As listas de 2019 estão a todo vapor no Hits Perdidos. Você já conhece e acompanha por aqui elas todo mês e damos o pontapé inicial pelo terceiro ano consecutivo.

Para quem é novo por aqui seja bem-vindo e acompanhe o Hits pelas redes sociais (temos InstagramFacebookSpotify…).

2017 foi marcado pelo grande sucesso dos listões de videoclipes que até deram origem a um estudo super detalhado sobre a produção audiovisual do independente brasileiro. Em 2018 veio a parceria com o UDIGRUDI da Play TV onde escolhemos os mais legais para passar na programação aos domingos.

Agora temos mensalmente a lista de melhores clipes do mês e a de sessions. A de lyric videos foi encerrada, e singles ganharão espaço na programação do Dezgovenadoz sob a curadoria do Hits Perdidos na Mutante Radio (Toda quarta-feira às 16 horas)

Em Maio continuamos a parceria com o programa Udigrudi da Play TV, onde o Hits Perdidos seleciona semanalmente alguns videoclipes para aparecer por lá. Inclusive fizemos um guia completo de “Como fazer para seu clipe aparecer na TV?“.

Vários clipes dos listões já tem aparecido na programação. Lembrando que o programa vai ao ar todos os domingos às 20:30h.


Screen Shot 2019-06-01 at 15.34.41

Lau e Eu lançou o videoclipe de “Tremores” em Premiere no UDIGRUDI.


LISTAS 2019

Janeiro 
Fevereiro
Março
Abril

Neste mês de Junho trarei os melhores que saíram no último mês e que merecem destaque. Claro que o listão continua democrático e no fim você encontrará uma playlist no youtube –  e Spotify – com os 117 coletados ao longo do mês.

A produção independente cresce a cada dia que passa e o investimento na divulgação também. Em uma geração em que poucos escutam um disco do começo ao fim, o artifício dos web clipes tem sido uma boa maneira de expor seus trabalhos.

E estes são feitos de todas formas, com alto ou baixo custo de produção. Com ideias mais certinhas a criativas. No fim das contas o que interessa é eternizar aquele momento e expor seu trabalho com a estética que mais convém atrelar a imagem da banda.

Em Maio inúmeras bandas começaram a divulgar seus curtas promovendo singles antigos ou que estarão presentes em seus futuros álbuns ou EP’s. Reunimos 117 clipes lançados neste mês que mostram alguns dos novos talentos da música independente brasileira. O que impressiona é termos uma média de 3,77 clipes sendo lançados no independente por dia. Na lista temos 113 artistas de 16 estados.

OS SELECIONADOS TAMBÉM FAZEM PARTE DA PLAYLIST CRIADA ESPECIALMENTE PELO HITS PERDIDOS PARA ETERNIZAR OS VÍDEOS LANÇADOS NESTE MÊS DE MAIO. ALIÁS NÃO DEIXE DE SEGUIR O PERFIL DO HITS NO SPOTIFY!


1 Thiago Pethit
“Me Destrói”



No dia 23/05 o músico Thiago Pethit lançou um videoclipe para +18. A faixa em questão a ganhar a produção audiovisual foi justamente “Me Destrói”, presente em seu recém lançado quarto álbum Mal dos Trópicos.

O clipe com produção cinematográfica teve roteiro escrito e dirigido por Filipe Matzembacher e Marcio Reolon (Diretores do filme Tinta Bruta), direção de fotografia por Maurício Kessler e direção de arte realizada por Manuela Falcão. A produção do vídeo é da Avante Filmes, de Thiago, da Clava, além da Machina Filmes e da Galo de Briga Filmes, como produtoras associadas.

Em seu plot o vídeo traz personagens apaixonados e obcecados, envoltos por um sentimento de autodestruição. O cinema noir, filmes de suspense, Hitchcock e Caravaggio estão entre as inspirações do curta. O destaque fica justamente por sua narrativa que prende o espectador, fotografia e intensidade.

“As obsessões amorosas dos personagens foram nosso fio condutor para encontrar essas imagens e situações”, comentam os diretores, que completam “desde a primeira vez que escutamos Mal dos Trópicos ficamos muito tocados.

É um trabalho muito forte, que junta um olhar íntimo, sentimental, sexual, com perspectivas políticas. E esse ponto de vista nos interessa muito em nossos filmes. Além disso, é um álbum com muitas referências cinematográficas. Escutamos a primeira música e não conseguimos parar até o fim”, contam os diretores

“Eu tinha a ideia de criar um videoclipe que pudesse, depois de “Moon” e “Romeo”, explorar a questão da afetividade e da sexualidade em 2019. Neste ano após eleições em que tudo parece tão suspeito, tudo gera uma certa paranoia.

Como é falar do sexo e do amor agora?”, pergunta Thiago. “Nos interessava bastante explorar essa múltipla história de várias pessoas em situações de intenso desejo e autodestruição, a fixação pelo outro como caminho sem volta”, reflete Filipe.

2 Lau e Eu
“Tremores”


https://www.youtube.com/watch?v=TXZGITlcoFc


No dia 28/05, após ter lançado em Premiere o videoclipe no Udigrudi, na Play TV, o Lau e Eu, de Aracaju (SE), disponibilizou na internet o registro para “Tremores”. A faixa que está presente no álbum Selma (2018) teve clipe desenvolvido por alunos do projeto Sampa Criativa (SPCine) com apoio do Estúdio HAI, Tertulia Narrativa, Sangue.TV, Centro de Mídia M’Boi Mirim, Estúdio ESPM e Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento de São Paulo.

Segundo os responsáveis pela produção audiovisual, o conceito do clipe é baseado no suprematismo russo, e faz linha cruzada entre o movimento do começo do século XX e “Lau e Eu”. A simplicidade, as brincadeiras com a cultura pop e os cenários deixam o clipe divertido e interativo.

3 Radio Front
“Into The Rain”



No dia 21/05 foi a vez da banda carioca Radio Front, Pós Grunge / Metal, lançar o ótimo videoclipe para “Into The Rain”. A produção audiovisual foi dirigida por Gabriel Gomes, foi produzido pela Screamin, e tem como destaque a produção, narrativa e estética que se adequam com a proposta artística do projeto.

“Essa é uma música muito forte, com uma letra muito emocional. Ela tem um conceito de que se o céu existe, nossa conexão mais forte com ele é a chuva. É na chuva que sentimos o toque das pessoas que se foram. É definitivamente uma das faixas mais importantes pra mim”, conta Felipe Nova, vocalista da banda.

“A gravação foi marcada para um final de semana de temporal onde não caiu uma gota do céu. Por isso, construímos uma máquina de chuva artificial feita de encanamento e aspersores de jardim”, explica o baixista Marcelo Moreira.

4 Violet Soda
“Candyman”



No dia 03/05 quem apareceu com clipe novo foi a Violet Soda. Desta vez com um divertido vídeo para “Candyman” que teve direção da dupla Denis Carrion e Patricia Selbach.

A canção presente no EP Tangerine ganhou um curta simples e bastante efetivo.
No qual a banda contracena com um cenário repleto de animações coloridas e nonsense. Brincando com a cultura pop e o universo revival dos anos 90 do grupo paulista.

5 Auri
“Quintal”



No dia 23/05 a banda capixaba Auri disponibilizou nas redes o vídeo para “Quintal”. Como inspiração eles tiveram os clássicos filmes da “Sessão da Tarde” e séries como Stranger Things.

O universo lúdico e um roteiro bem construído chamam a atenção. A direção, o roteiro, a edição e a colorização ficaram sob a responsabilidade de Ton Radaell, já a direção de fotografia foi feita por Micaelly Rupf.

“Queremos levar até as pessoas a mensagem da música, que reforça o quão importante é sair da zona de conforto, e que evidencia que somos capazes de superar qualquer situação. Afinal, adaptação é algo inerente a nós, seres humanos.

Todos passamos  por situações no dia a dia onde somos colocados à prova e nos é exigido arriscar. Seja um novo trabalho, relacionamento, rotina de vida… E quando nos vemos assustados, é difícil lembrar que somos seres adaptativos, historicamente e biologicamente falando, capazes de enfrentar o que for.

Achamos importante lembrar e frisar isso pra dar gás e força a quem precisar”, reflete Everton Radaell, guitarrista e vocalista da Auri.

O universo lúdico é a grande peça do quebra cabeça do roteiro que mostra a jornada de um jovem herói pela floresta. Por lá ele enfrenta dois vilões e culmina no topo da montanha. De momentos soturnos, ele escapa para a luz – com as paisagens de Marechal Floriano e da Rampa do Caravaggio, em Santa Teresa (ES).

6 Dingo Bells
“Tudo Trocado”



No dia 15/05 foi a vez dos gaúchos do Dingo Bells lançarem o clipe para “Tudo Trocado”. A produção foi feita em parceria com o projeto Couple Of Things e teve inspiração nos musicais dos anos dourados e foi gravado em plano sequência reunindo mais de 60 pessoas em apenas um dia. O vídeo teve como locação a Vila Flores. 

“Nossos clipes, em geral, contam histórias, personagens, viagens, etc. Agora a gente fez questão de mostrar a nossa cara. E mais do que isso, quisemos nos desafiar a fazer algo que saísse da nossa zona de conforto. Digamos que dançar uma coreografia foi um arremesso pra fora dessa zona.

A partir daí o Leo Longo surgiu com a ideia de se espelhar em um musical, estilo os musicais dos anos dourados do cinema. Fechou direitinho. Tivemos nosso dia de Beyoncé e gostamos muito. Por sinal, isso só nos fez a admirar ainda mais, porque dançar e cantar daquele jeito só um ser divino mesmo”, relata Rodrigo sobre a experiência

“A partir daí, personagens e detalhes da ação foram se desenvolvendo, muito por conta da experiência que Leo e Diana tem de fazer o improvável parecer simples. O que estava realmente além do previsto foi o tamanho da empreitada e a entrega dos envolvidos.

Ver todo mundo lá, voluntariamente, se entregando, aprendendo a coreografia, passando calor e ainda mantendo o sorriso e a atuação na frente das câmeras foi uma experiência emocionante”, exalta Fabrício sobre a participação dos voluntários que tiveram como coreografa Clara Litvin dos Anjos.

7 As Bahias E A
Cozinha Mineira 

Carne Dos Meus Versos



No dia 31/05 a banda As Bahias e a Cozinha Mineira disponibilizou não apenas um videoclipe mas como três de uma só vez! Por aqui vamos dar destaque ao de “Carne dos Meus Versos” justamente pelo roteiro, ambientação e bom uso da simplicidade de suas locações. A direção é de Miguel Cariello e a faixa está presente no álbum Tarântula que também foi lançado na última sexta-feira via Universal Music.

8 Emicida 
“Final dos Tempos”



No dia 29/05 o rapper Emicida lançou a mega produção para “Final dos Tempos”. Uma faixa inspirada na série Good Omens que estreou no Amazon Prime Video no fim do mês.

Além da excelente fotografia, grande destaque do curta, Emicida interpreta sua versão idosa, e dialoga com a seu “eu” mais jovem. Mostrando os contrastes entre a rebeldia e o amadurecimento. O vídeo foi dirigido por Fred Ouro Preto que teve como assistente Thatiane Santos.

9 Terno Rei
“Vento na Cara”



No dia 21/05, também dentro da série Couple Of Things, o Terno Rei lançou o videoclipe para “Vento na Cara”. Nele a solidão ganha terreno. O advento de cores avermelhadas em contraste com o frio do azul, ganham uma narrativa contemplativa e imersa na letra da canção presente em Violeta (Balaclava Records / 2019).

10 Bamba EFX 
“Vortex”



O trio Bamba EFX, de Piracicaba (SP), no dia 21/05 disponibilizou seu primeiro videoclipe e fez bonito. A produção audiovisual teve direção de Edson Figueroa. A explosão de cores, o cenário da boemia e da noite se fazem presentes na trama não recomendada quem tem fotossensibilidade.

11 Marina Melo
“Eita, Baby”



A compositora e cantora Marina Melo no dia 31/05 lançou o videoclipe para “Eita, Baby”. A produção audiovisual foi dirigida por Laís Aranha, teve edição de Bruna Fortes e direção de arte realizada por Fernanda Leite.

A criatividade, cores, stop motion, enquadramentos e metáforas que dão alma ao rico e divertido roteiro (não esqueça, videoclipe também é entretenimento!). O bom uso da paleta de cores também mostra a importância da estética e identidade na produção.

12 Apeles
A Alegria dos Dias
Dorme no Calor dos
Teus Braços



A convergência entre proposta estética do projeto musical com a direção de arte ganha destaque ao menos em 4 videoclipes da lista de Maio e o vídeo do Apeles isso também acontece. “A alegria dos dias dorme no calor dos teus braços” é o primeiro single de Crux que em breve deve ser lançado via Balaclava Records.

O sentimento de nostalgia e vazio equalizam no ambiente da produção que tem na direção de arte e fotografia seus destaques. Parecendo até telas de um quadro, algo um tanto quanto The Pastels.

O clipe teve como locação em uma antiga base soviética na região de Berlim. O registro tem roteiro de André Dip. O complexo “Vogelsang” preserva sua rica história em detalhes imersos em suas ruínas e ambientes.

13 Larissa Luz
“Gira”



No dia 08/05 foi lançado o videoclipe da baiana Larissa Luz para “Gira”. O roteiro  foi escrito pela própria Larissa. Já a direção é assinada por Heitor Dália. “Gira” foi composta coletivamente por Bia Ferreira, Doralyce, Larissa Luz e Rafa Dias, e é o primeiro single a ser revelado do álbum Trovão (Natura Musical).

“É um single que diz muito sobre o álbum. Tem a Bahia latente, o groove arrastado. Fala da dança como elemento de transe e desse ritual baile que proponho no disco. É uma transmutação do rito religioso para o rito diário de resistência”, explica Larissa.

14 Adorável Clichê
“Poluição”



No dia 08/05 a banda catarinense Adorável Clichê lançou o videoclipe para “Poluição”, faixa presente no álbum O Que Existe Dentro de Mim (2018) via Nuzzy Records.

O vídeo que teve inspiração nas artes de Dio Lau, que utiliza elementos como o
rosto feminino, água e cores marcantes, foi produzido e teve roteiro assinado pela própria banda.

“Assim como o nome da música, o conceito é poluição. Mas não de uma maneira
material, industrial, mas interna. E é isso que tentamos passar visualmente no
decorrer do clipe”, conta a vocalista e guitarrista Gabrielle Philippi

As cores, texturas e distorções tomam conta da produção.

“As referências foram uma junção de fotos do Pinterest e nossa sensibilidade. Criamos
mais coisas do que utilizamos no clipe, pois na hora de editá-lo acabamos fazendo
do nosso jeito, sem se ater a elas, da mesma forma que funciona nosso processo
de composição”, finaliza Gabrielle.

15 Papisa
“A Velha”



No dia 10/05 a multi instrumentista, cantora, compositora e produtora musical Rita Oliva, através de seu projeto Papisa lançou o belo e sensível videoclipe para “A Velha”.

Como tema ela escolhe a infinitude da vida e a ternura da dança serve como arte para explicitar isto. O vídeo foi gravado em uma floresta localizada em Gonçalves (MG).

“A canção fala da nossa vulnerabilidade diante da impermanência de ser”, comenta Rita

A direção geral ficou sob a responsabilidade de Renata Chavs e Papisa, a montagem por Thany Sanches; May Manão e Filipa Aurélio assinam, respectivamente, como
diretora e assistente de fotografia.

“A Velha é uma figura feminina que reúne poder e sabedoria, ao mesmo tempo em que
simboliza o fim. No clipe, procuramos representá-la como uma fase da vida da
mulher, e também como uma força que é, muitas vezes, temida”, finaliza Oliva

OUTROS VIDEOCLIPES

Além dos 15 eleitos como melhores do mês nas playlists do Youtube e Spotify vocês poderão encontrar os clipes dos artistas e bandas:

francisco, el hombre “PARAFUSO SOLTO :: ponto morto” (Campinas / SP), Rosa Neon “Pirraça” (Goiânia / GO), EDGAR “Felizes Eram os Golfinhos” (Guarulhos / SP), Chico Bernardes “Um Astronauta” (São Paulo / SP), Mustache & os Apaches “Gôndola” (São Paulo / SP), Mombojó “O Valor da Coragem” (Recife / PE), Pense “Utopia” (Belo Horizonte / MG), Tuyo “Candura (Unbient Remix) (Curitiba / PR), The Monic “Just Mad” (São Paulo / SP), Ação Direta “Artificial” (ABC Paulista / SP), Yhago Sebaz “Você Bagunçou Comigo Feat. ALLVDIN” (São Luís / MA), Carpechill “Outra Versão” (São Paulo / SP), Riviera “Eloquente” (Belo Horizonte / MG), OA “Mais do que é” (Curitiba / PR), Breu “Voar de Novo” (Brasília / DF), Twin Pumpkin “Monolith” (Taubaté / SP), Yannick Hara “Blade Runner” (participação especial de Rafael Carnevalli) (São Paulo / SP), Sessa “Flor do Real” (São Paulo / SP), Madimboo “Contato” (Recife / PE), Arthur Melo “Desapego” (Belo Horizonte / MG), Karina Buhr “Sangue Frio” (Recife / PE), CHAMELEO “Limbo” (Rio de Janeiro / RJ), Filipe Catto “Um Nota Um” (Porto Alegre / RS), Tássia Reis “Ansiejazz” (Jacareí / SP), João Capdeville feat. Caio Prado “Eu Não Te Escuto” (Rio de Janeiro / RJ)

Alice Caymmi “Diplomacia” (Rio de Janeiro / RJ), Marcelo Callado “Só Por Hoje” (Rio de Janeiro / RJ), Congo Blue “Simplesmente Assim” (São Paulo / SP), Coruja BC1 “Fogo” (Osasco / SP), Blastfemme “Obrigada pela parte que me tocas” (Rio de Janeiro / RJ), Dois Barcos “Autonomia” (São Paulo / SP), Ultraluna “Ode” (São Paulo / SP), Ted Marengos “Eternally Fab” (São Paulo / SP), Laura Petit “Quadril É Osso” (São Paulo / SP), Luiza Caspary “Cuidado” (São Paulo / SP), The Parking Lots “Modern Revolutions” (Goiânia e São Paulo), Backdrop Falls “Reach The Sky” (Fortaleza / CE), Damn Youth “Progress?!” (Caucaia / CE), Marzela “I’d Rather Be Myself” (São Paulo / SP), Escambau “Revoluções Diárias (Segue a Tua Alegria)” (Curitiba / PR), No Reply “Lembra” (Curitiba / PR), Aláfia “Canção Para Nós” (São Paulo / SP), Jai Mahal “Imperatriz Assassina” (São Paulo / SP), Heitor Vallim “Insomnia” (Santos / SP), Igor Caracas “Alheia” (Fortaleza / CE), Gaê “Ipê Amarelo” (Goiânia / GO), YOÚN “Só Love” (Baixada Fluminense / RJ), Gabeu “Amor Rural” (São Paulo / SP), Hotelo “Lavando Louça” (São Paulo / SP), Clarice Falcão “Mal Pra Saúde” (Recife / PE), Lila Trentini “Enough” (Porto Alegre / RS), George Sauma “Teatrão do Amor” (Rio de Janeiro / RJ), Day “Na Sua Mão”, CARU “Pintas” (Salvador / BA), As Bahias E A Cozinha Mineira “Volta” (São Paulo / SP), Reiner “Afraid” (Belém / PA), As Bahias E A Cozinha Mineira “Shazam Shazam Boom” (São Paulo / SP), Alessandra Leão “Aço” (Recife / PE), Síntese “Lei dos Céus” (São Paulo / SP)

Jaffar Bambirra “Quando Fui Seu Par” (Rio de Janeiro / RJ), Renascentes “O Poema” (Porto Alegre / RS), Asteroides Trio “Pelas Ruas” (Guarulhos / SP), Limbo “Louco Suburbano” (Alagoinha / BA), Fernanda Vital “Mímesis” (Uberlândia / MG), Os Replicantes “Punk de Boutique” (Porto Alegre / RS), Centropia “Sangue Nordestino” (Brasília / DF), Slim Rimografia “Beat $imples” (São Paulo / SP), Strawberry Licor “Straight to the Moon” (Sorocaba / SP), Não Senhor “NSR” (Chapecó / SC), Victor Cronos “Underground” (São Paulo / SP), Bloco do Caos “Algum Lugar” (São Paulo / SP), O Branco e o Indio “Nonato” (Rio de Janeiro / RJ), Four To Cast “Rocket (São Paulo / SP), Combo X “Mais que Perfeito” (Olinda / PE), Serginho Freiras “Desassossego” (Teresópolis / RJ), Rebeca “Corar” (Niterói / RJ), Renata Swoboda “SextaFeira” (Florianópolis / SC), Heavy Baile “Ciranda” (Rio de Janeiro / RJ), Criminal Lie “Vivendo Nessa Guerra” (Fortaleza / CE), Bug Bite “Blue Gecko” (Rio de Janeiro / RJ), Paquetá “The Good, the Bad, the Ugly and the Dagger” (Canoas / RS), Abru “Fantasma” (Juiz de Fora / MG), Manuche “Pressa de Você” (São Paulo / SP), Delano, Djonga e MC Hariel “Deus e Família” (Belo Horizonte / MG), Júlio Secchin “Jovem” (Rio de Janeiro / RJ), Luíza Boê “Mãe” (Vitória / ES), Vanessa da Mata “Só Você E Eu” (Alto Garças / MT)

Emicida “Eminência Parda” (São Paulo / SP), Fióti “Será que eu me permito?” (São Paulo / SP), Max B.O. “Içar Velas” Part. Dada Yute (São Paulo / SP), Drik Barbosa + Gloria Groove + Karol Conka “Quem tem joga” (São Paulo / SP), Gabriel O Pensador e Jade Baraldo “Evolução” (Rio de Janeiro / RJ), Sticky Fingers “Shirtleeves”, Stella Folks ““Eu Não Amo Você” (Florianópolis / SC), Dona Carmela “No Contrário” (São Paulo / SP), Piratas Siderais “Reis E Ratos” (Imbé / RS), Iná “Sobre as Águas”, OHUAZ “Sobre Águas” (Guarulhos / SP), Mani Carneiro feat. Alessandra Leão “Esta Flor” (Recife / PE), Verano “Deixa o Tempo” (Curitiba / PR), Core Divider “Scars” (São Paulo / SP), Cidrais “Ilha” (Curitiba / PR)

PLAYLIST NO YOUTUBE

Preparamos também uma playlist no Youtube com os 117 videoclipes coletados durante o mês de Maio. Assim quem quiser ver tudo de uma vez basta apertar o play.



Melhores Clipes MAIO 19


PLAYLIST NO SPOTIFY

Desta forma chegamos a playlist com os clipes independentes lançados no mês de Maio (2019). Dos 117 vídeos do post, 109 possuem as faixas no Spotify. Muito disso por conta que algumas faixas serão disponibilizadas quando o EP ou álbum forem lançados na plataforma e outros pelo artista/banda não ter material por lá.

-> Siga o Perfil do Hits Perdidos no Spotify <-


Qual você mais gostou?

Conta para gente nos comentários deste post!