Riviera Gaz é formado por Gustavo Riviera, Paulo Kishimoto e Steve Shelley. Rock’n’Roll que faz uma imersão no rock das década de 60 e 70, caos, fúria, distorção, ruídos e energia ligada nos 220 voltz.

Connection

O álbum lançado em 2018 apresentou oficialmente o poder de fúria e catarse do power trio que já vinha lançando singles e colecionado turnês. Na época do lançamento de Connection definimos:

“O Riviera Gaz é o resultado do encontro entre dois Forgotten Boys e Steve Shelley, do lendário Sonic Youth. Mas nem por isso é acomodado ou deixa de ser cuidadoso e explosivo. Connection é visceral justamente por não ter muito tempo para ser orquestrado.

Eles tiveram apenas três sessões para extrair o que tinha de melhor no trio e talvez essa pressão – e falta de tempo para polir ideias – que tenha trazido tanta adrenalina e vibração para este lançamento. As referências vão de Ramones, T. Rex, The Kinks, Rolling Stones, Velvet Underground, Beatles, filmes, cultura pop a energia sônica deste encontro.

O resultado é um prato cheio para qualquer amante de rock’n’roll e um convite para ouvir outros tantos clássicos. Um disco para escutar direto do LP, qualquer outro tipo de experiência com certeza diminui a intensidade, as impurezas e os fragmentos expostos no registro.”

Leia a Resenha Completa 


Riviera Gazz - Foto Por Renata Molina

Riviera Gaz – Foto Por: Renata Molina


Riviera Gaz EP Sleeping / Strychnine (2020)

A banda preparou uma série de lançamentos simultâneos durante esse período de isolamento e o vocalista Gustavo Riviera conta mais sobre as motivações para isto.

“Escolhemos lançar agora justamente por estarmos vivendo esse momento de pandemia e não podemos fazer shows, etc. É um material que gostamos e estávamos esperando um momento especial para lançar. A Bandcamp também está dando uma ajuda de não taxar o que vai ser feito download nessa sexta-feira (05/06), por isso aproveitamos também essa força.”

Ao todo são três materiais, sendo o EP Sleeping / Strychnine, uma releitura de um clássico do Velvet Underground e um bootleg de um show realizado na Argentina em 2016. Tudo junto e misturado para você se sentir dentro de um show do power trio.

“Sleeping” e “Strychnine” são músicas inéditas do Riviera Gaz, e poderiam até mesmo ser consideradas sobras de estúdio da gravação de Connection (2018). Com a mesma energia visceral e com a força da gravação ao vivo, “Sleeping” tem o espírito do encontro entre T. RexBuzzcocks e os Rolling Stones.

Já “Strychnine” ao mesmo tempo que é puro anos 70, tem aquele ar de mistério do Primal Scream. Apesar do nome de canção do The Sonics e o estilo sing along a la Beatles, ela carrega, por sua vez, toda uma tensão no ar.

As artes dos singles foram realizadas por Ana Mazzei, sendo a capa do EP extraída da obra Mulher Peixe (2014).

Velvet Underground e o show de guitarras

Presente no disco “perdido” do Velvet Underground, a faixa acabou entrando no repertório ao vivo do grupo, inclusive ela é conhecida pelo bom trato com a guitarra. Tanto o álbum como as versões foram gravadas no Jalapeño Verde Studio.

“O single “What Goes On”, é uma música do Velvet Underground, que é uma grande influência do Riviera Gaz. Tocamos essa música nos shows e durante a gravação do disco Connection gravamos ela somente por diversão, sem intenção de lançar algum dia.”, revela Gustavo



Ao vivo no Detroit Club (Argentina, 2016)

Para fechar a trinca de lançamentos o Riviera Gaz também disponibiliza um set completo gravado em Morón, na Argentina, em 2016.

O set contou com quatro sons da época do EP de estréia, “Take it”, “Pere Ubu”, que recentemente ganhou videoclipe, “All the suffering” e “Buick Mackane”. A sensação ao ouvir é justamente a de se sentir ali, ao vivo e a cores.

“Durante a segunda turnê da banda, onde fomos para o Chile, Uruguai e Argentina, fora cidades no Brasil, gravamos esse show em uma casa de show em Morón, chamada Detroit Club.
Um lugar com limite para 100 pessoas, estavam esgotadas as entradas e o técnico de som da casa tinha condições de captar o audio, topamos gravar. Foi um show bem legal, a banda ainda experimentando as músicas, é um registro bem legal e punk.”, relembra Riviera

Ouça e baixe agora!

Aproveite a oportunidade de contribuir com o trabalho dos artistas independentes neste dia onde o Bandcamp abre a mão das taxas de faixas compradas na plataforma.

Acesse o Bandcamp oficial da banda e
ouça as canções em alta qualidade