Não parece mas no ano que vem o IDLES completará 10 anos de existência. Os punks bem humorados de Bristol (UK) prometem um show intenso no Lollapalooza 2020. Será a primeira vez deles no Brasil e os fãs não podem esperar para ver as canções do Brutalism (2017) e do aclamado Joy as an Act of Resistance (2018) ao vivo.

O grupo inglês mistura em seu som punk rock com elementos de post-punk e art rock de uma forma intensa e transgressora. Assim como SavagesIceage e Photomarthyr fizeram em um passado um tanto quanto recente.

Hoje estreamos um quadro novo por aqui no qual traremos dicas de bandas que tenham a ver com a sonoridade / proposta artística das bandas. Feito um last.fm com dicas de artistas para conhecer.


IDLES

IDLES. – Foto Por: Tom Ham


1) SHAME



É até clichê mas deixar de citar seria um erro que muitos não perdoariam. O Shame inclusive esteve recentemente no país para show no Balaclava Fest. O grupo do sul de Londres (UK) no dia 12 de Janeiro de 2018 lançou um meteoro chamado Songs Of Praise e foi considerado um dos melhores discos de rock alternativo daquele ano.

2) Viagra Boys



De Estocolmo, na Suécia, o Viagra Boys chamou a minha atenção também em 2018 com seu post-punk todo torto. O álbum Street Worms inclusive é cheio de sátiras e tem um senso de humor um tanto quanto particular.

3) Fat White Family



Do sul de Londres e misturando muitos estilos o Fat White Family também ganhou certa relevância nos últimos anos. Além do post-punk eles trazem elementos de garage rock, rock psicodélico e experimental. Eles tem três álbuns de estúdio tendo o último registro, Serfs Up!, sendo lançado pela Domino, mesmo selo do Arctic Monkeys e tantos outros.

4) Slaves



Para muitos o Slaves, de Royal Turnbridge, Kent, não vai ser também novidade mas uma banda imprescindível para quem gosta de IDLES ter na playlist. O duo composto por Laurie Vincent e Isaac Holman adiciona ao seu energético punk rock doses de blues, e claro, garage rock. Em 2018 eles lançaram seu terceiro álbum, Acts of Fear and Love, e já estamos aguardado por um novo registro.

5) Fontaines D. C.



2019 foi o ano do Fontaines D. C. dificilmente quem acompanha post-punk não ouviu falar sobre o som do quinteto de Dublin, Irlanda. Dogrel apareceu nas principais listas de fim de ano e reservou espaço para eles nos principais festivais. A BBC Radio 6 Music e a Rough Trade consideraram ele o álbum do ano.

6) Preoccupations



De Calgary, no Canadá, o Preoccupations tem chamado a atenção nos últimos anos e também vai na linha de um post-punk soturna bastante interessante. Com a presença forte dos sintetizadores o som deles já foi descrito até como labyrinthine post-punk. Depois de Viet Cong chamar a atenção em 2015 vieram mais dois álbuns.

7) The Murder Capital



Com presença confirmada no line up do Coachella de 2020, o The Murder Capital tem tudo para fisgar quem já curte o som do IDLES. O grupo de Dublin está na ativa desde 2015 e só disponibilizaram seus primeiros singles em 2019.

O álbum de estreia, When I Have Fears, veio em agosto do ano passado e foi produzido pelo Flood – que já trabalhou com bandas como New Order, Ministry, Nine Inch Nails e The Charlatans.

8) black midi



Misturando noise rock, post-punk, math-rock e experimental o black midi talvez seja um dos novos grupos com maior holofote em cima. Na ativa desde 2017 o primeiro álbum, Schlagenheim, serviu como um belo cartão de visitas para quem gosta de barulho.

9) Girl Band



Assim como o black midi a Girl Band, de Dublin, também faz parte do catálogo da Rough Trade. Além do post-punk o som combina noise rock e rock alternativo, o grupo surgiu em 2011 e ganhou um grande destaque em 2019 com o álbum The Talkies. Entre as influências eles citam grupos como Neu!, Bad Brains, James Chance and the Contortions e The Chemical Brothers.

10) Algiers



O Algiers talvez seja uma das bandas que mais tragam diferentes referências para a lista. Já que o post-punk do grupo de Atlanta (Georgia / EUA), mistura também elementos de soul, gospel, blues, rock industrial e até mesmo literatura gótica do sul dos Estados Unidos. No dia 17/01 sairá o terceiro álbum do grupo, This Is No Year, via Matador.

11) Priests



De Washington D.C. o Priests é um trio que em seu som mistura post-punk e punk rock. Até agora eles tem dois discos, The Seduction of Kansas foi lançado em abril do ano passado via Sister Polygon Records, mesmo selo do Snail Mail e Downtown Boys.

12) Eagulls



De Leeds, no UK, o Eagulls talvez seja a banda que acompanhe a mais tempo. Um post-punk estridente, com influências de até mesmo The Killing Joke, banda na qual já fizeram até um cover bastante interessante. Recomendo fortemente o álbum de estreia de 2014, embora o de 2016 também mantenha a linha obscura e raivosa.

13) Ought



De Montreal o Ought lembra bastante o som do Eagulls e eu pude conhecer praticamente na mesma época. Assim como o IDLES o som combina art-rock, elementos de noise e tem na explosão seu trunfo. Não que você não vá encontrar uma epopéia de 6 minutos pelo meio do caminho mas recomendo ouvir o disco deles se possível no vinil.

14) Pissed Jeans



Da Pennsylvania o Pissed Jeans não é bem uma banda de post-punk como as outras mas certamente agradará a fãs de IDLES. Tem alguns anos que eles tiveram um hype que os levou a assinar com a Sub Pop. Assim como o Fucked Up, a banda vai para a linha do post-hardcore e é famosa por seus shows intensos. O último álbum é de 2017.

15) Kælan Mikla



Talvez a banda menos previsível da lista mas ótima. A Kælan Mikla é um trio de post-punk e coldwave da Islândia e recentemente apareceu nas live sessions da KEXP. A banda foi formada em Reykjavik em 2013.

O primeiro álbum Glimmer & Aska veio em 2014, tendo certo alcance local, mas foi em 2016 quando assinaram com a gravadora grega Fabrika Records, e lançaram o álbum autointitulado, que veio o reconhecimento no estrangeiro. O interessante é saber que nos primeiros dias a banda não contava ainda com sintetizadores. 

For Fans of IDLES: Playlist no Spotify

Claro que íamos deixar uma playlist no Spotify para você conhecer mais o trabalho dos artistas citados ao longo do post. Para playlists exclusivas siga o Hits Perdidos por lá.

-> Siga o Hits Perdidos no Spotify <-



Lollapalooza 2020

O Lollapalooza Brasil 2020 acontecerá nos dias 3, 4 e 5 de abril no Autódromo de Interlagos em São Paulo. Os ingressos vão de R$450 a R$4000. Garanta já seu ingresso aqui.


Idles Lollapalooza