Release Radar: Zander e menores atos, Deafheaven, Viagra Boys, Khruangbin, Luísa e os Alquimistas, Acústicos e Valvulados, Beto Bruno, Nick Cave, Supercolisor, Barro, Shame, Juvenil Silva, Arctic Monkeys, Neptunea, Ego Kill Tallent e muito mais!

 Release Radar: Zander e menores atos, Deafheaven, Viagra Boys, Khruangbin, Luísa e os Alquimistas, Acústicos e Valvulados, Beto Bruno, Nick Cave, Supercolisor, Barro, Shame, Juvenil Silva, Arctic Monkeys, Neptunea, Ego Kill Tallent e muito mais!

Luísa e os Alquimistas e Potyguara Bardo lançam versão para “Cadernin” – Foto Por: Ian Rassari

Toda sexta-feira saem inúmeros lançamentos e muito material acaba ficando de fora das nossas postagens por uma série de motivos. Mas a procura por Hits Perdidos não acaba apenas no envio de releases para imprensa; e pensando nisso resolvemos criar a coluna Release Radar.

Sim, homônima a playlist semanal do Spotify, para colocar vocês à par dos principais lançamentos sem a necessidade de que os artistas, selos ou suas respectivas assessorias de imprensa tenham enviado o material.

Feito um “encontro as cegas” resenharemos, singles, EP’s, discos, mixtapes e o que acharmos interessante que saiu após às 00h da sexta-feira nas principais plataformas digitais. Será nossa coluna de “pitacos” semanais da música pop.

Release Radar: 04/12


Release Radar Ian Rassari Luísa e os Alquimistas e Potyguara Bardo
Luísa e os Alquimistas e Potyguara Bardo lançam versão para “Cadernin (Piseiro)” – Foto Por: Ian Rassari

Décimo quinto Post do Release Radar, comentem se gostaram e se deve continuar!

Acústicos e Valvulados e Beto Bruno “Ao Vivo e a Cores”

Em 2021 o Acústicos e Valvulados completarão 30 anos de carreira e para celebrar lançarão um álbum comemorativo. “Ao Vivo e a Cores”, originalmente lançada em 2001, como parte do segundo álbum de estúdio dos gaúchos, ganha uma nova versão com a participação do músico Beto Bruno, ex-Cachorro Grande (Confira Entrevista).

A gravação aconteceu no Estúdio Tabuleiro e conta com a produção de Felipe Magrinelli e Diego Lopes. O encontro é um presente para todos fãs de rock gaúcho com um gosto de nostalgia e no melhor estilo Fan Service.

menores atos e Zander Tropical Melancolia

Depois de apresentar uma série de singles (“Arpoador 83′”, “Caos Efeito”) o encontro entre menores atos e Zander no mesmo EP é oficialmente lançado. O peso, as melodias e as letras intensas equalizam ao longo do registro que irá agradar aos fãs de hardcore melódico e emo. “Distante de Mim”, por exemplo mostra um pouco sobre o sufoco e dificuldade de lidar com conflitos, “Arpoador 83” crava em suas guitarras sua força e escancara como nossa cabeça muitas vezes joga contra nós mesmos.

“De Olhos Abertos” já nos leva para os anos 90 e carrega uma sonoridade de grupos como Samiam e Hot Water Music. O pesadelo ganha as telas em “Boas Vindas” e a melancolia reverbera em uma parede de guitarras – e uma série de voltas em círculos. “Exílio” carrega o espírito de bandas como Jawbreaker.

Supercolisor “Pardal”

Há algumas semanas lançamos o videoclipe para o single mais recente dos amazonenses da Supercolisor “Torto” (Confira) e agora eles entram na reta final da divulgação do terceiro álbum de estúdio da banda, Viagem ao Fim da Noite, que chega logo no começo de 2021.

“Pardal” chega junto com um clipe com a participação da pintora chilena María Paz Gutiérrez, a “MaPa”, que cria uma obra durante a gravação do vídeo. A letra é uma declaração de amor com direito a evidenciar o medo de deixar tudo isso voar para bem longe feito um Pardal em fuga.



Luísa e os Alquimistas feat. Potyguara Bardo “Cadernin (Piseiro)”

Daqueles feats com o que há de mais interessante da música potiguar. “Cadernin”, uma das faixas mais quentes do Jaguatirica Print (leia resenha) da Luísa e os Alquimistas ganha uma versão no estilo piseiro – vertente do forró – com participação de Potyguara Bardo.

Se foi o ano d’Os Barrões da Pisadinha, a faixa fica mais lenta, com arranjos na guitarra, experimenta novos caminhos e mostra como não há limites ou barreira para o trabalho da artista. O feat ganha improviso e deixa a canção ainda mais com a cara do verão. A faixa acompanha um clipe, confira no Youtube.



Renan Cavolik Faces

Renan Cavolik é daqueles artistas que coloca sua alma em cada uma das composições e para isso basta ouvir um dos seus singles para ver quão autobiográficas elas ressoam em sua voz; tendo como o amor seu ponto central.

“E.U.”, por exemplo, entrou no release radar tem algumas semanas e tem até mesmo a participação dos pais no coro em uma letra confessional e emancipadora. Seu som é pop e nesta faixa ele traz referências da música gospel. Em “Esc” ele conta com a participação de GAVI, Deco Martins, vocalista da banda Hotelo, faz uma ponta em “Entrelinhas” e Fabiô aparece em dueto romântico para a faixa “Ao Amor”. O R&B e beats também aparecem ao longo do registro.

Como parte das ações promocionais do disco ele convidou os fãs para meditar junto (confira). Além do disco, lançado na quinta (03/12), foi disponibilizado o clipe para “Alt+3” que inclusive dialoga com o ritual de meditação e emancipação.



Jeza da Pedra “Vento de Oyá”

No dia de Santa Bárbara, que no sincretismo representa Oyá, Jeza da Pedra lança “Vento de Oyá” misturando elementos de ijexá, afro-samba e macumba atmosférica. A faixa irá compor seu primeiro disco, Exuberante Boca do Mundo (vol. I). Moderna, atmosférica, espiritulizada e potente.

Barro e Ubunto “Carne dos Deuses”

O pernambucano Barro e o baiano Ubunto se unem em “Carne dos Deuses”.

“Escutamos muita coisa e fomos tentando pensar como dialogar também com o que tem rolado hoje e principalmente sobre como encontrar as pontes entre o que eu venho fazendo e o que Ubunto vem desenvolvendo também”, conta Barro.

“É um ijexá moderno muito ligado ao Axé Music do fim dos anos 80, início dos 90. Vem também com esse gosto de verão que Pernambuco trazia nos anos 90 e para além da timbragem solar tem uma proposta de letra bastante amorosa e hedonista”, acrescenta Ubunto. 

Juvenil Silva “Você Mulher”

O pernambucano Juvenil Silva lança nesta sexta-feira o single “Você Mulher”, a faixa estará presente em seu novo EP, Lonjura, que sairá em 2021.  A canção tem inspirações na década de 70, segundo Juvenil, em nomes como Big Star, Badfinger e o beatle George Harrison. A faixa ainda conta com a participação de Marcos Gonzatto, ex-Faichecleres, que gravou guitarras diretamente de Londres.

“Durante a pandemia, casais tiveram que se isolar, longe do outro; outros, decidiram se separar… E é nessa complexa realidade que o universo da canção passeia”, fala Juvenil.

“Escolhi uma canção assim, com uma temática mais leve, propositalmente como contraponto de um ano tão difícil. Assim como 2020, também foram minhas demais composições feitas neste ano: abordando temas bem tensos. Apesar de não ter sido fácil também para o amor, em tempos de pandemia, amar ainda é a melhor solução”, reflete o músico.

Passarinho & O Sistema Brega de Som “Agoniado”

A banda Passarinho & O Sistema Brega de Som, dividida entre Recife (PE) e São José dos Campos (SP), lança o single “Agoniado” via Bangue Records. Literal, a faixa discorre sobre as pressões e agonias da vida. Malemolência, sofrência, mistério e medo se destilam ao lado da faixa que tem espaço para sopro e riffs de guitarra emprestado da surf music, vocais do brega e teclados de dub.

Victor Todt “In This Dream”

Uma dica para as viúvas do Oasis é o novo single do gaúcho Victor Todt, “In This Dream”. A letra inclusive vem de um sonho que insistia em se repetir e por conta disso decidiu materializar em uma canção. “Psicodélica, mas sem fugir muito do meu estilo pop rock”, diz Victor sobre o single produzido por Bruno Mad

Neptunea “Eles Vivem”

A Neptunea, projeto solo do Rafa Bulleto vai lançar novo single, “Eles Vivem”, inspirado no filme de terror do mesmo nome, dirigido pelo John Carpenter.  Ele ainda cita como referências para a faixa David Bowie, Ariel Pink, Cidadão Instigado e a fase racional de Tim Maia.

“‘Eles vivem’ é uma reflexão sobre medos e desejos, paixões e aversões, orgulho e fanatismo, frutos do ego que, quando não observados ou reconhecidos, nos levam a agir sob seu comando.  O conceito do filme mostra, em metáfora, algo parecido ao da reflexão sobre o ego.”, explica Rafa, multi instrumentista e criador da Neptunea.

“A atmosfera minimalista e magnética faz a trilha sonora para esse sono da consciência. Vocais calmos e reverberados trazem a mensagem, não muito confortável, mas necessária: “Eles vivem, nós dormimos”, passando a ideia de que, enquanto o ego e suas questões imperam, nós vivemos inconscientes, como em sono profundo e assim, não somos donos de nossas escolhas nem do nosso destino.”, descreve e reflete Bulleto.

Release Radar: Você Não Pode Deixar de Ouvir!

Álbuns e EPs

Amy Winehouse The Collection
Arctic Monkeys
Live At The Royal Albert Hall
Beck Hyperspace
Calexico Seasonal Shift
Dark Mark Dark Mark Does Christmas 2020
Deafheaven 10 Years Gone [Live collection]
Death Cab for Cutie The Blue EP
Dj Hum Alquimia
Ego Kill Tallent The Dance Between
EVEHIVE Pango
Goldfinger Never Look Back
Grandson Death Of An Opmistic
The Hamrahlid Choir Come And Be Joyful
Half Japanease Crazy Hearts
Hollywood Undead New Empire vol 2
Joan of Arc Tim Melina Theo Bobby
Jordana ..To You [EP]
Jordana Something to Say to You
Kass Richards The Language Shadow
Khruangbin Late Night Tales
Kovtun The Posthumous Memoirs of RM
Lost Horizons In Quiet Moments Part 1
Mystery Jets Home Protests
NOM Se Chover
O Nó Resquícios Cromáticos
RAW Survival
Red City Radio Paradise
Rico Nasty Nightmare Vacation
Rina Sawayama SAWAYAMA (Deluxe)
Romance Noire A Sweet Journey Into Oblivion
Shawn Mendes Wonder
Sigur Rós Odin’s Raven Magic
Slotface the slumber tapes
The Coathangers The Coathangers (Deluxe Edition)
The Decemberists Live Home Library Vol. I At Royal Oak Music Theatre, Royal Oak, MI August 11, 2009
The Postal Service Everything Will Change
The White Stripes The White Stripes Greatest Hits
Tori Amos Christmastide
Yungblud weird!

Os Singles do Release Radar

Alpargatos “Solar No. 2 (ao vivo)”
Akira Presidente
“Wagwan”
Arlo Parks
“Last Christmas”
Ariel Pink “Short Man’s Syndrome”
Beabadoobee “Winter Wonderland”
Boris With Merzbow
“Boris” (Melvins Cover)
Caio Prado “Baobás”
Cambriana “Induction Bread”
Carpechill “Garotos”
Ellefante “Ibirapuera”
Elvis Costello
e Iggy Pop “No Flag (En Français)”
Einsturzende Neubaten
“La Guillotine de Magritte”
EYEHATEGOD “High Risk Trigger”
Fantomaticos
“Café Preto”
Letrux, Dado Villa-Lobos, Roberto Schilling “Índios”
Goat Girl “The Crack”
Gustavo Da Lua “Vem pra ficar”
Gustavo Kally “Three Coffees In Row”
Gumiber “O Que Vejo” e “E O Que Quero Enxergar”
Hot Chip e Jarvis Cocker “Straight To The Morning (Dillon Francis vs. Hot Chip Remix)
The Hold Steady “Family Farm”
Manu Chao “Pokito de Mí”
Muzz “Nobody Wants a Lonely Heart” (Arthur Russel Cover)
Nick Cave, Nicholas Lens L.I.T.A.N.I.E.S
Nuven “Stranger”
James Blake “In The Break Midwinter”
Jeff Rosenstock “Hang In The Heat”
Run the Jewels e Royal Blood “The Ground Below”
Sleaford Mods “Shortcummings”
Shame “Snow Day”
Spotilight Kid “Roller State Disco”
The Staves “Satisfied”
Steve Lacy The Lo-Fis
Suka Figueiredo “Caminho de Mármore”
Tigers Jaw “Lemon Mouth”
throe “praise/breath”
Tripa Seca “Supernova”
U.S. Girls “Santa Stay Home”
Viagra Boys “Creatures”
Victorino, “Avenida”
Vovô Bebê “Bolha”

Na semana que vem tem mais Release Radar!

Rafael Chioccarello

Editor-Chefe e Fundador do Hits Perdidos.

Related post

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *