A solidariedade é o coração da ação Juntos Pela Vila Gilda. O festival online que acontecerá nos dias 25 e 26 de Julho reunirá 200 artistas em prol da maior favela sob palafitas do Brasil. O festival acontece das 16h à 0h durante os dois dias. Serão ao todo 200 artistas do Brasil e do exterior vão cantar em prol do Dique da Vila Gilda, em Santos. A ação Juntos Pela Vila Gilda, parceria do Blog n’ Roll com o Instituto Arte no Dique, visa atender 2 mil famílias da região com cestas básicas.

A Exibição será no Canal de Youtube do Blog n’ Roll

A exibição será feita via YouTube do Blog n’ Roll. Todos os vídeos contarão com um QR Code para o público fazer suas doações. Para fazer a sua parte é necessário cadastrar um cartão de crédito no aplicativo PicPay, disponível para smartphones com Android e iOS.

“Conseguimos uma parceria com o PicPay, que isenta o Juntos Pela Vila Gilda de taxas. Toda a doação será enviada diretamente para a conta do Instituto Arte no Dique”, explica o repórter de A Tribuna Lucas Krempel, idealizador do evento.

O Line Up

Sábado: 25/07 – 16h às 00h


Blog N' Roll - Juntos Pela Vida Gilda Sábado


Dinho Ouro Preto (Capital Inicial) | Carlos Coelho (Biquini Cavadão) | Clemente Nascimento (Plebe Rude) | Teatro Mágico | Davi Moraes | Nuno Mindelis | Edgar | Coruja BC1 | Kiko Zambianchi | André Abujamra | Radiola Santa Rosa feat Monkey Jhem e Afrofuturista | Alba Santos (Espanha) | Sergio Hinds | Guto Goffi (Barão Vermelho) | Velhas Virgens | Wander Wildner | Augusto Licks | Tiqueque | T h

| Moç | Volupz | Alex Fava | Senzala Hi-Tech | Falamansa | Samuel Samuca (Samuca e a Selva) | Dedé Paraizo (Demônios da Garoa) | Filippe Dias | Carla Mariani & Letícia Alcóver | Roberto Di Carlo (Itália) | Marcelo Hayena (Uns e Outros) | Evandro Mesquita (Blitz) | Milton Medusa | Mauro Hector Trio | Pedro Bara | Thrills & The Chase | Chico Mendonça feat Sebastian Rot | Bossa N Roll | Leo Maier

Ainda no Sábado

| Barbara e um Cara | Marco Molino (Itália) | Mariachiara (Itália) | Tuca Mei | Pilar | Dani Coimbra | Claudio Lins | Gabi Doti | Gustavito Amaral | Jota R | Jota.Pê | Sandami | Anne Marie | Gabriel Henriques | Gabriel Peri | Gomes do 8 (Heitor Gomes) | Daniel Meireles | Luiz Fernando | Monna | Julinho Bittencourt | Marcos Canduta | Gabriel Gonti | Felipe Macedo | Nathi | Vic Nobre

| Danilo Nunes | João Maria | Gustavo Macacko | Jaque da Silva e Matheus Bohnenstengel | DJ Cuco | Guilherme Cres | Facção Caiçara | Gabitopia | Mika | Jhou Bastos | Juliana Souza | Rica Silveira | USREC | Wufologos | Preta Jô | Slick | Carlos Tatu | Da Rocha | Edinho Ribeiro | Ederson dos Santos | Simone Anselmo | Didi Gomes | Alexandre Cortez (Da Melhor Qualidade) | Ugo Castro Alves | Charles Theone | Rafaella Laranja | Diego Alencikas | Regis Figueiredo | Matheus Vasconcelos | Edison Cabeça | Farra dos Brinquedos | Banda Estralo | Furunfunfum

Domingo: 26/07 – 16h às 00h


Blog N' Roll - Juntos Pela Vida Gilda Domingo


Me First and the Gimme Gimmes (EUA) | The Ataris (EUA) | Autoramas | Zimbra | Surra | Detonautas | Vivendo do Ócio | Fauves (Escócia) | Onze:20 | Afrodizia feat Quino (Big Mountain) | Dani Vellocet | Balara | Supla | Armored Dawn | Wake Up, Candela (Espanha) | Guilherme Schwab | Lyria | The Mönic | LS Jack feat Vinny | Bula | Delta Venus (Argentina) | Alma Djem | Malifoo | Malta

| Wiseman | Julio Igrejas | Badke | Não Há Mais Volta | Flanders 72 | The Bombers | Abraskadabra | The Zasters | Zebra Zebra | Erodelia | Gabriel Vendramini | Eric Taylor Scudero | Surr | 2DE1 | Der Baum | Johnny Monster | Antiprisma | Direção Correta | Asco | Usina |

The Parking Lots | Rota 54 | Sandinistas | Faca Preta | Remanescentes | Wacky Kids| The Good Loop | Sempre | Not So Fast | Nada em Vão | Armada | Fibonattis | ACruz Sesper | Dope Times | Paranoia Bomb | Lazanha | Rogério Baraquet | Soul da Paz | Mapa | Jangadeiro | Julies | Experimentações em Lo-Fi |

Futuráfrica | Bocarra | Violins | Cronistas | Acidental | Autêntica | Hibalta | Beline | Demetrius Souza & André Stella (Beach Lizards) | Uelo | Ericsson & Andrea | Bruno Thadeu | Dom Orione | Banda Quarto | Playmoboys | Depois da Tempestade | Diablo Motor | Letty | Maçã de Cesto | Melodizzy | Sky Down | Junior Groovador | Noite Cinza | Bella Huna | Olívia de Amores | Jardim Soma | Primitivo | Vaice | Rohmanelli | Sound Bullet | Ela +3

A Curadoria e a Preocupação com o Momento de Pandemia

“Fiz uma curadoria em torno de artistas com visão social. Não adianta convidar músico que não entende a importância de ajudar o próximo. Todas as atrações entenderam e confiaram no Juntos Pela Vila Gilda. Nenhum artista cobrou cachê.

A PicPay não cobrará taxas do evento. Ou seja, doações de pessoas físicas ou jurídicas irão direto para a conta do Arte no Dique, que comprará a cestas básicas”, conta Krempel

90% das apresentações serão inclusive realizadas por apenas um integrante de cada banda respeitando as normas do isolamento social.

“Não podemos esquecer que estamos em uma pandemia. O isolamento social precisa ser respeitado. Temos que dar o exemplo diante de uma tragédia sem precedentes. Alguns conseguiram gravar em versão elétrica ou reunir alguns integrantes para a ação”, relembra Lucas

O Evento não se restringirá apenas a música

Entre as apresentações musicais, personalidades também farão pedidos por contribuições do público. O apresentador Marcelo Tas, os atores Sergio Mamberti e Luciano Quirino, a atriz Ondina Claiss, o diretor de cinema Afonso Poyart, os escritores Manoel Herzog, Ademir Demarchi, José Roberto Torero e Marcelo Ariel, entre outros autores, cineastas, jornalistas e esportistas estão confirmados.

Também participam músicos que não conseguiram gravar músicas para o evento. Entre eles estão Ginger Wildheart (The Wildhearts), Nekro (Boom Boom Kid), Nasi (Ira!), Jimmy London (Rats), entre outros.

Quem também apoia a iniciativa

Apoiador do evento, o Sesc Santos fará doação de frutas, verduras e legumes por meio do programa Mesa Brasil.

O Juntos Pela Vila Gilda é uma realização do Blog n’ Roll em parceria com o Instituto Arte no Dique. Tem o apoio do Sesc Santos, Santos Film Fest, Tropi.Press, Farol Music, Catto Comunicação, Deck Disc, Monstro Discos, Fernanda Burzaca, Ana Paula Romeiro e Cena 013. O cartaz oficial foi criado pelo artista Leonardo Daruma.

Como ajudar (pessoa física)

Baixe o aplicativo PicPay (Android ou iOS), cadastre o cartão de crédito e faça sua doação pelo QR Code que estará no vídeo, no próximo dia 25. Exibição do evento será pelo canal do Blog n’ Roll no YouTube. É possível doar qualquer valor.

Como ajudar (pessoa jurídica)

Entre em contato com o jornalista Lucas Krempel, idealizador do evento, para informações sobre doações de empresas e contrapartidas, pelo telefone (13) 98195-9898.

Como surgiu a iniciativa e qual o posicionamento do blog em relação a causas sociais?

Lucas Krempel: No início da minha carreira como jornalista trabalhei durante quatro anos com o Instituto Arte no Dique, essa ONG que faz o trabalho de inclusão social através da arte e cultura no Dique da Vila Gilda, em Santos.

Estava ali diariamente, viajei com o pessoal, acompanhava os dramas. E mesmo que esse projeto dê visibilidade para as pessoas, temos histórias que não dão certo, né?

Então vi muitos meninos irem para o tráfico porque sofriam a discriminação racial e social diariamente. E basta o pai ou a mãe morrer ou ficar desempregada, que eles precisam correr para garantir ter o que comer. O filme Sócrates, do Instituto Querô, explora isso de forma tocante. É a realidade pura ali.

Juntos Pela Vila Gilda

Se a situação está apertada para a gente, imagina para eles? Estou com o meu salário reduzido há três meses e já sinto o aperto. Então pode ter certeza que a situação lá é ainda pior. Muito mais. E estamos no meio da pandemia ainda. O problema vai agravar ainda mais depois, principalmente com o mercado ainda mais fechado.

Então o Juntos Pela Vila Gilda nasceu de uma conversa minha com o José Virgílio, presidente do Arte no Dique. Ele relatou todos os problemas do momento e trocamos figurinhas. E foi quando tive a ideia de mobilizar os artistas e tentar fazer diferença para essas famílias.

O Blog n’ Roll não quer ser apenas um site com conteúdo cultural. Nós temos que usar a nossa visibilidade para fazer o bem. Eu trabalho no maior jornal da Baixada Santista, logo tenho uma certa credibilidade (passageira, claro. Dura enquanto estou aqui). E preciso aproveitar isso. O Blog n’ Roll idem.

A linha editorial do Blog n’ Roll

Hoje é o Juntos Pela Vila Gilda, ontem foi a ideia conjunta que tivemos do editorial sobre assédio. E amanhã pode ser apoio à outra comunidade, em outras cidades, inclusive. A questão racial também é algo que trabalhamos diariamente. A Isabela dos Santos, nossa colunista de rap, tem um projeto incrível de mostrar a ausência de jornalistas negros nas redações da Baixada Santista. Não é exclusividade da nossa região. É algo geral no Brasil todo. Então vamos seguir lutando. E sem fins políticos. A política estraga qualquer movimento em prol dos que mais precisam.”

Como foi a recepção do projeto?

Recepção dos gringos:

Lucas Krempel: “As pessoas brincam que não choro, que estou sempre sorrindo. Outros dizem que não tenho sentimentos por ser aquariano. Mas a real é que chorei igual criança com o carinho e atenção que tive do Spike (Me First and the Gimme Gimmes) e Kris (The Ataris).

São duas bandas que sempre admirei, nunca tinha falado com os caras. E logo no primeiro contato, os dois me perguntaram sobre a comunidade, o Arte no Dique, foram super parceiros. O Kris mandou o vídeo no mesmo dia. Disse que tinha ficado emocionado com a magnitude do Arte no Dique e tocado pela situação das pessoas. E o Spike estava internado no hospital com o pulmão debilitado.

A companheira dele me avisou quando ele estava saindo do hospital que a primeira coisa que ele perguntou foi se ainda dava tempo de mandar o vídeo. E o cara fez uma das apresentações mais tocantes e divertidas do evento.”


Blog N' Roll - spike-slawson - Me First And The Gimme Gimmes

Spike do Me First and the Gimme Gimmes gravou um vídeo especial para o evento. – Foto: Divulgação


Recepção dos artistas brasileiros

Lucas Krempel: “A turma do underground vestiu a camisa e veio pra cima de imediato. Então todos os nomes que estão ali no cartaz são artistas que entenderam e abraçaram a causa.

Ninguém perguntou se teria cachê, ninguém fez migué na hora de gravar. Entendemos o distanciamento social e apoiamos 100%, mas alguns artistas (que ficaram de fora, claro) comentaram que não poderiam participar porque não tinha como gravar ou gravar violão e voz ficaria com uma qualidade ruim.

Penso que o ego quando fala mais alto que a visão social da pessoa, realmente não vale a pena insistir na participação. O que o público vai ver nos dias 25 e 26 são artistas totalmente à vontade. Preocupados apenas em ajudar. Não existe vaidade, reclamação de ordem dos nomes no cartaz, nada disso.

O foco único e exclusivo é arrecadar 2 mil cestas básicas para a família. É isso que vai garantir o sucesso do evento. Não é o número de artistas participantes, o número de views dos vídeos, nada disso. Todo mundo entrou com o mesmo objetivo.”

O que dizem os artistas sobre a ação

Marcelo Hayena (vocalista do Uns e Outros) – “Como artistas e cidadãos temos a obrigação e o privilégio de nos colocarmos a serviço de causas como essa. Temos responsabilidades com o próximo e essa pandemia deixou isso muito mais evidente”.

Sandami – “Seja da maneira que for, é muito importante que todo o mundo, não só os artistas, se posicionem e apoiem alguma causa. Solidariedade é a palavra chave para todos os momentos e principalmente para esse que estamos vivendo. E também quero dizer para todos, apesar de todas as dificuldades que estamos passando, para termos paciência nesse delicado momento da saúde. Tudo vai melhorar”.

Veteranos do Rock também participam

Tico Santa Cruz (Detonautas) – “Nós reconhecemos o privilégio que temos de poder viver de arte num país que as pessoas passam fome. Então, se a gente não tiver minimamente uma consciência de usar a nossa voz para poder ajudar outros projetos, outras pessoas, acho que nada disso faz sentido. Pra gente é um caminho natural da nossa arte, da nossa música e da nossa postura como artista”.

Alexandre Cavalo (Velhas Virgens) – “É um momento de doação, quem tiver sobrando vai ter que dividir pra gente poder passar por esse momento e sair do outro lado com alguma esperança. Quase todos nós, da banda, temos crianças e, olhando seus filhos e filhas crescerem não há outra opção a não confiar que termos um futuro melhor. Sem esperança fica muito difícil vencer qualquer desafio”.

Gabriel Thomaz (Autoramas) – “Eu acho importantíssimo ajudar as pessoas, a gente está sempre à disposição de fazer essas coisas. Sou extremamente a favor das pessoas ajudarem umas às outras”.

Guto Goffi (Barão Vermelho) – “Muito feliz em poder participar de um show que beneficie a cidade de Santos, que amo desde pequeno. O Dique da Vila Gilda está precisando de nós brasileiros e vamos derramar essa lágrima de alegria juntos. E que Deus proteja com saúde os homens de bem”.

Supla – “Confio na galera. Nesse momento, temos que esquecer a individualidade e, do jeito que estão as coisas, espero ajudar. Tô aí pra somar”.

Sobre o Instituto Arte no Dique

O Instituto Arte no Dique é desenvolvido em uma das regiões de maior vulnerabilidade social da cidade de Santos, com uma população de 26 mil habitantes vivendo em condições precárias, em palafitas à beira do mangue, sobre o Rio Bugre.

​Com a participação efetiva da comunidade e a contribuição de diferentes setores da sociedade  o que poderia parecer impossível está acontecendo. Atualmente, a instituição oferece oficinas culturais e artísticas, cursos de idiomas, pré-vestibular, atendimento psicossocial, mensalmente, a cerca de 600 pessoas da região.

Tem entre os seus padrinhos Gilberto Gil e Moraes Moreira (falecido), que visitaram a instituição em algumas oportunidades.