Depois de uma verdadeira maratona entre videoclipes e live sessions lançadas ao longo de 2018…neste ano escolheremos a cada mês as mais legais. O que não impede que vocês entrem em contato para mostrar a sua live session. Por aqui decidiremos se ela merece entrar para os destaque. Capriche no vídeo e boa sorte!

1 Disaster Cities
@DOSOLTV SESSIONS



Estúdio: Estúdio DoSol
Onde: Natal / RN

A banda catarinense Disaster Cities no dia 01/04 teve sua session gravada no Estúdio DoSol lançada na DoSolTV. O registro conta com duas canções do grupo e uma entrevista que conta sobre seus primeiros dias.

2 TUYO @DOSOLTV SESSIONS



Estúdio: Estúdio DoSol
Onde: Natal / RN

A banda paranaense Tuyo no dia 02/04 teve sua session gravada no Estúdio DoSol lançada na DoSolTV. O registro conta com duas canções do grupo, “Me Leva” e “A Brincadeira Mais Engraçada do Mundo”.

3 S.E.T.I.
“Supersimetria, pt. II”
@LAVANDERIA SESSION



Estúdio: Lavanderia
Onde: Campinas / SP

Lavanderia é um homestudio localizado em Campinas (SP) que oferece serviços de áudio como captação, mixagem, masterização, etc. Comandado por Rafael De Souza, o estúdio já contou com a presença de diversos artistas independentes da região de Campinas e São Paulo.

Já passaram pelas sessions artistas e bandas como: Yma, The Edsons, Wallacy Willians, Uiu Lopes, Atalhos, Bratislava, Dolphinkids e Antiprisma (alguns ainda sob o nome de Lo-Fi Sessions).

Quem também lançou live session na Lavanderia foi o duo S.E.T.I. de Campinas (SP). Eles apresentaram para a session a canção “Popfobia” do recém-lançado álbum Supersimetria.

4 Pessoas Cinzas Normais
@LAVANDERIA SESSION



Com nome que vem diretamente de um trecho da canção “Alucinação” (1976), do músico cearense Belchior, a Pessoas Cinzas Normais surgiu em Limeira (SP) em 2015. Com influências da música dos anos 60, o rock e a MPB, o power trio tem aos poucos lançado suas canções, tendo em 2017 disponibilizado o lado A de seu primeiro álbum. Neste ano eles pretendem lançar em junho o lado B de seu debut.

Mas enquanto isso não acontece, os limeirenses pegaram estrada com direção a Campinas onde registraram uma live session intimista para as lentes de Rafael De Souza, do Lavanderia Estúdio.

Por lá eles gravaram a faixa inédita “Meu Assunto” que ganhou um vídeo com direção de arte calcada em tons avermelhados e uma diversidade de lentes, que por sua vez, deixam o clima ainda mais psicodélico e retrô. A captação, direção de arte e finalização ficaram sob a responsabilidade do próprio Rafael, do Lavanderia.

5 About a Soul
@LAVANDERIA SESSION



Quem também lançou live session na Lavanderia foi o quarteto About a Soul de Americana (SP). Eles apresentaram para a session a canção “Insecure”.

6 Suco de Lúcuma
@ORELHA MUDA



Na sexta-feira (26/04) em Premiere no Hits Perdidos a Suco de Lúcuma lança uma session para “Fios de Desejo”. O registro foi gravado na sede da Orelha Muda e também marca a estréia da produtora. A direção do vídeo ficou sob a responsabilidade de Camila Sánchez.

“Um vídeo ao vivo traz a experiência do show, dos timbres que usamos, nossa formação. Por exemplo, usamos alguns pedais em stands pra mexer com as mãos, além do pedal board que fica no chão.

Está dentro do conceito do disco; a iluminação azul precede o próximo registro que será feito com luzes rosa, e trará uma faixa inédita do outro lado do disco”, explica Thomáz Bonatto

A canção por sua vez casa elementos do rock psicodélico, neo-psicodelia, stoner e future soul. É deste hibridismo, e através de camadas, que o som consegue realizar uma viagem imersiva por planos obscuros e derretidos. Com direito a delaysreverbs, pedais que deliram e clima desértico. Uma faixa quase Kármica, cheia de experimentações e que permite ao ouvinte diversas alucinações.

“O riff do início tem uma pegada meio stoner rock que contrasta com a segunda parte da música, que traz influências de future soul e rock psicodélico. Rolam algumas texturas inusitadas, glitches, tipo, no fim da música eu faço um solo na guitarra enquanto mexo num pedal de efeitos que mistura um bitcrusher com delay e pitch shifter”, define Carlos Bechet, guitarrista e vocalista.

7  E a Terra Nunca Me
Pareceu Tão Distante
“Já Não Ligo Se Tudo
Der Errado”
@Balaclava Sessions



No dia 04/04 foi disponibilizada o segundo vídeo da Balaclava Sessions. A banda que apareceu por lá foi a E a Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante, que apresentou a canção “Já Não Ligo Se Tudo Der Errado”.

Recentemente eles lançaram o primeiro disco de estúdio, o elogiado Fundação (Balaclava Records), e foram atração no line up do renomado festival Lollapalooza Brasil.

A direção da session é assinada pelos irmãos Meirelles, a direção de fotografia por Paulo Leite e a direção de arte foi realizada por Karla Salvoni.

8  NOAH (BR)
@ LIVE WASABI SESSIONS



No dia 10/04 o Noah (BR) disponibilizou mais uma live session gravada diretamente de seu estúdio, o Estúdio Wasabi. Desta vez eles apresentam a faixa “Rewriting History” presente em seu mais recente álbum, The Almighty Human.

Wasabi Sessions é uma iniciativa do Estúdio Wasabi com as bandas de São José dos Campos, Diego Xavier & Trio, Bike, Homens de Melo, Noah BR e Cidade Media com produção da Dreamland para fazer esse registro da cena do Vale do Paraíba.

9 Homens de Melo
@ LIVE WASABI SESSIONS



No dia 10/04 a Homens de Melo disponibilizou mais uma live session gravada diretamente de seu estúdio, o Estúdio Wasabi. Desta vez eles apresentam a faixa “Slow Down” presente em seu álbum de estréia.

Wasabi Sessions é uma iniciativa do Estúdio Wasabi com as bandas de São José dos Campos, Diego Xavier & Trio, Bike, Homens de Melo, Noah BR e Cidade Media com produção da Dreamland para fazer esse registro da cena do Vale do Paraíba.

10 GEO “Comunicação”
@ SOFAR SÃO PAULO



GEO, participou do Sofar Sounds de São Paulo em janeiro e teve sua live session para “Comunicação” divulgada 28 de abril. O registro foi filmado e editado por MarQ Audio Visual.

11 e 12 Duda Beat
@GQ VOZES SESSIONS



Nascido como um radar para localizar os próximos grandes expoentes da música brasileira, o projeto GQ Vozes ganhou um braço físico com uma série de pocket showsmensais. Quem apareceu por lá foi Duda Beat que em 2018 foi um dos grandes destaques das principais listas de fim de ano.


https://www.youtube.com/watch?v=5lOcUAI6b0E


13 Saudades Futebol Clube
@NCSSR Session



Gravada em Juiz de Fora (MG), a NCSSR Session contou com a presença da banda emo / post-rock de Nova Iguaçu (RJ, Saudades Futebol Clube. Para a live session, o grupo registrou três canções: “Solidão”, “A Pequena Parte Essencial de Mim” e “Saudades Futebol Clube”. 

14 e 15 Herzegovina
@NCSSR Session



Quem também participou da NCSSR Session no mês de abril foi a banda post-punker carioca Herzegovina. Para o registro foram gravadas as canções “Dissonant” e “Pixtinha”.



16 Alienpovo
@Lobotomia Session



A session sorocabana Lobotomia no dia 30/04 disponibilizou um registro gravado com a banda Alienpovo em seu canal oficial. A banda lançou recentemente o álbum debut Rör.

Extra

Documentário Cypherlab



O termo cypher surgiu a partir de um sistema de códigos denominados Matemática Suprema, criado pelo grupo afro-religioso Five Percents (5%ers), na década de 1960. Dentro dessa linguagem, cypher seria o número zero, que representa plenitude do círculo, união entre conhecimento, sabedoria e entendimento.

A partir dessa compreensão, e da vontade de dar mais visibilidade ao cenário hip hop de Maringá (PR), foi criado o projeto CypherLab.

“O objetivo principal era juntar MCs com reconhecimento nacional com MCs que estão começando, para que aconteça uma troca de conhecimentos e sirva como uma alavanca para esses novos artistas de Maringá e região. Além da oportunidade de poder rimar com o beat dos quatro beatmakers convidados. Vamos projetar a cena do rap de Maringá e região para fora”, explica a organização.

Durante os meses de fevereiro, março e abril, 20 MCs da cidade e região foram selecionados para rimar ao lado de Sandrão RZO, Clara Lima, Inglês e Slim Rimografia, em cima de quatro beats produzidos por DJ Cia, Badsista, DJ Coala e DJ Skeeter.

Os resultados desses encontros são quatro episódios do webdocumentário, que mostrarão os bastidores das produções do projeto, desde a composição das letras até a gravação das músicas e vídeos, e quatro cyphers.

CypherLab é contemplado pelo Prêmio Aniceto Matti, da Prefeitura Municipal de Maringá, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Semuc).

Guilherme Henrique Cruz (GH)
foi um dos MCs selecionados para participar da Cypher #3, lançada dia 26/04, com participação do rapper paulista Inglês e produção musical de Skeeter.

A faixa ainda contou com as letras e vozes de Maurilio William Souza Borbora (Blackstage), Pedro Dantas (Pedroca), João Pedro de Almeida (peJota) e Pedro Eduardo Favero da Silva (DropSDI).



Acompanhe os outros vídeos no canal oficial do projeto paranaensecanal oficial do projeto paranaense.