a imagem da banda.

Os “Scouts” dos clipes independentes lançados em Dezembro

Em Dezembro inúmeras bandas começaram a divulgar seus curtas promovendo singles antigos ou que estarão presentes em seus futuros álbuns ou EP’s.

Reunimos 110 clipes lançados neste mês que mostram alguns dos novos talentos da música independente brasileira.

O que impressiona é termos uma média de 3,54 clipes sendo lançados no independente por dia. Na lista temos 106 artistas de 12 estados.

OS SELECIONADOS TAMBÉM FAZEM PARTE DA PLAYLIST CRIADA ESPECIALMENTE PELO HITS PERDIDOS PARA ETERNIZAR OS VÍDEOS LANÇADOS NESTE MÊS DE DEZEMBRO. ALIÁS NÃO DEIXE DE SEGUIR O PERFIL DO HITS NO SPOTIFY!

1) Criolo & Tropkillaz “Sistema Obtuso”

Depois de “Boca de Lobo”, Criolo volta com outra grande produção com o videoclipe para “Sistema Obtuso”, faixa em parceria com Tropkillaz. Realizado em realidade estendida (XR), o registro foi gravado em São Paulo e dirigido por Denis Cisma (também diretor do clipe de “Boca de Lobo”, indicado do Grammy Latino de 2019 na categoria melhor vídeo curto).

Com crítica social latente, e roteiro inteligente, o vídeo mostra rusgas, conflitos e diversas referências de situações vividas no cotidiano do país.

“Sentimento de gratidão gigantesca pela oportunidade de fazer esse trabalho com Tropkillaz. E é uma música onde eu peço licença a todos os jovens pra apresentar esse som, que é diferente de todos os sons que eu já fiz e é um aceno para dizer que a gente tá aqui e que eles tão ensinando muita coisa pra gente”, afirma Criolo.



2) Jortacio “Todo o Silêncio do Mundo”

Belas paisagens da natureza do sul do Brasil reverberam no videoclipe do gaúcho Jortacio que explora a experiência do silêncio. A faixa integra o EP A Máquina que marca sua estreia solo, já a produção foi gravada na serra gaúcha com direito a um impressionante cenário que conta com desfiladeiros, árvores, vãos e cânions milenares. Cambará do Sul, Nova Petrópolis e Porto Alegre fizeram parte das locações.

Sensorial, a protagonista (Bela Leindecker) tem seus olhos vendados e passa por uma experiência à parte em contato com a natureza, entre aclives, árvores, performances e o despertar. Além do cenário a edição final também se destaca.

A direção é uma realização Flashbecker com filmagem de Guilherme Becker, drone operado por Guilherme Medaglia e coloração por Bruno dos Anjos.



3) Matheus Noronha “Flotando”

O gaúcho Matheus Noronha aparece entre nossos destaques com o videoclipe para “Flotando”, faixa que tem utilizou passagens de livro da sul-africana Mohale Mashigo em sua composição, que conta com a direção de Shai Giusti.

Segundo Shai, o vídeo retrata a memória e os muitos sentimentos que as lembranças nos despertam, nem sempre de forma agradável.

A água é o elemento mais presente na tela, pois “além de ter uma ligação forte com a letra da música, ela também remete à questão subjetiva de ‘mergulhar’ profundamente dentro de si mesmo, sair do raso, ir fundo, enfrentar os medos e os sentimentos”, explica a diretora.



4) Mc Tha “Despedida”

MC Tha fechou o ano de 2020 fechando uma série de quatro clipes lançados ao longo do ano (“Onda”, “Último Recado, “Oceano” e “Despedida). Focado em mostrar ritos de passagem o clipe para despedida dirigido por Rodrigo de Carvalho traz consigo nostalgia e uma narrativa íntima.

“Esse clipe chega pontualmente no fim do ano para nos lembrar do valor de nos libertarmos das bagagens que já não cabem depois deste ano tão atípico. É um estímulo para que todos revisitem espaços escuros de si mesmos, dancem com o caos e se despeçam em paz”, comenta MC Tha.  



5) RROCHA feat. Zudizilla “De Que Lado”

RROCHA continua sua odisseia audiovisual para apresentar mais um capítulo do seu novo trabalho Conterrâneos Estrangeiros que sai ainda no primeiro semestre. “De que Lado” é a faixa que abre o álbum e conta com a parceria de Zudizilla.

Gravado em Pelotas (RS) o vídeo continua a narrativa de “RUA” e traz como estética um lugar inóspito para retratar sobre a solidão. O projeto além do álbum contará com um livro e um filme.



6) Black Alien “Chuck Berry”

Depois do clipe para “Carta Pra Amy” Black Alien apresenta o vídeo para a inédita “Chuck Berry”, mais uma em parceria com o produtor papatinho que produziu o elogiadíssimo Abaixo de Zero: Hello Hell (2019). A produção foi dirigida por Premier King e roteirizado pelo próprio Black Alien, estrelado por Débora Barboza, Amiri, Funk Buia e Jota Ghetto.

“Não dá pra Deus não ser uma mulher, ainda mais neste momento. Deus é mãe mesmo e homem não vale porra nenhuma”, brada Black Alien.

“Sobre Elvis, eu até gosto dele, mas o protagonismo deve ser dado aos verdadeiros inventores do rock: os pretos”, completa



7) Edgar “Também Quero Diversão”

Edgar tem previsto para 2021 o disco Ultraleve e em dezembro apresentou o videoclipe para “Também Quero Diversão”. Ficção, distopia perifética e tecnologia se misturam em uma letra que denuncia nuances da realidade de um Brasil repleto de conflitos que passam pelo campo da criminalidade, abuso de poder, religiosidade, direitos, igualdade de gênero, paz e liberdades. O vídeo traz um misto entre animação e realidade.

“Continuo a minha luta para conscientizar a periferia sobre seu poder criativo e transformador, e a batalha que é reverter os padrões de dominação social que foram impostos pelas elites do planeta. Também quero diversão e diversidade de gênero”, diz Edgar.



8) Patrícia Polayne “Fogueira”

Se você viu nossa lista com artistas de Sergipe (confira) você pôde conhecer o trabalho da Patrícia Polayne. “Fogueira” é seu primeiro lançamento oficial desde 2009 e estará presente em seu próximo álbum. A temática do fogo mostra como a ardência da fogueira traz todos (ainda) mais perto da chama que metaforicamente em nossos tempos denota aproximação e abraços possíveis.

“Lançar Fogueira neste momento é uma tentativa simbólica de reunir as pessoas, ainda que diante do isolamento”, explica Polayne.

O show de horror, os conflitos e a tensão dos nossos tempos equalizam através da instrumentação e melodias presentes na canção que mostra as barreiras invisíveis e até mesmo um poema  de Perla Bulhões, evoca citações de Joana d’Arc em francês, que, junto às vocalizações de Polayne.

“A ideia foi trazer as guerras medievais, com os sintetizadores emulando sons de trombetas anunciando uma batalha e a percussão metálica, com sons análogos ao ferro e espadas”, explica o produtor musical Dudu Prudente

Já o vídeo conta com a performance de Isis Broken que já foi premiada no m-v-f- awards de 2019.



9) Letrux “Cuidado Paixão (Be Careful, My Love)”

A faixa “Cuidado, Paixão (Be careful, my love)” foi originalmente lançada no álbum Letrux Aos Prantos e ganhou um anova versão para o EP Prantos Pandêmicos.

A ideia é fazer cada integrante da banda tocar/cantar alguma música da sua escolha. Arthur Braganti produziu uma nova versão pra “Salve Poseidon”, Lourenço Dias para “Eu Estou Aos Prantos”,  MarthaV ficou com “Dorme com Essa”, Navalha (Natália) Carrera produziu “Déja Vu Frenesi” e Thiago Rebello ficou com “Cuidado, Paixão” numa versão com versos em inglês intitulada “Cuidado Paixão (Be Careful, My Love)”.



10) Hot e Oreia “Domingo | Presença”

Antes de falar sobre o clipe é necessário lembrar sobre os fatos lamentáveis que consumaram o fim do projeto. Infelizmente atitudes como esta são ainda comuns na sociedade como um geral e precisamos estar atentos para denunciar e melhorar.

Toda solidariedade a Vic e a todas as mulheres que vivem ou viveram relacionamentos abusivos. A decepção no caso do duo vai também pelo fato de Hot fazer justamente o oposto do que pregava nas letras do projeto.

Dito isso o videoclipe para as faixas “Domingo” e “Presença” foi dirigido por Belle de Melo, que também dirigiu o premiado “Eu Vou”, e você pode ler mais a respeito aqui.



11) Brune “Lua Azul”

A crise ambiental no Brasil e a forte conexão entre a natureza e nossas vidas transparecem tanto na letra como no clipe de “Lua Azul” de Brune.

“O lançamento dessa música se dá em um momento politicamente conturbado, no qual diversas dificuldades aparecem, mas também a saída: arte, cultura. Curitiba, que é a cidade onde nos encontramos, vive uma crise hídrica, as represas estão quase vazias, situação que também buscamos documentar no clipe. Além disso, a nível nacional observa-se um enorme descaso com a população, que morre por Covid-19 ou fome, além de um estado inteiro sem energia elétrica.

Todos os dias alguma família negra chora de luto por algum parente. Semana passada, vi professores ficando mais de uma semana sem comer em greve e ninguém se importando com isso. Fica a pergunta, que mãe alimentará os sobreviventes?”, questiona Brune, citando a letra da música.



12) Jess Martins “Viajante Insone”

Jess Martins apresentou em dezembro o videoclipe para “Viajante Insone” que conta com roteiro e codireção de Thayna Laduano (diretora da Linkers Films) e Pedro Fiorillo.

“Viajante Insone é uma viagem entre realidades paralelas em busca de inspiração. A música e o clipe refletem meus esforços e vibrações, e de toda equipe, para que esse trabalho-sonho se concretizasse com tanta beleza. A música mostra a força do feminino, espero que todos curtam”, conta Jess.

Segundo a direção o vídeo mostra “a jornada de encontros e descobertas por meio da espiritualidade, sagrado feminino e ancestralidade. Com cenas chaves como a “Lua vermelha”, o roteiro aponta simbologias que resgatam a sabedoria do sagrado feminino, com o intento de trazer às mulheres uma reconexão com sua natureza cíclica e toda a sua potência criativa. A narrativa nos convida a um mergulho interno e o resgate das ligações ancestrais, honrando os saberes matrilineares.”

“O videoclipe flerta com títulos dos anos 70 e filmes como Suspiria. Buscamos essa estética cinematográfica para amarrar à narrativa. Além de trazer referências a títulos de livros como Lua Vermelha, de Miranda Grey, e Mulheres que Correm com os Lobos, de Clarissa Pinkola Estés. Outro ponto da estética, é que buscamos trazer um visual teatral, tanto em performance e atuação, quanto em direção de arte”, explica a diretora Thayna.



13) NDK “Vesta”

De Jundiaí (SP) o NDK apresentou a animação interestelar para “Vesta” durante o mês de dezembro. A canção que conta com a participação da banda uruguaia Cuatro Pesos de Proprina.

“Os integrantes do NDK chegaram com algumas ideias para o clipe. Falaram de embarcar com os nossos Hermanos em uma viagem pelo espaço sideral, mais precisamente pelo asteroide Vesta. Aí eu [Lucas Lisbão] desenvolvi o roteiro para transformar as músicas em vídeos de animação”, explica o diretor do clipe.



OUTROS MELHORES CLIPES INDEPENDENTES

Além dos 13 eleitos como melhores do mês de Dezembro | 2020 nas playlists do Youtube e Spotify vocês poderão encontrar os clipes dos artistas e bandas:

Julico “Ikê Maré” (SE), ÀTTØØXXÁ ft. Parangolé “Molhadinha” (BA), Cais “Vento” (São Paulo / SP), Abronca, MC Carol e Thai Flow “Pras Bandidas” (Rio de Janeiro / RJ), Marcelo Tofani “2032 (Capítulo 3)” (MG), Bruno Capinan “O Tempo Que Tudo Devora”, Chuck Hipolitho “Tem Cheiro de Espírito Adolescente” (São Paulo / SP), Nimbo “Nuvem Primavera”, Juba “Céu de Ilusão” (PE).

Dandara Manoela “Pretas Yabás” (SC), Haroldo Bontempo “Vaporwave” (Belo Horizonte / MG), Renan Cavolik “Alt+3” (Jundiaí / SP), Kunumi MC e Lozk “Força de Tupã” (SP), Ellefante “Ibirapuera” (Brasília / DF). 

Melhores Clipes Independentes Dezembro | 2020 | Parte 2

Laura Canabrava “Vontade” (Rio de Janeiro / RJ), Bratislava “Desfecho” (São Paulo / SP), Rincon Sapiência “Tem Que Tá Veno (Verso Livre)” (São Paulo / SP), Bivolt “Sigilo” (São Paulo / SP), Carabobina “Em Dezembro” (GO / VEN), WRY “Absoluta Incerteza” (Sorocaba / SP), Gabriel Sielawa “Até” (SP), Allen Key “Goodbye” (SP), MC Tha “Oceano” (SP), Carpechill “Garotos” (São Paulo / SP).

Agnes & Pretana “Bucepretas” (RS), LAZURE “Espelho” (São Paulo / SP), JP “Essa Mulher Vai Acabar Com a Minha Vida” (MG), Vuelo “Me Lleva y me Trae”, Marcio Markkx “I Wanna Know” (São Paulo / SP), Vovô Bebê “Bolha” (Rio de Janeiro / RJ).

Melhores Clipes Independentes Dezembro | 2020 | Parte 3

Budang “846” (SC), Crime Caqui “Naufragar” (SP), Banda Tereza “Friday” (Rio de Janeiro / RJ), Aláfia “Paisagens Incomuns” (SP), Victor Meira e Joe Irente “Dois Peixes” (São Paulo / SP), WAR(We Are Revolution) “Colateral / Gatilho” (RS), Gabriel Gonti “Próxima Vida” (Patos de Minas / MG).
Borabaez “Retuíta”, Artur Nabeth “A Rua” (Rio de Janeiro / RJ), Edi Rock e Jorge Du Peixe “Vai” (São Paulo / SP), Dom Pescoço “Delicadinho” (SP), Teach Me Tiger “Out of Place” (Belo Horizonte / MG), Emicida e Gilberto Gil “É Tudo Pra Ontem” (São Paulo / SP).

Melhores Clipes Independentes Dezembro | 2020 | Parte 4

Bruno Schiavo “Playback” (SP), Xamã “Touro” (Manaus / AM), Mariana Cavanellas “Lá Fora” (Belo Horizonte / MG), Dora Morelenbaum “Dó a Dó” (Rio de Janeiro / RJ), Marília Calderón “Canção de Nina” (São Paulo / SP), Rico Manzano “Soulfi” (São Paulo / SP), Valentin “O Salto” (São Paulo / SP), Pedro Alex, Kevin Ndjana, Iuri Rio Branco “Vem Ficar” (Brasília / DF).

Viridiana “Contando nos Dedos” (RS), Gustavo Infante “Canto” (Guaxupé / MG), Jova “Gaveta” (Belford Roxo / RJ), Lebre “Vamos Meter Com Força” (SP), RISCO “O Mar Está Para Peixe” (Olinda / PE), Alalalulu e Siamese “Descer” (Londrina / PR).

Melhores Clipes Independentes Dezembro | 2020 | Parte 5

Akira Presidente “Conquistas” part. Djonga (Rio de Janeiro / RJ), Jovem Dionisio “Copacabana” (Curitiba / PR), Frejat e Jards Macalé “E Você Diz” (Rio de Janeiro / RJ), Xamã “Gêmeos” (Manaus / AM), The Bombers “Que Passou, Passou” (Santos / SP), Sick Dogs In Trouble “Slow Suicide” (São Paulo / SP), Gabriel Zion e Heloo “Filtro de Barro” (Maringá / PR), Corte “A Terra” (SP).

Amanda Gabana e Clarice Nilles “Espelho” (RS), INá IÊ “Eu Não Aguento Mais”, Bárbara Silva “Lembrança Futura” (Brasília / DF), Berë “Depois Melhora”, Chico de Barro e Não Não-Eu “Sobre Dezembro” (Rio de Janeiro / RJ), Gostosa “ETC” (Juiz de Fora / MG), Djalma Não Entende de Política feat. Ana Carolina Soares “Quando Amanhecer” (MG), Diablo Angel “4 de Dezembro” (Recife / PE)

Melhores Clipes Independentes Dezembro | 2020 | Parte 6

Cavalo Baio e Os Pinho “Bastardos de Teixeirinha” (Araucária / PR), Hayz “A Soma de Todos os Medos” (São Paulo / SP), NUDZ “The Watcher” (MG), Anzai “Eu Não Fecho Os Olhos” (Rio de Janeiro / RJ), Jupta “Chuva” (Jundiaí / SP), Sozinho no Sótão “OH MDS FAZ ISSO PARAR” (Brasília / DF), Herbert Vianna “Purple Haze” (João Pessoa / PB), Putz “Grave” (SP).
Xamã feat. Marília Mendonça “Leão” (Manaus / AM), Hungria, MC Lipi e DJ GM “Um Brinde pra Nós” (Brasília / DF), Fernando TRZ “Solstício”, Os Acalantos “É Pra Lá Que Eu Vou” (Rio de Janeiro / RJ), João Perreka e os Alambiques “Ideologia Cibernética” (Guarulhos / SP), Vitor Wutzki “Nuvens, nuvens” (Imbituva / PR), Sidarta Riani “Asas do Infinito” (Belo Horizonte / MG).

Melhores Clipes Independentes Dezembro | 2020 | Parte 7

Kosmovoid  “Uroboros” (Santos / SP), Claustrofobia “Riff Cult” (São Paulo / SP),
PK Delas “Só o Básico” (Rio de Janeiro / RJ), Espinoza “Porrada” (RJ),
Deb and the Mentals “Mantra” (São Paulo / SP), GuaiaMoons “Liberdade Guaiamum” (São Paulo / SP), Justa Vingança “Respeita Nós”, Television Recorder “Incêndio”, Detonautas “Político de Estimação” (RJ).

Melhores Clipes Independentes | Dezembro | 2020


PLAYLIST NO YOUTUBE (Dezembro | 2020)

Preparamos também uma playlist no Youtube com os 110 videoclipes coletados durante o mês de Dezembro | 2020. Assim quem quiser ver tudo de uma vez basta apertar o play.



PLAYLIST NO SPOTIFY

Desta forma chegamos a playlist com os melhores clipes independentes lançados no mês de Dezembro (2020). Dos 110 vídeos do post, 103 possuem as faixas no Spotify. São 104 faixas no total pois há um videoclipe duplo.

Muito disso por conta que algumas faixas serão disponibilizadas quando o EP ou álbum forem lançados na plataforma. Já outros singles por conta do artista (ou banda) não ter material por lá.

-> Siga o Perfil do Hits Perdidos no Spotify<-



Qual dos melhores clipes independentes você mais gostou?

Conta para gente nos comentários deste post qual dos Melhores Clipes Independentes em Dezembro | 2020 você mais gostou!